Páginas

sábado, 31 de dezembro de 2011

TEMPO DE FESTAS...

Não se deixe levar pelo dia que se apresenta no calendário.
Não se alegre e nem entristeça o seu coração por causa de uma data.
Simplesmente viva cada minuto como se fosse único.
Como quem respira feliz e sem aparelhos.

Não se pertube o seu coração nem a sua mente,
por causa desta ou daquela data,
pela falta de um presente.
Nem se a mesa está posta ou mal disposta.
Antes um simples pão com a benção de toda a família,
que uma ceia cheia de pratos e muita mágoa e hipocrisia.

Nesses dias em que as festas tentam reunir pessoas,
onde nem sempre a falsidade consegue sair dos corações,
é bom lembrar que é só mais um dia,
que o mais importante, o essencial,
não se enxerga com os olhos da materialidade fútil.
Apenas os que já conseguem ver com os olhos de ver,
descobrem que o tempo, sábio tempo,
conta cada segundo como tempo vivido,
e ai daquele que perde seus preciosos minutos
com o brilho falso do luxo, das festas, das bebidas,
e de tudo que é passageiro.
 De tudo, o que fica é a sua experiência de vida,
os bons momentos, a alegria, o repartir e o compartilhar.
O resto, é enterrado nas areias do tempo,
coisa que nem um arqueólogo quer encontrar.

Viva este dia como se fosse o último,
mas sempre com sabedoria e amor,
porque sem amor, a vida é apenas o contar dos dias.
Feliz 2012!

Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

ANO NOVO, VIDA NOVA!!!

ESPIRITUALIDADE É DIFERENTE DE RELIGIÃO...

A religião não é apenas uma, são centenas.
A espiritualidade é apenas uma.


A religião é para os que dormem, é crença.
A espiritualidade é para os que estão despertos, é sabedoria.


A religião é para os que querem ser guiados por alguém.
A espiritualidade é para os que prestam atenção à sua Voz Interior.


A religião tem um conjunto de regras dogmáticas.
A espiritualidade convida a raciocinar sobre tudo, a questionar tudo.


A religião ameaça e amedronta.
A espiritualidade lhe dá Paz Interior.


A religião fala de pecado e de culpa.
A espiritualidade lhe diz: “aprenda com o erro.”


A religião reprime tudo, faz-lhe falso.
A espiritualidade transcende tudo, faz-lhe verdadeiro.


A religião não é Deus.
A espiritualidade é Tudo e, portanto, é Deus.


A religião inventa.
A espiritualidade descobre.


A religião não indaga nem questiona é dogmática.
A espiritualidade questiona tudo.


A religião é humana, é uma organização com regras.
A espiritualidade é Divina, sem regras.


A religião é causa de divisões.
A espiritualidade é causa de união.


A religião lhe busca para que acredite.
A espiritualidade você tem que buscá-la.


A religião segue os preceitos de um livro sagrado.
A espiritualidade busca o sagrado em todos os livros e na Natureza.


A religião se alimenta do medo e da culpa.
A espiritualidade se alimenta na Confiança e na Fé.


A religião faz viver no pensamento.
A espiritualidade faz viver na intuição da Consciência.


A religião se ocupa com fazer, é exotérica.
A espiritualidade se ocupa com Ser, é esotérica.


A religião alimenta o ego.
A espiritualidade nos faz transcender.


A religião nos faz renunciar ao mundo.
A espiritualidade nos faz viver em Deus, não renunciar a Ele.


A religião sonha com a glória e com o paraíso.
A espiritualidade nos faz viver a glória e o paraíso aqui e agora.


A religião vive no passado e no futuro.
A espiritualidade vive no presente.


A religião enclausura nossa memória.
A espiritualidade liberta nossa Consciência.


A religião crê na vida eterna.
A espiritualidade nos faz consciente da vida eterna.


A religião promete para depois da morte.
A espiritualidade encontra Deus em nosso interior durante a vida.


A religião é falar com Deus.
A espiritualidade é escutar o que Ele fala.


A religião é pedir a Deus.
A espiritualidade é receber o que Ele quer dar.


A religião é curvar-se a Deus.
A espiritualidade é deixar Deus tornar-se Deus dentro de nós.


A religião é adoração.
A espiritualidade é Meditação


Flávio Girol

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

UM NOVO OLHAR SOB O SALMO 23...

O Senhor é o meu Pastor
(Isto é relacionamento!)

Nada me faltará
(Isto é suprimento!)
 Caminhar me faz por verdes pastos
(Isto é descanso!)


Guia-me mansamente a àguas tranquilas
(Isto é refrigério!)


Refrigera minha alma
(Isto é cura!)


Guia-me pelas veredas da justiça
(Isto é direção!)

Por amor de seu nome
(Isto é propósito!)


Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte
(Isto é provação!)


Eu não temeria mal algum
(Isto é proteção!)


Porque Tu estás comigo
(Isto é fidelidade!)


A tua vara e o teu cajado me consolam
(Isto é segurança!)
 Unge a minha cabeça com óleo
(Isto é consagração!)


E o meu cálice transborda
(Isto é abundância!)
 Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida
(Isto é benção!)


E eu habitarei na casa do Senhor
(Isto é alívio!)


Por longos dias
(Isto é eternidade!)


"O que é mais valioso não é O QUE nós temos em nossas vidas, mas QUEM nós temos em nossas vidas."


segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

NÃO VOU LHE DESEJAR UM FELIZ ANO NOVO...

Não vou desejar que nesse ano encontre paz e felicidade permanentes. Não vou desejar que supere todas as suas metas e vença todos os desafios, encontre alegria no amor, fique rico e seja sempre a pessoa mais linda
e simpática do planeta (mas vou desejar saúde. Porque com saúde não se brinca).

Não vou desejar que 2012 seja o melhor ano de todos os anos de sua vida. 365 dias é muito pouco para todas as conquistas, todos os desafios e tudo o mais que deseja fazer, ser e ter.

Esse ano, quero desejar outra coisa. Desejo que se lembre de todas as conquistas que teve. Que olhe para trás e veja tudo o que foi aprendido, se lembre de todas as pessoas que apoiaram e quem você foi em todas essas situações. Que determine a vida que quer levar. De repente não é a que está levando agora, a que seus pais querem que leve. Ou seu amor. Ou seus amigos. Ou sua comunidade. Pare e pense na vida que você quer ter.

Escolha as pessoas que lhe acompanharão. Aquelas que agregam, que lhe dão apoio em todos os momentos. Escolha as que quer ao seu lado e querem estar ao seu lado. Descubra o que lhe dá prazer e trabalhe para que seja constante em seu dia-a-dia.
Faça o que você ama e ame o que faz.

Reconheça as características pessoais que não gosta e aprenda a mudá-las (ou aceitá-las). Você pode ser uma pessoa melhor todos os dias. Por que quem você quer ser já está dentro de você. Então, procure. Insista e não desista.

Sim, um ano inteiro é muito pouco para tantos desejos. Então, vamos lá. Procure dentro de você a força que precisa. Suspire fundo. Comece. Agora. Sua vida está esperando.

Feliz vida para você.

IDOSOS OU VELHOS? AS GRANDES DIFERENÇAS...

Idosa é uma pessoa que tem muita idade. Velha é a pessoa que perdeu a jovialidade.


A idade causa degenerescência das células. A velhice causa a degenerescência do espírito. Por isso nem todo idoso é velho e há velho que ainda não chegou a ser idoso.


Você é idoso quando sonha. É velho quando apenas dorme.


Você é idoso quando ainda aprende. É velho quando já nem ensina.


Você é idoso quando pratica esportes, ou de alguma outra forma se exercita.


É velho quando apenas descansa.


Você é idoso quando ainda sente amor. É velho quando só tem ciúme e sentimento de posse.


Você é idoso quando o dia de hoje é o primeiro do resto de sua vida.


É velho quando todos os dias parecem o último de uma longa jornada.


Você é idoso quando seu calendário tem amanhãs.


É velho quando seu calendário só tem ontens.


O idoso é aquela pessoa que tem tido a felicidade de viver uma longa vida produtiva, de ter adquirido uma grande experiência.


Ele é uma ponte entre o passado e o presente como o jovem é uma ponte entre o presente e o futuro.


E é no presente, que os dois se encontram.


Velho é aquele que tem carregado o peso dos anos, transmitindo pessimismo e desilusão.


Para ele, não existe ponte entre o passado e presente, existe um fosso que o separa do presente pelo apego ao passado.


0 idoso se renova a cada dia que começa: o velho as acaba a cada dia que termina.O idoso tem seus olhos postos no horizonte dê onde o sol desponta e a esperança se ilumina.


O velho tem sua miopia voltada para os tempos que passaram.Ó idoso curte o que resta da vida.O velho se emperra no tempo, se fecha. em sua ostra e recusa a modernidade.


O idoso leva urna vida ativa, plena de projetos e de esperanças.Para ele o tempo passa rápido,mas a velhice nunca chega.


O velho cochila no vazio de sua vida e suas horas se arrastam destituídas de sentido. As rugas do idoso são bonitas porque foram, marcadas pelo sorriso.


As rugas do velo são feias porque foram vincadas pela amargura.


Em resumo, idoso e velho são duas pessoas que até podem ter a mesma idade no cartório mas tem idade bem diferente no coração.


A vida, com suas fases de infância, juventude, madureza, é uma experiência constante.


Cada fase tem seu encanto, sua doçura, suas descobertas. Sábio é aquele que desfruta de cada uma das fases em plenitude, extraindo dela o melhor.


Somente assim, na somadas experiências e oportunidades, ao final dos seus anos, guardará a jovialidade de um homem sábio.


Se você é idoso guarde a esperança de nunca ficar velho.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

HORIZONTE...

Certa vez alguém chegou ao céu e pediu para falar com Deus. Segundo o seu ponto de vista, havia uma coisa na criação que não tinha nenhum sentido. Deus atendeu de imediato, curioso por saber qual era a falha que havia na criação.


-Senhor, sua criação é muito bonita, muito funcional, cada coisa tem sua razão de ser, mas, no meu ponto de vista, tem uma coisa que não serve para nada.
-E que coisa é essa que não serve para nada? - perguntou Deus.
- É o horizonte. Para que serve o horizonte? Se eu caminho um passo em sua direção, ele se afasta um passo de mim. Se caminho dez passos, ele se afasta outros dez passos. Isto não faz sentido! O horizonte não serve pra nada.


Deus sorriu e disse:


- Mas é justamente para isso que serve o horizonte... para fazê-lo caminhar e nunca desistir de lutar pelo amanhã.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

DICAS PARA EQUILIBRAR AS EMOÇÕES...

1. Mesmo que você não siga nenhuma religião, entre numa igreja ou num templo vazio, sente-se e descanse, curtindo a paz e o silêncio.
2. Escolha um guru e acredite nele.
3. Participe de um trabalho voluntário. Ajudar a quem precisa dá sentido maior à vida.
4. Aprenda a rir de você mesmo(a).
5. Curta aquilo que você tem e não fique comparando posses.
6. Não repasse notícias ruins. Uma situação vira tragédia quando passada de boca em boca. Se ouvir informação triste, guarde para si.
7. Compartilhe suas incertezas. Ao escutar o que os outros têm a dizer, as dúvidas se aclaram.
8. Preste atenção na intuição. Ser intuitivo é deixar o coração dar um pulinho no futuro e voltar rapidinho.
9. Não permita que sua vida gire em torno de um único tema. Investir energia em uma só coisa é correr risco de deixar de ter prazer em outras.
10. Seja seu maior fã. Você é incrível.
11. Diga mais "eu te amo". Mostre entrega, carinho e disposição para aceitar o outro do jeito que é. Não espere uma ocasião especial.
12. Tenha jogo de cintura. É mais fácil aceitar as mudanças quando entendemos que não é possível controlar tudo nem todos.
13. Arranje um passatempo. Você nunca conseguirá estar à frente no seu trabalho se tudo o que você é se resume ao seu trabalho.
14. Saiba receber um elogio. A admiração pode ser sincera e fazer bem ao ego.
15. Agradeça. Você pode levantar as mãos para o céu, dobrar os joelhos, acender uma vela, dar três pulinhos, beijar uma imagem... Não importa o ritual. Vale a sensação de que o universo está lhe dando o que pode dar - e que você é uma pessoa abençoada por isso.
16. Ouça uma canção alegre e cante junto.
17. Desligue a televisão e converse com os amigos, o marido ou a esposa, o namorado ou a namorada, o cachorro, o papagaio...

SABEDORIA...

Meu coração e minha língua fizeram um trato: quando meu coração estiver enfurecido, minha língua guardará silêncio.


As palavras respondem aos sentimentos, e os sentimentos às idéias. Por isso é impossível dominar nossas palavras se não somos senhores de nossos sentimentos; e estes sentimentos irão se acalmando segundo a força de nossas idéias.


A um coração que não se domina, responderão palavras violentas e ferinas; a um coração fechado em si, sucederão palavras e atitudes que depreciam os demais.


Por conseguinte, me calarei quando meu coração não estiver sossegado e em calma; não falarei, pois seguramente me arrependerei do que disser ou, pelo menos, do modo como o disser, ou do momento em que o disser.


Se em geral o coração não costuma ser bom conselheiro, menos o será quando não estiver em paz e não se sentir senhor de si mesmo.

É PRECISO ESFORÇO...

Certo dia, um homem caminhava por uma estrada deserta, quando começou a sentir fome. Não estava prevenido, pois não sabia que a distância a ser percorrida era tão longa.


Começou a prestar atenção na vegetação ao longo do caminho, na tentativa de encontrar alguma coisa para acalmar o estômago. De repente, notou que havia frutos maduros e suculentos em uma árvore. Aproximou-se, mas logo desanimou, pois a árvore era muito alta e os frutos inacessíveis.


Continuou andando e foi vencido pela fome e o cansaço. Sentou-se à beira do caminho e ficou ali, lamentando a sorte.


Não demorou muito e ele avistou outro viajante que vinha pelo mesmo caminho. Quando o viajante se aproximou, o homem notou que ele estava comendo os frutos saborosos que não pudera alcançar. Assim, perguntou-lhe:


- Amigo, que belos frutos você encontrou.
- É - respondeu o viajante - eu os encontrei no caminho. A natureza é pródiga em frutos suculentos.
- Mas você tem a pele machucada - observou o homem.
- Ah, mas isso não é nada! São apenas alguns arranhões que ficaram pelo esforço que fiz ao subir na árvore e colher os frutos.


E o homem, agora com mais fome ainda, ficou sentado, resmungando, de estômago vazio, enquanto o outro viajante seguiu em frente.


Alguns de nós também são assim... Ficam sentados, lamentando o sofrimento, mas não abrem mão da acomodação para sair em busca da solução. Esquecem que é preciso fazer esforços, lutar, persistir.
É muito comum ouvir pessoas gritando por um lugar ao sol, mas as que verdadeiramente querem um lugar ao sol trazem algumas queimaduras, fruto da luta pelo ideal que almejam.
Outras, mais acomodadas, dizem que “Deus alimenta até mesmo os pássaros. Por que não haveria de providenciar o de que necessitam?“ Essas estão certas, em parte, pois se é verdade que Deus dá alimento aos pássaros, também é certo que ele não o joga dentro do ninho.


O trabalho de busca pelo alimento é por conta de cada pássaro, e muitas vezes isso não é fácil. Há situações em que eles se arriscam e até saem com alguns arranhões.


Buscar é movimento, é esforço, é ação. No entanto, é preciso saber o que se busca e por qual porta desejamos entrar.
Ainda aí, nossa escolha é totalmente livre. Nossa vontade é que nos conduzirá aonde queremos chegar. Sendo assim, façamos a nossa escolha e optemos por chegar lá, e chegar bem.

OBJETIVO X PERCEPÇÃO...

No mundo do marketing não há realidade objetiva; tudo é percepção. A estratégia para o sucesso e a conquista de mercados está centrada no que o público – ou os outros – pensam do produto – ou de nós. A batalha do marketing é uma batalha de percepção. Portanto, não basta ser, tem que parecer, e aparecer.


Para tornar o sucesso mais acessível é um erro seguir as pegadas de alguém. Procurar um caminho próprio é uma boa receita. Esse, por ser original, com mais facilidade será uma trilha de sucesso, pois tem um diferencial. O diferencial é você, criatura especialíssima, impressão digital única e, portanto, único em sua manifestação individual...


Você é seu próprio produto e, ao encontrar sua singularidade – o que faz de você um indivíduo – será único. Sendo único, será o primeiro, e estará obedecendo a duas das mais poderosas leis do marketing: sair na frente, ser o primeiro; e ter um diferencial.

EXPECTATIVAS DE SOLUÇÕES MÁGICAS...

Esperar que uma grande jogada do destino salve a empresa é a mesma coisa que acreditar em Papai Noel. A ilusão é o pior alimento que uma empresa pode ter! Quando nos deparamos com uma competição como as Olimpíadas, por exemplo, percebemos que os resultados são fruto de sangue, suor e sacrifícios.


Todo campeão, ao receber a medalha, geralmente diz que valeu a pena o sacrifício, que a sensação de vencer apagou tudo o que ele deixou de fazer para se preparar. O campeão reconhece que, sem dedicação, o sonho se transforma em frustração. Ele sabe que o sucesso da empresa depende do crescimento e da motivação de sua equipe. Aqueles que aguardam soluções mágicas são os mesmos que se desesperam quando as dificuldades começam a aparecer. Não estão preparados para entender que as dificuldades fazem parte das grandes conquistas.


Os campeões são diferentes. Eles têm uma enorme capacidade para enfrentar os problemas e sentem prazer em resolvê-los... Eles sabem que um problema é um problema e deve ser enfrentado sempre, e com força total.


O campeão resolve! Sonha alto e trabalha duro. Envolve-se com os todos os projetos. Sabe que para obter tudo o que deseja deve fazer a sua parte. Lógico, todos sabem que milagres existem! Mas eles não acontecem, são realizados. Milagres são realizações de pessoas, de equipes motivadas e conscientes dos seus desafios.


(texto de Roberto Shinyashiki no livro "Liderança em tempo de tempestade"

O PORTEIRO DO PROSTÍBULO...

Não havia no povoado pior ofício do que "porteiro do prostíbulo".
Mas que outra coisa poderia fazer aquele homem? O fato é que nunca tinha aprendido a ler nem escrever, não tinha nenhuma outra atividade ou ofício.
Um dia, entrou como gerente do prostíbulo um jovem cheio de idéias, criativo e empreendedor, que decidiu modernizar o estabelecimento.


Fez mudanças e chamou os funcionários para as novas instruções.
Ao porteiro disse:
- A partir de hoje, o senhor, além de ficar na portaria, vai preparar um relatório semanal onde registrará a quantidade de pessoas que entram e seus comentários e reclamações sobre os serviços.


- Eu adoraria fazer isso, senhor - balbuciou - mas eu não ser ler nem escrever!!
- Ah! Quanto eu o sinto! Mas se é assim, já não poderá seguir trabalhando aqui.
- Mas Senhor, não pode me despedir, eu trabalhei nisto a minha vida inteira, não sei fazer outra coisa.
- Olhe, eu compreendo, mas não posso fazer nada pelo senhor. Vamos dar-lhe uma boa indenização e espero que encontre algo que fazer. Eu sinto muito e que tenha sorte.


Sem mais nem menos, deu meia volta e foi embora.
O porteiro sentiu como se o mundo desmoronasse.
Que fazer? Lembrou que no prostíbulo, quando quebrava alguma cadeira ou mesa, ele a arrumava, com cuidado e carinho.
Pensou que esta poderia ser uma boa ocupação até conseguir um emprego.
Mas só contava com alguns pregos enferrujados e um alicate mal conservado.
Usaria o dinheiro da indenização para comprar uma caixa de ferramentas completa.
Como o povoado não tinha casa de ferragens, deveria viajar dois dias em uma mula para ir ao povoado mais próximo para realizar a compra. E assim o fez.


No seu regresso, um vizinho bateu à sua porta:
- Venho para perguntar se você tem um martelo para me emprestar.
- Sim, acabo de comprá-lo, mas eu preciso dele para trabalhar ... já que fiquei sem emprego ...
- Bom, mas eu o devolverei amanhã bem cedo.
- Se é assim, está bom.


Na manhã seguinte, como havia prometido, o vizinho bateu à porta e disse:
- Olha, eu ainda preciso do martelo. Porque você não o vende para mim?
- Não, eu preciso dele para trabalhar e além do mais, a casa de ferragens mais próxima está a dois dias mula de viagem.
- Façamos um trato - disse o vizinho. Eu pagarei os dias de ida e volta, mais o preço do martelo, já que você está sem trabalho no momento. Que lhe parece?


Realmente, isto lhe daria trabalho por mais dois dias ... aceitou.
Voltou a montar na sua mula e viajou. No seu regresso, outro vizinho o esperava na porta de sua casa.


- Olá, vizinho. Você vendeu um martelo a nosso amigo.
- Eu necessito de algumas ferramentas, estou disposto a pagar-lhe seus dias de viajem, mais um pequeno lucro para que você as compre para mim, pois não disponho de tempo para viajar para fazer compras. Que lhe parece?


O ex-porteiro abriu sua caixa de ferramentas e seu vizinho escolheu um alicate, uma chave de fenda, um martelo e uma talhadeira. Pagou e foi embora.
E nosso amigo guardou as palavras que escutara: "não disponho de tempo para viajar para fazer compras".


Se isto fosse certo, muita gente poderia necessitar que ele viajasse para trazer as ferramentas. Na viajem seguinte, arriscou um pouco mais de dinheiro trazendo mais ferramentas do que as que havia vendido.
De fato, poderia economizar algum tempo em viagens.
A notícia começou a se espalhar pelo povoado e muitos, querendo economizar a viajem, faziam encomendas.
Agora, como vendedor de ferramentas, uma vez por semana viajava e trazia o que precisavam seus clientes.
Com o tempo, alugou um galpão para estocar as ferramentas e alguns meses depois, comprou uma vitrine e um balcão e transformou o galpão na primeira loja de ferragens do povoado.


Todos estavam contentes e compravam dele. Já não viajava, os fabricantes enviavam-lhe seus pedidos. Ele era um bom cliente. Com o tempo, as pessoas dos povoados vizinhos preferiam comprar na sua loja de ferragens, do que gastar dias em viagens.


Um dia ele lembrou de um amigo seu que era torneiro e ferreiro e pensou que este poderia fabricar as cabeças dos martelos. E logo, por que não, as chaves de fendas, os alicates, as talhadeiras, etc.. E após foram os pregos e os parafusos ...
Em poucos anos, nosso amigo se transformou, com seu trabalho, em um rico e próspero fabricante de ferramentas.


Um dia decidiu doar uma escola ao povoado.
Nela, além de ler e escrever, as crianças aprenderiam algum ofício.
No dia da inauguração da escola, o prefeito lhe entregou as chaves da cidade, o abraçou e lhe disse:


- É com grande orgulho e gratidão que lhe pedimos que nos conceda a honra de colocar a sua assinatura na primeira página do Livro de Atas desta nova escola.
- A honra seria minha - disse o homem. Seria a coisa que mais me daria prazer, assinar o Livro, mas eu não sei ler nem escrever, sou analfabeto.
- O senhor?!?! - disse o prefeito sem acreditar. O senhor construiu um império industrial sem saber ler nem escrever? Estou abismado. Eu pergunto:
- O que teria sido do senhor se soubesse ler e escrever?
- Isso eu posso responder - disse o homem com calma. Se eu soubesse ler e escrever ... ainda seria o porteiro do prostíbulo!!!!!


Geralmente as mudanças são vistas como adversidades.
As adversidades podem ser bênçãos. As crises estão cheias de oportunidades.
"UM CHUTE NO TRASEIRO, PODE SER UM PASSO À FRENTE" ....


Reflita!!!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

O QUE EU "NÃO" TE DESEJO NO NATAL...

Neste Natal, por favor não me "ADD" no seu Face.
Nem me "siga" no Twitter, se puder, venha me dar um abraço real.
Daqueles em que expressamos toda a nossa alegria ou carinho.
E se não for possível este abraço real, escreva-me uma carta comum, dessas onde não digitamos, nem colamos coisas copiadas de outros sites.
Apenas expressamos as nossas emoções.
Falamos de coisas triviais e de coisas preocupantes.
Do novo ou do velho amor que passou.
Das alegrias e dores que todos nós passamos.

Neste Natal eu desejo que você não receba:
- abraços melosos de quem nunca ligou para você,
- carta de namorado(a) dizendo adeus,
- Carta de demissão do emprego (só se for muito ruim!)
- Palavras repetidas de quem vive "enchendo o seu saco",
- Desejos de muita paz de quem fez da sua vida um inferno..
- Sorrisos amarelos de pura inveja de quem não suporta suas conquistas.
- Presentes que propositalmente foram dados para você se irritar, ou pagar mico.
- nada de indiretas, quem quiser falar algo que fale agora,
ou vá secar a língua no forno.

A lista de coisas que eu não te desejo pode ser imensa, mas vou parar por aqui.
E porque fiz ao contrário dos outros que passam para te desejar coisas boas?

Porque eu espero de coração que você já tenha assumido as rédeas da sua Vida.
Que você não esteja mais dependente de ninguém, de velhos amigos ou amores, só se você ainda tiver menos de 10 anos e dependa dos pais.
De resto, eu só te desejo de verdade, que você amadureça neste Natal,
e ao invés de gastar seus dinheiro com quem ainda vai ridicularizar o presente, gaste com você!
E se quiser mesmo lembrar do "aniversariante", passe em um orfanato,
deixe um pouco do seu calor.
Passe num asilo, deixe um pouco do seu amor.
passe num Hospital e leve uma palavra, para o idoso e para a criança:
esperança.

E ao invés de encher a cara e dar vexames, marque pontos com Jesus, acendendo a vela do Bolo Dele, com um gesto único de solidariedade.
É só isso que eu te desejo.
Feliz Natal, feliz compartilhar.
Com Cristo de verdade.
Eu acredito em você

Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

ATRAÇÃO...

Você já parou para pensar que você é um magneto vivo? Isso mesmo: um ímã que atrai pessoas e situações de acordo com o seu estado de espírito...


Sabe aquele dia em que, quando você acorda, escorrega no tapete, tropeça no cachorro, mancha a camisa com café... e assim por diante? Nesses dias, a tendência de todos nós é sair esbravejando, no maior mau humor...


Com essa atitude, todo o resto do dia vai ser desastroso, com certeza. Sabe por quê? Porque você está atraindo situações desagradáveis.


Mas dá pra reverter o quadro catastrófico. Basta parar um minutinho, respirar fundo e, se possível, rir...


Rir do escorregão, do tropeço e da mancha, que nem foi tão grande assim...


Não se esqueça: você é um ímã, que atrai tudo o que está de acordo com o seu desejo mais intenso.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

É TEMPO DE AMAR...

Eu quero falar da emoção que cerca a nossa vida.
E perguntar para o seu coração se ele ainda dispara,
ao ouvir a voz de alguém e se ele reconhece a paixão.


Quando uma voz vira melodia,
quando a noite parece dia,
quando o amor envolve e encanta,
e todo mal logo espanta,
deixa no ar perfume de flores.


O amor seca feridas, alivia as dores.
Mas, se o coração está amargurado,
se a decepção tomou conta e formou esse quadro.
O amor quase não tem chance de se mostrar.
Você fecha a visão da emoção,
entristecido pelo tempo, seca a paixão.


O medo de amar é couraça, uma ilusão.
Pois quando o amor insiste,
ele não desiste,
e nos mostra que na vida,
é possível amar muitas e muitas vezes,
outras pessoas tão diferentes quanto o nosso humor.
Assim é o amor.


Desejo que o desejo de amar permaneça em você!
Que não desista de fazer essa energia vibrar na sua alma.
Busque o amor com dedicação, com calma.
Sem pressa e sem medo de ser feliz.


Se alguém te machucou, levante a cabeça.
Olhe para a frente, para o novo tempo.
O coração precisa enxergar no dia,
os olhos dessa pessoa que quer te encontrar,
e juntos, além do tempo e da distância,
não perder mais nada e simplesmente,
amar.


Eu acredito em você!
Paulo Roberto Gaefke

NÓS NECESSITAMOS DE...

"Uma borracha, para apagar de nossa história tudo que nos desagrada;
Um sabonete, para retirar as marcas das máscaras que usamos no dia-a-dia;
Uma tesoura, para cortar tudo aquilo que nos impede de crescer;
Um pássaro, que nos ensine a voar alto e cantar com liberdade;
Um jarro, para conservar o carinho e amadurecer o amor;
Um frasco transparente, para conservar os sorrisos;
Sem tampa, para escutar o alegre som;
Lentes corretoras da visão da vida, que nos permitam enxergar, com amor, o próximo e a natureza;
Um esquilo, que nos mostre como galgar os ramos da árvore da sabedoria;
Agulhas grandes, para tecer sonhos e ilusões;
Um cofre, para guardar as lembranças construtivas e edificantes;
Um zíper, que permita abrir a mente quando se deseja encontrar respostas, outro para fechar nossa boca quando for necessário, e outro para abrir nosso coração;
Um relógio, para mostrar que é sempre hora de amar;
Um rebobinador de filmes, para recordar os momentos felizes de nossas vidas;
Sapatos da moral e da ética, para pisarmos com firmeza e segurança por onde quer que formos;
Uma balança, para pesar tudo que é vivido e experimentado;
Um espelho, para admirar uma das obras mais perfeitas de Deus... Nós mesmos!"

ESCOLHAS...

Inúmeras situações no mundo resultam das escolhas que fazemos.


Haverá momentos em que te sentirás impelido ao revide. Entretanto, poderás escolher a concórdia.


Não faltarão instantes em que o desânimo tentará te envolver. Todavia, poderás optar pela perseverança.


É possível, ainda, que as sombras te convidem para o futuro incerto. Porém, serás livre para seguir a luz.


Pensa nisso e, da próxima vez em que a vida te colocar em situações difíceis, lembra-te de que felicidade ou aflição resultará da escolha que você fizer.

QUEM SABE SOMAR SABE DIVIDIR...

Somar é a primeira operação matemática que se aprende, a que temos mais facilidade e que gostamos mais.


Primeiro agente gosta de somar várias vezes palitos e giz, depois brinquedos e roupas da moda, depois somar dinheiro, depois somar carros e casas, e sempre somar alegria e felicidade. Isto já é multiplicação, que também é fácil de aprender, é só somar várias vezes a mesma coisa.


A Segunda operação que aprendemos é a subtração. Aí começa a ficar estranho. Principalmente quando tem que pedir emprestado na casa do vizinho, digo, casa decimal ao lado. Ninguém gosta mais de diminuir do que somar.


Quando chega na divisão é quase um desespero, ainda mais quando sobra um resto. É que ninguém entende aonde ou pra quem vai ficar o resto. Até no cotidiano ninguém gosta de dividir nada. A dificuldade no aprendizado não parece à toa, o homem rejeita essa prática.


Quando o homem aprender a dividir corretamente e saber onde deve ficar o resto, entenderá que é o mesmo que somar para alguns, mantendo a quantidade de outros, sem necessariamente subtrair de alguém, ou seja, é o mesmo que somar igual para todos; entenderá também que somando os restos teremos mais um inteiro divisível, fazendo outros felizes. O resultado final também é uma soma, a soma da felicidade geral. Poderíamos até chamar esta operação de soma distribuída.


Com esta visão, com certeza a matemática daria mais resultados, talvez fosse dispensável aprender contas de dividir e os homens continuariam felizes a somar palitos, brinquedos, dinheiros, carros, casas e felicidade, porém não somente para si. Quem sabe?

Odylanor Havlis

domingo, 11 de dezembro de 2011

SEMEAR...

Quem planta árvores, colhe alimento.
Quem semeia flores, colhe perfume.
Quem semeia o trigo, colhe o pão.
Quem planta amor, colhe amizade.
Quem semeia alegria, colhe felicidade.
Quem planta a vida, colhe milagres.
Quem semeia a verdade, colhe confiança.
Quem planta fé, colhe a certeza.
Quem semeia carinho, colhe gratidão.

No entanto, há quem prefira semear tristeza e colher desconsolo.
Plantar discórdia e colher solidão.
Semear vento e colher tempestade.
Plantar ira e colher desafeto.
Semear descaso e colher um adeus.
Plantar injustiça e colher abandono.

Somos semeadores conscientes, espalhamos diariamente milhões de sementes ao nosso redor. Que possamos escolher sempre as melhores, para que, ao recebermos a dádiva da colheita farta, tenhamos apenas motivos para agradecer.

LONGE... Victor & Léo

ONDE NASCEU JESUS?

Li em um título de matéria espiritual:
Onde nasceu Jesus?
Imediatamente somos levados a pensar em uma localidade, um ponto na Terra.
Uns dirão que foi em Nazaré, outros em Belém.
Alguns filosofarão sobre a matéria e falarão da manjedoura.
Logo abaixo do título eu li:
"Para Paulo de Tarso, o apóstolo Paulo,
Jesus nasceu na estrada de Damasco,
onde uma luz muito forte cegou-lhe os olhos,
e abriu a sua visão para o Cristo."

E agora, eu volto a pergunta:
- Para você, para a sua vida, onde nasceu Jesus?
Talvez naquele leito de hospital com uma doença grave,
e a sua fé trouxe-lhe a presença de Jesus.
Quem sabe em um momento de extrema dor,
onde não encontrava conforto em nada,
Jesus lhe medicou e sarou as suas feridas.
Quem sabe, Jesus nasceu para você no dia mais feliz da sua história,
ou naquele momento em que pareceu-lhe faltar o chão.
E sem ninguém para segurar a sua mão,
sentiu a doce presença do Mestre, acalmando o seu coração.

Onde nasceu Jesus na sua vida?
Talvez Ele ainda seja uma semente mal germinada.
Parada, seca sem aguada, em terra esturricada.
Alma ressecada pelas angústias,
ou cheia dos confortos materiais que tanto enganam.

Não sei onde Jesus nasceu na sua vida,
só sei que Ele pacientemente espera,
pelo momento desse encontro,
onde como o outrora orgulhoso Saulo de Tarso,
arrogante senhor das Leis e perseguidor dos cristãos,
descobre na luminosidade de Jesus, uma nova vida.
Cego pela luz do mundo, descobre a beleza da Luz do Cristo.
Deixa então as pedras ali no chão de Damasco,
e se enche de amor nas sacolas da alma.

Que esse amor que Cristo derrama agora em todos os lugares,
faça nascer em você, a esperança, a fé e o amor sem medidas.
Abrir os seus olhos para a verdadeira espiritualidade,
para o Cristo que chama com profunda amizade,
para a maternidade amorosa de Jesus na sua vida.
Para que Ele nasça no parto amoroso da vida eterna,
e abra os seus olhos de ver, para nunca mais se perder.
Que assim seja!
Amém.

Paulo Roberto Gaefke

O SOL E O VENTO...

O sol e o vento discutiam sobre qual dos dois era mais forte e o vento disse:

- Provarei que sou o mais forte. Vê aquele velho que vem lá embaixo com um capote?
Aposto como posso fazer com que ele tire o capote mais depressa do que você.
O sol recolheu-se atrás de uma nuvem e o vento soprou até quase se tornar um furacão, mas quanto mais ele soprava, mais o velho segurava o capote junto a si.
Finalmente o vento acalmou-se e desistiu de soprar. Então o sol saiu de trás da nuvem e sorriu bondosamente para o velho.
Imediatamente ele esfregou o rosto e tirou o capote.

O sol disse então ao vento que a gentileza e a amizade eram sempre mais fortes que a fúria e a força.

SALVO PELA GENTILEZA...

Para refletirmos sobre nossas ações...

Conta-se uma história de um empregado em um frigorifico da Noruega.
Certo dia ao término do trabalho, foi inspecionar a câmara frigorifica.
Inexplicavelmente, a porta se fechou e ele ficou preso dentro da câmara.
Bateu na porta com força, gritou por socorro mas ninguém o ouviu, todos já haviam saído para suas casas e era impossível que alguém pudesse escutá-lo.
Já estava quase cinco horas preso, debilitado com a temperatura insuportável.
De repente a porta se abriu e o vigia entrou na câmara e o resgatou com vida.
Depois de salvar a vida do homem, perguntaram ao vigia:

Porque foi abrir a porta da câmara se isto não fazia parte da sua rotina de trabalho?.

Ele explicou:


Trabalho nesta empresa há 35 anos, centenas de empregados entram e saem aqui todos os dias e ele é o único que me cumprimenta ao chegar pela manhã e se despede de mim ao sair.
Hoje pela manhã disse “Bom dia” quando chegou.

Entretanto não se despediu de mim na hora da saída. Imaginei que poderia ter-lhe acontecido algo. Por isto o procurei e o encontrei...


E você? Será que seria salvo pela sua gentileza?

sábado, 10 de dezembro de 2011

SOBRE AS CRIANÇAS...

Depois, uma mulher que trazia uma criança ao colo disse,
Fala-nos das Crianças.
E ele respondeu:
Os vossos filhos não são vossos filhos.
São os filhos e as filhas da Vida que anseia por si mesma.
Eles vêm através de vós mas não de vós.
E embora estejam convosco não vos pertencem.
Podeis dar-lhes o vosso amor mas não os vossos pensamentos, pois eles têm
os seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar os seus corpos mas não as suas almas.
Pois as suas almas vivem na casa do amanhã, que vós não podereis visitar,
nem em sonhos.
Podereis tentar ser como eles, mas não tenteis torná-los como vós.
Pois a vida não anda para trás nem se detém no ontem.
Vós sois os arcos de onde os vossos filhos, quais flechas vivas, serão
lançados.
O arqueiro vê o sinal no caminho do infinito e Ele com o Seu poder faz com
que as Suas flechas partam rápidas e cheguem longe.
Que a vossa inflexão na mão do Arqueiro seja para a alegria;
Pois assim como Ele ama a flecha que voa,
Também ama o arco que se mantém estável.


Khalil Gibran

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

SE NÃO QUISER ADOECER...

Se não quiser adoecer - "Fale de seus sentimentos"


Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças
como: gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna.. Com o tempo a
repressão dos sentimentos degenera até em câncer. Então vamos desabafar,
confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos segredos, nossos pecados.
O diálogo, a fala, a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia..


Se não quiser adoecer - "Tome decisão"


A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A
indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é
feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder
vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de
doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.


Se não quiser adoecer - "Busque soluções"


Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas.
Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor é acender o
fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de
mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia
negativa que se transforma em doença.


Se não quiser adoecer - "Não viva de aparências"


Quem esconde a realidade finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que
está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc., está acumulando
toneladas de peso... uma estátua de bronze, mas com pés de barro.
Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com
muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.


Se não quiser adoecer - "Aceite-se"


A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que sejamos
algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os
que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos,
destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é
sabedoria, bom senso e terapia.


Se não quiser adoecer - "Confie"


Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria
liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não
há relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em
Deus.


Se não quiser adoecer - "Não viva SEMPRE triste!"


O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida
longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive.


"O bom humor nos salva das mãos do doutor". Alegria é saúde e terapia.

Dr. Dráuzio Varela
Ocorreu um erro neste gadget