Páginas

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

DEFINIÇÃO DE AMIGO...


Pode procurar por ai, entre conhecidos e parentes, no meio da multidão do estádio lotado, ou na pracinha cheia de pombos, nos cofres dos bancos ou nas loterias, nas moedas ou nas minas de ouro, não existe nada que valha mais que um amigo, esse sim, o maior tesouro.

Por isso, seja amigo dos seus amigos!
Ainda mais se eles forem poucos.
Não estou falando dos conhecidos, que podem virar grandes amigos.
Mas daqueles que já se importam de verdade com você, pois ser amigo, é mesmo na maior distãncia, recordar que em algum lugar, você está, e se precisar, é só chamar, é o poder contar...

Amigo é a definição perfeita de parente desejado, aliás, o amigo quase sempre é o parente que gostaríamos de ter,
pode até ser um familiar, do mesmo sangue, mas os laços mais fortes são os da alma, são fios invisíveis que nos unem, aparam diferenças, cercam as qualidades, transformam dificuldades, as vezes, apenas com uma palavra...

Quantas vezes você buscou um amigo, cheio de dores, pronto para chorar, e bastou um olhar para te consolar?
Para voltar a vida e acreditar, que anjos existem, e um deles te chama pelo nome.

Po isso, quando for definir amigo, lembre-se de Jesus, que ao falar do sacrifício verdadeiro, lembrou de definir o amor assim:
“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos”
(João 15.13)
Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

O CÃO...


Um açougueiro estava em sua loja e ficou surpreso quando um cachorro entrou.
Ele espantou o cachorro, mas logo o cãozinho voltou.
Novamente ele tentou espantá-lo, foi quando viu que o animal trazia um bilhete na boca.
Ele pegou o bilhete e leu:
- "Pode me mandar 12 salsichas e uma perna de carneiro, por favor?"
Ele olhou e viu que dentro da boca do cachorro havia uma nota de 50 Reais.
Então ele pegou o dinheiro, separou as salsichas e a perna de carneiro, colocou numa embalagem plástica, junto com o troco, e pôs na boca do cachorro.
O açougueiro ficou impressionado e como já era mesmo hora de fechar o açougue, ele decidiu seguir o animal.
O cachorro desceu a rua, quando chegou ao cruzamento deixou a bolsa no chão, pulou e apertou o botão para fechar o sinal.
Esperou pacientemente com o saco na boca até que o sinal fechasse e ele pudesse atravessar a rua.
O açougueiro e o cão foram caminhando pela rua, até que o cão parou em uma casa e pôs as compras na calçada.
Então, voltou um pouco, correu e se atirou contra a porta. Tornou a fazer isso.
Ninguém respondeu na casa.
Então, o cachorro circundou a casa, pulou um muro baixo, foi até a janela e começou a bater com a cabeça no vidro várias vezes.
Depois disso, caminhou de volta para a porta, e foi quando alguém abriu a porta e começou a bater no cachorro.
O açougueiro correu até esta pessoa e o impediu, dizendo:
"Por Deus do céu, o que você está fazendo?
- O seu cão é um gênio!"
A pessoa respondeu:
- "Um gênio? Esta já é a terceira vez nesta semana, que este estúpido esquece a chave!"

Moral da História:
VOCÊ PODE CONTINUAR EXCEDENDO ÀS EXPECTATIVAS, MAS PARA OS OLHOS DE ALGUNS, VOCÊ ESTARÁ SEMPRE ABAIXO DO ESPERADO.

Qualquer um pode suportar a adversidade, mas se quiser testar o caráter de alguém, dê-lhe o poder.
Se algum dia alguém lhe disser que seu trabalho não é o de um profissional, lembre-se:
Amadores construíram a Arca de Noé e profissionais, o Titanic.
Quem conhece os outros é inteligente.
Quem conhece a si mesmo é iluminado.
Quem vence os outros é forte.
Quem vence a si mesmo é invencível!!
Desconheço a autoria

OS BURACOS NÃO DEIXAM DE EXISTIR...


Se pensarmos na vida como um longo caminho, podemos fazer analogias interessantes.
A começar pelos tão comentados obstáculos que temos de aprender a ultrapassar ao longo dos anos...
Uns maiores, outros menores, cada qual traz consigo seu nível de dificuldade, suas consequentes dores e seus preciosos aprendizados.
Mas hoje quero falar, sobretudo, dos buracos.
Alguns rasos, outros nem tanto.
E existem também aqueles que, de tão profundos, quando caímos neles costumamos usar a expressão "cheguei ao fundo do poço!".
É claro que ninguém gosta de cair em buracos. Por menores e mais rasos que sejam, no mínimo nos desestruturam e nos fazem perder o "rebolado".
Mas o fato é que eles fazem parte de todos os caminhos, de todas as pessoas, sem exceção, embora sejam sempre únicos.
O problema é quando alguém busca conhecimento, estuda e se sente tão crescido que passa a acreditar que isso é o suficiente para eliminar os buracos de seu caminho, para fazer com que eles simplesmente não existam mais.
Iludido e enganado por si mesmo, ao se deparar com um, vai ter de lidar ainda com a decepção, a frustração e a sensação de que toda busca não valeu de nada!
Não caia nesta armadilha! Saiba de antemão que os buracos vão existir pra sempre.
A diferença entre quem está consciente de si e de seu caminho e quem não está, é que o primeiro vai saber evitar o tombo desviando a tempo do buraco ou, pelo menos, levantar, sair dele e seguir em frente mais rapidamente e, tomara, menos machucado.
E tem mais: podemos perceber, com a repetição de nossas quedas, que muitos dos buracos de nossos caminhos são incrivelmente parecidos, justamente porque a função deles é nos ensinar a mais difícil de todas as lições.
Portanto, se sua lição mais difícil é aprender a ser menos teimoso, ou menos ansioso, ou menos inseguro, ou menos desconfiado, note bem: toda vez que você se distrai ou acelera o passo mais do que deveria, cai num buraco em que parece já ter caído inúmeras vezes antes.
Não é o mesmo! É outro! É novo! Ele se repete à frente para que você acorde e, a cada queda, consiga levantar com mais habilidade, e seguir em frente não reclamando e se lamentando por ter caído mais uma vez; não se criticando e se culpando por ter sido estúpido novamente.
Não! Não há nenhuma estupidez na repetição do aprendizado, mas sim vivência, privilégio e sabedoria!
Assim, se você está agora no chão, se acabou de cair num buraco do seu caminho, não se sinta uma vítima e sim um escolhido pelo Universo para se tornar mais forte e mais preparado.
Erga-se, mesmo doendo. Saia do buraco, mesmo chorando. E dê um passo à frente, e depois outro e outro, com a certeza de que pode ir bem mais longe...
Outros buracos virão. Novas cicatrizes ficarão cravadas em sua alma. E tudo isso será a prova de que você não veio como espectador e nem como coadjuvante de sua história. Você veio como protagonista e vai chegar até o fim com a dignidade de quem não apenas cumpriu o seu destino, mas o esculpiu com coragem, fé e atitude..
Rosana Braga

MIGALHAS...


Ora, se é para ir na feira e escolher a fruta, escolha a melhor!
leve para casa a mais suculenta, mais brilhante, mais doce.
Se é para ir ao açougue, e se o dinheiro dá, leve a melhor carne, se pode comprar filet-mignon vai levar "coxão-duro" para o bife?
Vai comprar uma roupa?
Então escolha o melhor tecido, o melhor caimento e por favor: escolha o número que se ajuste ao seu corpo.
Na hora do perfume, gosto não se discute, cada um com o seu, mas por favor, não exagere, perfume é complemento, não é banho.
Vai prestar um concurso?
Então primeiro estude, depois faça promessa, porque eu te garanto, nenhum "santo", "vai descer" em você para fazer a sua prova.
Todo mundo quer o melhor da vida!
Mas, poucos sabem o que é "o melhor".
Os pedidos que fazemos aos céus são infantis, acham que voltar com tal pessoa é o máximo, quando poderiam pedir para conhecer alguém que realmente valha a pena.
Muitos "bacharéis" estão tentando uma vaga de gari na prefeitura do Rio, tentando roubar a oportunidade de quem precisa ser "gari".
E pode apostar, "vai chover" promessa para passar no concurso.
Gente desistindo da luta no meio do caminho, gente topando "qualquer coisa" para "ser feliz", dando dízimo da aposentadoria da mãe, comprando fitinha benzida pelo "sei lá quem", e a auto-estima no chão, derrubada, vazia.
É hora de acreditar no seu potencial!
É hora de pedir caviar aos céus, acreditando que você merece o melhor.
É hora de deixar o vale da lamentação, dos gemidos, das doenças imaginárias e virar o jogo.
CHEGA!
Chega de sofrer até pelo que não existe!
Só você, criatura divina, pode mudar o seu jogo.
Não tem pastor, santo, anjo, padre abençoado, nem fita mágica que dê um jeito em quem não quer ter jeito!
Faça a sua parte, desperte, lute!
Caiu? levante!
escorregou? apoie-se!
errou? peça perdão e recomece.
chorou? limpe o rosto e prossiga!
doeu? assopre e siga!
tá sem rumo? Compre um guia.
amou? que bom, aprendeu o valor do amor.
Não deu certo? comece de novo.
É este o dia certo, para a pessoa certa, na hora certa:
você é a pessoa certa, na hora certa, no dia certo.
O resto é confusão mental.
Por favor, queira ser feliz e lute por esse direito,
a vitória só depende de você, não aceite migalhas!
Paulo Roberto Gaefke

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

AMOR É POESIA...


Mais que a dor da perda, existe a incerteza, aquela dúvida quanto ao futuro, será de dor?
Será que somos capazes de viver mais uma vez o amor?
Sim!
Nós somos capazes de viver o amor várias vezes, experimentá-lo em diversas gradações, como no amor filial, no amor familiar, no amor ao nosso animalzinho de estimação.
que pode ser um gatinho, ou um elefante, que importa o tamanho?
O que conta é a sua capacidade de "entregar-se", e é na entrega que o amor faz diferença.
A entrega, não é a submissão aos caprichos do outro, nem alienar-se, virar um zumbi sem vontade, nem viver a vida da pessoa amada, mas a capacidade de amar sem medidas.
Ser nos momentos felizes, a própria felicidade, compartilhar, e nas dificuldades,ser o ponto de apoio, compactuar.
Aquela pessoa que só no olhar, acalma, já transmite a segurança, se precisar, segura na nossa mão, como criança.
Amor é entrega sim!
Amor cheio de regras não é amor, é contrato.
Amor cheio de pontos negativos não é amor, é bateria velha.
Amor cheio de conselhos não é amor, é uma reunião.
Amor cheio de melindres e "não me toques", não é amor, é uma consulta de analista.
Amor sem respeito também não é amor, pois antes de mais nada, o amor se respeita, se admira, se vale de cada sílaba para forma um verso, e esse verso, é a união do "eu + você", compondo uma rima, e se quer definir, o amor é isso: o amor é poesia!
Paulo Roberto Gaefke

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

O QUE É NORMOSE?


"E aqueles que foram vistos dançando, foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música."
Friedrich Nietzsche


Vale a pena refletir!
"NORMOSE" (a doença de ser normal)

Todo mundo quer se encaixar num padrão.
Só que o padrão propagado não é exatamente fácil de alcançar.
O sujeito "normal" é magro, alegre, belo, sociável, e bem-sucedido. Bebe socialmente, está de bem com a vida, não pode parecer de forma alguma que está passando por algum problema. Quem não se "normaliza", quem não se encaixa nesses padrões, acaba adoecendo. A angústia de não ser o que os outros esperam de nós gera bulimias, depressões, síndromes do pânico e outras manifestações de não enquadramento.
A pergunta a ser feita é: quem espera o quê de nós?
Quem são esses ditadores de comportamento que "exercem" tanto poder sobre nossas vidas?
Nenhum João, Zé ou Ana bate à sua porta exigindo que você seja assim ou assado. Quem nos exige é uma coletividade abstrata que ganha "presença" através de modelos de comportamento amplamente divulgados.
A normose não é brincadeira.
Ela estimula a inveja, a auto-depreciação e a ânsia de querer ser o que não se precisa ser. Você precisa de quantos pares de sapato? Comparecer em quantas festas por mês? Pesar quantos quilos até o verão chegar?
Então, como aliviar os sintomas desta doença?
Um pouco de auto-estima basta.
Pense nas pessoas que você mais admira: não são as que seguem todas as regras bovinamente, e sim, aquelas que desenvolveram personalidade própria e arcaram com os riscos de viver uma vida a seu modo.
Criaram o seu "normal" e jogaram fora a fórmula, não patentearam, não passaram adiante. O normal de cada um tem que ser original.
Não adianta querer tomar para si as ilusões e desejos dos outros. É fraude. E uma vida fraudulenta faz sofrer demais.
Eu simpatizo cada vez mais com aqueles que lutam para remover obstáculos mentais e emocionais e tentam viver de forma mais íntegra, simples e sincera. Para mim são os verdadeiros normais,
porque não conseguem colocar máscaras ou simular situações. Se parecem sofrer, é porque estão sofrendo. E se estão sorrindo, é porque a alma lhes é iluminada.
Por isso divulgue o alerta: a normose está doutrinando erradamente muitos homens e mulheres que poderiam, se quisessem, ser bem mais autênticos e felizes.
Michel Schimidt - Psicoterapeuta

terça-feira, 20 de outubro de 2009

SORTE É PRA QUEM QUER...


Por um lugar onde passavam muitas pessoas, um mendigo sentava-se na calçada e ao lado colocava uma placa com os dizeres: "Vejam como sou feliz! Sou um homem próspero, sei que sou bonito, sou muito importante, tenho uma bela residência, vivo confortavelmente, sou um sucesso, sou saudável e bem humorado".

Alguns passantes o olhavam intrigados, outros o achavam doido e outros até davam-lhe dinheiro. Todos os dias, antes de dormir, ele contava o dinheiro e notava que a cada dia a quantia era maior. Numa bela manhã, um importante e arrojado executivo, que já o observava há algum tempo, aproximou-se e lhe disse: "Você é muito criativo! Não gostaria de colaborar numa campanha da empresa?". "Vamos lá. Só tenho a ganhar!", respondeu o mendigo.

Após um caprichado banho e com roupas novas, foi levado para a empresa. Daí para frente sua vida foi uma seqüência de sucessos e a certo tempo ele tornou-se um dos sócios majoritários. Numa entrevista coletiva à imprensa, ele esclareceu de como conseguira sair da mendicância para tão alta posição. Contou ele: bem, houve época em que eu costumava me sentar nas calçadas com uma placa que dizia que eu era um pobre coitado que mal conseguia sobreviver. As coisas iam de mal a pior quando, certa noite, achei um livro e nele atentei para um trecho que dizia: "Tudo que você fala a seu respeito vai se reforçando. Por pior que esteja a sua vida, diga que tudo vai bem. Por mais pobre que seja você, diga a si mesmo e aos outros que você é próspero”.

Aquilo me tocou profundamente e, como nada tinha a perder, decidi trocar os dizeres. E a partir desse dia tudo começou a mudar, a vida me trouxe a pessoa certa para tudo que eu precisava, até que cheguei onde estou hoje. Tive apenas que entender o Poder das Palavras. O universo materializa em nossa vida todas as nossas crenças. Uma repórter, ironicamente, questionou: - O senhor está querendo dizer que algumas palavras escritas numa simples placa modificaram a sua vida? Respondeu o homem, cheio de bom humor: Claro que não, minha ingênua amiga! Primeiro eu tive que acreditar nelas!".

terça-feira, 13 de outubro de 2009

FAÇA DA SUA VIDA UMA POESIA...


Dizem que quem aprende a andar de bicicleta nunca mais esquece!
Isto é verdade, mas, sem praticar essa habilidade, com os anos, a pessoa fica sem o bom equilíbrio, e quando tenta andar de novo, já não tem a mesma firmeza, titubeia,sente medo, as vezes até cai, até que insiste e retoma a sua antiga forma.
Tudo na vida é um constante aprendizado e movimento incessante.
Parece que estamos parados quando nos deitamos em nossa cama ou na rede da varanda e nos entregamos ao repouso, mas tudo continua girando, a vida, o tempo, os acontecimentos, seus pensamentos, seus sonhos...
Nada permanece o mesmo depois de algum tempo, nem a maior alegria, nem a pior notícia da sua vida...
tudo perde força, até a separação mais dolorosa.
O tempo é o "Senhor dos sentimentos", é ele quem garante se o "eu te amo" é verdadeiro, ou fruto de uma emoção, de um momento.
O amor sempre fala: te vejo amanhã, mas é o amanhã, não o coração quem segura o amor.
Faça uma poesia com a sua vida, rime-a com alegria.
Faça gesto louco de amor, mande flores para a pessoa amada, pode ser uma simples flor, um beijo desesperado,
um abraço demorado, olhos nos olhos, boca na boca, sem palavras, sem cobranças!
Apenas o cair da tarde, a noite chegando, e vocês dois se amando...
De tudo que o tempo leva, apenas o amor permanece.
O amor não é apenas uma memória no tempo, é o próprio relógio da vida, que bate no compasso do seu coração,
e diz que é hora de sossegar, e simplesmente amar.
Faça da sua vida uma poesia...
Paulo Roberto Gaefke

IMAGEM NÃO É NADA...


Nosso cérebro é um grande laboratório químico capaz de produzir todo e qualquer sentimento, diversas substâncias que podem alterar nosso humor e nos deixar mais ou menos felizes. Por exemplo, se você quiser sorrir agora, basta pensar na sua cara quando você acorda com vontade de ficar mais umas duas horas na cama, ou naquela piada maravilhosa que te contaram ontem e pronto: seu sorriso aparece, tudo automaticamente, sem você precisar fazer sequer um esforço para abrir a boca...

Se você quiser chorar, basta pensar em coisas tristes, fique ai sentadinho pensando na tristeza, no amor perdido, na aula perdida, nas dívidas, nos problemas e nas pessoas que andam te maltratando, fica uns 10 minutos pensando na tristeza, se maltrata bastante, pensa que as coisas estão muito ruins mesmo, que não tem solução (cuidado: se você trabalha em um andar alto em edifício, feche as janelas ou amarre-se a mesa), pense que o Bin Laden mudou para pertinho de sua casa e os americanos já descobriram, ou seja pense na morte da bezerra e você vai chorar muito, sem nenhum esforço e se não fizer algo para cortar o choro, vai morrer afogado em suas próprias lágrimas.

Agora vamos fazer um teste? Feche os olhos e não pense em um gatinho branco! Entendeu? feche os olhos e não pense em um gatinho branco. Fechou os olhos? O que veio em sua mente? Não foi um gatinho branco? Somos sugestionáveis, e nosso cérebro realiza o que desejamos, ou aquilo que queremos condicionar. Você pode se condicionar a ser uma pessoa feliz, realizadora, daquelas que os problemas aparecem e são resolvidos da melhor maneira possível, ou pode se condicionar a ser uma eterna vítima, perdedor, triste e abandonado, um coitadinho de Maria.

Esta ai dentro de você a resposta para todos os seus problemas, você pode modificar seus pensamentos, modificar as coisas que você acredita e que te fazem mal. Na vida existem problemas reais e todos nós sabemos, mas a maioria dos problemas e doenças que nos acometem são resultados do que acreditamos. Diga logo cedo quando sentir uma azia: "Acho que estou com úlcera", nesse exato momento a úlcera começa a nascer em você.

Pense no bem diariamente, você é uma pessoa maravilhosa, cheia de qualidades e merecedora de ser feliz.
Pare de chorar e vá á luta! Mude radicalmente sua forma de pensar e abuse da frase: "Eu mereço a felicidade!"

Paulo Roberto Gaefke

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

SEU MAIOR DESAFIO...


Quando você abandona o medo e incorre na loucura de desafiar as "situações que te afligem", busca a superação de seus próprios limites, e essa é a nossa maior meta, os "milagres" se sucedem, quase que como um efeito cascata,
de dominós se empurrando e caindo um a um...

Você ganha uma força extra, um destemor, e tudo passa a ter outra visão, porque seus olhos já não são os mesmos.
E tudo isso acontece porque "você mudou", Não foi a situação, não foi o dinheiro que ganhou, foram os bons livros que você começou a ler, leituras que edificam, que fazem crescer.
Quando deixou de perder tempo com fofocas da televisão, com programas que exploram a miséria e a fé humana, e passou a ter mais tempo para a sua evolução.
Quando deixou de reclamar e começou agir, deixou de pensar em quantos quilômetros faltam, e simplesmente caminhou, passo após passo, metro a metro, vencendo distâncias.
É assim que você encontra Deus!
Deus procura amorosamente pelos aflitos.
Não adianta ir no templo dourado, buscar esse ou aquele famoso que parece ter contato direto com Ele, Ele não está lá...
Ele está onde estão os mais miseráveis, nas celas imundas dos presídios, nos quartos de hospitais onde a dor geme sem parar, nas casas escuras, onde alguém em depressão deixou de querer viver.
É justamente na vida de quem já não acredita na vida, que Deus está mais presente, mais amoroso, capacitando aqueles que se julgam incapazes, e se você deixar Deus agir, se buscá-lo no seu dia a dia, vigiando, orando, amando sem medidas, caminhando entre brasas sem desistir, Ele estará contigo, sempre!
Creia, Deus tem uma paixão gigantesca por você!
E quanto mais você precisa, mais Ele se faz presente, é só abrir os olhos da alma, largar a lamentação, perceber que você tem força para muito mais, que foi feito para vencer, brilhar na humildade, e ser feliz, feliz de verdade.
Creia!
Deus te ama além da conta e das medidas humanas.
Paulo Roberto Gaefke

CICATRIZES...


Um menino tinha uma cicatriz no rosto e as pessoas de seu colégio não falavam com ele e nem sentavam ao seu lado; na realidade, quando os colegas de seu colégio o viam franziam a testa devido a cicatriz ser muito feia. Então a turma se reuniu com o professor e foi sugerido que aquele menino da cicatriz não freqüentasse mais o colégio. O professor levou o caso à diretoria do colégio.
A diretoria ouviu e chegou à seguinte conclusão: que não poderia tirar o menino do colégio e que conversaria com o menino e ele seria o último a entrar em sala de aula e o primeiro a sair. Desta forma nenhum aluno veria o rosto do menino, a não ser que olhasse para trás.
O professor achou magnífica a idéia da diretoria; sabia que os alunos não olhariam mais para trás. Levada ao conhecimento do menino a decisão, ele prontamente aceitou a imposição do colégio, com uma condição: que ele comparecesse na frente dos alunos em sala de aula para dizer o porque daquela CICATRIZ.
A turma concordou e, no dia, o menino entrou em sala, dirigiu-se a frente da sala de aula e começou a relatar:
- Sabe, turma, eu entendo vocês; na realidade esta cicatriz é muito feia, mas foi assim que eu a adquiri: minha mãe era muito pobre e para ajudar na alimentação de casa passava roupa para fora; eu tinha por volta de 7 a 8 anos de idade... A turma estava em silencio atenta a tudo . O menino continuou: além de mim, havia mais 3 irmãozinhos: um de 4 anos, outro de 2 anos e uma irmãzinha com apenas alguns dias de vida.
Silêncio total em sala.
-... Foi aí que, não sei como, a nossa casa que era muito simples, feita de madeira, começou a pegar fogo; minha mãe correu até o quarto em que estávamos, pegou meu irmãozinho de 2 anos no colo, eu e meu outro irmão pelas mãos e nos levou para fora, havia muita fumaça e as paredes que eram de madeiras pegavam fogo e estava muito quente... Minha mãe colocou-me sentado no chão do lado de fora e disse-me para ficar com eles até ela voltar, pois tinha que voltar para pegar minha irmãzinha que continuava lá dentro da casa em chamas. Só que quando minha mãe tentou entrar na casa em chamas, as pessoas que estavam ali não a deixaram buscar minha irmãzinha. Eu via minha mãe gritar: 'minha filhinha está lá dentro!' Vi no rosto de minha mãe o desespero, o horror e ela gritava, mas aquelas pessoas não deixaram minha mãe buscar minha irmãzinha...
Foi aí que decidi. Peguei meu irmão de 2 anos que estava em meu colo e o coloquei no colo do meu irmãozinho de 4 anos e disse-lhe que não saísse dali até eu voltar. Saí entre as pessoas e quando perceberam eu já tinha entrado na casa. Havia muita fumaça, estava muito quente, mas eu tinha que pegar minha irmãzinha. Eu sabia o quarto em que ela estava. Quando cheguei lá, ela estava enrolada em um lençol e chorava muito. Neste momento, vi caindo alguma coisa; então me joguei em cima dela para protegê-la e aquela coisa quente encostou-se em meu rosto.
A turma estava quieta atenta ao menino e envergonhada; então o menino continuou: Vocês podem achar esta CICATRIZ feia, mas tem alguém lá em casa que acha linda e todo dia quando chego em casa, ela, a minha irmãzinha, a beija porque sabe que é marca de AMOR.
Para você que leu esta estória, queria dizer que o mundo está cheio de CICATRIZES.

Não falo da CICATRIZ visível mas da cicatriz que não se vê, estamos sempre prontos a abrir cicatrizes nas pessoas, seja com palavras ou nossas ações.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

CRESCIMENTO...



Era manhã de mais um dia de trabalho. Um dia que parecia ser igual a todos os outros dias - isso para quem adora criar monotonias em sua própria vida.
Os funcionários chegaram na empresa do mesmo jeito que chegavam todos os dias, mas já na entrada algo os surpreendeu. Encontraram um cartaz na portaria dizendo: "faleceu ontem a pessoa que impedia o crescimento da empresa. Você está convidado para o velório na quadra de esportes."
No início todos se entristeceram com a morte de alguém, mas, depois de algum tempo, ficaram bastante curiosos em saber quem havia morrido.
Quem estava bloqueando o crescimento da empresa?
A agitação na quadra de esportes era tão grande que foi preciso chamar os seguranças para organizar a fila do velório.
Então, conforme as pessoas iam se aproximando do caixão, a excitação aumentava: "quem será que estava atrapalhando o meu progresso?" - diziam uns. "com certeza alguém envolvido em algum desvio de dinheiro!" - diziam outros.
"Ainda bem que este infeliz se foi!" - esbravejavam.
Assim, um a um, os funcionários agitados aproximavam-se do caixão, olhavam o defunto e engoliam em seco.
Ficavam em silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma.
Pois bem, no visor do caixão havia um espelho... E cada um via a si mesmo...
A lição da diretoria da empresa foi clara:
Só existe uma pessoa capaz de limitar seu crescimento: você mesmo!
Você é a única pessoa que pode fazer a revolução de sua vida.
Você é a única pessoa que pode prejudicar a sua vida e, você é a única pessoa que pode ajudar a si mesmo.
Sua vida não muda quando seu chefe muda, quando sua empresa muda, quando seus pais, filhos, mudam: ela se modifica quando você mesmo muda.
Você é o único responsável por ela, e o único que prestará contas dela.

__________________________________________________________________

O ser humano ainda espera demais por soluções e acontecimentos exteriores.
Confundimos fé, esperança, com inatividade e preguiça.
Confundimos pacifismo com passividade.
Confundimos justiça com vingança.
É tempo de acordar e perceber que estamos no comando de nossa própria embarcação, e decidimos através do livre-arbítrio, os rumos de nossa viagem pelos mares do crescimento, da evolução.
Decidimos se chegaremos logo aos destinos, ou se permaneceremos por muito tempo à deriva.
Decidimos se manteremos o olhar no horizonte, e os ouvidos encantados pelo som do mar, ou se nos deixaremos seduzir pelo canto perigoso das sereias destas distrações do caminho que buscam nos fazer afundar, vestindo-se com trajes belos apenas.
Somos nós que decidimos o momento de perdoar.
Somos nós que decidimos o momento de começar a amar.
O amor não nos escolhe... Nós escolhemos o amor.
Equipe de Redação do Momento Espírita com base em texto de autor desconhecido.

ACORDAR...


Você sabe o que significa a palavra “acordar”?
Vamos fazer uma brincadeira e separar em sílabas da palavra acordar:
A-cor-dar. Viu?

Significa “dar a cor“, colorir, “colocar o coração em tudo que faz“.
Existem pessoas que acordam às 6h da tarde. É isso mesmo! Pela manhã caem da cama, são jogadas da cama, mas passam o dia todo dormindo.
E existem alguns, acredite, que passam a vida toda e não conseguem acordar.
Eu tive um amigo que acordou aos 54 anos de idade.
Ele me disse:
- Descobri que estou na profissão errada!
E ele já estava se aposentando…
Imagine o trauma que esse amigo criou para si, para os colegas de trabalho, para a sua família!
Foi infeliz durante toda sua vida profissional porque simplesmente não “acordou”.
Eu, na época, era muito jovem, mas compreendi bem o que ele estava me ensinando naquele momento.
Por mais cinzento que possa estar sendo o dia de hoje, ele tem exatamente a cor que dou a ele.
Sabe por quê?
Porque a vida tem a cor que “a gente pinta”.
O engraçado é que os dias são todos exclusivos.
Cada dia é um novo dia, ninguém o viveu.
Ele está ali, esperando que eu e você façamos com que ele seja o melhor da nossa vida.
Os meus dias são os mais lindos da face da Terra porque eu os faço ser os mais lindos da face da Terra.
Transforme o seu dia, pinte-o com as cores da alegria, da felicidade intensa, das possibilidades que só existem em você, afinal de contas, assim como o dia, você é único, e tão especial que merece uma celebração.
Acredite em você!
O universo é o limite!
Dê a você a oportunidade de “a-cor-dar” todos os dias e compartilhar com os outros o que Deus nos dá de melhor: o privilégio de ser e fazer os outros felizes.
Paulo Roberto Gaefke

PRISMAS...


A sua maior capacidade ainda não foi revelada!
Nem você sabe realmente do que é capaz.
Por vezes, somente a dificuldade, a dor e a frustração, são capazes de revelar o brilho dessa pedra preciosa,
lapidando cada aresta desse diamante que é você.
Por isso, não estranhe estar sem brilho, parecendo uma pedra comum em meio ao mundo, são “seus olhos que estão embaçados”, é o seu sentimento que aceitou o “cinza”, pois a sua alma transborda cores, é um prisma que reflete mil emoções.
Talvez, tudo o que você precise nesse momento, é um polimento nas suas idéias, uma lapidação nos pensamentos capaz de transformar; atitudes comuns em grandes feitos, emoções em ações, razão em sensibilidade, e por fim, entre riscos e rabiscos, surge uma nova jóia, mais bonita, mais forte, mais valorizada, uma nova vida em você, pedra preciosa do grande artesão que te escolheu, para ser caminho brilhante entre os seus, você, pedra selecionada, no porta-jóias de Deus.
Paulo Roberto Gaefke

LEVE O AMOR...


O amor cabe em qualquer lugar, em qualquer hora.
No trânsito maluco das cidades, no meio da rua, na condução espremida, no caminho de pedras.
Onde puder, leve o amor como companhia.
Faz dele a sua arma, o seu cartão de visitas.
Por isso:
ao falar, não use a língua como arma, ao invés da crítica dolorosa, a instrução amorosa;
ao solicitar um serviço, faça-o com serenidade, o amor, antes de mais nada é educação.
Não grite, o amor é paciente;
não se perturbe, o amor é certeza de que tudo passa;
não se angustie, o amor cria portas;
não se desespere, o amor ampara;
não se entregue, o amor é resistência;
não se isole, o amor pede companhia;
não se reprima, o amor é força; e por ser amor, te completa, transborda da sua alma e alcança a minha.
O amor é semente que cresce sempre, dá flores, frutos, embeleza a vida, sustenta a alma, toca o Criador, que é Pai de todos, é o próprio amor.
Para onde você for, leve-o com você, o mundo vai ganhar novas cores, e a esperança será a certeza de dias melhores.
Dia que começa agora, transformado por você, ser humano abençoado, que vai amar e ser amado.
Paulo Roberto Gaefke

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

VENCER A SI MESMO...


Uma atitude que passe por cima das emoções!
É tudo o que muita gente precisa e não consegue fazer.
A razão sabe o que deve ser feito, é o "sistema cognitivo", o lado racional do seu cérebro que lembra um "velho senhor", mas a emoção, movida pelo "sistema limbíco", desliga tudo, e te deixa repetitivo, fazendo de novo o que já sabe que não vai dar certo.
Por isso, o sofrimento aparece, por isso a dor vem se aproximando...
Só você, o "Senhor, ou a Senhora dos Anéis" da sua vida, é que pode tomar uma ATITUDE que mude tudo:
- o relacionamento vampiresco ou doentio;
- a alimentação que te torna escravo de prazeres e doenças;
- do sexo doentio e exagerado;
- dos vícios que matam, lenta ou rapidamente;
- do eterno queixume que a sua vida se transformou;
- da ampliação da fé que você esqueceu em algum lugar;
- do reencontro com a alegria, a base da vida.
- aqui você escreve o que precisa mudar (e que você sabe que precisa mudar).
O caminho é esse: escrever no cérebro diariamente, o desejo da mudança: quer parar de fumar?
fume 1 cigarro a menos por dia, todos os dias; quer emagrecer?
reduza apenas 100 gramas por semana; quer ficar sem dívidas?
não faça novas pelos próximos 2 anos; quer um novo amor?
ande por novos lugares, mude seu visual.
quer acabar com a solidão?
seja solidário(a), seja voluntário.
Ou seja, provoque a mudança que você quer ver realizada.
Uma atitude, só isso, uma ATITUDE firme, decidida e sacudida.
Nada, absolutamente nada, nem ninguém, nem Deus, nem o diabo poderão impedir a sua decisão de vencer.
Somos proprietários da nossa VIDA, temos o livre arbítrio, o poder de decidir, se queremos chorar ou rir,
é só decidir.
O que você quer mudar?
Comece agora, não deixe para amanhã.
A vitória já é sua!
Paulo Roberto Gaefke

"É muito importante combater as moléstias do corpo, mas ninguém conseguirá eliminar efeitos, quando as causas permanecem. Usa os remédios humanos, todavia inclina-te para Jesus e renova-te, espiritualmente, nas lições de seu amor. A doença, quando não seja a advertência das células queixosas "do tirânico senhor" que as domina, é a mensageira amiga, convidando a meditações necessárias."
EMMANUEL

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

FARDOS INÚTEIS...


Conta uma lenda, que dois monges que atravessavam uma área deserta quando diante de um rio violento, avistaram uma linda jovem que tentava atravessá-lo sem sucesso.
Um dos monges, não sem dificuldades, atravessou o rio e colocando a mulher em suas costas conseguiu atravessar o rio em segurança.

A jovem abraçou-o agradecida, comovida com o seu gesto e seguiu seu caminho…

Retomando a jornada, o outro monge que assistiu a tudo calado, repreendeu o amigo,falando do contato carnal que houve com aquela jovem, da tentação de ter aquele contato mais direto com uma mulher, o que era proibido pelas suas leis e durante um bom trecho do caminho, esse monge falou sobre a mulhere sobre o pecado cometido até que aquele que ajudou a jovem na travessia falou:
Querido amigo, eu atravessei o rio com a jovem e lá eu a deixei, mas você ainda continua carregando-a em seus pensamentos…

Assim, todos sabem que Deus não nos dá fardos maiores que aqueles que podemos suportar, e muitos dos nossos fardos já poderiam estar abandonadosem outras curvas da vida, mas nós insistimos em carregá-los.Levamos nossas dores e frustrações ao extremo.

Dramatizamos demais,elevamos ao cubo cada dor, cada ofensa, cada contrariedade e por isso, não conseguimos relaxar, perdoar ou mesmo ser feliz, pois o peso que vamos acumulando em nossas costas são demais para qualquer cristão.

Neste dia especial, eu lhe convido a uma reflexão: quais são os fardos que você continua carregando e que já não estão mais com você?

Qual é a dor que você anda revivendo e fazendo com que velhas feridas voltem a sangrar?
Por que você não consegue perdoar quem lhe magoou?
Quantas oportunidades você anda deixando para trás por estar amarrado ao passado?

Desarme-se!
Dos velhos pensamentos, do espírito da revolta, da tristeza.
Hoje é dia de desmontar o velho acampamento do comodismo e seguir adiante na longa jornada que a vida apresenta.
Quanto mais leve a sua mochila, mais fácil a subida rumo a felicidade…
Bom dia!
Paulo Roberto Gaefke

O VIAJANTE DO TEMPO...


O que é a vida?
Uma sucessão de dias feitos de sucessões de atitudes que tomamos.
Resultado de uma aritmética que soma os nossos atos com o impacto que causamos a nossa volta, divide as responsabilidades que assumimos e multiplica pelo bem ou mal que fizemos, subtraindo aquilo que deixamos de fazer.

Nada é imposto, nada é adicionado sem a nossa permissão, que as vezes é dada pela omissão das nossas respostas.
Apanhamos uma vez e nos calamos, apanhamos de novo e nos calamos, na terceira vez já virou hábito e o nosso silêncio ou revolta é apenas a confirmação da nossa tolerância com o quem nos espanca.

A vida é ainda comparável a um carro, onde podemos assumir o volante e dirigir ou entregar a direção na mão de outras pessoas, e aceitar o caminho que elas resolverem seguir, mesmo que seja o oposto do que desejamos. Aceitamos calados, deprimidos, pois a nossa vontade nem sempre é levada em conta. É por isso que muitos reclamam demais da vida, falta coragem para assumir a direção.

A vida pede que cada um aceite a sua cota de responsabilidade e mesmo sem saber dirigir muito bem, que cada um pegue o seu volante e vá descobrir novos caminhos, cair em buracos, armadilhas na estrada e acabar descobrindo ao lado da pista de terra, há uma linda avenida pavimentada com capricho, onde você pode seguir seguro, com tranqüilidade e até muito conforto.

A vida só pede uma decisão diária: você vai sentar e assumir o controle do seu carro”, ou vai continuar pedindo que os outros dirijam para você?
Não tenha medo de dirigir, ainda que você não saiba o caminho, existe e sempre existirá um Guia seguro que pode levar você de qualquer lugar para o destino desejado.
No nosso caso, a vida é o carro, o motorista é você, o caminho é o dia, o destino a Luz, e o guia, é claro, só pode ser Jesus.
Boa viagem!
Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

PRECONCEITO...


O preconceito é uma "bolsa de veneno", que carregamos dentro de nós, como os "animais peçonhentos", mas com uma grande diferença: os animais só usam o seu veneno para defesa.
Já os seres humanos, usam o preconceito sem medidas.
Normalmente, fruto de um profundo desamor por si mesmo.
Na ausência de valores mais simples, como a humildade.
Sem humildade, o preconceito é como praga nos jardins, tiram a beleza das flores, vai sugando as energias da "boa terra".
Não se fie nas aparências, não se apegue às conquistas materiais.
Não confie no que acumulou, nem nos diplomas, nem nos títulos.
Confie na sua intuição, na simplicidade.
Eu vi num instante:
- uma mansão à beira mar ser engolida pelas ondas,
- um hotel luxuoso desmoronar com o terremoto de minutos,
- carros e mais carros boiando nas ruas inundadas,
- vidas perdidas num prédio que desabou, soterrando documentos, dinheiro e histórias.
Preconceito prá quê?
Se o que te resta na passagem da vida é uma caixa estreita de madeira, onde não importa se é caixa de cebola ou de madeira nobre importada, todas vão apodrecer junto com o corpo que um dia animou a vida.
Humildade diante da vida é reconhecer que somos todos iguais, embora com tantas diferenças aparentes, é reconhecer o Deus que habita em você, no Deus que habita no próximo.
Viver é preciso, amar é fundamental!
Paulo Roberto Gaefke
Ocorreu um erro neste gadget