Páginas

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

PENSAMENTOS QUE TE GUIAM...

Seu pensamento pode te levar para o paraíso em instantes, mas pode também te deixar na porta do inferno sem bilhete de volta.

Basta você deixar ele navegar sem rumo e pronto!Lá está você pensando na morte da bezerra, ou criando situações.
É assim que a nossa insegurança cria cenas de ciúme, revela os medos, coloca dúvidas na nossa cabeça, e pior, pode até trazer ideias de suicídio ou abandono.
Cuide dos seus pensamentos como quem cuida da própria vida.
Mantenha-se vigilante, busque dar atenção ao que te guia.
Faça o foco no que já tem e no que te faz feliz, não no que ainda não tem e deseja por desejar.
Melhor viver!
Melhor amar do que simplesmente idealizar.
Hoje, o dia pode ser tão lindo, mesmo com chuva de granizo, ou cheio de aflições em meio ao céu mais azul, com sol e passarinhos.
Tudo depende dos seus pensamentos.
Você pode guiá-los e vencer barreiras enormes, ou ser guiado por eles e parar na primeira porta fechada.
Cuide do que você pensa e pense em você.
Você realiza o que acredita ser possível, e tudo é possível para quem acredita.
Pense nisso!
Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

RECOMEÇAR...

Não importa onde você parou, em que momento da vida você cansou, o que importa é que sempre é possível e necessário "Recomeçar".
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo. 
É renovar as esperanças na vida e o mais importante: acreditar em você de novo.
Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado.
Chorou muito? Foi limpeza da alma.
Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia.
Sentiu-se só por diversas vezes? É por que fechaste a porta até para os outros.
Acreditou que tudo estava perdido? Era o início da tua melhora. Pois é! Agora é hora de iniciar, de pensar na luz, de encontrar prazer nas coisas simples de novo. 
Que tal um novo emprego? Uma nova profissão? Um corte de cabelo arrojado, diferente? Um novo curso, ou aquele velho desejo de aprender a pintar, desenhar, dominar o computador, ou qualquer outra coisa? Olha quanto desafio. Quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando.
Tá se sentindo sozinho? Besteira! Tem tanta gente que você afastou com o seu "período de isolamento", tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para "chegar" perto de você.
Quando nos trancamos na tristeza nem nós mesmos nos suportamos. Ficamos horríveis. O mau humor vai comendo nosso fígado, até a boca ficar amarga. 
Recomeçar! Hoje é um bom dia para começar novos desafios. 
Onde você quer chegar? Ir alto. Sonhe alto, queira o melhor do melhor, queira coisas boas para a vida. Pensamentos assim trazem para nós aquilo que desejamos. 
Se pensarmos pequeno, coisas pequenas teremos. Já se desejarmos fortemente o melhore principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar na nossa vida. E é hoje o dia da Faxina Mental. 
Joga fora tudo que te prende ao passado, ao mundinho de coisas tristes, fotos, peças de roupa, papel de bala, ingressos de cinema, bilhetes de viagens, e toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados.
Jogue tudo fora. Mas, principalmente, esvazie seu coração.
Fique pronto para a vida, para um novo amor. 
Lembre-se somos apaixonáveis, somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes.
Afinal de contas, nós somos o "Amor".

Paulo Roberto Gaefke

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015



UMA LIÇÃO BACANINHA PARA SE RELACIONAR MELHOR

“Atrair pessoas solidárias, boas ouvintes, é sinal que vigiamos o nosso desabafômetro. 
Ser desagradável não produz satisfação em ninguém e terminamos como “espalha-rodinhas”, ou atraindo gente grossa. Ah, mas é tão gostoso dar uma reclamadinha básica, soltar uns queixumes, liberar o nosso ego de vítima. Delícia desabafar. Tantas vezes, a pessoa nem precisa ser idosa para produzir um campo enorme de insatisfação, porque o seu “desabafômetro” parece uma trombeta gigante. 
Entenda que a grande maioria ainda está longe do degrau evolutivo do amor, da bondade e da compaixão. Por isso, fogem do nosso vazamento repetitivo. 
Ao se relacionar com o mundo, (o mundo pode ser qualquer pessoa) se lembrará que é a satisfação que motiva e move todos, incluindo a si e os bichinhos de estimação. 
Por satisfação entenda ações efetivas de apoio, solidariedade e auxílio. Note bem: a comunicação, o jeito de abordar, a forma como você vai dizer aquelas coisas chatas, ah, isso também é muito importante. Sonde, observe, use o discernimento, e, se precisar, dance conforme a música. Exemplo? Primeiro diga uma coisa bem boa sobre o seu ouvinte, depois diga a coisa ruim, e finalize com uma outra coisa boa. 
Desse modo não vão pensar que você é samba de uma nota só. Daí? Antes de tudo, tornar-se autenticamente agradável é a chave das melhores atrações. No lado oposto, quando for você a vítima das trombetas ou o detentor psicológico do sofrimento alheio, aproveite para desenvolver a serena e linda cara de paisagem, até conquistar inúmeras virtudes, inclusive, santificar-se.” 

Nilsa Alarcon e J. C. Alarcon
"Quando uma pessoa nervosa executar enorme pressão em sua mente, e você puder fazer esta prática, diga simplesmente - “Um instante, por favor, eu já volto”. Retire-se do cenário e recolha-se num lugar, se possível onde ninguém o veja. Mesmo que você tenha algum credo e reze neste momento, lembre-se de acrescentar ao seu ato, o decreto de autocontrole e firme a sua autoestima, respirando e repetindo mentalmente: “Eu Sou paciente e calmo, corajoso e firme”. Ao fim de cada repetição, inspire profundamente e solte o ar pela boca, todo de uma vez, fortemente. Verifique seus ombros, eles devem estar relaxados. Então, volte ao cenário da pressão. 
Estará com o rosto e o sistema nervoso bem diferentes. Talvez, até consiga sorrir levemente. Verá que a pressão do outro lado poderá ter diminuído. Se não diminuir ou zerar, acredite, você fez a sua parte. 
Há quem consiga controlar o furor de outra pessoa devido seu enorme poder de autocontrole. Perceba - autocontrole. Pense em controlar seu fluxo de energia nervosa, em vez de pensar em controlar o outro. 
Treinar é muito bom.” 

Nilsa Alarcon e J. C. Alarcon

Share It