Páginas

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

LÁGRIMAS... Victor e Léo

LIMITAÇÕES...

Por que você se limita tanto?
No mundo já somos mais de 7 Bilhões de pessoas,
e você anda sofrendo por causa de uma só?

Temos mais de 1,5 milhão de empresas no Brasil, e você chorando por causa de um emprego?
Olha quantas oportunidades podem se abrir, novas profissões, novos setores, aprendizado.
E mesmo sem conseguir um emprego, resta a oportunidade de comprar balas no atacado e vender no varejo, ou fazer bolos em acasa, quem sabe não nasce ai o Rei/Rainha do Hot-Dog?

Por que você se limita tanto?
Se fechando nesse mundinho, quando há esse mundão de meu Deus, estradas e mais estradas, desertos, planíces, mares, rios, montanhas e mais montanhas, e você se afundando nas mesmas ruas…


Por que você insiste no sofrer?
Mude o rosto, desfaça essa cara de quem comeu e não gostou, pare com essa mania de ser infeliz, de fazer os outros sentirem pena.
“Quem tem pena são as aves, você tem “pele”, pele é arrepio, é tesão, é desejo, é renovação.”

Enquanto você dorme todas as células do seu corpo se renovam, enquanto você anda, ela é elástica e flexível, coisa que muita gente não é, por isso não anda, empaca, emperra, não se renova.

Antes de reclamar de Deus, dos anjos, dos amigos, dos pais ou dos parentes, procure em você mesmo, olhe para dentro de você e veja o que lhe falta:
amor?
você se ama?
ânimo?
você sonha?
amigos?
você os procura?
estabilidade?
você se controla?
paz na família?
você fala baixo, doa amor, se entrega para a paz?
 Pergunto de novo: por que você se limita tanto?
Ta tudo ai em você, pronto para vencer, pronto para ser feliz, só depende de você.
Mude agora, acredite nas possibilidades, não tenha medo de ser melhor a cada dia, ainda que cada passo seja um gemido, do calo que ainda não cicatrizou.
Tudo é pouco, perto do que você merece!
Acredite em você!

Paulo Roberto Gaefke

INSISTA E ACREDITE!

Persigo os sonhos, escolho o caminho, viajo ao meu ritmo.
Nada me impede de dar longas passadas para atravessar o abismo e chegar ao meu destino.
Acredito que sou capaz, que devo desejar ardentemente, desesperadamente, exuberantemente... Mesmo que a pele queime, que o sangue ferva, que o coração rebente.

Chegarei lá! O destino sou eu que o faço.

SONHE!

Conhece a fábula da cenoura presa ao cavalo? Ao vê-la em sua frente - pendurada em um pedaço de pau amarrado sobre as costas do animal -, o cavalo avança sempre, para alcançá-la! O truque é mantê-la presa sempre à distância para que ele nunca pare de sonhar em abocanhá-la!
E assim ele vai indo sempre cada vez mais longe...


Assim é o sonho.
Todos nós precisamos de alguma coisa pela qual valha à pena lutar.
O sonho transforma as pessoas de observadores a participantes ativos da vida.


Deixamos de seguir ao sabor do vento.
Nosso sonho passa a ser "o" nosso caminho com muito mais chances de sucesso!


Portanto, ouse sonhar. Acredite e trabalhe para que ele se realize. Faça isso sem pensar em problemas ou obstáculos.


A história está aí cheia de exemplos de homens e mulheres que enfrentaram dificuldades, mas - mesmo assim - alcançaram o sucesso.
A diferença é que eles não desistiram, não pararam no meio do caminho. Isso se chama ação e fé!
"Impossível"! Descarte essa palavra do seu dicionário.
Faça correções de curso se assim for preciso. Isso é normal.
O sonho vai lhe dar razão para prosseguir, um caminho a seguir, um alvo a alcançar.


Lembre-se sempre o que dizia o poeta Mário Quintana: "Sonhar é acordar-se pra dentro".

DIETA DA ALEGRIA...

Não se esconda. A vida está aí para todos em igualdade de condições, sem distinção de qualquer espécie: seja de raça, cor, sexo, religião, opinião política ou de outra natureza.

Todos os homens nascem livres e iguais.
E isso vale para você que está lendo isso neste momento!
Portanto, não conspire contra você. Seja seu maior e mais forte aliado.

Não guarde mágoas. Guarde lembranças.
Não chore lembranças. Recorde alegria.
Não viva do passado. Aproveite o presente.
Não fuja do agora. Prepare o amanhã.
Você pode e deve escolher o roteiro da sua vida.
Apague o que já passou e não retorna mais.
Não perca tempo com águas que já passaram...
elas não movem moinho!
Refaça seu acervo de lembranças:
As más relegue ao esquecimento.
Às boas dê ainda mais brilho.

Faça a dieta da alegria:
Um sorriso a cada manhã;
Um agradecimento ao final do dia.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A ORIGEM DA PALAVRA 'SINCERA'...

A palavra SINCERA foi inventada pelos romanos. Eles fabricavam certos vasos de uma cera especial.
Essa cera era, às vezes, tão pura e perfeita que os vasos se tornavam transparentes.
Em alguns casos, chegava-se a se distinguir um objeto - um colar, uma pulseira ou um dado -, que estivesse colocado no interior do vaso.
Para o vaso assim, fino e límpido, dizia o romano vaidoso:
- Como é lindo !!! Parece até que não tem cera!!! "Sine cera " queria dizer "sem cera", uma qualidade de vaso perfeito, finíssimo, delicado, que deixava ver através de suas paredes e da antiga cerâmica romana.

O vocábulo passou a ter um significado muito mais elevado.

Sincero, é aquele que é franco, leal, verdadeiro, que não oculta, que não usa disfarces, malícias ou dissimulações.
O sincero, à semelhança do vaso, deixa ver através de suas palavras os nobres sentimentos de seu coração. SINCERA é uma palavra doce e confiável, é uma palavra que acolhe... E essa é uma palavra que deveria estar no vocabulário de toda alma.

DIZER SIM, DIZER NÃO!

É muito importante para a sua vida, que você aprenda a dizer não, afinal de contas, não somos super-homens e nem mulheres maravilhas as 24 horas do dia.
Se você parar um pouquinho e pensar, vai lembrar de algum fato onde você disse sim para tentar ajudar alguém, mesmo sabendo que seria muito difícil de cumprir com o que prometeu, e depois a pessoa acabou magoada com você porque ficou esperando a sua promessa.


Promessa?
É promessa sim, á partir do momento em que você diz que vai fazer alguma coisa para alguém, isso já vira promessa na cabeça dela, e muitas pessoas esperam algo de nós todos os dias;
no trabalho são os nossos superiores que esperam que trabalhemos sempre com mais rapidez que podemos,
na escola os professores que esperam que tiremos as melhores notas e fiquemos em silêncio nas aulas,
em casa esperam que ganhemos dinheiro suficiente para viver basicamente (quanto mais, melhor),
e assim por diante, em todos os lugares temos compromissos que são praticamente impossíveis de escapar, e ainda assim, as vezes cheios de problemas, nós ainda arrumamos mais alguns por conta de nossa mania de sempre dizer sim.


Pense um pouquinho mais para dizer sim.
Principalmente para aquelas pessoas que você já tem "quase certeza" que abusam de você, da sua "amizade" e vivem pedindo algum favorzinho...
No começo essas pessoas vão ficar chocadas, vão tomar um susto porque já chegam até você com a certeza de que vão receber um sim, mas não se acanhe não, é melhor que elas se assustem e até fiquem "um pouqinho magoadas na hora", do que continuar a fazer mil malabarismos sofrendo para atender a todo mundo e esquecer até de você mesmo para satisfazer "os outro"s.


Lembre-se, existe uma regra básica no Universo: só podemos dar aquilo que temos.
Dentro dessa lógica, porque o Universo é lógico também, não adianta querermos oferecer alegria, se não a possuímos, dar amor, se não temos o amor dentro de nós, e como ser carinhoso se não recebemos carinho, se não temos carinho em estoque?


Aprender a dizer sim, quando sua vontade realmente for de dizer sim, e não quando a situação exige é passaporte para a felicidade.
Para as verdadeiras e eternas amizades, porque todos saberão que você é uma pessoa que quando diz sim pode contar que você vai fazer, e quando diz não é porque realmente não pode ajudar, e isso é ser verdadeiramente amigo.


Eu acredito em você!
Paulo Roberto Gaefke

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

CURA REAL...

Não trate apenas dos sintomas, tentando eliminá-los sem que a causa da enfermidade seja também extinta.
A cura real somente acontece do interior para o exterior...

Sim, diga a seu médico que você tem dor no peito, mas diga também que sua dor é dor de tristeza, é dor de angústia.

Conte a seu médico que você tem azia, mas descubra o motivo pelo qual você, com seu gênio, aumenta a produção de ácidos no estômago.

Relate que você tem diabetes, no entanto, não se esqueça de dizer também que não está encontrando mais doçura em sua vida e que está muito difícil suportar o peso de suas frustrações.

Mencione que você sofre de enxaqueca, todavia confesse que padece com seu perfeccionismo, com a autocrítica, que é muito sensível à crítica alheia e demasiadamente ansioso.

Muitos querem se curar, mas poucos estão dispostos a neutralizar em sí o ácido da calúnia, o veneno da inveja, o bacilo do pessimismo e o câncer do egoísmo.
Não querem mudar de vida.
Procuram a cura de um câncer, mas se recusam a abrir mão de uma simples mágoa.
Pretendem a desobstrução das artérias coronárias, mas querem continuar com o peito fechado pelo rancor e pela agressividade.
Almejam a cura de problemas oculares, todavia não retiram dos olhos a venda do criticismo e da maledicência.
Pedem a solução para a depressão, entretanto, não abrem mão do orgulho ferido e do forte sentimento de decepção em relação a perdas experimentadas.
Suplicam auxílio para os problemas de tireóide, mas não cuidam de suas frustrações e ressentimentos, não levantam a voz para expressarem suas legítimas necessidades.
Imploram a cura de um nódulo de mama, todavia, insistem em manter bloqueada a ternura e a afetividade por conta das feridas emocionais do passado.
Clamam pela intercessão divina, porém permanecem surdos aos gritos de socorro que partem de pessoas muito próximas de si mesmos.

Deus nos fala através de mil modos; a enfermidade é um deles e por certo, o principal recado que lhe chega da sabedoria divina é que está faltando mais amor e harmonia em sua vida.
Toda cura é sempre uma autocura e o Evangelho de Jesus é a farmácia onde encontraremos os remédios que nos curam por dentro.


Há dois mil anos esses remédios estão à nossa disposição.
Quando nos decidiremos?

José Carlos De Lucca (do Livro: O Médico Jesus)

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

NOSSOS CONTRÁRIOS...

Quando a serenidade se vai, o desespero toma conta.
Quando a paciência deixa de existir, a ira se torna conselheira.
Quando o amor não resiste, o ódio se instala, seca a alma.
Quando a gentileza não aparece, as disputas se fortalecem.
Quando todos querem ter razão, a guerra é a única saída.
Quando a preguiça é mais forte, o trabalho se perde.
Quando a boca se abre para reclamar, deixamos de fazer o que deve ser feito.


Contrários que convivem em nós,
somos da paz, mas brigamos por nada,
somos da justiça, e enforcamos alguns deveres,
somos da fraternidade do amor,
e por vezes desprezamos nossos semelhantes,
somos luz, e muitas vezes andamos nas trevas.


Queremos tanto a felicidade, que as vezes causamos a infelicidade de outros.
Sonhamos com o relacionamento perfeito, e brigamos por quase nada...


Nossos contrários nos aproximam do que precisamos transformar,
é o nosso espelho da alma mostrando o que precisamos melhorar.
Infelizmente, nosso orgulho às vezes nos cega,
e o que pensamos ser uma qualidade, é o nosso maior defeito,
é o que nos impede de caminhar, de prosperar e de conquistar.


Não tenha medo de mudar!
Comece pelo mais simples;
sorria mais, aborreça-se menos, contente-se com o que lhe chega ás mãos, agradeça mais.
Não leve nem a vida, nem as pessoas tão a sério, apenas faça bem feito,
para ter a consciência tranquila de ter dado o seu melhor.


"O mundo é sementeira; colhe-se aqui o que foi plantado.
Que semente você tem espalhado pelo chão da sua vida?"


Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke

sábado, 21 de janeiro de 2012

CAMINHO ERRADO...

Diz o ditado mineiro que “quando a gente está no caminho errado, não adianta ficar pegando atalhos”.


Quando seguimos por outros caminhos que não combinam com a nossa situação de vida, inevitavelmente iremos “quebrar a cara”. Quando isto ocorrer, mude imediatamente. Isto significa dizer que não adianta ficar batendo cabeça com coisas que você sabe que não darão certo. Muitas vezes, uma mudança de estratégia na vida da gente poderá modificar o nosso futuro e dará outro rumo para o encontro da nossa felicidade.


Mude sempre que precisar, a mudança é única certeza estável em nossa vida. Pense nisso hoje e reformule os seus conceitos de bem viver.

FLUXO E DETERMINAÇÃO...

Conquistar algo requer determinação. Quanto mais determinado você for, mais espetaculares serão suas conquistas. Ainda assim, precisamos ser cuidadosos para não confundir determinação com teimosia. Precisamos mesmo manter o foco, mas precisamos também estar abertos e receptivos às oportunidades que surgem em nosso caminho.


As oportunidades raramente surgem da maneira que esperamos. O desafio de viver com sucesso é juntar as muitas oportunidades que surgem diariamente e dirigi-las aos objetivos que nós definimos. Isso requer disciplina, confiança, fé e compromisso. Continuamente.


A vida fluirá em sua direção se você permitir. Não se trata de uma noção mágica ou mística, mas de um conceito bastante prático. A “matéria-prima” para o sucesso surge em cada momento da vida. Direcione esse tempo e as oportunidades que o acompanham a um propósito definido, e você chegará lá. A vida está sempre fluindo. Mergulhe fundo e aproveite.

O CACHORRO E O TIGRE...

Um cachorrinho, perdido na selva, vê um tigre correndo em sua direção.


Pensa rápido, vê uns ossos no chão e se põe a mordê-los. Então, quando o tigre está a ponto de atacá-lo, o cachorrinho diz:
- Ah, que delícia este tigre que acabo de comer!


O tigre pára bruscamente e sai apavorado correndo do cachorrinho, e no caminho vai pensando:


- Que cachorro bravo! Por pouco não come a mim também!


Um macaco, que havia visto a cena, sai correndo atrás do tigre e conta como ele havia sido enganado.


O tigre, furioso, diz:
- Cachorro maldito! Vai me pagar!


O cachorrinho vê que o tigre vem atrás dele de novo e desta vez traz o macaco montado em suas costas.


Ah, macaco traidor! O que faço agora?, pensou o cachorrinho. Em vez de sair correndo, ele ficou de costas, como se não estivesse vendo nada.


Quando o tigre está a ponto de atacá-lo de novo, o cachorrinho diz:


- Macaco preguiçoso! Faz meia hora que eu o mandei me trazer um outro tigre e ele ainda não voltou!


EM MOMENTOS DE CRISE, SÓ A IMAGINAÇÃO É MAIS IMPORTANTE QUE O CONHECIMENTO.

PODE FALAR!

Diga para alguém especial:
- Você é o ar que eu respiro!
Mas por favor, continue respirando, não vá morrer asfixiado.


Pode falar:
- Você é a razão da minha vida!
Mas por favor, continue vivendo,
continue trabalhando, estudando, seguindo seu caminho,
pois as contas continuam chegando, com ou sem o seu amor.


Pode jurar:
- Eu nunca mais vou me apaixonar!
Mas deixe o seu coração seguir o seu rumo,
deixe a vida apresentar-lhe outras formas de amar.
Quem te magoou já foi, e quem vai te amar de verdade,
te fará esquecer qualquer tipo de dor.


Pode apostar!
Pode fazer mil apostas nas loterias,
mas por favor, mantenha o foco no trabalho,
se você ganhar, ótimo, parabéns, você saberá dar valor,
mas, se não ganhar, vai ter como fazer uma nova aposta,
e continuar acreditando.


Pode falar o que quiser;
mas, saiba que as palavras tem força,
e algumas delas são como "bumerangues",
você lança longe e logo elas voltam para você.


A vida é muito mais do que o dia de hoje!


É a soma de tudo o que pensamos até aqui,
multiplicação dos dias que vivemos e o que fizemos,
divididos pelo que desejamos de verdade,
subtraído daquilo que deixamos de fazer,
e o resultado é o que você vê no seu espelho de casa.
O melhor da vida é você.
Nisso você pode acreditar.


Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

AS CORES DOS AMIGOS...

Amigos são "cores", cada qual com seu matiz, e um jeito sempre muito marcante.

Há o Amigo "cor verde" : é aquele que em tudo ressalta a beleza da Vida e põe esperança nela.
Ele nos ergue!

Há o Amigo "cor azul" : ele sempre traz palavras de paz e de serenidade,
dando-nos a impressão, ao ouvi-lo, de que estamos em contato direto com o céu ou com o profundo azul do mar.
Ele nos eleva!

Há o Amigo "cor amarela" : ele nos aquece, assim como o sol;
faz-nos rir, sorrir e enxergar o amarelo brilho das estrelas bem ao alcance das nossas mãos.

Há o Amigo "cor vermelha" : é aquele que domina as regras de viver, é como nosso sangue.
Ele acusa perigos, mas nunca nos abala a coragem. É pródigo em palavras apaixonadas e repletas de caloroso amor.

Há o Amigo "cor laranja" : ele nos traz a sensação de vigor, saúde,
enriquece nosso espírito com energias que são verdadeiras vitaminas para o nosso crescimento.

Há o Amigo "cor cinza" : ele nos ensina o silêncio, a internalização e o autoconhecimento.
É um indutor a pensamentos e reflexões. Ajuda-nos a nos aprofundarmos em nós mesmos.

Há o Amigo "cor roxa" : ele traz à tona nossa essência majestosa, como a dos reis e dos magos.
Suas palavras têm nobreza, autoridade e sabedoria.

Há o Amigo "cor preta" : ele é mestre em mostrar nosso lado mais obscuro, com palavras geralmente duras, atinge-nos sem "anestesia" e, com boas intenções, leva-nos a melhor considerar nossas atitudes perante a vida.

... E há o Amigo "cor branca" : esse nos revela verdades nascidas da vivência e da incorporação de conhecimentos.

Ele nos prova que, não só ele, mas também todos os outros, têm verdades aprendidas para partilhar conosco.

Se reunirmos a todos num Grande Encontro, veremos um arco-íris de Amor!


Silvia Schimdt

TÔ DE BEM...

Tô me afastando de tudo que me atrasa, me engana, me segura e me retém.
Tô me ...aproximando de tudo que me faz completo, me faz feliz e que me quer bem.
Tô aproveitando tudo de bom que essa nossa vida tem.
Tô me dedicando de verdade pra agradar um outro alguém.
Tô trazendo pra perto de mim quem eu gosto e quem gosta de mim também.
Ultimamente eu só tô querendo ver o ‘bom’ que todo mundo tem.
Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém.
Queira viver, viver melhor, viver sorrindo e até os cem.
Tô feliz, tô despreocupado, com a vida eu tô de bem.


Caio Fernando Abreu

DELETAR-ARQUIVAR...

Use as teclas "deletar" e "arquivar" de sua vida com sabedoria!

Delete:tudo aquilo que não valeu à pena,
quem mentiu, quem enganou seu coração,
quem teve inveja, quem tentou destruir você,
quem usou máscaras, quem te magoou,
quem nunca chegou a saber exatamente quem você é...


Arquive:

as pessoas reais, ainda que virtuais,
que cederam carinho, tempo, palavras, conselhos, a mão, o coração.
Pessoas que, de um jeito ou de outro, ajudaram você a ser um pouco melhor, que te fizeram crescer
em sabedoria e sentimentos, que te deram amor de verdade!

O CACHORRO E AO AÇOGUEIRO...

Um açougueiro estava em sua loja e ficou surpreso quando um cachorro entrou. Ele espantou o cachorro, mas logo o cãozinho voltou. Novamente ele tentou espantá-lo, foi quando viu que o animal trazia um bilhete na boca. Ele pegou o bilhete e leu:


- 'Pode me mandar 12 salsichas e uma perna de carneiro, por favor'.


Ele olhou e viu que dentro da boca do cachorro havia uma nota de 50 Reais. Então ele pegou o dinheiro, separou as salsichas e a perna de carneiro, colocou numa embalagem plástica, junto com o troco, e pôs na boca do cachorro.


O açougueiro ficou impressionado e como já era mesmo hora de fechar o açougue, ele decidiu seguir o animal.


O cachorro desceu a rua, quando chegou ao cruzamento deixou a bolsa no chão, pulou e apertou o botão para fechar o sinal. Esperou pacientemente com o saco na boca até que o sinal fechasse e ele pudesse atravessar a rua.
O açougueiro e o cão foram caminhando pela rua, até que o cão parou em uma casa e pôs as compras na calçada. Então, voltou um pouco, correu e se atirou contra a porta. Tornou a fazer isso. Ninguém respondeu na casa. Então, o cachorro circundou a casa, pulou um muro baixo, foi até a janela e começou a bater com a cabeça no vidro várias vezes. Depois disso, caminhou de volta para a porta, e foi quando alguém abriu a porta e começou a bater no cachorro.


O açougueiro correu até esta pessoa e o impediu, dizendo:


-'Por Deus do céu, o que você está fazendo? O seu cão é um gênio!'


A pessoa respondeu:


- 'Um gênio? Esta já é a segunda vez esta semana que este estúpido esquece a chave!'


Moral da História:


Você pode continuar excedendo às expectativas, mas para os olhos de alguns você estará sempre abaixo do esperado. Qualquer um pode suportar a adversidade, mas se quiser testar o caráter de alguém, dê-lhe o poder.


Se algum dia alguém lhe disser que seu trabalho não é o de um profissional, lembre-se: Amadores construíram a Arca de Noé e profissionais, o Titanic.


Quem conhece os outros é inteligente. Quem conhece a si mesmo é iluminado.
Quem vence os outros é forte. Quem vence a si mesmo é invencível.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

O AMOR É UM RIACHO...

"Na busca do amor, os rastros se espalham pela estrada da vida e criam um caminho sem volta, o amor é uma armadilha deliciosa!"

Talvez o amor seja um porto, onde ancoram navios de todo o mundo, o coração é o cais, que guarda lugar para um navio de cada vez fazer sua
parada, uns saem apressados, passam apenas, sem deixarem marcas, outros são mais demorados, vão ficando dias e dias, deixando rastros enormes, marcas que não saem, e quando partem deixam saudades...

Talvez o coração seja uma ave, que migra a cada verão, é constante em seu
caminho, guiado por um radar invisível, afinal de contas o que leva o seu coração ao encontro do meu?
Como encontramos o amor?
Será um vôo cego e rasante da paixão ou á carência intima de cada um?

Talvez o romance seja um conto mal escrito, desses que amassamos várias folhas de papel em branco, naqueles dias em que nada sai direito, o romance perfeito ainda não foi escrito, são capítulos diários de uma novela, as vezes melosa demais, noutras, choro e amargura em excesso.

O amor não é calmaria, nem poderia ser comparado ao mar, muito menos a um rio caudaloso, fúria não combina com amor, talvez um regato, uma nascente, que seja perene, que brote sempre da terra, num fio continuo, como o amor que espero viver.

Eu vivo o amor intensamente porque esse é o meu alimento e gosto de deixar esse rastro por onde vou...
Beijos cheio de paz e luz em seu coração.

Eu acredito em você, você acredita no amor?
Paulo Roberto Gaefke

SINTA A ALEGRIA DE ESTAR VIVO...

Um momento de alegria verdadeira e desimpedida vale mais que ouro. Você pensará mais claramente, se sentirá melhor, mais motivado e mais saudável quando se deixar levar regularmente pela alegria.


Não para aprender. Não para enriquecer seu currículo. Não para mostrar a ninguém. Não para fazer contatos ou impressionar seus amigos. Por você e nada mais. Apenas pela experiência de estar vivo e permitir-se desfrutar da própria experiência.


Isso é egoísmo? Não. Quando você tem mais alegria em sua vida, você tem mais a dar aos outros. Alegrando-se, você deixa seu verdadeiro eu vir à tona. E essa pessoa está cheia de amor, abundância e criatividade que irão acrescentar coisas importantes à sua vida e à vida das pessoas ao seu redor.


Permita-se ser alegre, sem culpa e sem expectativas. Você sentirá o poder da alegria em todos os planos da sua vida.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

INVENTÁRIO DE JESUS...

Uma das faces menos reveladas de Jesus nesses tempos onde as pessoas andam em busca de um milagre que as livre das "besteiras que fizeram" é a sua "praticidade" no tocante aos bens materiais.
E ao contrário do que pregam as "religiões neopentecostais", Jesus era muito simples, não se preocupava com o luxo.
E não se encontra uma só palavra em seus evangelhos, nem nos apócrifos, onde o Mestre pedia algum dinheiro para realizar um sonho deste ou daquele infeliz, e sempre ressaltou que tudo era merecimento da própria pessoa.
Em cada milagre, Jesus dizia:

 - Vá e não peques mais, a tua fé te curou.

Quando fez um balanço da sua jornada, os bens de Jesus eram apenas os do serviço prestado, nada carregava com Ele, e chegou afirmar textualmente:
”O Filho do Homem não tem sequer uma pedra para declinar a cabeça”…(Mt 19, 20)
E quando apareceu para os seus discípulos, Ele mandou-os evangelizar com o seguinte recado:

- Não leveis nem ouro e nem prata, nem mochila para a viagem, nem duas túnicas, nem calçados, nem bastão; pois o operário merece o seu sustento”. (Mt 10, 9-10).

Se fosse hoje seria algo como:
Vá trabalhar meu filho, não queira viver da exploração da fé!
Antes que o dia termine e você fique a noite em claro, sem conseguir dormir ou tomando um calmante tarja preta, preocupado(a) com as contas que não param de chegar (que tal parar de gastar?), com a roupa da moda que precisa comprar(precisa?), com o tênis importado que o filho pediu e você não pode dar, com aquele celular de última geração que não faz nada diferente do seu além de baboseiras, ou com futilidades que só na sua cabeça tem algum valor, eu peço-lhe um instante de reflexão.
Eu não, o próprio Mestre Jesus vem com sua pergunta direta, olho no olho, mente com mente, sem palavras bonitas, sem poesia, na lata:

"Portanto, eis que vos digo: não vos preocupeis por vossa vida, pelo que comereis, nem por vosso corpo, pelo que vestireis. A vida não é mais do que o alimento e o corpo não é mais que as vestes?"

Pare!
Pense!
O que vale mais que a sua vida, que o seu corpo, que o seu bem-estar, que a sua paz?
Que adianta um carro luxuoso na garagem sem saúde para dirigir e curtir uma boa viagem?
Que adianta a viagem com mil aparelhos que distraem a sua atenção?
Que adianta 5000 seguidores no Facebook se você não tem com quem desabafar a sua solidão real?
Que adianta os sapatos da moda se os pés estão cansados de caminhar pelo vazio da futilidade?
Para terminar, antes que você saia correndo atrás desse ou daquele "salvador moderno, do mais poderoso "vendedor de milagres instantâneos da moda", reflita nas suas atitudes de hoje.
O seu futuro está traçado pelas suas atitudes.
São os seus atos, não o diabo, nem a bruxa do 175 que vão transformar a sua vida em céu ou inferno.
E assim, deixo-lhe, desejando-lhe a verdadeira Paz, Daquele que há mais de 2000 anos atrás deixou esse recadinho para todos nós:
"Não vos preocupeis, pois, com o dia de amanhã: o dia de amanhã terá as suas preocupações próprias. A cada dia basta o seu cuidado."
Jesus

Cuide do seu dia!
Eu acredito em você.
Paulo Roberto Gaefke

domingo, 15 de janeiro de 2012

TEMPO DE MUDANÇA...

Às vezes é preciso mudar!


De vida,
De estilo,
De ideias,
De marcas,
De rotinas,
De velhos hábitos,
De casa.


Não fazer do hábito um estilo de vida
Gostar da novidade
Dormir mais tarde,
Dormir mais cedo.


Tentar um novo dia.
Um novo lado.
Um novo método.
Um novo sabor.
Um novo jeito.
Um novo prazer.
Uma nova vida.


Almoçar noutros locais,
Ir a outros restaurantes,
Tomar outro tipo de bebidas,
Almoçar mais cedo
Jantar mais tarde.


Passear noutros lugares,
Amar muito,
Cada vez mais
De modos diferentes.


A vida é uma só,
Viver o momento,
Procurar ser feliz,
Ser criativo,
Fazer uma viagem de sonho sem destino...


Experimentar coisas novas,
Trocar novamente,
Mudar de novo,
Experimentar outra vez.
O mais importante é a mudança,
O dinamismo,
A energia,
Ser positivo.


Não é o mais forte que sobrevive,
Nem o mais inteligente,
Mas o que melhor se adapta às mudanças.

CASA DE CADA UM...

Nesta época, gosto de tratar da vida. Dou a roupa que não uso mais. Livros que não pretendo reler. Envio caixas para bibliotecas. Ou abandono um volume em um shopping ou café, com uma mensagem: "Leia e passe para frente!".

Tento avaliar meus atos através de uma perspectiva maior.
Penso na história dos Três Porquinhos. Cada um construiu sua casa. Duas, o Lobo derrubou facilmente. Mas a terceira resistiu porque era sólida. Em minha opinião, contos infantis possuem grande sabedoria, além da história propriamente dita. Gosto desse especialmente.
Imagino que a vida de cada um seja semelhante a uma casa. Frágil ou sólida, depende de como é construída. Muita gente se aproxima de mim e diz: Eu tenho um sonho, quero torná-lo realidade! Estremeço.
Freqüentemente, o sonho é bonito, tanto como uma casa bem pintada. Mas sem alicerces. As paredes racham, a casa cai repentinamente, e a pessoa fica só com entulho. Lamenta-se.
Na minha área profissional, isso é muito comum.


Diariamente sou procurado por alguém que sonha em ser ator ou atriz sem nunca ter estudado ou feito teatro. Como é possível jogar todas as fichas em uma profissão que nem se conhece?
Há quem largue tudo por uma paixão. Um amigo abandonou mulher e filho recém-nascido. A nova paixão durou até a noite na qual, no apartamento do 10º andar, a moça afirmou que podia voar. Deixa de brincadeira , ele respondeu.
Eu sei voar, sim! rebateu ela.
Abriu os braços, pronta para saltar da janela. Ele a segurou. Gritou por socorro. Quase despencaram. Foi viver sozinho com um gato, lembrando-se dos bons tempos da vida doméstica, do filho, da harmonia perdida!


Algumas pessoas se preocupam só com os alicerces. Dedicam-se à vida material. Quando venta, não têm paredes para se proteger. Outras não colocam portas. Qualquer um entra na vida delas.
Tenho um amigo que não sabe dizer não (a palavra não é tão mágica quanto uma porta blindada). Empresta seu dinheiro e nunca recebe. Namora mulheres problemáticas. Vive cercado de pessoas que sugam suas energias como autênticos vampiros emocionais. Outro dia lhe perguntei: Por que deixa tanta gente ruim se aproximar de você?
Garante que no próximo ano será diferente. Nada mudará enquanto não consertar a casa de sua vida.
São comuns as pessoas que não pensam no telhado. Vivem como se os dias de tempestade jamais chegassem. Quando chove, a casa delas se alaga.
Ao contrário das que só cuidam dos alicerces, não se preocupam com o dia de amanhã.
Certa vez uma amiga conseguiu vender um terreno valioso recebido em herança. Comentei:
Agora você pode comprar um apartamento para morar.
Preferiu alugar uma mansão. Mobiliou. Durante meses morou como uma rainha. Quase um ano depois, já não tinha dinheiro para botar um bife na mesa!
Aproveito as festas de fim de ano para examinar a casa que construí. Alguma parede rachou porque tomei uma atitude contra meus princípios?
Deixei alguma telha quebrada?
Há um assunto pendente me incomodando como uma goteira?
Minha porta tem uma chave para ser bem fechada quando preciso, mas também para ser aberta quando vierem as pessoas que amo?
É um bom momento para decidir o que consertar. Para mudar alguma coisa e tornar a casa mais agradável.
Sou envolvido por um sentimento muito especial.
Ao longo dos anos, cada pessoa constrói sua casa.
O bom é que sempre se pode reformar, arrumar, decorar!
E na eterna oportunidade de recomeçar reside a grande beleza de ser o arquiteto da própria vida.


Walcyr Carrasco

NOSSA CONSCIÊNCIA...

O seu amigo íntimo é a sua consciência.
O seu júri, é a sua consciência.
O espelho da sua alma, é a sua consciência.


Podemos representar qualquer papel na vida.
Para um ou para muitas pessoas.
Podemos ser o bonzinho, o feliz, o zangado,
o que não leva desaforos para casa,
o que não derrama lágrimas, o que não dá o braço a torcer.
Mas, na hora em que nos despimos de nós mesmos.
Quando deitamos a cabeça no travesseiro,
quando deixamos os pensamentos tomarem conta do nosso "eu",
vem aquela verdade que nem sempre é dita.
A realidade que as vezes tentamos esconder...


E por vezes, há noites em que molhamos o travesseiro
com grossas lágrimas da nossa solidão.
Com mágoas reprimidas, desilusões mal digeridas,
separações que não aceitamos até hoje.
A ausência de um ente querido,
a falta de uma palavra de doçura dos pais,
um pequeno gesto de reconhecimento de quem tanto amamos.


Não porque vivemos esperando reconhecimentos,
não é porque buscamos aplausos, nada disso.
É pela simples troca de energias do amor.
Damos amor, queremos receber o amor...


Então, no nosso Tribunal interior,
as vezes nos massacramos, nos inferiorizamos,
e por isso, durante o dia, ficamos calados demais,
ou damos "patadas" a "torto e a direita",
distribuímos o nosso mau-humor,
não fechamos com ninguém,
e assim, sofremos...


Mas, eis que a Boa Nova, a alegria,
vem trazendo pela mão um alento,
e vem em forma de doce pensamento.
É quando nos reconhecemos merecedores das conquistas que provocamos.
Quando nos lembramos do tanto que já trabalhamos.


Quando finalmente nos aceitamos do jeito que somos,
e percebemos que temos qualidades.
Que podemos amar tantas vezes quantas forem possíveis.
E que a vida é tão bonita, que podemos enxugar ás lágrimas,
secar o pranto e ficarmos prontos para a Felicidade,
que insiste em bater a nossa porta,
todos os dias.


Hoje não é mais tempo de chorar.
É tempo de amar!
De se descobrir e se revelar.
Tempo de ser mais você.
Eu acredito em você!

Paulo Roberto Gaefke

MUDAR DE CASA...

Chega um tempo na vida da gente que sentimos a necessidade de mudar, seja de casa ou de nós mesmos.


Largar coisas muito enraizadas e profundas, mas que já não servem mais. Então surge a idéia de olhar casas novas, em todos os sentidos! Quem sabe algumas em ruas estreitas que precisamos percorrer, ou outras que fiquem em ladeiras bem íngremes, para desenvolver a nossa força. Ou quem sabe simplificar, resgatar o velho e criar um novo lugar!


Ou talvez procurar uma nova casa, que tenha muita água por perto, para amolecer a nossa argila, que são as nossas crenças…


Muitas vezes não é necessário trocar de casa, mas olhar com outros olhos para dentro dela. Quem sabe, olhando melhor, possamos visualizar um rio com águas transparentes, que tem a capacidade de levar embora as preocupações que não precisamos mais! Ou ainda que reflitam o nosso interior!


E se ainda pudermos ir para perto do mar, que maravilha! Quantos ensinamentos ele tem para nos dar, basta se aquietar e observar! Lugares que tenham água por perto, ajudam a amolecer a terra seca, que são iguais a nossa dureza, rigidez e incompreensão. Olhar através de arcos, resulta em enxergar aquilo que realmente precisamos ver!


Começamos a entender que a casa é a nossa morada, somos responsáveis por ela. Podemos dar cor ou não, mas o colorido exige mais cuidado.


Observar se não estamos construindo muros muito fechados em volta da nossa casa. Muros separam, pontes ligam, aproximam. Através das pontes podemos ver o outro lado. Conhecer o outro lado muda a nossa percepção, nos transforma. Começamos a ter uma nova visão! E com a nova visão, fica mais fácil pensar na nova construção ou reforma!


Precisamos nos aproximar mais das pessoas? Por acaso nos isolamos demais? Ou precisamos nos aquietar mais? Quem sabe um lugar mais alegre? Ou precisamos caminhar silenciosamente por ruas desconhecidas?


Olhar para nossa casa requer coragem e força… É enxergar o que precisa ser mudado ou desapegar do velho! É olhar fundo. E quando o desapego acontece, ele nos leva em situações caóticas, mais valiosas!


Neste momento surge uma confusão de cores e caminhos! É a reforma. Muitas vezes surgem o frio e o escuro, mas como tudo passa, sempre vem o novo dia para clarear!


Toda reforma ou mudança traz “caos”! Mas precisamos lembrar que vale a pena, o resultado chega!


Se a angústia bate à porta é hora de abrir e atender! Ela vem avisar que alguma coisa precisa mudar!


Quem sabe uma pausa para refletir sobre tudo isso!
Olhar para o rio e perceber que ele corre sozinho e tem seu tempo. Faz seu curso e segue livre, a cada lugar que o rio passa, ele vê novas paisagens, e nós queremos nos fixar! Permanecer!


É hora de recomeçar, mudar de casa ou reformar!
Assumir responsabilidades, ser dono delas! Com certeza não é fácil, mas vale a pena…

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

EXERCÍCIO DA PACIÊNCIA PERDIDA...

Os egos andam pra lá das alturas.
Pessoas andam discutindo em todos os lugares.
Todos querendo a mesma coisa: ter razão.
Casais entram em choque por causa de opiniões.
Pais e filhos em brigas constantes,
professores e alunos,
pedestres e motoristas,
amigos e colegas,
seres humanos e animais,
todos buscando ter razão, dominar e manter o "orgulho" do nada.
Sim, "orgulho do nada", porque ter razão as vezes não significa nada.
Alias, as vezes significa o término de um relacionamento,
o fim de uma amizade, uma ruptura na família,
a perda de um emprego e assim vai...

É tempo de respirar fundo e buscar o autoconhecimento.
Praticar as boas regras de educação e civilidade.
"Eu te ouço, você me ouve".
Nós nos ouvimos e chegamos a uma conclusão:
- nós não precisamos saber quem tem razão.
Nós só precisamos nos repeitarmos.

Não crie problemas para a sua vida.
Aprenda a respirar e falar sim ou não.
Aprenda que nem todos vão gostar de você,
das suas idéias, dos seus gestos, da sua voz.
E ninguém é obrigado a isso, não é mesmo?
Seja você, mas seja você de maneira carinhosa.
Respeite a tudo e a todos, para assim,
exigir respeito e ser repeitado(a).
 Respire. Pense. Respeite.
Viva e deixe viver.
Assim, é mais fácil ser feliz.
Por amor a tudo, por amor a você!

Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke
Ocorreu um erro neste gadget