Páginas

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014


...

Assumir-se é a maior liberdade... Assumir sentimentos, vontades, desejos, pensamentos, sonhos, valores, defeitos, qualidades...
Assumir toda nossa complexidade e não sentir-se diminuído ou errado... Cada um de nós tem o direito de ser exatamente como é... Nossa autoestima está condicionada  a medida que nos damos liberdade de ser...
Quem disse que temos que manter os mesmos valores aprendidos? Podemos desenvolver nosso pensamento crítico e descobrir o nosso modo de ver, pensar, sentir... Não precisamos ser robôs programados a vida toda para ser de determinada forma... Podemos ser muito mais do que moldes designados inconscientemente para existir conforme o desejo do outro... O importante é  SER e VIVER de acordo com os próprios e verdadeiros sentimentos... 

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

...

Se, ao acordar, posso escolher uma roupa, posso escolher também o sentimento que vai vestir meu dia. 
Se, no percurso, posso errar o caminho posso também escolher a paisagem que vai vestir meus olhos. 
A mesma articulação que tenho para reclamar, tenho para agradecer. E, se posso me adornar com a alegria, não é a tristeza que eu vou tecer. 
Que hoje e sempre, seja mais um belo dia!

Marla de Queiroz

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

La Reine des Neiges - "Libérée, délivrée"



MÚSICA FILME - Frozen - Libérée, délivrée - Disney


Libérée, délivrée - Liberado, lançado

L'hiver s'installe doucement dans la nuit – O inverno se instala getilmente na noite
La neige est reine à son tour – A neve é a rainha na sua vez
Un royaume de solitude – Um reino de solidão
Ma place est là, pour toujours – Meu lugar é aqui, para sempre

Le vent qui hurle en moi ne pense plus à demain – O vento que grita dentro de mim não pensa mais no amanhã
Il est bien trop fort – Ele é muito forte
J'ai lutté en vain – Eu lutei em vão

Cache tes pouvoirs, n'en parle pas – Esconda seus poderes, não fale sobre eles
Fais attention, le secret survivra – Tenha cuidado, o segredo sobreviverá
Pas d'états d'âme, pas de tourments – Sem emoções, sem tormentos
De sentiments – Sem sentimentos
Libérée, délivrée – Liberado, lançado
Je ne mentirai plus jamais – Eu não mentirei mais
Libérée, délivrée - Liberado, lançado
C'est décidé, je m'en vais – Está decidido, eu vou embora

J'ai laissé mon enfance en été – Eu deixei minha infância no verão
Perdue dans l'hiver – Perdida no inverno
Le froid est pour moi le prix de la liberté – O frio é para mim o preço da liberdade

Quand on prend de la hauteur – Quando crescemos
Tout semble insignificant – Tudo parece insignificante
La tristesse, l'angoisse et la peur – A tristeza, a ansiedade e o medo
M'ont quittée depuis longtemps – Me deixaram há muito tempo atrás
Je veux voir ce que je peux faire – Eu quero ver o que posso fazer
De cette magie pleine de mystère – Com essa magia cheia de mistério
Le bien, le mal, je dis tant pis – O bom, o mal, eu não me importo
Tant pis! – Não me importo

Libérée, délivrée – Liberado, lançado
Les étoiles me tendent les bras – As estrelas estão me alcançando
Libérée, délivrée – Liberado, lançado
Non, je ne pleure pas – Não, eu não choro

Me voilà, oui, je suis là – Eu estou aqui, sim, eu estou aqui
Perdue dans l'hiver – Perdida no inverno

Mon pouvoir vient du ciel et envahit l'espace – Meu poder vem do céu e invade o espaço
Mon âme s'exprime en dessinant et sculptant dans la glace – Minha alma se exprime desenhando e escupindo no gelo
Et mes pensées sont des fleurs de cristal gelées – E meus pensamentos são flores de cristais congelados

Je ne reviendrai pas – Eu não voltarei
Le passé est passé! - O passado é passado

Libérée, délivrée – Liberado, lançado
Désormais plus rien ne m'arrête – Nada mais pode me deter
Libérée, délivrée – Liberado, lançado
Plus de princesse parfait – Nada mais de princesa perfeita

Je suis là, comme je l'ai rêvé – Eu estou aqui, como eu sonhei
Perdue dans l'hiver – Perdida no inverno
Le froid est pour moi le prix de la liberté - O frio é para mim o preco da liberdade

terça-feira, 4 de novembro de 2014

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

MODA É OFERTA, E ESTILO, É ESCOLHA.

Moda continua me interessando mesmo depois de ter passado por inúmeras vertentes, mas o que mais me interessa não são as tendências, mas sim o fato de ela ser ligada à identidade e comportamento.
Nada nos deixa mais segura do que entrar no lugar certo com a roupa certa. A roupa certa nos dá segurança.
Hoje não há uma única maneira de estar na moda, mas muitas.
Afinal, o que está na moda?, e eu respondo com outra pergunta, mas para quem? Escolham dentro da pluralidade da moda o que mais combina com você. Hoje é mais importante estilo do que moda.
Estilo é expressão de identidade e individualidade. Estilo é escolha, uma escolha precisa, determinada. Um depoimento nítido que fazemos de nós mesmos.
Quando escolhemos uma roupa estamos querendo dizer alguma coisa. A escolha da roupa determina a maneira como você quer ser vista.
“Moda é oferta, e estilo, é escolha.”
“Rejeite tudo o que não combinar com você. Independente do que a moda diz.
O mais importante é que você mostre a sua personalidade como ela é.“
Ser chique é juntar a melhor aparência com o melhor conteúdo! Olhar para si e para o outro, tomar consciência da existência do outro. Ser chique e uma questão de civilidade.”


“A melhor maneira de não ter estilo é estar sempre na ultima moda!”
“A pergunta que mais escuto é “O que é ser chique?”, muita gente acha que é estar na moda, mas é um engano. Outras acham que precisa ter dinheiro, não é verdade.
Glória Kalil

Share It