Páginas

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

SIGA SEU CAMINHO...




Fazendo e acontecendo, vou seguindo meu caminho. Ainda que não seja de todo compreendido, e devo confessar, que as vezes, nem eu mesmo me entendo. As vezes quero companhia quando desejo apenas ficar sozinho. E se digo nunca mais, é para fazer de novo a mesma coisa. E se o assunto for amor, me desculpe, mas eu me rendo...

Viver não é fácil não! Assumir nossas preferências, ideologias e desejos, é mais difícil ainda, mesmo que o meu gosto seja igual ao seu. Sempre aparece alguém para criticar.

Por isso, não espere elogios a toda hora, mas prepare-se para as críticas, pois mesmo certo, alguém achará que você está errado.

Por isso,não espere pela opinião dos outros. Aconselhar-se com alguém significa ouvir uma experiência. Depois, analisar para ver se serve para este tempo e principalmente, se serve para a sua vida.

É muito fácil falar de alguém. Duro é ir lá viver a vida dela.

Por isso, siga seu caminho. Lute para ser feliz. Não tenha medo de ousar, e se pintar uma dúvida, consulte o seu coração, porque a razão já vive te amolando o dia todo.

Faça um balanço e com disposição para vencer, siga o seu caminho. O pote de ouro do arco-íris fica sempre no final, nunca no começo dele. Pense nisso e siga o seu caminho.

Paulo Roberto Gaefke

domingo, 27 de janeiro de 2013

ACORDE PARA VIDA...

Acorde para a vida que insiste em te dar novas oportunidades todos os dias.

Corra menos atrás das coisas materiais, caminhe mais, por puro prazer. Corra menos atrás do dinheiro, caminhe mais pelas conquistas do espírito. Corra menos atrás da perfeição, caminhe com seus erros e aprenda com eles. Corra menos atrás de consertar os outros, caminhe com suas certezas e seja paciente, cada um tem seu tempo. Viva a vida, curta cada minuto, cada instante, abrace mais, beije muito mais e sorria, o seu sorriso é um incentivo para que outros também sorriam.

Por fim, acredite na vida e na certeza de que você é digno de ser feliz, afinal de contas, a vida acredita em você, você acordou e mais um dia te espera, aproveite-o ao máximo!

Eu acredito em você,
Paulo Roberto Gaefke

CURA REAL...

Não trate apenas dos sintomas, tentando eliminá-los sem que a causa da enfermidade seja também extinta.A cura real somente acontece do interior para o exterior...

Sim, diga a seu médico que você tem dor no peito, mas diga também que sua dor é dor de tristeza, é dor de angústia.

Conte a seu médico que você tem azia, mas descubra o motivo pelo qual você, com seu gênio, aumenta a produção de ácidos no estômago.

Relate que você tem diabetes, no entanto, não se esqueça de dizer também que não está encontrando mais doçura em sua vida e que está muito difícil suportar o peso de suas frustrações.

Mencione que você sofre de enxaqueca, todavia confesse que padece com seu perfeccionismo, com a autocrítica, que é muito sensível à crítica alheia e demasiadamente ansioso.

Muitos querem se curar, mas poucos estão dispostos a neutralizar em si o ácido da calúnia, o veneno da inveja, o bacilo do pessimismo e o câncer do egoismo.
Não querem mudar de vida.

Procuram a cura de um câncer, mas se recusam a abrir mão de uma simples mágoa.

Pretendem a desobstrução das artérias coronárias, mas querem continuar com o peito fechado pelo rancor e pela agressividade.

Almejam a cura de problemas oculares, todavia não retiram dos olhos a venda do criticismo e da maledicência.

Pedem a solução para a depressão, entretanto, não abrem mão do orgulho ferido e do forte sentimento de decepção em relação a perdas experimentadas.

Suplicam auxílio para os problemas de tireoide, mas não cuidam de suas frustrações e ressentimentos, não levantam a voz para expressarem suas legítimas necessidades.

Imploram a cura de um nódulo de mama, todavia, insistem em manter bloqueada a ternura e a afetividade por conta das feridas emocionais do passado.

Clamam pela cura, porém permanecem surdos aos gritos de socorro que partem de pessoas muito próximas de si mesmos....

TERAPIA- O caminho daquele que realmente quer se amar... Pois só damos aquilo que temos... Só vemos no outro aquilo que somos!!!
Ana Bonadia

GIRASSÓIS E MIOSÓTIS...

O girassol é flor raçuda que enfrenta até a mais violenta intempérie e acaba sobrevivendo. 

O girassol aprendeu a viver com o sol e por isso é forte.
Já o miosótis é plantinha linda, mas que exige muito mais cuidado. Gosta mais de estufa. 
O miosótis quando se vira, vira errado. 
Precisa de atenção redobrada. 
Há filhos girassóis e filhos miosótis. 
Os primeiros resistem a qualquer crise: descobrem um jeito de viver bem, sem ajuda. 
As mães chegam a reclamar da independência desses meninos e meninas, tal a sua capacidade de enfrentar problemas e sair-se bem. 
Por outro lado, há filhos e filhas miosótis, que sempre precisam de atenção. 
Todo cuidado é pouco diante deles. 
Reagem desmesuradamente, melindram-se, são mais egoístas que os demais, ou às vezes, mais generosos e ao mesmo tempo tímidos, caladões, encurralados. 
Eles estão sempre precisando de cuidados. 

O papel dos pais é o mesmo do jardineiro que sabe das necessidades de cada flor, incentiva ou poda na hora certa. 
De qualquer modo fique atento. 
Não abandone demais os seus girassóis porque eles também precisam de carinho... e não proteja demais os seus miosótis. 
As rédeas permanecem com vocês... mas também a tesoura e o regador. 
Não negue, mas não dêem tudo que querem: a falta e o excesso de cuidado matam a planta...

Há filhos girassóis e filhos miosótis. 
Os primeiros resistem a qualquer crise: descobrem um jeito de viver bem, sem ajuda. 
As mães chegam a reclamar da independência desses meninos e meninas, tal a sua capacidade de enfrentar problemas e sair-se bem. 
Por outro lado, há filhos e filhas miosótis, que sempre precisam de atenção. 
Todo cuidado é pouco diante deles. 
Reagem desmesuradamente, melindram-se, são mais egoístas que os demais, ou às vezes, mais generosos e ao mesmo tempo tímidos, caladões, encurralados. 
Eles estão sempre precisando de cuidados. 
O papel dos pais é o mesmo do jardineiro que sabe das necessidades de cada flor, incentiva ou poda na hora certa. 
De qualquer modo fique atento. 
Não abandone demais os seus girassóis porque eles também precisam de carinho... e não proteja demais os seus miosótis. 
As rédeas permanecem com vocês... mas também a tesoura e o regador. 
Não negue, mas não dêem tudo que querem: a falta e o excesso de cuidado matam a planta...

O papel dos pais é o mesmo do jardineiro que sabe das necessidades de cada flor, incentiva ou poda na hora certa. 
De qualquer modo fique atento. 
Não abandone demais os seus girassóis porque eles também precisam de carinho... e não proteja demais os seus miosótis. 
As rédeas permanecem com vocês... mas também a tesoura e o regador. 
Não negue, mas não dêem tudo que querem: a falta e o excesso de cuidado matam a planta...
O girassol se vira... e como se vira! 

Ana Bonadia

O TEMPO DO TEMPO...


Não atropele o tempo do tempo. Se você já semeou, agora é esperar as sementes germinarem. Se já teve o primeiro encontro, é aguardar as emoções aflorarem. Se já saiu na chuva, se descobriu o calor e passou pelo frio, é tempo de observar da janela da vida o tempo passar, como ás águas do rio...

Não coma as palavras, respire. Não fale o que vier na telha, pense. Não se atrapalhe com mil pensamentos, medite. Não se envolva com energias negativas, ore. Não perturbe o seu coração, confie. Não se orgulhe de nada, nem do bem e nem do mau. Apenas dirija o seu barco, seja o capitão da sua nau.

Observe as pessoas correndo, vão apressadas para o nada. Não entre nessa fila, tenha uma direção, não vá com a manada.

Saia mais cedo e contemple o dia. A noite enluarada, cheia de estrelas, é a vida. Vida que pede tempo para se apresentar e te mostrar. Que você é o próprio tempo que se refaz a cada segundo em que se amar.

É tempo de deixar o tempo agir, ser, estar e prosseguir, com a certeza de que o tempo não age contra ninguém, é aliado amigo de quem sabe como seguir bem.

Paulo Roberto Gaefke

sábado, 26 de janeiro de 2013

7 SINAIS DE DEPRESSÃO...


Atente para sete sinais da depressão
Confundir a doença com tristeza e personalidade mais fechada atrapalha o tratamento.

A depressão é uma doença que afeta mais de 350 milhões de pessoas de todas as idades, gêneros e etnias, de acordo com a Organização Mundial de Saúde. Embora o risco de ter depressão seja maior entre as pessoas com histórico da doença na família, maus hábitos comportamentais (como dormir pouco e cultivar pensamentos negativos) também podem favorecer uma crise ou agravar ainda mais um quadro já em desenvolvimento.

"Adotar atitudes mais saudáveis protegem seu corpo contra os sintomas da depressão, mas é preciso buscar tratamento depois que a doença se instala", afirma o psiquiatra Ricardo Alberto Moreno, professor doutor do Instituto de Psiquiatria da USP. Um dos principais problemas de quem sofre com este doença é acreditar que ele vai desaparecer por conta própria ou assumir que o mal-estar é permanente e faz parte da personalidade. Nada disso: se você apresentar, ao menos, um dos sinais listados a seguir e achar que ele tem prejudicado a sua rotina, aproveite para procurar um especialista.

1 DE 7

Dormir pouco

"A falta do sono é um dos gatilhos para o aparecimento da depressão", afirma o psiquiatra Ricardo Alberto Moreno, professor doutor do Instituto de Psiquiatria da USP. Segundo o especialista, o organismo é regido pelo claro e escuro, ou seja, dia e noite. Assim, do ponto de vista biológico, você está programado para a realização de atividades no período diurno e para o repouso no período noturno. "Inverter essa ordem ou reduzir o tempo que deveria ser destinado ao sono provoca desequilíbrios físicos e psicológicos", diz.

Enquanto dorme, o seu corpo libera hormônios, a atividade cerebral sofre alterações e a temperatura varia para permitir um bom desempenho das tarefas ao acordar. Interromper esse ciclo, portanto, pode afetar o metabolismo como um todo e servir de gatilho à depressão. O cuidado especial deve ficar por conta dos mais jovens. "Com uma rotina tão agitada e diante de tantos estímulos, como celular, computador e televisão, o sono tem sido deixado em segundo plano", diz o especialista.

Insônia

Além de favorecer a depressão por privar o corpo do tempo de descanso necessário para a realização de diversos processos fisiológicos, a insônia por si só está ligada a problemas orgânicos ou psíquicos. "As duas principais causas da dificuldade de pegar no sono são produção inadequada de serotonina, substância química que permite a transmissão de informações entre os neurônios, e estresse", diz o psiquiatra Ricardo.

A psiquiatra Eutímia Brandão de Almeida Prado, do Hospital Universitário de Brasília, complementa dizendo ainda que a insônia também é um dos critérios para o diagnóstico da depressão. "As alterações neuroendócrinas que o paciente sofre geralmente afetam sua capacidade de dormir", afirma. O resultado, segundo ela, é um agravamento das alterações de humor.

Sofrimento antecipado

"Sofrer por antecipação pode precipitar um quadro de depressão", afirma a especialista Eutímia. Momentos de ansiedade e de estresse não são restritos a uma ou outra pessoa, mas passar por isso com frequência e cultivar pensamentos pessimistas sobre o futuro pode favorecer o desenvolvimento da doença. Pessoas com essa característica costumam ser insatisfeitas e nem sempre aproveitam plenamente ocasiões de prazer. Enquanto em alguns casos o sofrimento antecipado é decorrente da necessidade de controle sobre o que acontece, típico traço de uma personalidade insegura, em outros ele se torna paralisante, concretizando um problema.

Perda de apetite

Comer não é apenas uma forma de repor as energias perdidas ao longo do dia. "O hábito também está associado à sensação de prazer proporcionada pelo sabor e pela temperatura dos alimentos", afirma o psiquiatra Ricardo. Quem começa a entrar em um quadro depressivo, entretanto, deixa de sentir esse prazer, o que afeta diretamente seu apetite. De acordo com o especialista, são raros os casos em que o paciente passa a sentir mais fome já que a comida não ameniza sua insatisfação.

A psiquiatra Eutímia afirma que isso faz parte de um quatro de anedonia ou incapacidade de sentir prazer. "A perda de apetite é um traço característico, mas a pessoa em depressão não se sente motivada a fazer nada daquilo que fazia anteriormente", explica.

Perfeccionismo

Querer as coisas do seu jeito e se apegar aos detalhes mais singelos pode não ser problema, mas quando se torna uma compulsão ou obsessão, pode favorecer a depressão. "Uma pessoa escrava do perfeccionismo sofre quando seu planejamento não dá certo ou não fica, no mínimo, de acordo com o esperado", afirma o psiquiatra Ricardo. Segundo ele, a constante frustração de quem estabelece metas mais altas do que pode alcançar não é saudável. "Seja criterioso com o que faz e veja o fracasso como um aprendizado, e não como um problema".

Variação de humor

"Todos os transtornos depressivos são caracterizados por variações de humor", diz a psiquiatra Eutímia. Na maior parte dos casos, o indivíduo permanece em um estado de tristeza constante, mas, no caso da depressão bipolar, há oscilações entre estados de tristeza e euforia. O diagnóstico de depressão ganha força quando as variações se tornam persistentes e duram mais de 15 dias.

Segundo ela, apenas em uma consulta com um profissional é possível definir se as alterações de humor são normais ou se tornaram uma patologia. "Todos sofremos mudanças de humor ao longo do dia, mas quando isso começa a se tornar um fator limitante, ou seja, começa a impedir a realização das tarefas rotineiras, então o quadro precisa de tratamento", afirma.

Solidão

"A solidão se torna um problema quando repercute no desenvolvimento social ou profissional", afirma a psiquiatra Eutímia. Segundo a especialista, algumas pessoas gostam de ficar sozinhas e conseguem tornar esse momento produtivo, o que não caracteriza problema algum. O quadro muda apenas quando você evita situações por precisar interagir ou achar que a segurança do isolamento é sempre melhor do que a insegurança que ele pode sentir no meio social. O comportamento é uma armadilha para a depressão e precisa de tratamento.

Fonte:
http://www.minhavida.com.br/saude/galerias/15665-atente-para-sete-sinais-da-depressao#.UP_oGx1X2vg

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

TUDO CONTRA...


No dia em que tudo deu errado, onde até o sapato ficou furado. A paciência acabou na pergunta do colega pentelho, e o humor morreu ao ver o extrato do banco todo em vermelho. A esperança, que é a última que morre, faleceu semana passada, ao receber a notícia de separação da pessoa amada.

Tudo que parecia tão certo de repente parece dar errado, e que era céu e gozo, vira inferno e pecado.

Lá vem a pergunta que não quer calar: - O que eu fiz de errado?

Mas a resposta é o silêncio comprometedor. E ao analisar suas atitudes, encontra brechas deixadas sem nenhuma dor.

O gasto excessivo do cartão de crédito virou arapuca. A casa com o jeito desleixado, parece uma muvuca. A falta de atenção com a pessoa amada, era fato consumado. Tudo era por pura obrigação, e os olhos não viam o coração.

Antes que seja tarde e a noite vire escuridão. Encontre-se com os seus desejos reprimidos. Procure saber mais de você, de ver o que realmente precisa, e entre o amor impossível que se perdeu, que ficou no passado, e as contas que não fecham no presente, o coitado! Existe uma porta que se abre todos os dias, chamando para mudança que a sua alma implora, e o coração aflito fala e até chora: - a vida é simples e pede muito pouco!

Talvez, o que mais pede agora, é é tão notório, que você se ame, invista no amor próprio. Para que a noite possa afastar as sombras e mostrar a lua, e assim, romper de vez o medo da alma nua. Quando o sol sair e terminar com o escuro, você poderá finalmente, ver o seu próprio futuro!

Paulo Roberto Gaefke

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

DIA DE LUZ...

O despertador toca e você acorda. Abre os olhos e torna a contemplar as mesmas cenas do ontem.
Pela sua mente ágil, as dores sofridas passam em cenário cinematográfico. Você sente o corpo dolorido e cansado. Na boca, o gosto da amargura, que como fel, lhe fere o paladar.

Novo dia... Contudo, embora a noite de sono, não serão novas as lutas.
Os problemas financeiros não se solucionaram no intervalo de algumas horas.
A enfermidade que se abateu em seu lar não partiu.
Ao contrário, você a sente mais presente do que nunca, nos gemidos que já lhe chegam aos ouvidos.

Há que erguer-se do leito e retornar às lutas. A mesma luta.
Você sente desânimo e pensa: Por que Deus não me tirou a vida, enquanto dormia? Sinto-me exausto. Não desejo mais sofrer, nem lutar.
No entanto, os minutos correm céleres e é preciso retomar as atividades.
Entre a tristeza e o desalento, você se ergue e abre a janela.
Neste instante, o sol lhe bate em cheio na face e ilumina o seu quarto.
Faz-se luz e a luz espanca as trevas.
É novo dia - informa-lhe o sol.
Há alegrias no ar - cantam os pássaros.
A brisa da manhã o envolve e a natureza toda o convida a reformular suas disposições íntimas.
Pare um instante. Encha os seus pulmões com o ar renovado da manhã. Respire profundamente. Contemple o azul do céu e dirija ao Criador a sua prece.
Prece de gratidão por mais um dia no corpo.
Em vez de rogar a Deus que lhe tire a vida, rogue-Lhe forças para o combate.
É dia novo. Você não pode imaginar o que a Divindade lhe reservou para hoje.
Pense em quantas pessoas almejariam estar em seu lugar, agora.
Enfermidade, dor, desemprego são problemas a serem administrados e equacionados, ao longo da existência.
Recorde que a Divindade lhe providenciou um dia de luz para você treinar, outra vez, disciplina, paciência, perdão. 
Não perca a oportunidade. Não jogue fora as chances de crescimento e resgate.
E hoje, enquanto você sofre, luta e espera, alegre-se com os sons da vida, com o sorriso das crianças, com o colorido da Natureza que o Pai Criador dispôs especialmente para você.
Sorria. As lutas poderão ser semelhantes, mas não idênticas.
Porque dia como este nunca houve e não haverá outra vez.
Deus não se repete. Detenha-se a descobrir detalhes e observe a riqueza que o circunda.
Amigos, colegas, brincadeiras, abraços.
Nada será igual ao que já foi.
Desfrute deste dia integralmente, porque dia igual a este só se vive uma vez.
Cada dia é bênção nova. Cada minuto é oportunidade espontânea de crescimento.
Pense nisso!

Redação do Momento Espírita, com pensamento colhido no verbete Dia, do livro Repositório de sabedoria, v.1, pelo Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo P.Franco, ed. Leal.

sábado, 19 de janeiro de 2013

SIMPLESMENTE...

"Entre o que desejamos e o que temos, existe uma barreira, uma distância, que pede muito mais do que o desejo puro e simples, exige dedicação e por vezes um certo sofrimento, paciência e abnegação, um preço para cada conquista, que nem todos estão dispostos a pagar."

Por isso, há os que vencem, e há os que nunca alcançam.
Gente que vê a estrada florida, e outros que permanecem no charco, há os que encontram, e os que nunca se acham.
Muitos desistem no meio, outros nem começam, mas os que persistem, vencem a si mesmos, são os que recolhem pedras com as mãos, aqueles que não temem a noite escura, porque não enxergam os problemas, olham para a frente, para o futuro, com a lanterna da insistência nas mãos, e vão passando obstáculos, suando muito, porque toda vitória é fruto maduro, da perseverança e da transpiração.

Se o seu sonho te parece impossível, saiba que a esperança é o estopim, que acende a dinamite da determinação, e que todo aquele que crê e persevera, acaba encontrando mais do que espera, na curva da vida que os tolos chamam de sorte, e que os determinados munidos da paciência, reconhecem de longe, alcançando o sucesso, chamam sabiamente de "conseqüência".

Eu acredito em você.
Paulo Roberto Gaefke

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

NOS REBELAMOS...

Não conte os dias, não faça aniversário apenas uma vez por ano.
Viva cada momento e comemore-se!
Viva a sua existência, Graça Bendita que permite, acordar e sorrir, ou nem levantar e chorar.
Abrir a porta e sair, ou com medo se esconder.
Encarar a vida ou esperar pelo dia de morrer.
Tentar mais uma vez ou desistir.
Se entristecer com más notícias, ou olhar para o tempo e sorrir.
Ser mais você, ou se comparar com quem quer que seja.
Respirar os seus sonhos e ter tudo o que a alma deseja.
Tudo podemos quando não nos escondemos.
Quando aceitamos nossas deficiências, mas insistimos em mostrarmos ás nossas qualidades.
Mesmo diante das maiores fatalidades.
E assim, em meio ao que ainda não somos, mostramos a força do realizar.
Para poder seguir, viver e amar.
Na simplicidade do dia que começa, na alma que insiste e se liberta, para trazer esse desejo que desperta, todo aquele que sonha com intensidade.
Os que vivem com sabedoria, essa tal liberdade.
Pedimos licença para a tristeza e nos rebelamos.
Hoje, pelo menos por hoje, viveremos nossos sonhos.

Paulo Roberto Gaefke

TRACE UM PLANO...

Trace um plano de vida agora, quando a vida ainda lhe dá essa oportunidade de escolher.
Muitos se perdem em caminhos que lembram estradas floridas, e depois de alguns passos, descobrem mil espinhos.
A vida realmente é muito dura… Não é fácil ser você. Mas, já que tudo depende das suas escolhas, porque não caprichar e ficar com o que há de melhor? Pra que infidelidade? É duro mentir…
Pra que drogas? É duro de sair.
Pra que álcool? É duro de se manter em pé.
Pra que emprego longe? É duro de não dormir.
Pra que faculdade ruim? É duro de se formar.
Pra que amor encrencado? É duro de amar.
Se a vida te oferece a oportunidade de escolher, se sempre existem algumas opções, porque se deixar levar.
Aposte na sua saúde, na sua alegria, na sua PAZ.
Lembre-se: antes duro que muito endividado, e antes só que mal acompanhado.
Goste de você, goste da sua vida, da sua roupa, do seu cheiro.
Se você não fizer assim, a vida vem e escolhe por você.
Depois, não adianta chorar. Trace um plano de vida agora!
Cuide-se bem.

Paulo Roberto Gaefke

SOU UM TOCO...

Sou um toco no chão seco, esperando a chuva para brotar.
Sou um resto do que restou de mim, mas ainda tenho forças.
Quando todos viraram as costas, eu me voltei para mim.
Quanto tudo o que ficou foi a solidão, eu fiquei solidário.
Quando todos deixaram de acreditar, eu acreditei.
E aqui estou, renascendo! Brotando das minhas entranhas um novo "eu".
Mais leve, mais calmo, mais confiante. Já não vejo as mesquinharias do mundo.
Sei separar amigos de conhecidos.
O joio do trigo, a água da terra.
Tudo o que eu desejo é ser feliz. Acha pouco? Pra mim é o que basta, e sigo em busca da hora mais bendita, o minuto mais abençoado, para formar o dia renovado, em que deixo de ser uma aposta de futuro, para ser a alegria do presente, vivendo sem dor, distribuindo minha certeza e o meu amor.

Paulo Roberto Gaefke

COMEMORE-SE...

Para o mar agitado, uma boia, para os andares mais altos uma escada, para o engessado, um par de muletas, para a piscina, trampolim, para a vida plena, motivação.
Motivação é o combustível dos fortes, daqueles que determinaram a vitória, seja em que campo for, e não desistem, mesmo com o sol intenso, com o frio que queima, mesmo diante da montanha mais alta, porque sabem que basta seguir em frente, dar sempre um passo adiante, para vencê-lá.
Por isso, nas pequenas vitórias do dia, faça uma comemoração interior, vibre com um abraço sincero, com um beijo demorado, com uma nota boa na escola, com um obrigado bem merecido, com a esmola bem ofertada, com a ajuda que você pode dar, com a esperança que você levou, com o ombro amigo que pode oferecer.
Vibre, comemore com o nascer do dia, você acordou e isso significa estar vivo, Deus ainda acredita em você, e estar vivo significa poder mudar: o que estava errado, o que estava incomodando, pagar o que estava devendo, e trabalhar mais um pouco, para você, para a sua família, para o mundo, que sem você, no mínimo, seria menos interessante, porque você é especial demais, e só por você estar aqui, já vibramos com alegria.
Por isso, vibre, comemore-se, beba um copo de água em sua homenagem, e siga em frente, que a maior motivação é você!

Paulo Roberto Gaefke

TENHO...

Tenho um único sentido de direção agora:
- é para a frente que se anda e que se chega a algum lugar.
Depois de ficar muito tempo preso ao passado, me ocorreu um desejo de construir um novo futuro.
Por isso, deixei de corpo mole e de "chororo"...
Com a dor resolvi fazer jogo duro.
Olho para a frente e enxergo coisas lindas.
Vivo cada dia intensamente, com um sorriso nos lábios, de quem já viu tanta coisa negativa e viveu algumas decepções.
Hoje não espero das pessoas nada além daquilo que elas possam oferecer.
Aprendi a não criar expectativas nem deixar a ingratidão me ofender.
Tudo é um estado de espírito e o meu estado atual é o "ótimo".
Já não sonho, realizo, e me afirmo cada dia mais nas minhas possibilidades.
Descobri que posso ser tudo o que eu desejar ser.
Faço cursos de padeiro a pedreiro, falo até mandarim.
E ai de quem ainda sentir pena de mim.
Eu sigo meu caminho sem falar mal de ninguém, e se te interessar, fica aqui o meu segredo de plenitude e graça, ame a todos sem distinção, porque a vida é breve e no final de tudo, tudo passa...

Paulo Roberto Gaefke

domingo, 13 de janeiro de 2013

ABENÇOE...

Não pergunte porque, e nem qual o motivo, pare uns minutos e abençoe.
Abençoe o dia, pois ele é a esperança de realizar seus sonhos.
Abençoe os familiares, pois são o seu alicerce, a base de sua vida.
Abençoe a condução, o seu carro, o ônibus, o metrô, o trem ou o barco, é como você pode ; se deslocar com rapidez.
Abençoe o clima; bendita chuva que limpa o ar e irriga a terra, bendito o sol que enche de vida o nosso planeta.
Abençoe os professores, que se dedicam a guiar nossos passos.
Abençoe os amigos, sem eles nós não caminhamos.
Abençoe os que nos odeiam, ou carregam inveja ou rancor, são eles que nos motivam a ser cada dia melhores.
Abençoe todos aqueles que duvidam de sua capacidade de realizar, serão a força para o seu sucesso.
Abençoe o alimento que chega até você, ele é fruto do trabalho de alguém, e vai saciar a sua fome.
Abençoe as dificuldades, elas são capazes de exercitar a sua capacidade de realizar.
Abençoe os que te criticam, serão as molas que te impulsionarão para o topo.
Abençoe os que te humilham, pobres infelizes que estão secos por dentro. Orai por eles.
Abençoe os que te caluniam, serão testemunhas da sua honestidade.
Abençoe os que se aproximam de você, e de um crédito a todos, até prova em contrário todos são dignos de confiança.
Abençoe os que te amam de verdade, é por eles que a vida vale a pena ser vivida.
Abençoe o tempo, valorize cada segundo da sua vida, o próximo minuto pode ser o seu minuto de glória, não o desperdice com lamentações.
Abençoe-se, você é a coisa mais importante para Deus neste momento.

Paulo Roberto Gaefke

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

FACILITE...

Facilite a passagem da alegria pela sua vida: sorria mais.
Facilite a passagem da felicidade pela sua vida: pare de reclamar.
Facilite a passagem do amor pela sua vida: ame sem medidas, sem esperar algo em troca.
Quem espera que a vida venha repleta se dicas e truques vai ficar esperando.
Vai passar pelo tempo e visitar a solidão todos os dias.
Se você conhece alguém que reclama de tudo, veja como é a vida dessa pessoa, quase sempre é só sofrimento e mais lamentação.
Então, evite essa esquina perigosa! Afaste-se das reclamações fáceis, das críticas imbecis que só enxergam os defeitos.
Você tem tantas qualidades que ainda nem conseguiu ver todas.
Não espere nada do céu, ainda mais de mão beijada.
Olhe para o próprio chão e veja que só as ervas daninhas nascem assim do nada.
Boas frutas e belas plantas requerem plantio, cuidado, atenção e muito trabalho.
Então descruze os braços e facilite as coisas para os santos e anjos: trabalhe um pouco mais, e deixe as reclamações para os mais fracos.
Facilite a prosperidade para que ela entre na sua vida.
Seja aquele que encara o dia com o desejo de vitória.
Assim, seus sonhos se tornam cada vez mais realidade, e a sua vida, plena de encanto e felicidade.
Facilite a alma, encha-se de oração, trabalho e inspiração.

Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

NEURÓBICA...

Vocês já ouviram falar de "Neuróbica"?
Neuróbica é a ginástica dos Neurônios.

... Ler de forma assídua é um exemplo de quem pratica essa modalidade esportiva.

Neuróbica consiste no trabalho de condicionamento muscular para o cérebro. O desafio é fazer tudo aquilo que contraria as rotinas, obrigando o cérebro a um trabalho adicional.

Parte do nosso dia-a-dia é ocupado por rotinas que, apesar de terem a vantagem de reduzir o esforço intelectual, escondem um efeito perverso: limitam o cérebro.

Para contrariar essa tendência, é necessário praticar exercícios "cerebrais" que fazem as pessoas pensarem somente no que estão fazendo, concentrando-se na tarefa. Ler é benéfico à saúde mental, pois é uma das atividades neuróbicas mais completas que se pode praticar.
É como se você fizesse um exercício que tivesse Yoga, Musculação e Aeróbico no mesmo aparelho.

A atividade da leitura faz reforçar as conexões entre os neurônios.

PARA A MENTE, AINDA NÃO INVENTARAM MELHOR EXERCÍCIO NEURÓBICO DO QUE LER ATENTAMENTE E REFLETIR SOBRE TEXTO (e você achando que ler era só algo divertido e prazeroso rsrs...)

Diferente de jogos para a memória, quebra-cabeças e palavras cruzadas, a Neuróbica usa combinações dos cinco sentidos e baseia-se em atividades simples que podem ser realizadas a qualquer hora.

Não é raro que as pessoas esqueçam datas de aniversários, compromissos importantes, local onde determinados objetos foram guardados e nomes de pessoas próximas e amigas.

Os esquecimentos costumam ser de acontecimentos recentes, ao passo que fatos passados a muito tempo, dificilmente saem da memória.

A neurociência vem revelar que o cérebro, apesar de envelhecer, continua a possuir uma capacidade extraordinária de crescer e mudar o padrão de suas conexões.

Foi publicado no Brasil um livro de nome “Mantenha o seu Cérebro Vivo” de Lawrence Katz e Manning Rubin que apresenta a Neuróbica, um extraordinário programa de exercícios para melhorar a capacidade cerebral baseado nas últimas pesquisas da neurociência.

Além da leitura diária, veja outros exemplos de exercícios:

Use o relógio de pulso no braço direito;
Escove os dentes com a mão contrária da de costume;
Ande pela casa de trás para frente;
Vista-se de olhos fechados;
Estimule o paladar, coma coisas diferentes;
Veja fotos de cabeça para baixo;
Veja as horas num espelho;
Faça um novo caminho para ir ao trabalho;
Troque o mouse de lado;
Entre no carro pelo lado do passageiro.

Por essas e outras que digo: LEIA SEMPRE!! Além de ser delicioso, você ainda está exercitando seu cérebro.

E vocês, já praticaram Neuróbica hoje?

MANTENDO O MACHADO AFIADO...

"... pois é o SENHOR vosso Deus que peleja por vós, como já vos tem falado." Josué 23:10.

Um homem desafiou outro para uma competição de corte de madeira durante um dia inteiro.


O desafiador trabalhou muito duro, parando apenas para um almoço rápido.

O outro teve um almoço vagaroso e parou várias vezes durante aquele dia.

No final da competição, o desafiador ficou surpreso e aborrecido ao constatar que o companheiro a quem desafiara havia cortado um número bem maior de madeira.

"Eu não posso compreender", disse ele. "Eu verifiquei que você parou várias vezes para descansar e, mesmo assim, cortou mais madeira do que eu".

"Mas você não notou", disse o lenhador vitorioso, "que toda a vez que eu sentava para descansar, afiava o meu machado."

Muitas vezes achamos que devemos fazer o máximo de coisas no menor tempo possível.

Esforçamo-nos até a exaustão.

Temos vários planos e sonhos e, de maneira desordenada, seguimos em frente com o propósito de realizá-los.

Trabalhamos sem cessar e não paramos até que o sonho seja realizado.

Mas nem sempre alcançamos sucesso e os fracassos experimentados nos desapontam e nos fazem desistir.

Esquecemos da palavra contida nas Escrituras:

"TUDO tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu." Eclesiastes 3:1.

Precisamos saber o tempo certo para cada realização.

E, o mais importante, temos de saber a hora de "afiar o nosso machado".

Os discípulos do Senhor tinham o momento de parar a pesca e "lavar e consertar as redes".

Nós precisamos saber também qual o momento de parar e buscar a direção de Deus.

Nenhum sonho será realizado se não o colocarmos no altar do Senhor.
Precisamos falar com Ele e ouvir a Sua voz.

Precisamos pedir Sua direção e nos deixar levar por Suas mãos.

Precisamos confiar mais nEle do que em nós.

Quando nossos machados espirituais estão enferrujados e sem corte, batemos e batemos contra os obstáculos e eles não são derrubados.

Quando estão afiados por nossas orações e momentos passados aos pés do Salvador, são usados sob o poder do Senhor e não há obstáculo que ouse permanecer à nossa frente.

Se você está tentando vencer as lutas com seu machado sem corte, pare um pouco e afie-o na presença de Jesus.

A vitória será completa. 

Paulo Roberto Barbosa

Que o Senhor venha nesse novo ano, derramar benção sobre a tua vida, que seja um ano de muitas conquistas e vitórias, que o teu machado esteja sempre afiado e que você tenha sabedoria para lidar com os obstáculos que enfrentar.

PARE DE CARREGAR A MALA DOS OUTROS!


Você acredita que carrega malas alheias? Vamos fazer um exercício?
Como você reage quando seu filho não quer fazer a lição? Ou quando alguém não consegue arrumar a própria mala para a viagem de férias, perde a hora do trabalho com frequência, gasta mais do que ganha… e muitas coisinhas mais que vão fazendo você correr em desvario para tapar buracos que não criou e evitar problemas que não afetam sua vida diretamente?
Não afetam a sua vida, mas afetam a vida de pessoas queridas, então, você sai correndo e pega todas as malas que estão jogadas pelo caminho e as coloca no lombo (lombo aqui cai muito bem, fala a verdade) e a sua mala, que é a única que você tem a obrigação de carregar, fica lá, num canto qualquer da estação.
Repetindo, a sua mala, que é a única que você tem obrigação de carregar, fica lá jogada na estação!
Temos uma jornada e um propósito aqui neste planeta e quando perdemos o foco, passamos a executar os propósitos alheios.
A estrada é longa e o caminho muitas vezes nos esgota, pois o peso da carga que nós nos atribuímos não é proporcional à nossa capacidade, à nossa resistência e o esgotamento aparece de repente. 

Esse é o primeiro toque que a vida nos dá, pois, quando o investimento não é proporcional ao retorno, ou seja, quando damos muito mais do que recebemos na vida, nos relacionamentos humanos ou profissionais, é porque certamente estamos carregando pesos desnecessários e inúteis. 

Quando olhamos para um novo dia como se ele fosse mais um objetivo a cumprir, chegou a hora de parar para rever o que estamos fazendo com o nosso precioso tempo. O peso e o cansaço nos tornam insensíveis à beleza da vida e acabamos racionalizando o que deveria ser sacralizado. 

É o peso da mala que nos deixa assim empedernido.

Quanto ela pesa?

Quanto sofrimento carregamos inutilmente, mágoa, preocupação, controle, ansiedade, excesso de zelo, tudo o que exaure a nossa energia vital. 

E o medo, o que ele faz com a gente e quanta coisa ele cria que muitas vezes só existe dentro da nossa cabeça?

Sabe que às vezes temos tanto medo de olhar para a própria vida que preferimos tomar conta da vida dos filhos, do marido, do pai, da mãe… e a nossa mala fica na estação… 

O momento é esse, vamos identificar essa bagagem: ela é sua? Ótimo, então é hora de começar uma grande limpeza para jogar fora o lixo que não interessa e caminhar mais leve. 

Agora, se o excesso de peso que você carrega vem de cargas alheias, chegou a hora de corajosamente devolvê-las aos interessados. 

Não se intimide, tampouco fique com a consciência pesada por achar que a pessoa vai sucumbir ao fardo excessivo. Ao contrário, nesse momento você estará dando a ela a oportunidade de aprender a carregar a própria mala. 

A vida assim compartilhada fica muito mais suave, pois os relacionamentos com bases mais justas e equânimes acabam se tornando mais amorosos, sem cobranças e a liberdade abre um grande espaço para a cumplicidade e o afeto. 

Onde está a sua mala? 

Desconheço o autor

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

ELE TE AMA!

Quando ninguém mais acreditar em você,
e lá no fundo da sua alma, nem você mesmo acreditar,
olhe para dentro de você e busque o que realmente importa.
O mundo é um desvio de conduta.
Tudo que parece ser essencial, quase sempre é o nada,
é o caminho de mil voltas que não leva a lugar nenhum.


A vida está cheio de brilhos enganadores.
O pó que parece abrir a mente e devora os neurônios,
o calmante que parece trazer alívio e traz uma dependência,
a bebida que faz rir a toa, e nos deixa chorando na solidão da ressaca.

Junte tudo isso a ideologias que prometem libertação,
mas cobram tão caro que nem a alma aguenta.
O coração chora e quase se arrebenta,
em meio a solidão da resposta que buscarmos e não encontramos.

Busque refúgio em Jesus dos simples.
Aquele homem-menino, que não tinha sequer um travesseiro para dormir,
que andava com sandálias de couro e roupas simples,
e sem nada, tinha tudo.
Sem dinheiro, oferecia riquezas sem igual.
Sem diploma ensinava aos professores.
Sem residência médica operava milagres.
Sem mágoas, perdoou até os seus algozes.

Eis o caminho, a verdade e a vida.
Busque a simplicidade do rei da humildade.
Por mais que você se julgue merecedor de esmolas,
é tempo de oferta a sua riqueza, a sua mão.
Há tanta coisa para fazer...

Não se esconda na capa da aflição,
nem da dor que parece ser maior.
Em você há muito mais que lamentação,
há vida, há amor, há esperança que pode se transformar em ação.
Ali, naquela esquina onde parecia ser o fim, brilha uma luz.
Olhe aquela mão estendida, é Ele quem te chama,
o próprio Mestre Jesus.
Ele não te julga apenas te ama.
 

Paulo Roberto Gaefke
Ocorreu um erro neste gadget