Páginas

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

OS GIRASSÓIS...


Você já viu um Girassol?

Trata-se de uma flor amarela, muito grande, que gira sempre em busca do sol. E é por essa razão que é popularmente chamada de Girassol.

Quando uma pequena e frágil semente dessa flor brota em meio a outras plantas, procura imediatamente pela luz solar. É como se soubesse, instintivamente, que a claridade e o calor do sol lhe possibilitarão a vida.

E o que aconteceria à flor se a colocássemos em uma redoma bem fechada e escura? Certamente, em pouco tempo, ela morreria.

Assim como os Girassóis, nosso corpo também necessita da luz e do calor solar, da chuva e da brisa, para nos manter vivos.

Mas não é só o corpo físico que precisa de cuidados para que prossiga firme. O espírito igualmente necessita da luz divina para manter acesa a chama da esperança e perseverança. Precisa do calor do afeto, da brisa da amizade, da chuva de bênçãos que vem de DEUS.

Todavia, é necessário que façamos esforços para respirar o ar puro, acima das circunstâncias desagradáveis que tentam nos envolvem.

Muitos permitem que os vícios, preguiça, tempestades e preocupações, abafem a vontade de buscar essa luz, e definham dia-a-dia como uma planta mirrada e sem vida.

É preciso que se compreenda a importância de manter os olhos na direção de Deus para um verdadeiro desenvolvimento espiritual e uma vida prospera.

E para que possamos crescer de acordo com os planos de DEUS, ele coloca à nossa disposição tudo o que necessitamos.

É preciso que se imite o Girassol. Que busque sempre a luz, mesmo que as trevas insistam em tentar nos envolver.
Seja você um girassol.

APRENDI E DECIDI...


E assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...

Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.

Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.

Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.

Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.

Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.
Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de as superar.

Naquele dia, descobri, que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tenha sido.

Deixei de me importar com quem ganha ou perde, agora, me importa simplesmente saber melhor o que fazer.

Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir.

Aprendi que o melhor triunfo que posso ter, é ter o direito de chamar a alguém de "Amigo".

Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, "o amor é uma filosofia de vida".

Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser a minha própria tênue luz deste presente.

Aprendi que de nada serve ser luz se não vai iluminar o caminho dos demais.

Naquele dia, decidi trocar tantas coisas... Naquele dia, aprendi que os sonhos são somente para fazer-se realidade.

E desde aquele dia já não durmo para descansar... Agora simplesmente durmo para sonhar.

Walt Disney

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

DEZ PRECEITOS DA SERENIDADE...


Só por hoje tratarei de viver exclusivamente este dia, sem querer resolver o problema de minha vida, todo de uma vez.

Só por hoje terei o máximo cuidado com o meu modo de tratar os outros: delicado nas minhas maneiras, não criticarei ninguém, não pretenderei melhorar nem disciplinar ninguém a não ser a mim.

Só por hoje sentir-me-ei feliz com a certeza de ter sido criado para ser feliz, não só no outro mundo, mas também neste.

Só por hoje adaptar-me-ei às circunstâncias sem pretender que as circunstâncias se adaptem a todos os meus desejos.

Só por hoje dedicarei dez minutos do meu tempo a uma boa leitura, lembrando-me de que assim como é preciso comer para sustentar o meu corpo, assim também a leitura é necessária para alimentar a vida de minha alma.

Só por hoje praticarei uma boa ação sem contá-la a ninguém.

Só por hoje farei uma coisa de que não gosto, e se for ofendido em meus sentimentos, procurarei que ninguém o saiba.

Só por hoje far-me-ei um programa bem completo do meu dia. Talvez não o execute perfeitamente, mas em todo caso vou fazê-lo. E guardar-me-ei bem de duas calamidades: a pressa e a indecisão.

Só por hoje ficarei bem firme na fé de que a Divina Providência se ocupa de mim mesmo como se existisse somente eu no mundo, ainda que as circunstâncias manifestem o contrário.

Só por hoje não terei medo de nada. Em particular, não terei medo de gostar do que é belo e não terei medo de crer na bondade.

Papa João XXIII

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

PARA MENTALIZAR TODOS OS DIAS...


Sou perfeito, alegre e forte
Tenho amor e muita sorte
Sou feliz e inteligente
Vivo positivamente
Tenho paz, sou um sucesso
Tenho tudo o que eu peço
Acredito firmemente no poder da minha mente
Porque é Deus no meu subconsciente...
Eu tenho perfeito controle e perfeito domínio sob todas as minhas faculdades mentais, conscientes e subconscientes, normais e paranormais, sensórias e extrasensoriais, seja em que nível mental for, eu estarei em perfeito estado de saúde física e mental.
Assim é e sempre será...

domingo, 21 de fevereiro de 2010

QUALIDADE TOTAL...


Você já Participou de algum treinamento para Melhorar a Qualidade do seu desempenho no trabalho?
É bem possível que você tenha respondido que sim, e que lhe foi muito útil.
Geralmente as orientações visām uma Melhoria da qualidade do serviço, mas nem sempre se leva em conta as qualidades morais do indivíduo.
Caso tenha interesse, aí vão algumas dicas que favorecem uma qualidade total.

Ao acordar, não Permita que algo que saiu errado ontem seja o primeiro tema do dia. Pense em algo agradável e na nova oportunidade que Deus lhe concede para Tornar seu trabalho cada vez mais eficaz.
Pensar positivo é qualidade.

Ao entrar no prédio de sua empresa, cumprimente cada um que lhe dirigir o olhar, mesmo que não seja seu amigo ou colega.
Ser educado é qualidade.

Seja metódico ao abrir seu armário, ligar seu terminal, disponibilizar os recursos ao redor. Comece relembrando as boas notícias de ontem e os Compromissos de hoje.
Ser organizado é qualidade.

Não se deixe envolver pela primeira informação de erro recebida de quem talvez não saiba de todos os detalhes. Junte mais dados que lhe Permitam Parecer Obter um correto sobre o assunto.
Ser cauteloso é qualidade.

Utilizar os equipamentos e os materiais da empresa com moderação e sem desperdícios.
Respeitar as coisas alheias é qualidade.

Quando alguém lhe buscar tente adiar sua própria tarefa, pois quem veio lhe procurar Deve estar precisando bastante de sua ajuda e confia em você. Esse alguém ficará feliz pelo auxílio que você lhe der.
Ser atencioso é qualidade.

Não deixe de se alimentar na hora do almoço, ainda que seja um pequeno lanche, mas respeite suas Necessidades físicas. Aquela tarefa urgente pode aguardar alguns minutos. Se você adoecer, dezenas de Tarefas terão que aguardar a sua volta, menos aquelas que acabarão por sobrecarregar seu colega.
Respeitar a Saúde é Qualidade.

Dentro do possível, procure organizar sua agenda para os próximos 10 dias. Não fique trocando datas a todo momento, principalmente pouco tempo antes do evento. Lembre-se de que você afetará o horário de vários colegas.
Cumprir o combinado é qualidade.

Ao comparecer aos eventos, leve tudo o que for preciso para uma ocasião suas idéias, principalmente e divulgue-as sem receio. O máximo que pode ocorrer é não aceitas Serem. Talvez mais tarde, em dois ou três meses, você tenha nova chance de mostrar que estava com uma razão. Saiba esperar.
Ter paciência é qualidade.

Não prometa o que está além das suas Possibilidades só para impressionar quem lhe ouve. Se você não Cumprir vai comprometer o conceito que levou anos para construir.
Falar a verdade é qualidade.

Na saída do trabalho, esqueça-o. Pense como vai ser bom chegar em casa e rever a família ou os amigos que lhe dão segurança para Desenvolver equilíbrio com suas tarefas.
Amar a família e os amigos é a maior das qualidades.

A qualidade não se resume unicamente em Produzir muito e fazer bem feito. Humanizar o ambiente de trabalho também é fator importante de qualidade.
Respeitar as diferenças, colaborar de boa vontade, comprometer-se com uma harmonia geral, é ter qualidade.
Para alcançarmos um preciso considerar qualidade total é, além da nossa qualificação profissional, também o nosso aperfeiçoamento moral.
Pensemos nisso!

DE QUE É FEITA UMA AMIZADE?


Engraçado, eu sempre fiquei pensando em que momento da vida foi criado esse sentimento... a amizade.

Quem será que compôs o primeiro par de amigos da face da terra?
Fico imaginando que eles devem ter tido muitas dificuldades nesse relacionamento, afinal foram os pioneiros em dar carinho, aparar arestas, serem muitas vezes incompreendidos e ainda assim estarem sempre de braços abertos para receber o outro quando preciso.
Bom, mas o tempo passou e hoje já sabemos muitas coisas sobre amizade.
Há de ser entender que a amizade não é algo somente que nos traz alegrias e esse é o maior desafio dela.
Há de se aceitar que se pode ter amigos diferentes de nós, em raça, religião, temperamento, criação, cultura. Isso na verdade não é importante na amizade.
Há de se saber que as regras principais da amizade são o respeito, a consideração, a tolerância e a humildade.
O respeito é primordial, aliás em qualquer tipo de relacionamento ele se faz necessário. Pessoas tem seus limites e esses limites devem sempre serem respeitados. O fato de termos amizade e intimidade com alguém, não nos dá o direito de violar certas regras que estão implícitas em uma amizade.

A consideração é um fator muito importante também. Não adianta sermos tudo de bom para alguém e nos momentos mais delicados e necessários para esse alguém, não termos a consideração que se resume na atenção devida.

Espera-se mesmo que a amizade, como qualquer outro sentimento, seja uma via de mão dupla. Não existe a possibilidade de só darmos, jamais recebermos e ainda assim sermos realizados nesse sentimento.
Não se trata de um "toma lá dá cá", mas se trata de um "eu me lembro quando eu precisei e você esteve comigo, portanto agora você precisa e eu estou aqui", e isso há de ser feito com um sorriso nos lábios e muito amor no coração.

A tolerância, talvez seja essa a parte principal.
Há de se entender que nenhum ser humano vive em total estado de bom humor a vida toda. Haverão dias que os ânimos não estarão bons, o coração de um deles não estará bem.
Isso sem contar que as pessoas em geral têm os mais diversos tipos de temperamentos e de atitudes.
Há de se saber que para se ter um amigo, alguns momentos desagradáveis dele teremos que suportar, passar por cima mesmo, ignorar, sabendo inclusive que ele em algum instante fará o mesmo por nós se for amizade verdadeira o que ele sente.

Há de se saber, aceitar e entender, que a perfeição em termos de ser humano não existe, cometemos todos, diversas vezes, falhas, enormes falhas. Nenhum de nós é o rei da verdade, nenhum de nós está certo o tempo todo... em algum momento o nosso amigo é que será a parte certa e por mais que o nosso orgulho nos impeça de dizer, teremos que aceitar.

A humildade há de precisar estar presente sempre.
Amigos que não convivem com isso, dificilmente conseguirão levar uma amizade avante.
Há de se ter humildade pra dizer coisas simples:

Eu não sei, você me ensina?
Eu não consigo, você me ajuda?
Eu não posso, tenho medo, você vai comigo?
Eu errei, me perdoa?
Eu me arrependi, você me desculpa?
Eu não fui fiel a você, me dá outra chance?
Eu disse o que não devia, você pode esquecer?
Eu ando negligenciando nossa amizade, você me permite recuperar esse tempo perdido?

Ser humilde numa amizade, não significa se humilhar, significa provar ao outro o seu grau de importância na nossa vida.

Por fim, uma amizade há de ter altos e baixos sim, há de atravessar furacões, cair em abismos, há de se despedaçar toda... mas se for amizade de verdade, há de voltar, envolta em ferimentos, apoiada numa bengala, sangrando até... e há de encontrar o seu companheiro com o curativo nas mãos, amor no coração e disposto a dar o perdão!

Ser amigo, é todos os dias aprender alguma coisa nova, é sempre ter algo de que se arrepender por alguma coisa que se deixou de fazer.
Ser amigo é principalmente dividir uma emoção, saber acalentar um coração e deixá-lo voar pra longe de nós quando ele precisar.

Mas ser amigo é especialmente se recolher num cantinho e esperar esse coração voltar pra nossa mão no momento que ele achar que é bom.

Silvana Duboc

TAPETE VERMELHO...


Uma pobre mulher morava em uma humilde casinha com sua neta muito doente.
Como não tinha dinheiro sequer para levá-la a um médico, e vendo que, apesar de seus muitos
cuidados e remédios com ervas, a pobre criança piorava a cada dia, resolveu iniciar a caminhada
de 2 horas até a cidade próxima em busca de ajuda. Chegando no único hospital público da região foi aconselhada a voltar pra casa e trazer à neta junto, para que esta fosse examinada.

Quando ia voltando, já desesperada por saber que sua neta não conseguia sequer levantar da cama, a senhora passou em frente a uma Igreja e como tinha muita fé em Deus, apesar de nunca ter entrado em uma Igreja, resolveu pedir ajuda.
Ao entrar, encontrou algumas senhoras ajoelhadas no chão fazendo orações.
As senhoras receberam a visitante e, após se inteirarem da história, a convidaram para se ajoelhar e orar pela criança.
Após quase uma hora de fervorosas orações e pedidos de intercessão ao Pai, as senhoras já iam se levantando quando a mulher lhes disse:
- Eu também gostaria de fazer uma oração.
Vendo que se tratava de uma mulher de pouca cultura, as senhoras retrucaram:
- Não é necessário. Com nossas orações, com certeza sua neta irá melhorar.
Ainda assim a senhora insistiu em orar, e começou. Deus, sou eu, olha, a minha neta está muito doente Deus, assim eu gostaria que você fosse lá curá-la Deus, você pega uma caneta que eu vou dizer onde fica.
As senhoras estranharam, mas continuaram ouvindo.
- Já está com a caneta Deus? Você vai seguindo o caminho daqui de volta pra Belo Horizonte e quando passar o rio com a ponte você entra na segunda estradinha de barro, não vai errar tá.
A esta altura as senhoras já estavam se esforçando para não rir; mas ela continuou.
- Seguindo mais uns 20 minutinhos tem uma vendinha, entra na rua depois da mangueira que o
meu barraquinho é o último da rua, pode ir entrando que não tem cachorro.
As senhoras começaram a se indignar com a situação.
- Olha Deus, a porta está trancada, mas a chave fica embaixo do tapetinho vermelho na entrada, o
senhor pega a chave, entra e cura a minha netinha.
Mas olha só Deus, por favor! Não esquece de colocar a chave de novo embaixo do tapetinho
vermelho senão eu não consigo entrar quando chegar em casa...
A esta altura as senhoras interromperam aquela ultrajante situação dizendo que não era assim que
se deveria orar, mas que ela poderia ir pra casa sossegada pois elas eram pessoas de muita fé, e
Deus, com certeza, iria ouvir as preces e curar a menina.
A mulher foi pra casa um pouco desconsolada, mas ao entrar em sua casinha sua neta veio correndo lhe receber.
- Minha neta, você está de pé, como é possível!
E a menina explicou.
- Eu ouvi um barulho na porta e pensei que era a senhora voltando, porém entrou um homem muito alto com um vestido branco em meu quarto e mandou que eu levantasse, não sei como, eu simplesmente levantei.
E quase em prantos, a menina continuou.
- Depois ele sorriu, beijou minha testa e disse que tinha de ir embora, mas pediu que eu avisasse
a senhora que ele ia deixar a chave embaixo do tapetinho vermelho...
Um pouco de fé, leva-nos até Deus!
Muita fé traz Deus até nós!

DOIS SENTIDOS NÃO ASSAM MILHO...


Cheguei cedo para o churrasco na fazenda de um amigo no interior. Quando cheguei, a cozinheira, atarefada me disse :

“Ainda bem que o senhor chegou! A carne está na churrasqueira lá no fundo e eu tenho que olhar o arroz e o feijão e ainda fazer a farofa. E eu fico correndo daqui pra lá e o feijão começou a queimar. Isso não dá certo! DOIS SENTIDOS NÃO ASSAM O MILHO”

Ouvi aquilo com atenção e fiquei pensando no que significaria aquele “Dois sentidos não assam milho...”. Perguntei a velha cozinheira e ela me deu uma verdadeira aula de “FOCO”.

“As coisas só dão certo quando a gente presta atenção numa coisa de cada vez, e faz uma de cada vez. Não adianta querer fazer as coisas com dois sentidos, isto é direção. A gente tem que ter um sentido só, uma direção só. E o milho não assa! E o milho queima“.

E eu fiquei pensando na sabedoria popular. Na sabedoria dos mais velhos. Na sabedoria das pessoas simples. A gente estuda, estuda, lê livros complicados, faz cursos no mundo inteiro, para muitas vezes nem chegar perto da sabedoria de uma senhora analfabeta que com “bom senso“ diz e sabe das coisas que realmente importam na vida.

As maiores autoridades mundiais em administração e gestão hoje falam da importância do “FOCO” para pessoas e empresas. As empresas e pessoas têm que ter foco, isto é, concentrar-se nas suas fortalezas. A falta de foco faz com que as empresas não consigam formar a necessária “IDENTIDADE” de marca na cabeça de seus clientes. Sem foco as pessoas não conseguem se desenvolver, investir em si próprias ter sucesso.

Nesta semana, pense nisso. Será que não temos o péssimo hábito de querer fazer tudo ao mesmo tempo e deixamos o milho queimar?
Lembre-se que “dois sentidos não assam milho”

MEMÓRIA CURTA...


E aí a gente vai largando as chaves celular, o, o papelzinho com o telefone do marceneiro...
E nunca sabe onde deixou.
Onde foi mesmo que eu larguei a caneta?
Hum, eu conheço aquele cara não sei de onde ...
Como é mesmo o nome dele?
Você também é assim?
Memória fraca, né?
Será que é uma idade que vai chegando ...
Sabedoria Ou será?
Eu gosto de deletar certas coisas da mente.
Se a gente descarta alguns pensamentos, Porque eles e não são importantes mesmo.
Outro dia eu esbarrei numa pessoa no shopping.
Olhei, olhei, e senti que aquele rosto era familiar.
Cumprimentei educadamente, mas não parei para conversar.
Acredito que o meu sorriso foi o suficiente pra disfarçar o esquecimento.
Horas depois, em casa, bingo!
Lembrei de onde eu conhecia aquela cara.
Foi alguém do passado que me magoou.
A Brigou gente e nunca mais se viu.
Senti um alívio danado por não ter lembrado da mágoa naquela hora.
E descobri que memoria curta não é coisa da idade, não ...
É sabedoria mesmo.
Esquecer um ressentimento é coisa de gente grande.
Gente de bem com a vida.
Gente que não se ocupa de remoer mágoas.
Essa coisa de só lembrar o que é importante e feliz é a tal memória seletiva.
Coisa que fazer todo mundo deveria.
O mesmo com os ouvidos e olhos ...
Ouça e veja só o que faz bem pra alma.
Sabedoria isso pra mim é:
Ficar esquecido de episódios tristes.
Surdo de ruídos nocivos.
Cego de visões Distorcidas ...
Enquanto uma falha memória, eu vou ficando melhor como pessoa ...
E só lembrando que não vale a pena.
Necessário é que fazer.
Só o essencial.
Confesso que esqueci onde larguei a chave do carro ...
Mas eu lembrei de uma coisa ótima:
Não tenho a menor idéia do que me aborreceu ontem ...
Porque hoje eu estou muito feliz!

Lena Gino

sábado, 20 de fevereiro de 2010

AMOR, FORÇA CRIADORA...


Um professor de Sociologia mandou seus Alunos aos bairros pobres da cidade de Baltimore, Estados Unidos, para realizar estudos de casos individuais de 200 garotos, fazendo uma avaliação do futuro de cada um deles.
Em todos os casos os estudantes fizeram uma avaliação seguinte: "Ele não tem uma menor chance".
Passados 25 anos, outro professor de Sociologia dedicou-se ao estudo realizado. Pediu que seus alunos efetuassem novos estudos para Verificar o que havia acontecido com pobres Aqueles garotos.
Os estudantes descobriram então que, com exceção de 20 meninos, que haviam se mudado ou morrido, 176 entre os 180 restantes, tinham alcançado sucesso fora do comum como advogados, médicos e homens de negócios.
O professor ficou surpreso e Decidiu ir mais além na pesquisa.
Felizmente todos os garotos, que agora já eram homens, moravam na cidade. Assim, ele teve Condições de perguntar um cada um deles, a que atribuía o seu sucesso.
Em cada caso uma resposta era sempre a mesma: "Houve uma professora ..." ea resposta era Acompanhada de um sincero sentimento de gratidão.
Como resolveu procurá a professora ainda estava viva,-la e perguntar que fórmula mágica ela havia usado para impulsionar Aqueles garotos à conquista das profissões que tanto almejavam, superando os obstáculos impostos pela condição social.
A idosa, mas ainda lúcida senhora, com brilho nos olhos e nos lábios um sorriso gentil, respondeu: "É realmente muito simples. Eu amava Aqueles garotos".
Como se pode perceber, não há barreiras Capazes de deter a força do amor verdadeiro.
O amor é de essência divina, é força criadora.
Onde quer que esse sentimento sublime se faça presente espalha luz e bênçãos renovadoras.
Quando o amor se manifesta, dissemina luz onde as trevas Permanecer em Teimam.
Quem ama vence as dificuldades, e supera os limites Próprios COM UM Contagiando sua ação tantos quantos dele acerquem se.
Em nome do amor, Jesus suportou uma cruz infamante para legar à Humanidade sua inconfundível Doutrina.
Contagiados pelo seu amor, os cristãos primitivos desceram às arenas, sacrificando AS PRÓPRIAS vidas para não abjurar o Sublime Amigo.
Foi por amor que muitos Apóstolos enfrentaram a fúria dos homens com bravura e coragem, para levar a Boa Nova aos corações Sedentos de paz.
Em nome do amor, muitos anônimos, como a professora de Baltimore, se entregam aos semelhantes, fomentando a esperança e demonstrando pelos Próprios Atos Vale, que a pena investir na vida e sobretudo, no amor.

Em nome do amor fraterno, de Madre Tereza superou obstáculos tidos como intransponíveis, para ajudar os irmãos de Calcutá, e fez-se respeitada NO MUNDO INTEIRO. São dela estas palavras:

"Espalhe amor aonde quer que você vá: primeiro, em sua própria casa. Dê amor a seus filhos, sua esposa ou marido, para seu vizinho de porta.
Não deixe ninguém vir um sem partir ou melhor você mais feliz.
Seja uma expressão viva da bondade de Deus: bondade em sua face Seus Olhos em bondade, bondade em seu sorriso, bondade em seu caloroso Cumprimento ".

Redação do Momento Espírita com base em textos esparsos.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

AS PALAVRAS TÊM PODER (PNL)


A linguagem dirige nossos pensamentos para direções especificas e, de alguma forma, ela nos ajuda a criar a nossa realidade, potencializando ou limitando as nossas possibilidades. A habilidade de usar a linguagem com precisão é essencial para uma boa comunicação.

1) CUIDADO COM A PALAVRA NÃO. A Frase que contém NÃO, para ser compreendida, traz à mente o que está junto com ela. O NÃO existe apenas na linguagem e não na experiência. Por exemplo: pense em "NÃO"... Não vem nada à mente. Agora, vou lhe pedir não pense na cor vermelha... Eu pedi para você NÃO pensar na cor vermelha e você pensou.

Procure falar no positivo, o que você quer e não o que você não quer.

2) CUIDADO COM A PALAVRA MAS, QUE NEGA TUDO QUE VEM ANTES.
Por exemplo: "O Pedro é um rapaz inteligente, esforçado, MAS...".
Substitua o MAS por E, quando indicado.

3) CUIDADO COM A PALAVRA TENTAR, QUE PRESSUPÕE A POSSIBILIDADE DE FALHA.
Por exemplo: "Vou tentar encontrar com você amanhã às 8 horas". Em outras palavras: Tenho grande chance de não ir, pois vou "tentar".
Evite TENTAR, FAÇA.

4) CUIDADO COM NÃO POSSO OU NÃO CONSIGO, que dão idéia de incapacidade pessoal. Use NÃO QUERO, NÃO PODIA ou NÃO CONSEGUIA, que pressupõe que vai conseguir, que vai poder.

5) CUIDADO COM AS PALAVRAS DEVO, TENHO QUE OU PRECISO, que pressupõem que algo externo controla a sua vida. Em vez delas use QUERO, DECIDO, VOU.

6) Fale dos problemas ou das descrições negativas de si mesmo, utilizando o verbo no passado. Isto libera o presente.
Por exemplo, "Eu tinha dificuldade em fazer isto..."

7) Fale das mudanças desejadas para o futuro utilizando o tempo presente do verbo.
Por exemplo: em vez de dizer "Vou conseguir", diga "Estou conseguindo".

8) Substitua o SE por QUANDO. Por exemplo: em vez de falar "Se eu conseguir ganhar dinheiro vou viajar", fale "Quando eu conseguir ganhar dinheiro vou viajar".

9) Substitua ESPERO por SEI. Por exemplo: em vez de falar "Eu espero aprender isso", diga "Eu sei que vou aprender isso". ESPERAR suscita dúvidas e enfraquece a linguagem.

10) Substitua o CONDICIONAL pelo PRESENTE. Por exemplo: Ao invés de dizer "Eu gostaria de agradecer à presença de vocês", diga "Eu agradeço a presença de vocês". O verbo no presente fica mais forte e concreto.

http://www.amelhoridade.kit.net/Sections/palavrapoder.htm

VIDA PASSAGEIRA...


Se pudéssemos ter consciência do quanto nossa vida é passageira, talvez pensássemos duas vezes antes de jogar fora as oportunidades que temos de ser e de fazer os outros felizes.
Muitas flores são colhidas cedo demais. Algumas, mesmo ainda um botão.
Há sementes que nunca brotam e há flores que vivem a vida inteira até que, pétala por pétala, tranqüilas, vividas, se entregam ao vento.
Mas a gente não sabe adivinhar.

A gente não sabe por quanto tempo estará enfrentando este Éden e tampouco aquelas flores que foram plantadas ao nosso redor.
E descuidamos. Cuidamos pouco. De nós, dos outros.
Nos entristecemos por coisas pequenas e perdemos minutos e horas preciosos.
Perdemos dias, às vezes anos. Nos calamos quando deveríamos falar; falamos demais quando deveríamos ficar em silêncio.
Não damos o abraço que tanto nossa alma pede porque algo em nós impede essa aproximação.
Não damos um beijo carinhoso, porque não estamos acostumados com isso... e não dizemos que gostamos de alguém porque achamos que o outro sabe automaticamente o que sentimos.
E passa a noite e chega o dia, o sol nasce e adormece e continuamos os mesmos, fechados em nós.

Reclamamos do que não temos, ou achamos que não temos o suficiente.
Cobramos dos outros, da vida, de nós mesmos, nos consumimos.

Costumamos comparar nossas vidas com as daqueles que possuem mais que a gente.
E se experimentássemos comparar com a daqueles que possuem menos!?
Isso faria uma grande diferença!
E o tempo passa...
Passamos pela vida, não vivemos. Sobrevivemos, porque não sabemos fazer outra coisa.
Até que, inesperadamente, acordamos e olhamos para trás. E então perguntamos: E agora?
Agora, hoje, ainda é tempo de reconstruir alguma coisa, de dar o abraço amigo, de dizer uma palavra carinhosa, de agradecer pelo que temos.
Nunca se é velho demais ou jovem demais para amar, dizer uma palavra gentil ou fazer um gesto carinhoso....
Não olhe para trás. O que passou, passou!
O que perdemos, perdemos!
Olhe para frente!
Ainda é tempo de apreciar as flores que estão inteiras ao nosso redor.

Ainda é tempo de voltar-se para Deus e agradecer pela vida, que mesmo passageira, ainda está em nós!
Então...busque...tente...consiga...seja FELIZ AGORA!!!

Desconheço autoria

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

DEUS NOS DÁ NOZES...


Deus nos dá as nozes, mas não as quebra. (Provérbio Alemão)

Tem muita gente esperando o bolo pronto!
Gente que espera mais do que um milagre, querem que os anjos virem contadores, e resolvam a sua contabilidade pessoal que não fecha:
- gastam mais do que ganham e vivem endividados.
Querem que os anjos virem médicos, e curem aquela cirrose de anos de muito álcool, o enfizema de anos de tabaco, as doenças crônicas de anos de má alimentação, as doenças nervosas da falta de amor próprio.
O milagre está ai todos os dias, a disposição de quem quer mudar.
É o sol que propicia o trabalho, a chuva que promove o arado, o mar que traz o cardume, o rio que se enche de peixes, a tecnologia que cria empregos, a própria vida que se renova, e diz de forma clara e concisa:
- Deus dá tudo o que você precisa!
É tempo de motivação, de acreditar mais em você.
Usar a energia da alma e do coração.
Tempo de pegar as nozes e quebrá-las.
Com os frutos, fazer bolos, doces e sorvetes.
Tantas possibilidades para o milagre se estabelecer, para você ver e sentir Deus.
Aprende então:
Deus não se encontra na lamentação, nem se acha com reclamação.
Deus se encontra no trabalho, no suor do rosto, daquele que se entrega ao bem, que não tem tempo para falar mal de ninguém.
Gente que descobre de verdade, que é ele mesmo, é um verdadeiro milagre.

Paulo Roberto Gaefke

VIDA ABUNDANTE...


Dentre as afirmativas de Jesus, algumas há que, para entender, é preciso meditarmos em profundidade a seu respeito.
Uma delas é a seguinte: "eu vim para que tenhais vida, e vida abundante."
Será que Jesus trazia vida para quem já estava na vida e vivo?
Certamente que não.
Ele era portador de uma mensagem de vida espiritual para quem se encontrava num contexto de vida mortificada.
A vida espiritualizada, a que Jesus se referia, corresponde a toda atividade da alma que exprime fidelidade ao bem, à alegria, ao trabalho digno, à esperança.
Essa vida interior também se nutre da convivência fraterna na sociedade, do cultivo das virtudes, da eliminação de tudo o que represente viciação, corrupção, morbidez.
Em contrapartida, a morte será indicada por tudo o que insufle ou alimente a traição, a ignorância, a prostituição dos costumes, o desrespeito às bases da família, a exploração do homem pelo homem.
Essa morte moral é fermentada pelo descaso para com os movimentos de progresso de si mesmo, quando se prefere o nivelamento do ser pelas faixas inferiores da alma humana que, em muitas situações, se assemelha aos níveis da selvageria, quando não os ultrapassa.
A vida que Jesus veio trazer não é aquela que faz vicejar corpos esbeltos, mas aquela que faz brilhar almas formosas.
Por isso é que Ele se dirigia a quem se movia em corpos carnais, mas que padeciam de indescritíveis torturas da alma.
Daí Ele ter falado em vida abundante a quem se habituara a uma vivência mesquinha, empobrecida, apequenada.
Sua lição é, assim, para todos os tempos e povos, pois, quando encontramos sociedades ricas e homens pobres, medicinas desenvolvidas e homens enfermos, estados poderosos e homens escravos, uma grande variedade de religiões, e homens egoístas e materializados à busca de prazeres efêmeros, sentimos a razão da mensagem do Mestre Nazareno: "eu vim para que tenhais vida."
Permitamo-nos buscá-la, permitamo-nos vivê-la para que experimentemos a ventura dentro d’alma, desde aqui, das lidas terrenas, aclimatando-nos, pouco a pouco, à vivência ditosa junto aos Emissários da Vida Maior, que refletem, junto a nós, o pensamento do Cristo.
Ele é aquele que nos traz a vida verdadeira, vibrante, feliz, abundante, propondo-nos fazer nobre uso dela, a fim de que nEle possamos viver para sempre.

A vida são as contínuas e sucessivas etapas reencarnatórias, em cujo curso cada um é o arquiteto do próprio destino, construtor da desgraça ou da felicidade que todos buscamos.

Do livro "Quem é o Cristo?", Cap. 22, Editora Fráter Livros Espíritas.

DOÇURA... AMOR...


DOÇURA...

Doçura é a maestria dos sentidos.
Olhos que vêem no fundo das coisas, ouvidos que escutam o coração das coisas, lábios que falam apenas a essência das coisas.
Doçura é o resultado de uma longa jornada interior ao âmago da vida e a habilidade de lá permanecer e observar.
A doçura procura pelo bem nas coisas, pois no seu coração reside a convicção de que o bem existe em algum lugar em tudo, é só ter paciência para descobri-lo.

AMOR...

Há duas qualidades básicas que são a essência de todas as outras: amor e verdade.
O amor baseado no apego causa sofrimento quando a separação acontece.
Porém o amor sem egoísmo, que não é misturado com o sentimento de eu e meu, espalha luz.
Assim como a luz se espalha para todos os lados, o amor divino vai para todas as pessoas.
O poder para amar a todos vem da verdade.
A verdade eleva a consciência a tal nível que a pessoa não é afetada pelas ações dos outros,
sejam elas certas ou erradas.

Brahma Kumaris

PENSAMENTOS...


Um antigo provérbio diz:
"Se semeio urtigas, não posso colher rosas".

É através das minhas ações que o mundo reage a mim.
Elas plantam as sementes do meu futuro.
Se tenho atitudes raivosas, obtenho respostas raivosas.
Se desempenho ações pacíficas, os resultados são pacíficos.
É através das ações que eu crio fortuna ou infortúnio.
Deveríamos deixar que todas as nossas ações fossem para edificar ao invés de violentar.

Verdadeiros seres humanos são aqueles que tratam seus companheiros com equanimidade, sinceridade, gentileza, tato, respeito e amor. Isto é espiritualidade na ação.
A pessoa que corporifica tais qualidades torna-se próxima à natureza de Deus.
A distância entre a verdade dela e a verdade Dele é de apenas um pensamento.

Brahma Kumaris

CORAGEM...


Não é fácil nadar no mar.
Mesmo que você seja capaz de atravessar as ondas, o que haverá além delas?
Todos os tipos de criaturas; peixes grandes e pequenos.
Seus próprios pensamentos e traços indesejáveis de personalidade.
Coisas velhas que aparecem na frente de você.
Se isso acontecer, não fique afetado ou distraído com elas.
Tenha coragem.
Vá além de tudo isso ao praticar a consciência de ser uma alma.
A medida que você mergulha fundo, maravilhas são encontradas.

Brahma Kumaris

MATURIDADE...


Maturidade é o poder de controlar a raiva e de resolver problemas sem violência e destruição.
Maturidade é paciência.
É disposição para abrir mão de um prazer imediato com vistas a uma vantagem a longo prazo.
Maturidade é perseverança.
É empenhar-se fundo em um trabalho, a despeito da oposição dos contratempos desalentadores.
Maturidade é abnegação.
É atender as necessidades alheias.
Maturidade é a capacidade de enfrentar o desagradável e a decepção, sem se tornar amargo.

Brahma Kumaris

DISCERNIR...


Discernir é entender a essência,
é diferenciar o ouro autêntico do falso.
Sempre que tiro alguma coisa de seu contexto,
deixo de entendê-la e começo a distorcê-la.
Todas as situações tem suas raízes históricas,
seus efeitos presentes e suas implicações futuras.
Discernir é considerar as inter-relações de
todos os ingredientes de uma situação.
Sem essa perspectiva sou impelido a proteger meus
interesses, sou consumido pelo calor do momento,
deixo de ver as conseqüências dos meus atos.

Brahma Kumaris

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

SOMOS TODOS UM...


Que você, mesmo sob uma pressão do mundo, jamais negue o seu espírito.
Que Você Não Permita que suas emoções estranhas bloqueiem o amor real.
Que você não deixe de rir das coisas engraçadas da vida.
Que você não deixe alguém que, espírito ou homem, roube sua alegria.
Que você diga não a tudo o que seja degradante de sua Integridade.
Que, por onde for, com quem for, você vença a si mesmo.
Que Você Esteja livre das algemas e da arrogância do medo.
Que olhos em você olhar e sentir seus POSSA Integridade e grandeza.
Que você valorizar um coração luminoso e cuide bem de sua luz.
Que você se emocione só de sentir-se vivo, e agradeça a quem lhe deu a vida.
Que alegremente respire você, sentindo uma energia permeando o ar.
Que você veja como partículas de luz dançando na atmosfera à sua frente ...
Que você se respeite como ser universal, para se Respeitar como ser humano.
Que você não deixe sua mente abafar o seu coração nem os seus sonhos.
Que você suba a montanha e Reverencie o vento e os espíritos do ar.
Que você desça até uma campina e Reverencie os espíritos das brumas.
Que você também cante pelos amigos de agora, pois eles são presentes em sua vida.
Que você ame profundamente ...
E que isso sua jornada e dignifique o ser amado.
Que você seja uma luz de presença na vida dos outros ...
E que isso seja sempre!
Que você perdoe a si mesmo e, assim, aprenda a perdoar aos outros.
Que você também reconheça suas qualidades e seus acertos, e fique alegre por isso.
Que você não se lamente pelas coisas do passado, apenas voe e aprenda a lição ...
Que você não se deite com ira de ninguém e nem nas coisas do mundo preso.
Que você durma pensando no céu azul ...
E visite que as estrelas, em espírito.
Que você aprenda algo enquanto seu corpo dorme ...
E que você se lembre!
Que você sinta que o seu verdadeiro Lar e em seu coração.
Que você seja feliz, mesmo que ninguém entenda por que.
Que você Agradeça uma Divina Presença, por tudo.
Que assim seja, pois, somos todos um!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

REVOLUÇÃO DO SER...


Como to claim respeito da sociedade que nós mesmos desrespeitamos?
Como fazer valer leis que nem sempre observamos?
Como gritar pelo silêncio que nós mesmos violamos?
Como to claim educação QUE NÃO Ofertamos?
Como reclamar direitos sem deveres com Cumprir?

E mais do que tempo de começar uma revolução silenciosa, sem armas, sem gritos, sem Barulhentos comicios, sem mídia, sem Alvoroço, mas que funciona espantosamente.
É hora de cuidar da sua casa, para um Demonstrar sua família, filhos, pais, sobrinhos e irmãos, aquilo que você realmente quer ver no mundo.
Respeitar os pequenos códigos e leis da sociedade, coisas que muita gente acha que são bobagens, que muita gente acredita que pode fazer "porque todo mundo faz".

Aprendemos com as atitudes de cada um.
Nossos filhos nos observam e repetem o que fazemos.

Por isso, é hora de dirigir sem falar ao celular, sem beber qualquer bebida alcoólica e ser feliz sem ela. Ao buscar seu filho na escola, não parar em local proibido, nem em fila dupla, ainda que seja só um instantinho.
Respeitar uma sinalização de trânsito, seja ela qual for, em qualquer hora ou local.
Rejeitar Vantagens Que não sejam iguais para todos, fugir do tal "jeitinho" brasileiro, Oferecer ou sem aceitar qualquer tipo de "suborno".
Jamais um usar arma de fogo e Quando possível, Rejeitar qualquer lei que legalize ou libere as mesmas.
Ter tempo para ajudar na lição de casa dos filhos conversar com amada, uma pessoa, Respeitar os pais, venerar os idosos, ter atitudes de respeito para com o próximo, sem esquecer jamais que envelheceremos e que o mundo dá voltas completas. Que os que estão por cima hoje, amanhã poderão estar por baixo, e pode ser qualquer um de nós.

Somos nós quem criamos os políticos que vão nos governar amanhã. E o nosso filho ou filha, um parente é que deixamos de lado, é um vizinho que cresceu observando todos os erros nossos e que nenhuma escola foi Capaz de mudar sua índole. Os políticos que temos hoje não vieram de Marte, nem foram importados. Eles são gente da nossa gente, recebeu e percebeu que os mesmos valores que estamos cultivando.

Gente que se espanta quando alguém acha dinheiro na rua ou no lixo e devolve para o dono, ou entrega para uma
Justiça pois sabem que não lhes pertence.
Gente que se espanta com quem não aceita "Vantagens" corromper POSSAM que a vida sua. Que não aceitam as bebidas, as drogas, como Traições conjugais como "coisas normais".

OS Hoje, os honestos, que seguem silenciosos As leis estão ausentes, são vistos como ET's, mas somos a maioria. Somos Aqueles que pueden transformar o mundo em questão de poucos anos sem derramar uma só gota de sangue.

Basta iniciar uma revolução na sua casa, pregando valores reais como justiça, solidariedade, paz e respeito. De repente, esses valores vão se espalhando como rastilho de pólvora e logo, mais e mais pessoas que respeitam a vida, os bons valores que adotam Serão tantos que cometem os crimes que se sentirão envergonhados.

Aqueles pais que insistem em parar na fila dupla, os "malandros" que insistem em furar filas, andar pelo acostamento, carteirada "dar", gritar o famoso: "sabe com que você tá falando" Serão uma minoria decadente, pobres de espírito que sentirão que não estão no lugar certo e buscarão se adaptar as mudanças ou mudarem de vez para outro lugar.

Tudo começa na sua casa.
No seu exemplo nas ruas.
No lixo que você joga lixo no.
No respeito a leis naturais da vida e dos homens.
Na leitura de bons livros, não investir na sua cultura.
No respeito à sua Integridade pessoal e moral.
Em deitar a cabeça sem travesseiro e dormir tranquilo, certo de ter feito o seu melhor.

Nunca seremos perfeitos, e nem é essa a motivação da nossa vida, mas seremos a própria justiça, esperamos que a própria dignidade do próximo, pois descobriremos que o próximo, somos nós mesmos. Comece agora a sua revolução, valorizar o que é certo e propague o que é bom!

Paulo Roberto Gaefke

domingo, 14 de fevereiro de 2010

AS DROGAS EM NOSSA VIDA...


Drogas são Substâncias entorpecentes, excitantes, alucinógenas utilizadas com um Finalidade de, primariamente e em caráter provisório, propiciar ao usuário um pretenso estado psíquico que lhe pareça agradável.
Também são Chamadas de drogas Substâncias Farmacêuticas, Cujo fim é o amenizar de dores, a cura de enfermidades, o bem estar do convalescente.
No dia-a-dia, quando algo vai mal, uma das palavras mais utilizadas, possivelmente, seja: Droga! Que droga!
A ênfase que se dá na pronúncia, tanto ou mais caracteriza o quanto aquilo é ruim.
As drogas, farmacêuticas ou não, utilizadas de forma Leviana, induzem uma estados de alteração da consciência. Usuários como denominam viagens.
Viagens que deixam, de retorno, seqüelas túmulos de ordem física e psíquica.
Infelizmente, é bastante expressivo o número de pessoas que a consomem.
As instituições médicas, religiosas, tem governamentais se preocupado com essas estatísticas que demonstram o desprezo à vida, uma desvalorização de si mesmo.
O que será do nosso amanhã, quando a juventude se entrega ao vício, esquecendo valores de intelectualidade, conquistas pessoais, enriquecimento do espírito?
O que será do nosso amanhã, quando crianças, que Deveriam estar chutando bola, ralando joelho em quedas de bicicleta, corridas, preferem se drogar, para sentir o prazer que essas atividades lhes propiciariam, sem contra-indicações?
O que será do nosso amanhã, quando adultos se entregam um tal vício, esquecendo da nobreza das lutas Para atingir o que sonham?
O que será enfim, do nosso amanhã, quando idosos, nos que Deveriam estar repassando uma riqueza das suas experiências, resolvem abraçar as drogas, esquecendo valores e afetos?
O será que ...?

Enquanto a preocupação cresce nesse sentido, não menos preocupante é o panorama de outras drogas que vêm destruindo amizades, instituições, lares.
Falamos da raiva que vitaliza vinganças mesquinhas, assestando suas Lanças contra pessoas que nada mais fazem do que pensar no bem do próximo.
Recordamos da inveja que destrói programas de excelente qualidade, Cujo único objetivo é consolar corações, animos asserenar, concitar ao otimismo.
Tudo porque o invejoso decide que é mais fácil destruir, Do que se esforçar Para alcançar o patamar do outro, e ombrear com ele, nas Nas mesmas e dignas lutas pelo semelhante.
Lembramos da maldade que intrigas Estabelece, Espalha a cizânia da mentira, destruindo a honra de pessoas nobres e coloca suspeitas em Tarefas de renúncia total.
Essa forma de agir, na surdina, na calada da noite, lançando petardos aqui e ali, de forma sutil, é que droga Igualmente malefícios Produz muitos.
Por tudo isso, se você não se contaminar Deseja, ao servir nem mal, pense um pouco.
Se as informações lhe chegam, destilando veneno, sobre pessoas e Instituições, use seu bom senso.
Analise o que fazem os que estão sendo acusados, suas obras, seus feitos.
Coloque na balança da ponderação o que ouve do acusador, seus atos atitudes, suas.
Pense que, enquanto o outro está agindo bem, não, este está semeando uma intriga, o mal.
E então, com lucidez, não se Permita inocular pela droga da raiva, da inveja, da maldade.
Vacine-se com uma vigilância ea oração, conforme a orientação de nosso Mestre Jesus.
Não faça viagens pelo país das sombras. Não se deixe enredar pelo mal.
Sirva sempre ao bem. Vibre bem nenhum. Espalhe o bem e contagie muitos um, com uma sua disposição de acertar, de ser melhor, em plena consciência de seus pensamentos e atos.

Redação do Momento Espírita. Disponível no CD Momento Espírita, v. 12, ed. Fep.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

CHACOALHÃO...


A lamentação é a "oração de louvor" ao diabo, ou as forças do Mal, como queira.
Quem permanece na reclamação fácil, só vê a sua vida e a sua situação piorar. Pior, parece que os "lamurientos", vivem para se reunir e disputar quem está mais "desgraçado".
Um diz:
- Estou devendo mais de 10 mil reais, já não durmo! O outro já emenda:
- Hum, isso não é nada, eu devo mais de 50 mil, já nem acordo.
Outra reclama que o marido bebe muito:
- meu marido bebe mais de 3 doses de pinga por dia. A outra já querendo "aparecer", replica:
- O meu toma 1 litro só no café da manhã...

É um festival de "desgraça" para todos os lados, e as pessoas vão se prendendo na teia de aranha que é a reclamação fácil.
A reclamação é a porta de entrada para uma vida de insucesso, de fracassos e muita dor.

Ora, aquele que desperta para a vida, sabe que se ficar de braços cruzados, nem o ônibus vai parar para ele. Até para pegar um ônibus é preciso "dar sinal", levantar o braço, fazer um esforço.

Pois eu te convido a levantar o braço e selar a boca para as coisas ruins.
Faça um contraponto, seja luz, seja esperança, seja batalha viva.
Tome posse da sua vida, tome posse do que lhe aflige.
Se o terreno do vizinho está vazio e servindo como lixão, não ligue para a Prefeitura para denunciar, antes, ligue para o vizinho e peça licença para plantar flores, criar uma pequena horta, até ele resolver construir. Convide alguns vizinhos dispostos e crie a horta comunitária, o jardim das belezas, e você vai ver, onde alguém toma posse de algo, as pessoas respeitam, não jogam mais lixo.

Então, tome posse de você, diante dos problemas (quem não os tem?), seja prático, objetivo e veja o lado bom de cada coisa.
O diabético, deve dizer pela manhã!
- Graças a Deus, ela está sob controle!
O endividado deve agradecer por não ter feito nenhuma nova dívida.
O parente do "viciado", deve continuar buscando ajuda incessantemente, amorosamente, mas sem deixar de viver a sua vida.
O que perdeu um ente querido deve "viver o luto", mas não por 10, 15, 20 anos ou mais. Tudo tem seu tempo debaixo do sol.

Fazer-se de vítima, de coitadinho que não entende porque é "tão sofrida a sua vida", não ajuda em nada, pelo contrário, só prejudica.

Tome posse da sua vida, do seu falar, da sua alegria, das tristezas, das certezas, das emoções, dos desejos reprimidos, do gosto amargo e do doce que ficou na boca. Junte tudo, misture e levante o braço: dê sinal para o ônibus da vida que passa todos os dias na porta da sua casa, e as vezes, você nem vê.
É hora de pegar a condução para a felicidade, e você sabe, "sem reclamar, o ponto chega bem mais depressa."
Tome posse de você!

Paulo Roberto Gaefke

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

CIÚMES - SÓ NA MEDIDA CERTA!


"Os ciumentos sempre olham para tudo com óculos de aumento, os quais engrandecem as coisas pequenas, agigantam os anões e fazem com que as suspeitas pareçam verdades." (Cervantes)

Cíumes – uma das características de personalidade que mais destroem relacionamentos.

Existe o ciúmes normal, sadio, aquele que todos sentimos por alguém ou algo que queremos muito. Quando o(a) parceiro(a) repara em outra pessoa que entra em um bar, sentimos ciúmes porque gostamos de exclusividade e atenção. Ciúmes moderado e normal é gostoso, faz bem e mostra preocupação.

Mas aqui, queremos abordar outro tipo de ciúmes: o patológico. Aquele que destrói relacionamentos, que machuca muita gente, que faz com que o ciumento viva mal e estrague a vida do(a) companheiro(a).

Como já disse Roland Barthes “Como ciumento sofro quatro vezes: porque sou ciumento, porque me reprovo de sê-lo, porque temo que meu ciúme machuque o outro, porque me deixo dominar por uma banalidade: sofro por ser excluído, por ser agressivo, por ser louco e principalmente por ser comum.". E essa é a mais pura realidade. As pessoas ciumentas não gostam de ser assim, reprovam esse sentimento porque sabe que ele não faz bem e com isso não se aceita. Machuca o outro com intrigas, paranóias, pensamentos obsessivos e desconfianças sem fundamento e depois se sentem mal por terem agido, pensado e cobrado.

A primeira regra para um relacionamento saudável é: deixe o ciúmes paranóico de lado. Ele só transmite insegurança e baixo auto-estima. Você precisa confiar acima de tudo no(a) parceiro(a) e nas coisas que ele(a) diz. Viver em um mundo de fantasia e imaginação só vai te afastar da sua cara metade. Nem o maior amor do mundo sobrevive a controle, desconfiança, inquéritos sem fundamento e cobranças.

As pessoas precisam de espaço. Dê esse espaço e ele(a) voltará. Prenda e tudo que vai conseguir é que o outro tenha vontade de conquistar sua liberdade.

Um relacionamento saudável, acima de tudo, tem que estar baseado na confiança.

Cíumes indica falta de confiança em si mesmo. Sendo ciumenta(o) você transmite uma mensagem que diz que você não se valoriza e não acredita no amor que ele(a) diz existir e afirma que existem pessoas muito melhores que você, que você é simplesmente substituível.

Pense bem: seu(sua) parceiro(a) está com você por opção dele(a). Ninguém o(a) obrigou a ficar com você. Ele(a) viu em você algo especial e quer manter isso. Portanto, não destrua o que pode ser uma linda história de amor; não afaste sua possível cara metade porque você não controla seu ciúmes e tem medo de perder.

Homens ciumentos: as mulheres são atraídas por um sentimento de confiança. Se você for muito ciumento ela vai concluir que você não confia em si mesmo e com isso não conseguirá te respeitar. E se ela não conseguir te respeitar, não vai poder te amar.

Mulheres ciumentas: seu homem está com você por que quer. Então seja a companheira ideal, ria com ele em todos os momentos, deixe ele sair e beber com os amigos, aproveite para construir a relação e não destruir. Não dê motivos para que ele queira encontrar em outra algo que ele não consegue encontrar em você: respeito por seus sentimentos.

Ambos: permitam que seu(sua) parceiro(a) tenha espaço, ache ótimo quando ouvir que ele(a) vai sair com amigos, que vai a uma despedida de solteiro(a), aceite amigos do sexo oposto, incentive o lazer sozinho. Não controle, não proíba, não questione. Tolere, ame, respeite. Com isso você terá um relacionamento saudável e a pessoa que ama voltará orgulhosa para você… sempre. Feliz por ter alguém compreensivo, que o(a) entende e divide todos os momentos, mesmo não estando juntos. Não deixe fantasias tomarem conta do seu pensamento, não bisbilhoteie celular, carteira, agenda, emails atrás de prova de algo. Muitas vezes um número equivocado, um email de alguém que não significa nada pode resultar na perda do seu amor.
Portanto, tenha um relacionamento baseado no compromisso, respeito, admiração, convivência saudável.
Carol Waldeck

O SOM DO AMOR...


Sabe quando falta uma palavra para definir o que sentimos?
Sabe quando o que você sente é tão grande, tão inusitado, que não há força em nenhuma poesia ou palavreado.

Tudo fica pequeno diante de tantos sentimentos, a vida deixa de ser uma teoria, um pensamento, ela passa a ser completa, preenchida.

E essa palavra que falta, que se cala na garganta, só pode ser expressa pelos sentimentos, falar não adianta.
Quem sabe com o brilho desse olhar.
As palavras mentem, o olhar jamais...

O falar deve ser reservado para expressar alegria, para aquele bate papo gostoso com as pessoas queridas,
para a entrevista de emprego, para expressar um desejo.
O falar é a expressão do que vai no seu intimo, por isso, deve ser estudado, pois aquilo que é falado, não pode ser deletado, é email que já saiu, partiu...

Deixe-se embriagar pelos sentimentos, deixe seus olhos falarem: - eu te amo!
Deixe seus braços apertarem a felicidade, deixe as tolices e as discussões vazias morrerem na ponta da língua, e acima de tudo, deixe o amor ser o seu mensageiro, ele fala, esclarece, perdoa, pede desculpas, reconcilia, reaproxima...
Quem faz do amor o seu interlocutor, carrega na alma a pedra de alquimia, é mais do que inteligência, é pura sabedoria.
Quando faltar palavras, seja onde for, deixe falar mais alto, o som do amor.

Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

SENTIDOS...


A perfeição é feita de pequenos detalhes - não é apenas um detalhe. (Michelangelo)

Muitos passam a vida inteira buscando um sentido para a própria vida.
Buscando um amor como se fosse âncora para o seu barco,
um amigo que diga sim para todos os seus atos,
um "deus" que diga amém para todos os seus sonhos,
um culpado para todos os seus erros.
um sentimento para todos os seus vazios,
uma única resposta para tantas perguntas...

A vida é composta de minúcias,
de notas musicais que compõem a grande sinfonia,
de pequenos rabiscos que fazem a grande obra de arte,
de pequenas estrofes que compõem a poesia,
de poucos passos que levam a grandes distâncias,
de momentos que não voltam mais,
de emoções indescritíveis, sem preço...

Não se perca das pequenas emoções,
dos sentimentos que te movem para a vida.
Não corra atrás das grandiosas obras da ilusão,
os cargos que parecem maiores que a empresa,
os títulos que parecem maiores que a função,
os desejos que parecem maiores que o tesão.

Tempo perdido é vida perdida, olhos que se prendem no que não possuímos, são olhos cegos, vazados pela ambição,
desperdício de dias e emoção.

Preste atenção no que você já conquistou!
valorize as pequenas coisas, os detalhes da vida, o poder de andar, respirar, abraçar, beijar. declarar-se pleno!
O tempo passa de acordo com o valor que nós lhe damos.

Assim, a vida pode ser transformada com uma simples mudança de atitude,
com a valorização do que você é capaz de fazer,
com a infinita capacidade de aprender,
com a humildade em reconhecer que a felicidade é simples,
composta por detalhes cheios de valor,
entre eles, o maior de todos, o amor.
Que o amor não seja apenas mais um detalhe na sua vida.

Paulo Roberto Gaefke

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

PROMONTÓRIO...


“Nenhum homem é uma ilha, sozinho em si mesmo; cada homem é parte do continente, parte do todo; se um seixo for levado pelo mar, a Europa fica menor, como se fosse um promontório, assim como se fosse uma parte de seus amigos ou mesmo sua; a morte de qualquer homem me diminui, porque eu sou parte da humanidade; e por isso, nunca procure saber por quem os sinos dobram, eles dobram por ti”..
(John Donne, poeta inglês do século XVI, em “Meditações XVII”)

Quando eu me isolar e esquecer de você, esquecer de fato quem eu sou, estarei deixando de lado um pedaço da minha vida.
Quando eu deixar de te socorrer, pular sobre você caido na rua, eu mesmo me abandono nas ruas da minha ignorãncia.
Quando eu não te visitar no presídio, quando eu te julgar antes mesmo da justiça, eu mesmo estarei me condenando.
Quando eu não for te ver no leito do hospital, eu mesmo estarei com a alma doente.
Quando eu lhe negar um pedaço de pão no meu portão, eu mesmo terei fome eterna.
E se eu deixar de lhe dar um copo com água, seja em qual lugar for, eu mesmo estarei sedento.
Quando eu não lhe perdoar, carregarei comigo as algemas da ingratidão, preso as amarras do coração.

Jamais seremos felizes enquanto um só ser humano estiver sofrendo.
A felicidade só será plena, quando todos estivermos a salvos no grande barco da vida, quando os nossos braços alcançarem os braços do próximo, sairmos do isolamento do orgulho que nos cega, e descobrimos por fim, que somos uma única família, diferentes e tão iguais, únicos e tão parecidos, que um exame de consciência por fim vai revelar,
todos nós, temos o mesmo DNA.

Paulo Roberto Gaefke

sábado, 6 de fevereiro de 2010

FILHOS DO CORAÇÃO...


Os homens, preocupados com o pão de cada dia cultivam a semente.
Para assegurar o reconforto protegem as árvores.
Envidam esforços para preservar os animais, as plantas, os rios, a natureza enfim.
Pensam no futuro do planeta e desejam semear desde agora, a certeza de um futuro promissor.
Movimentam-se homens em prol da vida, expondo a própria vida em defesa dos animais marinhos, com a intenção de protegê-los.
Cientistas e pesquisadores dedicam-se a cultivar, em cativeiro, animais prestes à extinção.
Todos esses esforços são nobres, todavia, temos nos esquecido da orfandade que se alastra assustadoramente. Não temos protegido a infância que representa o porvir que a todos nos espera.
Crianças caminham desoladas e sós, chorando a ausência do braço paterno, ou se lastimam ante a falta do regaço materno que a morte suprimiu.
Assemelham-se a frágeis lírios expostos aos golpes do granizo, a perambularem sem rumo, sem amparo, sem esperanças...
São pequeninos filhos de Deus, em plena aurora da vida, esperando de nós apoio e assistência.
Não nos julguemos exonerados do dever de amparar os órfãos com os quais nos defrontamos na marcha. Se Deus os coloca em nossa caminhada, é porque espera de nós a demonstração de solidariedade e amor.
Esses infantes esperam guiar-se por nossos passos, orientar-se por nosso verbo, conduzir-se pelos nossos exemplos, para mais tarde, devolver-nos a mensagem que hoje lhes mostramos, já que são o germe do futuro.
O mundo de hoje é o retrato fiel dos homens de ontem que no-lo transmitiram com as qualidades e os defeitos de que se nutriram no campo das próprias almas.
Assim, a Terra de amanhã será, inelutavelmente, o reflexo de nós mesmos. E a infância colorirá o futuro ou o ensombrecerá, conforme tenha recebido de nós, hoje.
Lembremo-nos de que, pela lei de reencarnação, nesses filhos de ninguém, pode estar um afeto do nosso coração a rogar-nos braços amigos e o aconchego do lar e da família que não possuem.
Os laços do afeto não se desenvolvem somente na família consangüínea.
Nós os podemos construir a cada instante, acolhendo um desses pequeninos sem pais, para num futuro mais ou menos distante, recolher os frutos da semeadura de agora.
Não nos comovamos tão-somente perante o sofrimento que sufoca milhares de pequeninos. Façamos algo. Abramos as portas dos nossos corações e dos nossos lares para acolher um filho alheio, que em realidade é um filho de Deus e, por conseguinte, um irmão nosso.

Você sabia que muitos pais e mães que hoje estão privados da paternidade sofrem o retorno da lei de causa e efeito?
É que talvez tenham sido abortadores, ou tenham buscado a esterilização apenas para a satisfação da sensualidade, em existências anteriores.
Isso não é castigo, mas oportunidade de reparar os danos cometidos e corrigir o passo.
E você sabia que a adoção pode constituir-se em bênção luminosa de redenção?
Não é outro o motivo pelo qual, muitos pais que não lograram gerar filhos, após adotarem uma criança, ficam liberados para gerar os filhos da própria carne.

Redação do Momento Espírita

O DONO DO TEMPO...


Os homens desse planeta sabem que um dia irão morrer, que a sua geração vai passar e uma nova lhe sucederá, mas, mesmo assim, vivem como se tivessem a eternidade dos dias, como se fossem imortais na carne, deixando o seu bem mais precioso, o tempo, escorrer por entre os dedos.
Fazem isso, quando vivem amargurados pelos problemas que eles mesmos criam, quando transformam pequenos contratempos em grossos espinhos que ferem a alma.
Fazem isso, quando não resistem a tentação de ir pelo caminho “mais fácil”, quando se entregam nas mãos dos vícios, ou de pessoas que consomem a alma.
Fazem isso, quando se agarram no passado, em velhas fotografias, em pessoas que partiram, em amores que não deram certo, ou velhas desculpas para não enfrentar a vida.
Não deixe o tempo se perder no emaranhado das suas dificuldades, transforme cada decepção em pedras que se assentam no caminho e fazem um solo forte para seus passos.
Transforme os erros em adubo para as suas novas investidas, arrisque-se mais e crie um jardim florido.
Não se deixe abater, nem o tempo passar por passar, vago, vazio, perdido e inútil…
O tempo é o presente que o Criador lhe oferece a cada dia, e cada segundo tem seu custo anotado no Livro da Vida, onde prestaremos contas, do atraso, do descaso, do cuidado e de tudo o que fizermos com esse bem que nós chamamos de Tempo, e que Deus chama de Presente.
É hoje!
O melhor dia para sua virada, para recomeçar, para ser mais feliz, para fazer valer os seus direitos, para ter o que deseja.
A montanha está lá longe, é alta e parece que nunca será alcançada, mas, se o seu passo for firme, em breve, ela estará embaixo dos seus pés e você sentirá o gosto bom da vitória.

Paulo Roberto Gaefke

UM FILME EM PRETO E BRANCO...


Certo dia você acorda e percebe que falta alguma coisa na sua vida, a boca ressecada, os olhos ainda cansados da noite mal dormida e você sentindo um vazio imenso no peito. Por uns instantes um filme passa na sua cabeça, é a sua vida gravada em cores disformes e esquisitas, você se vê correndo de um lado para o outro atrás de pagar contas, cobrir bancos, comprar alimentos, estudando para provas, tentando agradar alguns, discutindo com outros, se negando para manter uma situação...

O filme parece que não tem um final muito bom, afinal de contas, aquela pessoa que você vê no filme não está muito feliz não. Parece que até vive mais triste e preocupada do que alegre e de bem com a vida.
Então vêm a pergunta fatal: o que está me faltando para realmente ser feliz?

Será que o que te falta é um grande amor?
Mesmo os grandes amores, ficam mornos um dia.
Será que o que te falta é dinheiro?
Dinheiro não é o fim, é um meio de se conquistar algum bem.
Será que te falta saúde?
Você está vivo? Então há esperanças.
Falta companhia de amigos, cartas saudosas e ombros para chorar?
Basta um verdadeiro amigo para nos completarmos, seja amigo de você mesmo, seja leal com seus propósitos, com suas idéias e ideais.

Acorde para a vida que insiste em te dar novas oportunidades todos os dias.
Corra menos atrás das coisas materiais, caminhe mais, por puro prazer.
Corra menos atrás do dinheiro, caminhe mais pelas conquistas do espírito.
Corra menos atrás da perfeição, caminhe com seus erros e aprenda com eles.
Corra menos atrás de consertar os outros, caminhe com suas certezas e seja paciente, cada um tem seu tempo.
Viva a vida, curta cada minuto, cada instante, abrace mais, beije muito mais e sorria, o seu sorriso é um incentivo para que outros também sorriam.

Por fim, acredite na vida e na certeza de que você é digno de ser feliz, afinal de contas, a vida acredita em você, você acordou e mais um dia te espera, aproveite-o ao máximo!

Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

ESTAMOS COM FOME DE AMOR...


O que temos visto por aí???
Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes.

Com suas danças e poses em closes ginecológicos, cada vez mais siliconadas, corpos esculpidos por cirurgias plásticas, como se fossem ao supermercado e pedissem o corte como se quer... mas???

Chegam sozinhas e saem sozinhas...
Empresários, advogados, engenheiros, analistas, e outros mais que estudaram, estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e, sozinhos...
Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os novíssimos "personal dancer", incrível.

E não é só sexo não!

Se fosse, era resolvido fácil, alguém duvida?
Sexo se encontra nos classificados, nas esquinas, em qualquer lugar, mas apenas sexo!
Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho, sem necessariamente, ter que depois mostrar performances dignas de um atleta olímpico na cama... sexo de academia...

Fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão "apenas" dormir abraçadinhos, sem se preocuparem com as posições cabalísticas...
Sabe essas coisas simples, que perdemos nessa marcha de uma evolução cega.
Pode fazer tudo, desde que não interrompa a carreira, a produção...
Tornamo-nos máquinas, e agora estamos desesperados por não saber como voltar a "sentir", só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós...
Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada nos sites de relacionamentos "ORKUT", "PAR-PERFEITO" e tantos outros, veja o número de comunidades como: "Quero um amor pra vida toda!", "Eu sou pra casar!" até a desesperançada "Nasci pra viver sozinho!"
Unindo milhares, ou melhor, milhões de solitários, em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis, se olharmos as fotos de antigamente, pode ter certeza de que não são as mesmas pessoas, mulheres lindas se plastificando, mutilando-se em nome da tal "beleza"...

Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento, e percebemos a cada dia mulheres e homens com cara de bonecas, sem rugas, sorriso preso e cada vez mais sozinhos...
Sei que estou parecendo o solteirão infeliz, mas pelo contrário...
Pra chegar a escrever essas bobagens?? (mais que verdadeiras) é preciso ter a coragem de encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa...
Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia isso é julgado como feio, démodê, brega, famílias preconceituosas...

Alô, gente!!! Felicidade, amor, todas essas emoções fazem-nos parecer ridículos, abobalhados...

Mas e daí? Seja ridículo, mas seja feliz e não seja frustrado...
"Pague mico", saia gritando e falando o que sente, demonstre amor...
Você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais...

Perceba aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, ou talvez a pessoa que nada tem a ver com o que imaginou mas que pode ser a mulher da sua vida...
E, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso a dois...
Quem disse que ser adulto é ser ranzinza ?

Um ditado tibetano diz: "Se um problema é grande demais, não pense nele... e, se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele?"
Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo, assistir desenho animado, rir de bobagens e ou ser um profissional de sucesso, que adora rir de si mesmo por ser estabanado...
O que realmente não dá é para continuarmos achando que viver é out... ou in...
Que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo, que temos que querer a nossa mulher 24 horas, maquiada, e que ela tenha que ter o corpo das frutas tão em moda, na TV, e também na playboy e nos banheiros, eu duvido que nós homens queiramos uma mulher assim para viver ao nosso lado, para ser a mãe dos nossos filhos, gostamos sim de olhar, e imaginar a gostosa, mas é só isso, as mulheres inteligentes entendem e compreendem isso.

Queira do seu lado a mulher inteligente: "Vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois, ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo, tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida"...

Porque ter medo de dizer isso, porque ter medo de dizer: "amo você", "fica comigo", então não se importe com a opinião dos outros, seja feliz!
Antes ser idiota para as pessoas que infeliz para si mesmo!
Para ler, divulgar e. . . praticar!

Arnaldo Jabor

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

SÓ POR AMOR...


O senhor não daria banho a um leproso nem por um milhão de dólares? Eu também não.
Só por amor se pode dar banho a um leproso.
(Madre Teresa de Calcuta)

Vivemos num mundo de dependências.
Dependemos uns dos outros para vivermos,
para nos alimentarmos, nos vestirmos e até para sermos felizes.
Quando nos juntamos em grupos para nos divertir, ou em dois para formar uma nova família, criamos uma corrente maravilhosa de forças que podem modificar até o mundo e seus costumes.

Alguém duvida que um casal unido, com o objetivo de adquirir uma casa, ter filhos e viver em comunhão, pode conquistar isso e muito mais?
Quando os funcionários de uma empresa se unem para atingir os objetivos de produção estabelecidos, e conseqüente divisão de lucros, é claro que as metas serão ultrapassadas.
Quando cientistas se unem para a descoberta de vacinas e novos remédios, a humanidade toda colhe os benefícios dessa força.

A união dos seres humanos é fundamental para o progresso e continuidade da vida no nosso planeta.
O problema está na dependência total de uma pessoa, de uma atividade, de uma empresa, de um remédio, entre outros.
Imagine uma empresa que só tem um cliente.
Tudo o que ela produz é para essa única empresa.
Um belo dia essa empresa resolve trocar de fornecedor.
O que vai acontecer com essa empresa de um único cliente?
Vai desaparecer...

Assim, são as pessoas que se entregam de corpo, alma e bagagem para um relacionamento.
Se, por qualquer motivo, o relacionamento acabar, a pessoa pode acabar junto e vai ser muito difícil se levantar.
Dependemos uns dos outros sim, mas para somar, para construir, não para nos transformarmos em parasitas, em "dependentes químicos do cheiro de alguém".

É preciso manter os nossos sonhos individuais, fazer a nossa faculdade, comprar o nosso carro e, na soma de tudo, estaremos construindo uma família feliz, unida e saudável.
Amar sim. Depender, nunca!

Paulo Roberto Gaefke

QUE DELÍCIA DE AMOR...


Mostre-se, mas não se revele.
Dê-se, mas não se entregue.
Ame, mas não se escravize, viva intensamente cada momento, mas não fique preso ao que já passou.
Deixe um pouco de mistério no ar, mesmo depois de 40 anos de casados, 5 anos de romance, ou da eterna amizade de infância, não importa, guarde um pouco de si mesmo, para entregar na hora certa, para surpreender...

O amor pede renúncia, mas exige mistério, o amor pede entrega, mas exige novidade, o amor quer o tudo, mas existem horas que queremos o nada, o amor exige respeito, individualidade e interesses comuns.

Para viver esse grande amor, mesmo que seja com a mesma pessoa de sempre, crie fantasias que possam ser vividas a dois, não se esconda atrás de reclamações, nem fique cobrando o que não podem te oferecer, arranque na força de um beijo, no abraço inesperado, na força da união dos corpos que pedem amor, ou na exaustão de um braço largado...

O melhor do amor é a dedicação que podemos oferecer, sem cobranças, sem exigências, faça por que ama, ame pelo que te faz amar, assim, o amor tem sabor de paixão, e paixão tem gosto de vida...
Que delícia de amor você pode viver hoje?

Paulo Roberto Gaefke

O QUASE...


Quem ficou no "quase", teve aquela sensação próxima da realização, e ficou com o gosto amargo na boca, com aperto no coração.

Foi "1 número" que faltou na loteria, um sim que não veio e tudo mudaria.
Uma mudança de última hora, um vento contrário que veio de fora.
Uma palavra que não caiu bem, uma retribuição que nunca vem...

Quem já se perdeu no "quase", sente uma ausência, é como noivo esperando no altar, e a noiva não vem.
Falta tudo, principalmente a paciência.

O quase é um sonho desencontrado, uma placa de sinalização que leva para a contra-mão, quebra o encanto, machuca o coração.

Resta a incerteza e um estranho medo de tentar de novo.
Aquela angústia mista de esperança e dúvida.
Apenas uma certeza: vivemos uma experiência, estamos mais maduros, prontos para concretizar.

O "quase" não resiste aos que não desistem, e se perde na insistência dos que acreditam, que tudo pode ser novo de novo, e insistem.

Gente que não desiste de lutar, porque sabe que nasceu para amar, e o amor não é metade, não é quase.

O amor é pleno, inteiro e real, sentimento que não se vê, se percebe: e de tão estranho, quanto mais se dá,
mais se recebe!

Paulo Roberto Gaefke

SENSATEZ...


Quando estamos no mar, perto de um afogamento, temos que parar de nos debatermos e encontrar forças para com calma, simplesmente boiar.

Quando recebemos uma notícia dramática, inesperada mesmo, por maior que seja o abalo, o que nos resta é buscarmos um copo com água e beber lentamente para nos acalmarmos, evitando assim um infarto.

Quando estamos dirigindo sob uma forte chuva, daquelas que não enxergamos nada, devemos cuidadosamente procurar uma maneira de parar em segurança e esperar a chuva passar.

Quando estamos atolados de dívidas, cheio de cobradores na nossa cola, temos que de maneira sensata, parar imediatamente de fazer novas dívidas, e pagar a cada um dos credores conforme as nossas possibilidades, "sem fazer novas dívidas", sem buscar soluções milagrosas em financeiras ou agiotas.

Quando o relacionamento está naufragando, cheio de brigas e discussões, isolamento, traição e outros problemas, o casal deve buscar em entendimento, se fortalecerem, unindo-se na busca daquele sentimento que um dia os uniu,
tendo a certeza absoluta que, a separação e um novo relacionamento não é solução, é simplesmente uma transferência de problemas.

Tudo isso é a sensatez quem o diz, a sabedoria e a razão que falam trazendo luz para nossos problemas,
trazendo a solução real que infelizmente, no hábito de fugir dos problemas buscamos inventar soluções mágicas:
loterias, apostas, cassinos, máquinas, bingos, empréstimos, financiamentos e outros subterfúgios, e isso acaba nos colocando em uma forca onde só falta mesmo chutar o banquinho para o nó esticar.

Diante dos problemas, pare tudo, pare as lamentações, o sensacionalismo, aquela mania de chorar por qualquer coisa. Enxugue essas lágrimas para enxergar a solução, ou soluções: conversa franca, sinceridade, abrir o coração, fazer contas da sinceridade, lutar mais um pouco, levantar a cabeça e gritar pela dignidade da sua vida, "rodar a baiana" se precisar, dizer basta, dizer CHEGA!, e dizer "eu te amo sem medo de ser piegas", a verdade, a razão, a justiça e Deus,
tudo caminha junto de quem assume a direção da própria vida.
Que tal dirigir o carro da sua vida?

Paulo Roberto Gaefke

ESPERE UM TEMPO...


Não apresses a chuva, ela tem seu tempo de cair e saciar a sede da terra;
Não apresses o pôr do Sol, ele tem seu tempo de anunciar o anoitecer até seu último raio de luz;
Não apresses tua alegria, ela tem seu tempo para aprender com a tua tristeza;
Não apresses teu silêncio, ele tem seu tempo de paz após o barulho cessar;
Não apresses teu amor, ele tem seu tempo de semear mesmo nos solos mais áridos do teu coração;
Não apresses tua raiva, ela tem seu tempo para diluir-se nas águas mansas da tua consciência;
Não apresses o outro, pois ele tem seu tempo para florescer aos olhos do Criador;
Não apresses a ti mesmo, pois precisas de tempo para sentir a tua própria evolução.
Ocorreu um erro neste gadget