Páginas

segunda-feira, 31 de março de 2008

AUTO-ESTIMA...


Se um dia alguém fizer com que se quebre a visão bonita que você tem de si, com muita paciência e amor reconstrua-a.
Assim como o artesão recupera a sua peça mais valiosa que caiu no chão, sem duvidar de que aquela é a tarefa mais importante, você é a sua criação mais valiosa.
Não olhe para trás. Não olhe para os lados. Olhe somente para dentro, para bem dentro de você e faça dali o seu lugar de descanso, conforto e recomposição. Crie este universo agradável para si e seja feliz. O mundo agradecerá o seu trabalho.
Brahma Kumaris

AS QUATRO ESTAÇÕES...


Eu nasci no verão. Eu consegui meu primeiro emprego no outono. Casei no inverno. E dei meu primeiro beijo, lógico, na primavera.
Verão me anima porque os dias são longos e quentes. Outono me empolga, porque é frio mas é calor. Inverno me deixa feliz, porque adoro cinza. Primavera me excita, já que as flores são assim mesmo, lindamente excitantes.
Mas eu odeio verão, porque nada acima de 23ºC pode ser bom. E odeio um pouco o outono, porque chove de forma louca e inesperada. E detesto inverno, porque minhas janelas têm frestas. E abomino a primavera, porque... bem, porque eu sou reclamona o ano todo.
Possuo duas saias boas, dois biquínis, duas calças leves e seis casacos de frio (além de quatro cachecóis, duas boinas e um daqueles fones peludos para proteger a orelha). Adivinha minha época fashion predileta...
No verão a gente paga IPVA. No outono, Imposto de Renda. No inverno a gente abre o bolso para as férias. E na primavera nós morremos de depressão porque temos contas demais a quitar.
Gostaria de conhecer o Havaí em um próximo verão. E de passar todo um outono em Nova York. E de me lançar no inverno russo. E de curtir a primavera na Holanda. Ou em Holambra, que é mais pertinho.
O ano brasileiro começa no verão e termina no verão. Aliás, desconfio que tudo aqui é verão e o inverno, quando muito, pega um final de semana para dar as caras.
Por sinal, esse negócio de comemorar o Natal no verão acaba com a gente. Não podíamos transferir a festa para 25 de julho? Faria mais sentido – e ainda poderíamos assar carnes no forno sem deixar a casa fresca como a cratera de um vulcão.
Verão tem campanha para afastar a dengue e festivais de música bem cafonas na praia. Inverno tem campanha do agasalho e divertidas festas juninas. E na primavera e no outono eu caço nos jornais uma festa da uva ou do morango que seja! E entro em campanha para que essas estações durem mais tempo.
Aqui em São Paulo às vezes faz as quatro estações num dia só. Por isso mochila de paulistano costuma ter um guarda-chuva, uma malha, protetor solar e uma boa cartela de remédio para gripe.
Fico preocupada no verão, no outono, no inverno e na primavera – pensando em quem passa pela seca sem ter poço, pelo frio sem ter cobertor, pelas enchentes sem ter casa alta.
As estações passam por nós como se o Universo estivesse fazendo magia. E seus encantos me pegam, felizmente, o ano todo.
Desconheço a autoria

SÓCRATES...


Sócrates (470 a.C. - 399 a.C.) foi um filósofo ateniense e um dos mais importantes ícones da tradição filosófica ocidental e um dos fundadores da atual Filosofia Ocidental.
Assediado por vendedores nas ruas de Atenas, o grande filósofo Sócrates respondia:"Estou apenas observando quanta coisa existe de que não precisopara ser feliz".
Esquecendo agora das inutilidades materiais que a propaganda tenta nos empurrar diariamente e pensando apenas nos sentimentos e emoções que carregamos, você já parou para pensar em quantas coisas absolutamente inúteis que "compramos" e levamos nas costas como fardos inúteis em nossas vidas? O orgulho bobo que nos leva a imaginar que somos "maiores ou melhores" que outro alguém. O melindre que nos faz pensar que fomos preteridos, deixados de lado por essa ou aquela pessoa. A inveja que nos faz imaginar que a vida de alguém pode ser melhor que a nossa. A tristeza que carregamos por não ver realizados os sonhos que dependiam mais dos outros do que de nós mesmos. A frustração de não ter aquilo que imaginamos ser o essencial para nós, e que na verdade, pode não acrescentar nada. A decepção de ver que as pessoas que amamos tanto não dependem tanto assim de nós. Que elas tem vida própria e vão embora para seguir os seus próprios sonhos. Quantos sentimentos e emoções inúteis carregamos em nossa mala de viagem. Viagem que por vezes parece ser tão longa, mas que é tão curta perante a eternidade da vida. Vida que te convida hoje a uma reflexão: "Será que estou abastecendo a minha alma de bons sentimentos? "Será que não estou carregando pesos exagerados nas minhas costas? Será que estou me valorizando o quanto mereço?
Pense: Do que você não precisa para ser feliz? Examine-se e liberte-se!
Paulo Roberto Gaefke

DEMOLIÇÃO... LAS VEGAS

video

VIDA...


A vida é como jogar uma bola na parede:
Se for jogada uma bola azul, ela voltará azul;
Se for jogada uma bola verde, ela voltará verde;
Se a bola for jogada fraca, ela voltará fraca;
Se a bola for jogada com força, ela voltará com força.
Por isso, nunca "jogue uma bola na vida" de forma que você não esteja pronto a recebê-la.
A vida não dá nem empresta; não se comove nem se apieda.
Tudo quanto ela faz é retribuir e transferir aquilo que nós lhe oferecemos.

Albert Einstein

A LISTA...


Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos atrás
Quantos você ainda vê todo dia
Quantos você já não encontra mais...
Faça uma lista dos sonhos que tinha
Quantos você desistiu de sonhar!
Quantos amores jurados pra sempre
Quantos você conseguiu preservar...
Onde você ainda se reconhece
Na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria
Quantos amigos você jogou fora?
Quantos mistérios que você sondava
Quantos você conseguiu entender?
Quantos segredos que você guardava
Hoje são bobos ninguém quer saber?
Quantas mentiras você condenava?
Quantas você teve que cometer?
Quantos defeitos sanados com o tempo
Eram o melhor que havia em você?
Quantas canções que você não cantava
Hoje assobia pra sobreviver?
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você?
Oswaldo Montenegro

METADE...


Que a força do medo que tenho não me impeça de ver o que anseio
Que a morte de tudo em que acredito não me tape os ouvidos e a boca
Porque metade de mim é o que eu grito, a outra metade é silêncio.
Que a música que ouço ao longe seja linda ainda que tristeza
que a mulher que amo seja pra sempre amada mesmo que distante
Porque metade de mim é partida, a outra metade é saudade.
Que as palavras que falo não sejam ouvidas como prece nem repetidas com fervor
Apenas respeitadas
Como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimentos
Porque metade de mim é o que ouço, a outra metade é o que calo.
Que a minha vontade de ir embora se transforme na calma e paz que mereço
Que a tensão que me corrói por dentro seja um dia recompensada
Porque metade de mim é o que penso, a outra metade um vulcão.
Que o medo da solidão se afaste
E o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável
Que o espelho reflita meu rosto num doce sorriso que me lembro ter dado na infância
Porque metade de mim é a lembrança do que fui, a outra metade não sei.
Que não seja preciso mais do que uma simples alegria pra me fazer aquietar o espírito
E que o seu silêncio me fale cada vez mais
Porque metade de mim é abrigo, a outra metade é cansaço.
Que a arte me aponte uma resposta mesmo que ela mesma não saiba
E que ninguém a tente complicar, pois é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
Porque metade de mim é platéia a outra metade é canção.
Que a minha loucura seja perdoada porque metade de mim é amor e a outra metade também.
Oswaldo Montenegro

domingo, 30 de março de 2008

MARCAS DA VIDA...


"Não existe o esquecimento total: as pegadas impressas na alma são indestrutíveis."
(Thomas De Quincey)

Cuide da imagem que você anda deixando por onde passa. Que lembrança você anda gravando nas pessoas?
Você é o símbolo da alegria, da bondade, da esperança ou vive amargurada e passa para todo mundo a dor, a revolta, o desespero, a falta de esperanças?
Por onde você passa você fala de realizações, de boas energias, tem sempre uma boa notícia, uma palavra amiga, um gesto de esperança, ou leva contigo a reclamação, a agonia, o gemido constante, os olhos sempre úmidos de lamentação?
Onde você chega as pessoas se aproximam para cumprimentar e querem te abraçar com festa ou se afastam com mil desculpas pela sua negatividade?
Se alguém te der um espelho agora, seu rosto vai mostrar a alegria de quem tem a certeza da vitória, ou a tristeza de quem se acostumou com a dor e a derrota?
Seu rosto é a expressão de quem espera alguém ou alguma coisa para ser feliz, ou de quem já vive feliz com o que tem?
Marca a tua caminhada pela Terra com marcas que nunca se apagam, escreve com o coração tudo o que fizer, assim, as dores serão passageiras rápidas na tua vida.
Carrega em você a semente da alegria e distribua para todos que se aproximarem de você, assim nunca te faltarão amigos dispostos a dividir o peso da sua jornada.
Conquiste amigos em todos os lugares por onde andar e conquistará um tesouro eterno, que nenhum ouro poderá pagar.
Que a sua marca de vida seja a alegria, assim, deixarás para sempre, uma lembrança suave de quem será amado para sempre.
Paulo Roberto Gaefke

sexta-feira, 28 de março de 2008

MAIS EM VOCÊ...


Nem sempre o dia permite ver o sol, e muitas vezes, a noite esconde a lua, mas eles estão lá! Nem sempre a felicidade está exposta, nem sempre a alegria se manifesta por igual, por vezes, uma situação que parece ser terrível, se transforma em um aprendizado de fé, uma experiência única que transforma a nossa vida, para melhor e para sempre. Por isso, não olhe para a superfície das coisas, busque serenizar a sua mente, acalmar seu espírito e antes de julgar uma situação ou pessoa, espere pelo movimento, pela ação. Tudo depende da nossa visão, e se você não está bem interiormente, não poderá contemplar a beleza de nada. Descubra o sol que habita em você, deixe a lua interna sair e iluminar o mundo. Você é luz que pode estar apagada, sufocada pelo peso dos problemas que você aumenta, pela dor que amplia coisas pequenas. Transforme pequenas alegrias em grandes motivos para celebrar a vida. Um brinde ao novo Você, que vai ver o mundo, a partir de hoje, com novos olhos, olhos de ver, olhos de construir, olhos de amar, olhos de ser mais você!
Paulo Roberto Gaefke

CAMINHO DO CÉU...


Este é o Caminho do céu: quando acumular riquezas e bens, distribui-os, assim evita que a ganância corrompa o seu caminho. Quando chegar ao topo de um posto, comece a ouvir com mais atenção quem está lá embaixo. Quando concluir seus estudos, procure outro curso, tudo que você sabe ainda é pouco para o mundo. Quando fizer um bom trabalho, saia para fazer outro, não viva da ilusão desse pequeno acerto. Quando o amor te chamar para viver, aceite!Amar é fundamental para o nosso aprendizado. E quando amar, não queira possuir, Amar é a "mais profunda forma de libertação". O Amor é um eterno convite para a humildade, para reconhecer que podemos ser mais, quando não somos o mais importante, quando deixamos de ser apenas um, para juntos sermos a eternidade do par. No caminho, não deixe de olhar para o chão, mas sempre olhe para o mais alto, é de lá que vêm as luzes do sol, o brilho da lua, e uma direção para seguir, siga então os passos da serenidade, seja você sempre, e leve apenas a sua bagagem, para mudar o mundo, para ter um mundo melhor, convém que comece a mudança em você mesmo!
Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 27 de março de 2008

MANTRAS...


Já temos prova científica, hoje, daquilo que o esoterismo e as mais antigas religiões vêm nos ensinando, ou seja: o poder da oração, o poder da entrega a Deus (ou Absoluto, Mente Cósmica Universal, Infinita Consciência, como queiramos chamá-Lo). O poder da mente positiva atrai cura, abundância, prosperidade e equilíbrio.
As pesquisas mostram que curam-se mais depressa as pessoas que têm o hábito de orar e meditar. Essas pessoas também encontram mais rapidamente saída para os problemas e são menos propensas a um dos males que mais vem atingindo a humanidade, raiz de muitas doenças psicossomáticas: a depressão.
“Da mesma forma que Deus criou o mundo pelo PENSAMENTO e pela PALAVRA, pode o homem criar o seu mundo como lhe aprouver, pelo seu pensamento e pela sua palavra.”
“Se tiverdes um conhecimento geral da Doutrina Oculta, sabeis que sois constituídos da forma seguinte:
1º) O vosso EU SOU, que é um fragmento do Espírito Divino, denominado o Cristo interno, pelos esoteristas, e o Superconsciente, pela psicologia moderna.
2º) A vossa Mente Consciente, que é a sede de vossa Razão ou Consciência exterior, também denominada Inteligência.
3º) A vossa Mente Subconsciente, que é a sede da memória e o depósito dos pensamentos, emoções e reações de vosso passado. Nela se acha acumulado tudo o que aprendestes de verdade e de erro em vosso passado.
4º) O vosso corpo físico.
As idéias acumuladas em nossa mente subconsciente constituem um fardo. Elas nos levam a repetir condições que já não fazem parte do nosso presente, entravando idéias novas e progressistas do Superconsciente.
As afirmações positivas provocam a manifestação imediata do nosso Superconsciente, desde que estejam embasadas nas leis cósmicas universais e desde que sejam pronunciadas com energia, convicção e SEM ANSIEDADE.
“O sentimento profundo de calma e tranqüilidade absoluta durante o tempo em que fizerdes a vossa afirmação é prova certa de que vosso pedido foi atendido e as forças divinas entraram em ação para executá-lo”.
“Quando pretenderdes obter alguma coisa do Cristo interno, não abandoneis o vosso pedido enquanto ele não vos der um sinal de que foi aceito. Esse sinal é um sentimento de ABSOLUTA CALMA MENTAL e a convicção íntima de que a dificuldade está resolvida. Quando tiverdes chegado a esse resultado, sentireis uma inefável vibração de HARMONIA com tudo o que vos rodeia, um sentimento da mais perfeita JUSTIÇA reinará em vosso coração e a mais clara percepção da VERDADE brilhará em vossa mente e, acima de tudo, tereis o completo alívio de vosso fardo”.
Escolhemos algumas afirmações com as quais deveremos começar o nosso dia.
Elas deverão ser feitas assim que acordarmos.
Poderemos sentar com a coluna ereta e repeti-las.
Seja feita a Tua Vontade hoje! Hoje é um dia de realização completa. Dou graças a Deus pelo dia de hoje. Milagres seguirão milagres e as maravilhas nunca cessarão! A Infinita Inteligência me provê de tudo o que me pertence por direito divino!
Destruo e apago, pela minha palavra expressa, todos os maus registros de minha mente subconsciente. Voltarão ao pó do seu nada original, pois resultam de minhas vãs imaginações. Formo agora os meus registros perfeitos por meio do meu Eu Superior – os registros de Saúde, Riqueza, Amor e Perfeita Expressão própria!
Espírito Infinito, abri o caminho de maior abundância para mim. Atraio, como um ímã irresistível, todas as dádivas que me pertencem por direito divino!
O Divino Desígnio de minha vida se realiza agora. Ocupo o lugar que me compete e que ninguém mais pode ocupar. Executo agora as coisas que posso efetuar e ninguém mais pode fazer.
Desapego-me de tudo o que não for divinamente designado para mim e, neste momento, se realizará o plano perfeito de minha vida.
Todas as portas se abrem para surpresas agradáveis e o Plano Divino da minha vida se realiza rapidamente pela Graça.
Vejo agora claramente o plano perfeito da minha vida. O entusiasmo divino me anima e cumpro agora o meu destino supremo!
Sou um perfeito instrumento não-resistente para Deus agir e Seu plano perfeito para eu executar se manifesta agora de um modo maravilhoso!
Atraio agora da Substância Universal, com irresistível poder e determinação, aquilo que é meu por Direito Divino.
Tudo o que é meu por Direito Divino me é encaminhado agora e me chega com grandes avalanches de abundância, pela graça e de um modo milagroso.
Surpresas felizes me sucedem diariamente. “Vejo com admiração o que se acha na minha frente”.
Mantras para perdoar (*)
(*) Estas afirmações deverão ser feitas duas vezes ao dia, no mínimo. A limpeza da nossa mente, a purificação dos nossos sentimentos começa com o perdão.
Apelo para a Lei do Perdão. Estou livre de erros e suas conseqüências. Acho-me sob a Graça e não sob a lei cármica. Coloco-me nas mãos do Infinito Amor e da Infinita Sabedoria; que a Idéia Divina se realize agora!
Expresso o meu amor e perdão pelos meus pensamentos, palavras e atos, e abençôo a todos os que me causaram sofrimento.
Abençoados sejam os que, pelo sofrimento, me ensinaram a amar desinteressadamente os meus semelhantes.
A Luz do Cristo interno dissolve em mim todo temor, dúvida, ódio e ressentimento. O amor divino circula em mim, formando uma irresistível corrente magnética. Só vejo a perfeição e atraio o que é meu por lei divina.
Mantras para momentos difíceis
Toda limitação é uma ilusão da mente comum. Sempre há uma saída de toda situação pela graça de Deus. Sou livre para executar a vontade de Deus.
Não resisto a esta situação. Coloco-a nas mãos do Infinito Amor e Sabedoria. QUE A IDÉIA DIVINA SE REALIZE AGORA!
O que é meu por Direito Divino nunca me pode ser tirado. O plano perfeito de Deus para mim se apóia numa rocha inabalável.
Sou rodeado pela Luz Branca de Cristo, através da qual nada negativo pode penetrar.
Mantras para a saúde
Sou um ente espiritual; meu corpo é perfeito e formado à imagem e semelhança de Deus.
A luz do Cristo interno irradia-se sobre todas as minhas células, vitalizando-as. Dou graças a Deus pela minha irradiante saúde.
Pratique!
O mundo precisa de pensamentos positivos!
Toda mudança começa dentro de nós!
E repasse!
Há muitas pessoas esperando por este toque para mudar suas vidas!
Deus te abençoe!
Fonte: livro Alegria e Triunfo - Autor: Lourenço Prado - Editora Pensamento

FÁCIL X DIFÍCIL...


Fácil é ocupar um lugar na agenda telefônica;
Difícil é ocupar o coração de alguém.
Fácil é julgar os erros dos outros;
Difícil é reconhecer os nossos próprios erros.
Fácil é ferir quem nos ama;
Difícil é curar essa ferida.
Fácil é perdoar aos outros;
Difícil é pedir perdão
Fácil é exibir a vitória;
Difícil é assumir a derrota com dignidade.
Fácil é sonhar todas as noites;
Difícil é lutar por um sonho.
Fácil é rezar todas as noites;
Difícil é encontrar Deus nas pequenas coisas.
Fácil é dizer que amamos;
Difícil é demonstrá-lo todos os dias.
Fácil é receber;
Difícil é dar.
Fácil é criticar os outros;
Difícil é melhorar-nos a nós mesmos;
Fácil é pensar em melhorar;
Difícil é deixar de pensar e realmente fazê-lo!
Resumindo, o fácil ou o difícil muitas vezes não é um problema conosco, uma limitação, e sim uma indicação de nosso preparo para lidar com determinadas situações. O difícil é um ponto final. Está acabado. O preparo é um processo, um dia chegamos lá. Nunca diga que algo é difícil. Diga: ainda não tenho toda a informação ou capacitação necessária, ainda não estou suficientemente preparado (mas estarei um dia). Você vai ver a diferença.
Desconheço a autoria

quarta-feira, 26 de março de 2008

PRESENTE...


Nada na vida acontece em vão Se um dia ao acordar, você encontrasse, ao lado da sua cama, um lindo pacote embrulhado com fitas coloridas, você o abriria, antes mesmo de lavar o rosto, rasgando o papel, curioso para ver o que havia dentro...
Talvez houvesse ali algo de que você nem gostasse muito... Então você guardaria a caixa, pensando no que fazer com aquele presente aparentemente "inútil"...
Mas no dia seguinte, lá está outra caixa...
mais uma vez, você abre correndo, e dessa vez há alguma coisa da qual você gosta muito...
Uma lembrança de alguém distante, uma roupa que você viu na vitrine, a chave de um carro novo, um casaco para os dias de frio ou simplesmente um ramo de flores de alguém que se lembrou de você...
E isso acontece todos os dias, mas nós nem percebemos...
Todos os dias quando acordamos, lá está, à nossa frente, uma caixa de presentes enviada por Deus, especialmente para nós: um dia inteirinho para usarmos da melhor forma possível!
Às vezes ele vem cheio de problemas, coisas que não conseguimos resolver, tristezas, decepções, lágrimas...
Mas outras vezes, ele vem cheio de surpresas boas, alegrias, vitórias e conquistas...
O mais importante é que, todos os dias, Deus embrulha para nós, enquanto dormimos, com todo o carinho, nosso presente: O DIA SEGUINTE!
Ele cerca nosso dia com fitas coloridas, não importa o que esteja por vir... a esse dia quando acordamos, chamamos PRESENTE...
O PRESENTE de Deus pra nós.
Nem sempre Ele nos manda o que esperamos, o que queremos...
Mas Ele sempre, sempre e sempre, nos manda o melhor, o de que precisamos, e que é sempre muito mais do que merecemos...
Abra seu PRESENTE todos os dias, primeiro agradecendo a quem o mandou, sem se importar com o que vem dentro do "pacote“.
Sem dúvida, Ele não se engana na remessa dos pacotes.
Se não veio hoje o PRESENTE que você esperava, espere...
Abra o de amanhã com mais carinho, pois a qualquer momento, os sonhos e planos de Deus pra você chegarão, embrulhadinhos pra PRESENTE!
DEUS não atende as nossas vontades, e sim nossas necessidades.
Que você tenha um dia abençoado, cheio da Presença de Deus, e que seu presente venha lhe trazer muita paz, experiências com Deus, e esclarecimento sobre o muito que ainda temos a aprender com Ele e por Ele!
Desconheço a autoria

PAI É PAI...

video

ENTRE UMA DECEPÇÃO E OUTRA...


Entre uma decepção e outra, que tal uma pausa para aprender? Tem época na vida da gente que parece que os encontros 'amorosos' são mais uma provocação do que uma oportunidade de se sentir satisfeito e feliz... Assim, vamos contabilizando decepções e desacreditando na possibilidade de viver uma experiência positiva e motivadora. Quando isso acontece, creio que o melhor seja parar. Uma pausa para aprender. Ou melhor, antes apreender. Perceber o que está acontecendo, quais são nossos verdadeiros desejos e quais tem sido nossas atitudes para torná-los concretos. Muitas vezes, fazendo uma análise mais justa e desapegada, sem assumir nenhum papel, nem o de vítima das armadilhas da vida, nem da sacanagem dos outros e nem o de culpado, como se tudo o que fizéssemos estivesse definitivamente errado, terminamos descobrindo que há alguma incoerência nisso tudo. Só que para isso precisamos de tempo... e principalmente de coragem para admitir limitações, assumir pensamentos negativos e confiar mais na sabedoria da vida e seu ritmo. O que acontece, no entanto, é que a maioria de nós não quer esperar, não quer refletir. Tem apenas um único pensamento que alimentamos o tempo todo: quero namorar, quero ter alguém!!! Será que estar com alguém é o mesmo que estar feliz? Pode ser que sim, mas pode ser que não... e se por qualquer motivo você não tem ficado com quem deseja, talvez seja o momento ideal para um intervalo, tão útil entre uma decepção e outra... Tempo de se observar, de observar as pessoas e ouvir o que elas dizem. Tempo de aprender, crescer, ter uma nova conduta, desenvolver uma nova postura. Aguardar até que a vida lhe mostre qual é o melhor caminho a seguir... mas para ver, você precisa estar atento... sem tanta ansiedade, sem tanto desespero para tentar fazer com que as coisas aconteçam do jeito e na hora que você quer... E se nenhuma resposta vier, talvez signifique que você precisa ver e ouvir com o coração. Respeitar o silêncio. Aceitar a ausência de quem você tanto deseja encontrar... Talvez não haja uma resposta e nem haja uma explicação. Às vezes, simplesmente não existem respostas nem explicação. Apenas a vida. Apenas as pessoas. Apenas o mundo. Apenas a dor e o amor. Apenas... E se insistirmos em não aceitar, em brigar, em nos rebelar, em nos revoltar... conseguiremos tão somente mais dor... e menos amor. Aceite que você não tem o controle, que você não pode decidir sozinho, que o universo tem seu próprio ritmo. Faça o que está ao seu alcance; faça a sua parte... e bem feito; da melhor maneira que puder... E o que não puder, entregue e espere... porque embora diga sabiamente a música "quem sabe faz a hora, não espera acontecer", tem ocasiões nesta vida em que quem sabe espera acontecer e respeita a hora de não fazer... até que um dia, o amor de repente acontece... porque seu coração estava exatamente onde deveria estar para ser encontrado!
Rosana Braga

U2 - MESSAGE...

video

SER TRANSPARENTE...


Às vezes, fico me perguntando porque é tão difícil ser transparente... Costumamos acreditar que ser transparente é simplesmente ser sincero, não enganar os outros. Mas ser transparente é muito mais do que isso. É ter coragem de se expor, de ser frágil, de chorar, de falar do que sente... Ser transparente é desnudar a alma, é deixar cair as máscaras, baixar as armas, destruir muros... Ser transparente é permitir que a doçura aflore, transborde... Mas, infelizmente, a maioria decide não correr esse risco. Preferimos a dureza da razão à leveza reveladora da fragilidade humana. Preferimos o nó na garganta às lágrimas que brotam da alma... Preferimos nos perder numa busca por respostas a simplesmente admitir que não sabemos nada e que temos medo! Por mais doloroso que seja ter de construir uma máscara que nos distancia cada vez mais de quem realmente somos, preferimos assim: manter uma imagem que nos dê a sensação de proteção. E assim, vamos nos afundando em falsas palavras, atitudes, em falsos sentimentos... Com o passar dos anos, um vazio frio e escuro nos faz perceber que já não sabemos dar e nem pedir o que de mais precioso temos a compartilhar... A doçura, a compreensão de que todos nós sofremos, nos sentimos sós... Uma saudade desesperada de nós mesmos, daquilo que pulsa e grita dentro de nós, mas que não temos coragem de mostrar... Porque aprendemos que isso é ser fraco, é ser bobo, é ser menos do que o outro! Quando, na verdade, agir com o coração, poupa a dor... Sugiro que deixemos explodir toda a doçura! Que consigamos não prender o choro, não conter a gargalhada, não esconder tanto o nosso medo, não desejar parecer tão invencíveis... Chega de tentar controlar tanto... Responder tanto... Competir tanto... Tente simplesmente viver, sentir e amar.
Rosana Braga

WESTERN...

video

terça-feira, 25 de março de 2008

MUITOS...


Muitos são os que sonham, mas poucos os que lutam por eles.
Muitos os que desejam mudanças, mas poucos estão empenhados em mudar.
Muitos os que querem os frutos, poucos disposto à plantar.
Muitos vão á escola, poucos aprendem realmente.
Muitos os que dizem te conhecer, poucos realmente te entendem.
Muitos sabem recriminar, poucos sabem incentivar.
Muitos reclamam, poucos agem.
Muitos se oferecem para o trabalho, poucos aparecem.
Muitos desejam,poucos trabalham.
Muitos são exigentes,poucos oferecem.
Muitos passam fome, poucos se fartam.
Muitos pedem, poucos dão.
Muitos reclamam, poucos lutam.
Muitos neste dia, perderão a oportunidade bendita de "renascer", de transformar desapontamentos em experiências, crise em oportunidade, ódio em perdão, desamor em fraternidade, revolta em humildade, tristeza em esperança, morte em vida eterna.
Muitos vão ainda lamentar o passado, continuarão sonhando com o que não existiu e nem vai existir, poucos vão arregaçar as mangas e recomeçar.
Assim, a vida oferece muitos recursos, mas poucos os enxergam, na busca de facilidades que não existem na Natureza que trabalha sem cessar, no mundo que se modifica em átomos, células e DNA's, para compor à cada minuto um novo tempo, para um novo ser, para que haja Luz e que você brilhe, além do tempo, além da própria morte, que será apenas passagem para a eternidade que nos aguarda. Diante de você, o próprio tempo espera a sua decisão: renovar e seguir adiante, ou suspirar, lamentar e esperar a compaixão do mundo. Aproveite esse instante e siga em frente, renovando-se na força do Criador que lhe estende a mão, que lhe empurra para a vitória. Só depende de você.
Paulo Roberto Gaefke

SÓ POR TI...


"Há em cada ser humano, um pedaço de delicadeza, uma gota de amor, um resto de esperança, uma indefinida certeza de que não estamos sós, algo mais forte que a própria dor, uma estranha lembrança do que ainda não aconteceu, recordações da alma, definições de Deus."
Por isso, sigo na estrada mal acabada da minha vida, na noite escura, sem direção, no dia escaldante, sem descanso, buscando o melhor de mim, na ânsia de descobrir o real motivo, o porque de estar aqui. E quando a decepção me atinge, quando o desânimo é maior, quando o amor deixa de existir, quando tudo parece conspirar para o fim, sinto toda a natureza se movimentar, pássaros que cantam, mares que se agitam, árvores que balançam e dão frutos, o sol que ilumina, a brisa que refresca, tudo manifestação de algo superior, alguém que eu não vejo, mas sei que acredita em mim. E por isso não desisto, e insisto em ser feliz, por tua insistência em mim, por teu amor sem fim, e por tua luz, sigo confiante.
Só por ti, amigo Jesus.
Paulo Roberto Gaefke

CANÇÃO AMIGA...


Eu preparo uma canção em que minha mãe se reconheça, todas as mães se reconheçam, e que fale como dois olhos. Caminho por uma rua que passa em muitos países. Se não me vêem, eu vejo e saúdo velhos amigos. Eu distribuo um segredo como quem ama ou sorri. No jeito mais natural dois carinhos se procuram. Minha vida, nossas vidas formam um só diamante. Aprendi novas palavras e tornei outras mais belas. Eu preparo uma canção que faça acordar os homens e adormecer as crianças.
Carlos Drummond de Andrade

segunda-feira, 24 de março de 2008

FORÇA E TÉCNICA...

video

AMO PESSOAS...


Amo pessoas que acordam no meio da noite, só para escutar o barulhinho da chuva no telhado, elas sabem ouvir o canto de Deus... Amo pessoas que posso chamar de amigos, que vêm mais qualidades que defeitos em mim, elas enfeitam dia a dia o caminho. Amo pessoas de todas as idades, essas que não sabem a idade que tem que são, velhos, adolescentes, crianças, elas sabem se encaixar. Amo pessoas que cantam no chuveiro, que olham o espelho, se acha linda e sorri para a imagem devolver o sorriso, elas com certeza receberão sorrisos, sem espelho... Amo pessoas que cuidam da natureza, que espalham sementes, plantam árvores e florescem o mundo, elas colherão frutos doces, independente das estações. Amo pessoas de mãos generosas no doar, no afeto e no oferecer, elas entendem que o presente fica em parte com quem recebe que fica mais com quem doa... Amo pessoas que ficam olhando o horizonte de bobeira, que deitam na grama para olhar nuvens passar ou contar estrelas, elas conhecem e muito, de paz... Amo pessoas que iluminam o olhar diante da pessoa amada, que beijam na boca e não estão nem ai para a platéia, para julgamentos, ou ridículo, elas amam amar o amor... Amo pessoas que não sabem odiar, que falam com anjos em qualquer lugar e sabem que eles ouvem, tanto quem e pediram para escrever: Que eles também as amam!
Lady Foppa

ENQUANTO VOCÊ DORMIA...


Enquanto você dormia tentei descobrir a receita da felicidade para dar a você em doses homeopáticas, ara que ficasse dependente de mim: Esse é meu lado egoísta!Enquanto você dormia tentei negociar com Deus alguns anos de vida em troca de um par de asas que me permitissem alçar vôo até você: Esse é meu lado sonhadora.Enquanto você dormia eu aprisionei o vento, silenciei os sons da noite e calei os seresteiros para que o silencio embalasse teu sono: Esse é meu lado anjo da guarda.Enquanto você dormia eu apaguei todas as estrelas , desliguei a lua, coloquei vaga-lumes atrás das montanhas e pedi as nuvens para te embalar; Esse é meu lado fada.Enquanto você dormia encomendei um amanhecer perfeito, pedi ao sol para despertar depois de você e iluminar os caminhos do teu dia: Esse é o meu lado bruxinha.Enquanto você dormia tentei me manter acordada para sentir o quanto te amo até concluir que melhor era dormir e te encontrar no sonho: Esse é meu lado carente.Enquanto você dormia eu tecia sonhos com os fios de lembranças de nos dois enquanto meus olhos relutavam entre o sono e o despertar: Esse é o meu lado saudade...Enquanto você dormia pensei numa frase que traduzisse meu sentimento para que você lesse, enquanto eu dormia:” Já disse hoje que te amo?”: Ese é meu lado amor.
Lady Foppa

O PALÁCIO MARAVILHOSO...


"Se já construístes castelos no ar, não te envergonhes deles; estão onde deviam estar. Agora constrói os alicerces."
Thoreau

Conta-se que certa vez, um rei do Iêmen, chamado Hiamir, chamou um dos seus ministros e disse-lhe: "quero fazer longa viagem à Tiapur, uma região longínqua, pobre e triste, árida e sem conforto. Determino que vá antes de mim, e logo que lá chegar, mande que seja construído um magnífico palácio, com largas varandas de marfins e pátios floridos. Nesse palácio ficarei hospedado durante uma temporada, com tranqüilidade e conforto." O Vizir respondeu humildemente: "escuto e obedeço, ó rei." Dias depois o Vizir partiu, em uma caravana com numerosos camelos carregados de ouro. Ao chegar à cidade o Vizir ficou desolado com o estado de abandono em que se achava o povo. Encontrou pelas estradas crianças famintas e centenas de infelizes, morrendo de inanição. Os quadros de miséria e sofrimento que se desenrolavam, a cada passo e a todo instante, torturavam o coração do poderoso ministro. Ele trouxera mais de trinta mil dinares, que deveriam ser gastos na construção de um grandioso palácio! Que fez o Vizir? Levado por um impulso irresistível, em vez de executar a ordem do rei, resolveu gastar o dinheiro que trazia, beneficiando a infeliz população. Mandou construir abrigos para os desamparados. Distribuiu mantimentos entre os mais necessitados. Determinou que todos os enfermos fossem, sem demora, medicados e forneceu pão aos que padeciam fome. Ao fim de alguns meses, notava-se uma transformação completa da cidade. Os homens haviam voltado ao trabalho e por toda a parte reinava a alegria. As crianças brincavam nos pátios e as mulheres cantavam nas portas das tendas. E do palácio maravilhoso, encomendado pelo rei, nada existia... Quando o rei Hiamir chegou a Tiapur foi recebido por uma grande manifestação de júbilo da população. "Sinto-me feliz" - confessou o monarca - "por saber que sou sinceramente estimado pelos meus súditos. Mas onde está o palácio de Tiapur?" Perguntou. "Antes de falar do palácio, ó rei, tenho um pedido a lhe fazer." Disse-lhe o Vizir. "Segundo as leis, aquele que o desobedecer, praticando um abuso de confiança, deve ser condenado à morte. Pois, houve, ó rei, um homem de sua confiança que praticou tal delito. Espera-se que seja determinada a execução do culpado sem demora." Disse o Vizir serenamente. "Quem é o acusado?" Questionou o rei. "O criminoso sou eu." Disse o Vizir sem hesitar. E sem ocultar a menor parcela da verdade, o Vizir descreveu a miséria em que se encontrava o povo. Por fim, confessou que, penalizado diante de tanto sofrimento, em vez de construir o palácio real, resolveu gastar os recursos que lhe foram confiados para mudar a triste sorte da população. "Não cumpri a ordem recebida, por isso aguardo o castigo de que me fiz merecedor." Concluiu. "Levante-se, meu amigo." Ordenou emocionado o rei. "Vejo que seu trabalho é responsável pela edificação do mais belo dos palácios que já conheci. Vejo as torres cintilantes nas fisionomias alegres das crianças; admiro as largas varandas de marfim no sorriso radiante dos meus súditos; reconheço os pátios floridos no olhar de gratidão das mães felizes. Como é majestoso e belo, ó Vizir, o palácio que a sua bondade fez se erguer nas terras de Tiapur." Cada um é responsável pela destinação que der à riqueza que lhe for confiada, seja ela representada por recursos materiais ou por aptidões profissionais. Cada qual, pelo uso de seus próprios talentos, é capaz de alterar o mundo, distribuindo alegrias ou acumulando dores.

Equipe de Redação do Momento Espírita, com base nas pp. 109-114, do livro os Melhores contos, de Malba Tahan, ed. Record, 2002

ENTENDENDO OS HOMENS...


Foi lendo um monte de besteiras que as mulheres escrevem em livros sobre o'universo masculino', que resolvi escrever esse e-mail. Não tenho objetivo de 'revelar' os segredos dos homens, mas amigos, me desculpem. Não se trata de quebrar nosso código de ética. Isso vai ajudar as mulheres a entenderem os homens e, enfim, pararem de tentar nos mudar com métodos ineficazes. Vou começar de sola. Se não estiver preparada nem continue al er. E digo com segurança: o que escrevo aqui se aplica a 99,9% dos homens baianos e brasileiros (sem medo de errar).

Não existe homem fiel. Você já pode ter ouvido isso algumas vezes, mas afirmo com propriedade. Não é desabafo. É palavra de homem que conhece muitos homens e que conhecem, por sua vez, muitos homens. Nenhum homem é fiel, mas pode estar fiel, ou porque está apaixonado (algo que não duramuito tempo - no máximo alguns meses - nem se iluda) ou porque está cercado por todos os lados (veremos adiante que não adianta cercá-lo: isso vai se voltar contra você). A única exceção é o crente extremamente convicto. Se você quer um homem que seja fiel, procure um crente daqueles bitolados, mas agüente as outras conseqüências.

Não desanime. O homem é capaz de te trair e de te amar ao mesmo tempo. Atraição do homem é hormonal, efêmera, para satisfazer a lascívia. Não é como a da mulher. Mulher tem que admirar para trair; ter algum envolvimento. O homem só precisa de uma bunda. A mulher precisa de um motivo para trair, o homem precisa de uma mulher.

Não fique desencantada com a vida por isso. A traição tem seu lado positivo. Até digo, é um mal necessário. O cara que fica cercado, sem trair é infeliz no casamento, seu desempenho sexual diminui (isso mesmo, o desempenho com a esposa diminui), ele fica mal da cabeça. Entenda de uma vez por todas: homens e mulheres são diferentes. Se quiser alguém que pense como você, vire lésbica (várias já fizeram isso e deu certo), ou case com um viado enrustido que precisa de uma mulher para se enquadrar no modelo social. Todo ser humano busca a felicidade, a realização. E a realização nada mais é do que a sensação de prazer (isso é química, tátudo no cérebro). A mulher se realiza satisfazendo o desejo maternal, com a segurança de ter uma família estruturada e saudável, com um bom homem ao lado que a proteja e lhe dê carinho. O homem é mais voltado para a profissão e para a realização pessoal e a realização pessoal dele vem de diversas formas: pode vir com o sentimento de paternidade, com uma família estruturada, etc., mas nunca vai vir senão puder ter acesso a outras fêmeas e se não puder ter relativo sucesso na profissão. Se você cercar seu homem (tipo, mulher que é sócia do marido na empresa; o cara não dá um passo no dia-a-dia sem ela) você vai sufocá-lo de tal forma que ele pode até não ter espaço para lhe trair, mas ou seu casamento vai durar pouco, ele vai ser gordo (vai buscar a fuga na comida) e vai ser pobre (por que não vai ter a cabeça tranqüila para se desenvolver profissionalmente. (Vai ser um cara sem ambição e sem futuro).

Não tente mudar para seu homem ser fiel. Não adianta. Silicone, curso de dança sensual, se vestir de enfermeira, etc... nada disso vai adiantar. É lógico que quanto mais largada você for, menor a vontade do homem de ficar com você e maior as chances do divórcio. Se ser perfeita adiantasse Julia Roberts não tinha casado três vezes. Até Gisele Bunchen foi largada por Di Caprio, não é você que vai ser diferente (mas é bom não desanimar e sempre dar aquela malhadinha). O segredo é dar espaço para o homem viajar nos seus desejos: na maioria das vezes, quando ele não está sufocado pela mulher ele nem chega a trair, fica só nas paqueras, troca de olhares.
Finja que não sabe que ele dá umas pegadas por fora. Isso é o segredo para um bom casamento. Deixe ele se distrair, todos precisam de lazer.

Se você busca o homem perfeito, pode continuar vendo novela das seis. Eles não existem nesse conceito que você imagina. Os homens perfeitos de hoje são aqueles bem desenvolvidos profissionalmente, que traem esporadicamente(uma vez a cada dois meses, por exemplo), mas que respeitam a mulher, ou seja, não gastam o dinheiro da família com amantes, não constituem outra família, não traem muitas vezes, não mantêm relações várias vezes com a mesma mulher (para não criar vínculos) e, sobretudo, são muuuuuito discretos: não deixam a esposa saber (e nem ninguém da sua relação, como amigas, familiares, etc.). Só, e somente só, um ou outro amigo DELE deve saber, faz parte do prazer do homem contar vantagem sexual. Pegar e não falar para os amigos é pior do que não pegar. As traições do homemperfeito geralmente são numa escapulida numa boate, ou com uma garota deprograma (usando camisinha e sem fazer sexo oral nela), ou mesmo com umamulher casada de passagem por sua cidade. O homem perfeito nunca trai com mulheres solteiras. Elas são causadoras de problemas. Isso remete ao próximo tópico.

ESSE TÓPICO NÃO É PARA AS ESPOSAS - É PARA AS SOLTEIRAS OU AMANTES: Esqueçam de uma vez por todas esse negócio de homem não gosta de mulher fácil. Homem adora mulher fácil. Se 'der' de prima então, é o máximo. Todo homem sabe que não existe mulher santa. Se ela está se fazendo de difícil ele parte para outra. A demanda é muito maior do que a procura. O mercado tá cheio de mulher gostosa. O que homem não gosta é de mulher que liga no dia seguinte. Isso não é ser fácil, é ser problemática (mulher problema). Ou, como se diz na gíria, é pepino puro. O fato de você não ligar para o homem e ele gostar de você não quer dizer que foi por você se fazer de difícil, mas sim por você não representar ameaça para ele. Ele vai ficar com tanta simpatia por você que você pode até conseguir fisgá-lo e roubá-lo da mulher. Ele vai começar a se envolver sem perceber. Vai começar ELE a te procurar. Se ele não te procurar era porque ele só queria aquilo mesmo. Parta para outro e deixe esse de stand by. Não vá se vingar, você só piora a situação e não lucra nada com isso. Não se sinta usada, você também fez uso do corpo dele - faz parte do jogo; guarde como um momento bom de sua vida.

90% dos homens não querem nada sério. Os 10% restantes estão momentaneamente cansados da vida de balada ou estão ficando com má fama por não estarem casados ou enamorados; por isso procuram casamento. Portanto, são máximas as chances do homem mentir em quase tudo que te fala no primeiro encontro (ele só quer te comer, sempre). Não seja idiota, aproveite o momento, finja que acredita que ele está apaixonado e dê logo para ele (e corra o risco de fisgá-lo) ou então nem saia com ele. Fazer doce só agrava a situação, estamos em 2007 e não em 1957. Esqueça os conselhos da sua avó, os tempos são outros.

Para ser uma boa esposa e para ter um casamento pelo resto da vida faça o seguinte: Tente achar o homem perfeito do 5º item, dê espaço para ele. Não o sufoque. Ele precisa de um tempo para sua satisfação. Seja uma boa esposa, mantenha-se bonita, malhe, tenha uma profissão (não seja dona de casa), seja independente e mantenha o clima legal em casa. Nada de sufocos, de 'conversar sobre a relação', de ficar mexendo no celular dele, de ficar apertando o cerco, etc. Você pode até criar 'muros' para ele, mas crie muros invisíveis e não muito altos. Se ele perceber ou ficar sem saída, vai se sentir ameaçado e o casamento vai começar a ruir.

A última dica: 9º Se você está revoltada por este e-mail, aqui vai um conselho: vá tomar uma água e volte para ler com o espírito desarmado. Se revoltar quanto ao que está escrito não vai resolver nada em sua vida. Acreditar que o que está aqui é mentira ou exagero pode ser uma boa técnica (iludir-se faz parte davida, se você é dessas, boa sorte!). Mas tudo é a pura verdade. Seu marido/noivo/namorado te ama, tenha certeza, senão não estaria com você, mas trair é como um remédio; um lubrificante para o motor do carro. Isso é científico. O homem que você deve buscar para ser feliz é o homem perfeito do item 5º. Diferente disso ou é crente, ou viado ou tem algum trauma (e na maioria dos casos vão ser pobres). O que você procura pode ser impossível de achar, então, procure algo que você pode achar e seja feliz ao invés de passar a vida inteira procurando algo indefectível que você nunca vai encontrar. Espero ter ajudado em alguma coisa. Agora, depois de tudo isso dito, cadê a coragem de mandar este e-mail para minha mulher?
Arnaldo Jabor

(Eu particularmente acho que o galinha de hoje é o corno de manhã, mas,... ficam ai as dicas...)
Ju

domingo, 23 de março de 2008

A UM LESGISTA...


Tu foges à cidade? Feliz amigo! VãoContigo a liberdade, A vida e o coração. A estância que te esperaÉ feita para o amorDo sol com a primavera, No seio de uma flor. Do paço de verdura Transpõe-me esses umbrais; Contempla a arquitetura Dos verdes palmeirais. Esquece o ardor funesto Da vida cortesã; Mais val que o teu Digesto A rosa da manhã. Rosa... que se enamora Do amante colibri, E desde a luz da aurora Os seios lhe abre e ri. Mas Zéfiro brejeiro Opõe ao beija-flor Embargos de terceiro Senhor e possuidor. Quer este possuí-la, Também o outro a quer. A pobre flor vacila, Não sabe a que atender. O sol, juiz tão grave Como o melhor doutor, Condena a brisa e a ave Aos ósculos da flor .Zéfiro ouve e apela. Apela o colibri. No entanto, a flor singela Com ambos folga e ri. Tal a formosa dama Entre dois fogos, quer Aproveitar a chama... Rosa, tu és mulher! Respira aqueles ares, Amigo. Deita ao chão Os tédios e os pesares. Revive. O coração É como o passarinho, Que deixa sem cessar A maciez do ninho Pela amplidão do ar. Pudesse eu ir contigo, Gozar contigo a luz; Sorver ao pé do amigo Vida melhor e a flux! Ir escrever nos campos, Nas folhas dos rosais, E à luz dos pirilampos, Ó Flora, os teus jornais! Da estrela que mais brilha Tirar um raio, e então Fazer a gazetilha Da imensa solidão. Vai tu, que podes. Deixa Os que não podem ir, Soltar a inútil queixa. Mudar é reflorir.
Machado de Assis

CÍRCULO VICIOSO...


Bailando no ar, gemia inquieto vagalume:
"Quem me dera que eu fosse aquela loira estrela
Que arde no eterno azul, como uma eterna vela!
"Mas a estrela, fitando a lua, com ciúme: "Pudesse eu copiar-te o transparente lume, Que, da grega coluna à gótica janela, Contemplou, suspirosa, a fronte amada e bela "Mas a lua, fitando o sol com azedume: "Mísera! Tivesse eu aquela enorme, aquela Claridade imortal, que toda a luz resume"! Mas o sol, inclinando a rútila capela: Pesa-me esta brilhante auréola de nume... Enfara-me esta luz e desmedida umbela... Por que não nasci eu um simples vagalume?"...
Machado de Assis

CREIA E OUSE...


Comece a andar!
Levante dessa cama ilusória, onde tudo diz que não vai dar certo!
Dê o primeiro passo!
Liberte-se dos maus pensamentos, da prepotência que enche o seu orgulho de maledicência.
Levante-se e creia: tudo é possível para aquele que já decidiu pela mudança. Oração, jejum, bons pensamentos, desejo de vitória, eis o que você precisa agora para recuperar as suas forças. Não espere o amanhã chegar, não sabemos se ele vai chegar, por isso, abençoe a todos que passam pela sua vida, seja você aquele que acredita, que traz uma palavra boa na boca. Sorria, creia, lute. é preciso um pouco de ousadia em tudo na vida, ouse amar, ouse declarar a paz, ouse perdoar, ouse fazer o bem, ouse recomeçar, ouse um novo caminho.
Coragem!
A luta começa agora, e quem tentar te atrapalhar, vai ficar para trás, vai ficar na soleira da porta, e você vai ressurgir das cinzas para brilhar. Creia! ouse, conquiste e viva um novo tempo, tempo de vitórias, tempo de mais você.
Paulo Roberto Gaefke

terça-feira, 18 de março de 2008

O GRANDE BAILE DA VIDA...


A nossa alegria é sempre pequena, diante da dor que insiste em nos visitar. Por isso, faça festa a cada pequena conquista, insista na comemoração da sua plenitude. Não se deixe levar pelo pessimismo, nem se abater pelo desânimo, o baile da vida, está apenas começando. Nesse baile grandioso, você pode: escolher o par para dançar; selecionar uma música para bailar, dar um fora em quem não te interessa, rodopiar pelo salão, se emocionar com a música, deixar a emoção brotar e até chorar. Só não vale deixar a festa passar. Por isso, arrisque-se um pouco mais, mande a tristeza passear na roça, encante-se com a vida e deixe fluir. Inspire-se no canto dos pássaros, na brisa matutina que limpa o ar, nas árvores que florescem mais uma vez, nas flores que perfumam o seu redor, tudo para dizer para você: A vida é um presente sem igual, oferecida para uma pessoa especial: Você!
Paulo Roberto Gaefke

O MAIS É NADA...


Navegue, descubra tesouros, mas não os tire do fundo do mar, o lugar deles é lá.
Admire a lua, sonhe com ela, mas não queira trazê-la para a terra.
Curta o sol, se deixe acariciar por ele, mas lembre-se que o seu calor é para todos.
Sonhe com as estrelas, apenas sonhe, elas só podem brilhar no céu.
Não tente deter o vento, ele precisa correr por toda parte, ele tem pressa de chegar sabe-se lá onde.
Não apare a chuva, ela quer cair e molhar muitos rostos, não pode molhar só o seu.
As lágrimas?
Não as seque, elas precisam correr na minha, na sua, em todas as faces.
O sorriso!
Esse você deve segurar, não deixe-o ir embora, agarre-o!
Quem você ama?
Guarde dentro de um porta jóias, tranque, perca a chave!
Quem você ama é a maior jóia que você possui, a mais valiosa.
Não importa se a estação do ano muda, se o século vira e se o milênio é outro,
se a idade aumenta; conserve a vontade de viver, não se chega à parte alguma sem ela.
Abra todas as janelas que encontrar e as portas também.
Persiga um sonho, mas não deixe ele viver sozinho.Alimente sua alma com amor, cure suas feridas com carinho.
Descubra-se todos os dias, deixe-se levar pelas vontades, mas não enlouqueça por elas.
Procure, sempre procure o fim de uma história, seja ela qual for.
Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso.
Acelere seus pensamentos, mas não permita que eles te consumam.
Olhe para o lado, alguém precisa de você.
Abasteça seu coração de fé, não a perca nunca.
Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os.
Agonize de dor por um amigo, só saia dessa agonia se conseguir tirá-lo também.
Procure os seus caminhos, mas não magoe ninguém nessa procura.
Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!
Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se achá-lo, segure-o!
"Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala. O mais é nada".
Fernando Pessoa

segunda-feira, 17 de março de 2008

ENCONTRO MARCADO...


De tudo, ficaram três coisas:
a certeza que estamos sempre começando,
a certeza que é preciso continuar
e a certeza que podemos ser interrompidos antes de terminar.
Fazer da interrupção um novo caminho,
fazer da queda um passo de dança,
do medo, uma escada,
do sonho, uma ponte
e da procura, um encontro.
E assim terá valido a pena existir!
Fernando Sabino

O CLARÃO É DEUS...


Deus surgiu na minha vida aos 6 anos de idade, e chegou junto com o pecado. Filha de pais ateus, até então, eu não havia sido apresentada a uma coisa nem outra. Um dia colocaram-me num colégio de freiras no qual rapidamente fui atualizada sobre essas questões importantes da vida. Ali aprendi que algumas faltas eram mais graves que outras. Matar, por exemplo. Mas eu nunca matei ninguém... Ah, é? E, quando você caminha, o que acontece com todas aquelas formigas que vão sendo pisoteadas? Assustada, passei meses andando de cabeça baixa para evitar tamanho pecado. Trocaram-me de colégio.
Passou-se um ano, e surgiu o assunto da primeira comunhão. Você não vai fazer? Não sei, o que é isso? É para Deus te perdoar dos pecados. Ahn... Em casa, minha mãe tirava dúvidas a sua maneira: Deus é como Papai Noel, só existe para quem acredita nele. E ela sabia que eu já não acreditava. Assim, pulamos a primeira comunhão.
Aí minha mãe morreu, meu pai pirou, e por coincidência fui parar numa hospedaria para filhos de missionários luteranos americanos, espalhados pelo Brasil. Ali rezava-se antes de cada refeição, e, à noite, por uma hora de fervor, cantavam-se hinos de louvor a Cristo. Éramos 30 meninas e meninos, de 5 a 18 anos, cuidados por um casal que viera de Minnesota com a missão de manter a fé daqueles pirralhos custasse o que custasse. Meu caso deu certo trabalho. Eu não fazia parte da turma, não tinha fé alguma, e era imprescindível integrar-me às crianças cristãs antes que elas se integrassem a meus modos pagãos. Acontece que aquela gente era muito boa, e eu andava numa carência infinita. Então, com o amor que me dedicaram, demorou pouco para que eu me bandeasse de armas e bagagem, pensamentos e espírito para onde a seta luterana apontava. Assim, aos 14 anos, passei a viajar pelo Brasil uma vez por mês, dando testemunhos de minha conversão a Jesus em igrejas protestantes espalhadas pelo país. Aos 16, cansei dessa vida, discuti com o responsável da hospedaria e fui bater na porta de uma igreja. Católica. Você é padre, não é? Pois eu sou órfã, e não tenho onde morar. Padre Xico me convidou para morar na torre da igreja, e ali me instalei por um par de anos. No térreo ficava a sala de estar. O sacerdote morava no 1o andar, o segundo piso servia para hospedar bispos e monsenhores, e no terceiro ficava meu quarto. Certa vez aconteceu um show do Vinicius e Toquinho na cidade, e eu fui conferir. Ao final do espetáculo, fui cumprimentar os artistas, e Toquinho se ofereceu para me levar em casa. Quando pedi que estacionasse na porta da igreja, o moço não entendeu nada. Você mora com o padre? Moro. E você dá para o padre? Não, o padre é casto, e eu sou virgem - não dou para ninguém. As segundas intenções que levaram Toquinho a me acompanhar, tão gentilmente, até minha casa morreram ali. Anos depois, já atriz, eu contei essa história para ele, e ambos demos boas risadas.
A vida foi seguindo. Levou-me para a Europa, e dali para a Ásia, numa peregrinação que durou dois anos. Eu ia a pé, de carona, como desse - e ia conhecendo bem a gente local. Quando se viaja pobre, precisa-se das pessoas, da generosidade delas, de suas gentilezas. Nessa troca diária em que eu também tinha de estar disponível, conheci muita gente boa e simples. E gente simples tem religião. Pelas pessoas, e não por interesse em suas crenças, fui novamente levada a Deus. Agora Ele ganhava várias faces, e as formas de louvá-Lo eram múltiplas e sempre muito fervorosas. Assim, fui percebendo que Deus não dava a mínima se a gente queria chamá-lo de Buda, Maomé, Oxalá ou Jesus. Deus não cabia numa caixinha, nem na minha compreensão, e isso de certa forma me confortava.
Então, quando mais tarde a vida apertou e minhas pessoas começaram a morrer muito pela segunda vez - amigos, meu pai e meu irmão se mataram - e minha solidão precisava de um amor sobrenatural para sará-la, lembrei de Deus, e fui procurá-lo. Quando encontrei, Ele era um Deus maduro e generoso, que me curou por inteiro, e, como que para me separar definitivamente de todo mal, ainda me deu uma filha de presente. Eu que tentava havia dez anos, sem nenhum problema físico, só consegui engravidar quando virei uma pessoa completa, ou seja, de espiritualidade plena. Não vou contar, porque não cabe aqui, como se deram os milagres de minha vida, mas esse de minha filha aconteceu exatamente nessas circunstâncias.
O Deus que hoje reconheço tem a face feminina, é doce, tolerante, compreensivo e infinitamente bom. É Ele quem me orienta e me encaminha todos os dias em cada momento. Olhando para trás e lembrando de tantas ocasiões em que poderia ter desistido de tudo, mas não o fiz, percebo que sempre houve um clarão ao fim de cada túnel, e que essa luz dava sentido a todos os aspectos de minha caminhada.
Antes, apenas, eu não sabia que a luz tinha um nome. Hoje eu sei.
Maitê Proença

domingo, 16 de março de 2008

MORRER É RIDÍCULO...


A morte, por si só, é uma piada pronta. Morrer é ridículo. Você combinou de jantar com a namorada, está em pleno tratamento dentário, tem planos pra semana que vem, precisa autenticar um documento em cartório, colocar gasolina no carro e no meio da tarde morre. Como assim? E os e-mails que você ainda não abriu, o livro que ficou pela metade, o telefonema que você prometeu dar à tardinha para um cliente? Não sei de onde tiraram esta idéia: MORRER!!! A troco? Você passou mais de 10 anos da sua vida dentro de um colégio estudando fórmulas químicas que não serviriam pra nada, mas se manteve lá, fez as provas, foi em frente. Praticou muita educação física, quase perdeu o fôlego, mas não desistiu. Passou madrugadas sem dormir para estudar pro vestibular mesmo sem ter certeza do que gostaria de fazerda vida, cheio de dúvidas quanto à profissão escolhida, mas era horade decidir, então decidiu, e mais uma vez foi em frente... De uma hora pra outra, tudo isso termina numa colisão na freeway, numa artéria entupida, num disparo feito por um delinqüente que gostou do seu tênis. Qual é? Morrer é um chiste. Obriga você a sair no melhor da festa sem se despedir de ninguém, sem ter dançado com a garota mais linda, sem ter tido tempo de ouvir outra vez sua música preferida. Você deixou em casa suas camisas penduradas nos cabides, sua toalha úmida no varal, e penduradas também algumas contas. Os outros vão ser obrigados a arrumar suas tralhas, a mexer nas suas gavetas, a apagar as pistas que você deixou durante uma vida inteira. Logo você, que sempre dizia: das minhas coisas cuido eu. Que pegadinha macabra: você sai sem tomar café e talvez não almoce, caminha por uma rua e talvez não chegue na próxima esquina, começa a falar e talvez não conclua o que pretende dizer. Não faz exames médicos, fuma dois maços por dia, bebe de tudo, curte costelas gordas e mulheres magras e morre num sábado de manhã. Isso é para ser levado a sério? Tendo mais de cem anos de idade, vá lá, osono eterno pode ser bem-vindo. Já não há mesmo muito a fazer, o corpo não acompanha a mente, e a mente também já rateia, sem falar que há quase nada guardado nas gavetas. Ok, hora de descansar em paz. Mas antes de viver tudo? Morrer cedo é uma transgressão, desfaz a ordem natural das coisas. Morrer é um exagero. E, como se sabe, o exagero é a matéria-prima das piadas. Só que esta não tem graça. Por isso viva tudo que há para viver. Não se apegue as coisas pequenas e inúteis da Vida... Perdoe... Sempre!!!

ESCOLHAS DE UMA VIDA...


A certa altura do filme Crimes e Pecados, o personagem interpretado por Woody Allen diz: "Nós somos a soma das nossas decisões". Essa frase acomodou-se na minha massa cinzenta e de lá nunca mais saiu. Compartilho do ceticismo de Allen: a gente é o que a gente escolhe ser, o destino pouco tem a ver com isso. Desde pequenos aprendemos que, ao fazer uma opção, estamos descartando outra, e de opção em opção vamos tecendo essa teia que se convencionou chamar "minha vida". Não é tarefa fácil. No momento em que se escolhe ser médico, se está abrindo mão de ser piloto de avião. Ao optar pela vida de atriz, será quase impossível conciliar com a arquitetura. No amor, a mesma coisa: namora-se um, outro, e mais outro, num excitante vaivém de romances. Até que chega um momento em que é preciso decidir entre passar o resto da vida sem compromisso formal com alguém, apenas vivenciando amores e deixando-os ir embora quando se findam, ou casar, e através do casamento fundar uma microempresa, com direito a casa própria, orçamento doméstico e responsabilidades. As duas opções têm seus prós e contras: viver sem laços e viver com laços... Escolha: beber até cair ou virar vegetariano e budista? Todas as alternativas são válidas, mas há um preço a pagar por elas. Quem dera pudéssemos ser uma pessoa diferente a cada 6 meses, ser casados de segunda a sexta e solteiros nos finais de semana, ter filhos quando se está bem-disposto e não tê-los quando se está cansado. Por isso é tão importante o auto conhecimento. Por isso é necessário ler muito, ouvir os outros, estagiar em várias tribos, prestar atenção ao que acontece em volta e não cultivar preconceitos. Nossas escolhas não podem ser apenas intuitivas, elas têm que refletir o que a gente é. Lógico que se deve reavaliar decisões e trocar de caminho: Ninguém é o mesmo para sempre. Mas que essas mudanças de rota venham para acrescentar, e não para anular a vivência do caminho anteriormente percorrido. A estrada é longa e o tempo é curto .Não deixe de fazer nada que queira, mas tenha responsabilidade e maturidade para arcar com as conseqüências destas ações. Lembrem-se: suas escolhas têm 50% de chance de darem certo, mas também 50% de chance de darem errado. A escolha é sua...!

É PROIBIDO...


É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.
É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,
Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.
É proibido deixar os amigos
Não tentar compreender o que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,
Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.
É proibido não fazer as coisas por si mesmo, Não crer em Deus e fazer seu destino, Ter medo da vida e de seus compromissos, Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar, Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se desencontraram, Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.
É proibido não tentar compreender as pessoas, Pensar que as vidas deles valem mais que a sua, Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.
É proibido não criar sua história, Deixar de dar graças a Deus por sua vida, Não ter um momento para quem necessita de você, Não compreender que o que a vida te dá, também te tira.
É proibido não buscar a felicidade, Não viver sua vida com uma atitude positiva, Não pensar que podemos ser melhores, Não sentir que sem você este mundo não seria igual.

SÊ...


Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,
Sê um arbusto no vale mas sê
O melhor arbusto à margem do regato.
Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.
Se não puderes ser um ramo, sê um pouco de relva
E dá alegria a algum caminho.
Se não puderes ser uma estrada,
Sê apenas uma senda,
Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela.
Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...
Mas sê o melhor no que quer que sejas.
Ocorreu um erro neste gadget