Páginas

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

O QUE É O AMOR?

"Em verdade vos digo que qualquer que não receber o reino de Deus como criança, de maneira nenhuma entrará nele." Marcos 10:15

O que é o amor? 

Numa sala de aula haviam várias crianças. Quando uma delas perguntou à professora: 

- Professora, o que é o amor? 

A professora sentiu que a criança merecia uma resposta à altura da pergunta inteligente que fizera.

Como já estava na hora do recreio, pediu para que cada aluno desse uma volta pelo pátio da escola e que trouxesse o que mais despertasse nele o sentimento de amor. 

As crianças saíram apressadas e ao voltarem a professora disse: 

- Quero que cada um mostre o que trouxe consigo. 

A primeira criança disse: 

- Eu trouxe esta flor, não é linda? 

A segunda criança falou: 

- Eu trouxe esta borboleta. Veja o colorido de suas asas, vou colocá-la em minha coleção. 

A terceira criança completou: 

- Eu trouxe este filhote de passarinho. Ele havia caído do ninho junto com outro irmão. Não é uma gracinha? 

E assim as crianças foram se colocando.
Terminada a exposição a professora notou que havia uma criança que tinha ficado quieta o tempo todo. 
Ela estava vermelha de vergonha, pois nada havia trazido.
A professora se dirigiu a ela e perguntou: 

- Meu bem, porque você nada trouxe? 

E a criança timidamente respondeu: 

- Desculpe professora. Vi a flor e senti o seu perfume, pensei em arrancá-la, mas preferi deixá-la para que seu perfume exalasse por mais tempo. Vi também a borboleta, leve, colorida! Ela parecia tão feliz que não tive coragem de aprisioná-la. Vi também o passarinho caído entre as folhas, mas ao subir na árvore notei o olhar triste de sua mãe e preferi devolvê-lo ao ninho. Portanto professora, trago comigo o perfume da flor, a sensação de liberdade da borboleta e a gratidão que senti nos olhos da mãe do passarinho. Como posso mostrar o que trouxe? 

A professora agradeceu a criança e lhe deu nota máxima, pois ela fora a única que percebera que só podemos trazer o amor no coração e não em nada físico.
Nós, homens e mulheres somos como aquelas crianças temos que levar vantagem em tudo, não importa a dor que ou a quem causamos, sejam nos negócios, no supermercado, com um vizinho, no trânsito, buscamos sempre a nota máxima da esperteza e da...
"EU FIZ , EU ACONTECI , EU , EU , EU...." .

Lembre-se que Deus lhe deu o mais puro dos sentimentos e o mais nobre de todos os dons, tire a nota máxima na escola da vida, aos olhos dEle.

Desconheço o autor.

A LIÇÃO DO JARDINEIRO...

Um dia, o executivo de uma grande empresa contratou, pelo telefone, um jardineiro autônomo para fazer a manutenção do seu jardim.
Chegando em casa, o executivo viu que estava contratando um garoto de apenas 15 ou 16 anos de idade. Contudo, como já estava contratado, ele pediu para que o garoto executasse o serviço.
Quando terminou, o garoto solicitou ao dono da casa permissão para utilizar o telefone e o executivo não pôde deixar de ouvir a conversa.
O garoto ligou para uma mulher e perguntou: "A senhora está precisando de um jardineiro?"
"Não. Eu já tenho um", foi a resposta.
"Mas, além de aparar a grama, frisou o garoto, eu também tiro o lixo."
"Nada demais, retrucou a senhora, do outro lado da linha. O meu jardineiro também faz isso."
O garoto insistiu: "eu limpo e lubrifico todas as ferramentas no final do serviço."
"O meu jardineiro também, tornou a falar a senhora."
"Eu faço a programação de atendimento, o mais rápido possível."
"Bom, o meu jardineiro também me atende prontamente. Nunca me deixa esperando. Nunca se atrasa."
Numa última tentativa, o menino arriscou: "o meu preço é um dos melhores."
"Não", disse firme a voz ao telefone. "Muito obrigada! O preço do meu jardineiro também é muito bom."
Desligado o telefone, o executivo disse ao jardineiro: "Meu rapaz, você perdeu um cliente."
"Claro que não", respondeu rápido. "Eu sou o jardineiro dela. Fiz isto apenas para medir o quanto ela estava satisfeita comigo."
Em se falando do jardim das afeições, quantos de nós teríamos a coragem de fazer a pesquisa deste jardineiro?
E, se fizéssemos, qual seria o resultado? Será que alcançaríamos o grau de satisfação da cliente do pequeno jardineiro?
Será que temos, sempre em tempo oportuno e preciso, aparado as arestas dos azedumes e dos pequenos mal-entendidos?
Estamos permitindo que se acumule o lixo das mágoas e da indiferença nos canteiros onde deveriam se concentrar as flores da afeição mais pura?
Temos lubrificado, diariamente, as ferramentas da gentileza, da simpatia entre os nossos amores, atendendo as suas necessidades e carências, com presteza?
E, por fim, qual tem sido o nosso preço? Temos usado chantagem ou, como o jardineiro sábio, cuidamos das mudinhas das afeições com carinho e as deixamos florescer, sem sufocá-las?
***
O amor floresce nos pequenos detalhes. Como gotas de chuva que umedecem o solo ou como o sol abundante que se faz generoso, distribuindo seu calor.
A gentileza, a simpatia, o respeito são detalhes de suma importância para que a florescência do amor seja plena e frutifique em felicidade.

Equipe de Redação do Momento Espírita, com base em texto de autoria ignorada.

BLOQUEANDO OS INSETOS ESPIRITUAIS...

"Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre." João 7:38.

Viajantes contam de uma árvore em países tropicais, cujas partes internas são, às vezes, comidas por formigas enquanto a casca e as folhas se mantêm aparentemente bonitas, e sua debilidade só é percebida quando algum vento forte a derruba.

Mas não é a tempestade que a torna fraca, apenas revela o quão fraco era.

E sua debilidade é o resultado da atuação de insetos que, por um longo período de tempo, a destroem por dentro.

De certa forma, se nós permitirmos que nosso caráter seja minado por uma constante negligência às nossas obrigações, ou pela tolerância e ocultação dos pecados que cometemos diariamente, ou se cedermos às tentações que habitualmente nos assolam.

Não poderemos esperar nada mais do que a ruína quando as provações nos atingirem.

De que maneira nos preparamos para enfrentar as tormentas que, por vezes, se abatem sobre nós?

Será que podemos dizer, com convicção, que a nossa casa espiritual está firmada e bem sólida sobre a rocha?

Podemos descansar tranquilos certos de que na hora das lutas não corremos o risco de cair?

É comum cuidarmos bem do nosso exterior, arrumar com carinho o cabelo, colocar a melhor roupa possível e estar diante das pessoas com uma boa aparência.

E isso é bom, porque somos filhos de Deus e, como tais, precisamos nos apresentar de forma digna a exaltar o Seu nome.

Mas como lidamos com o nosso interior?

Temos de igual modo, procurado louvar e engrandecer ao Senhor fazendo com que o nosso coração seja puro?

Temos bloqueado os sentimentos de rancor e inveja, de egoísmo e maledicências, impedindo, assim, que tais "insetos espirituais" minem a nossa comunhão com o Salvador?

Temos nos colocado diante do altar de Deus em todos os momentos, confiando a Ele toda a nossa vida, para que não nos tornemos fracos e propensos a ruir diante da primeira tempestade?

Entregue seu coração ao Senhor e mesmo diante das mais duras provas a sua fé será inabalável.


Paulo Roberto Barbosa

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Procurando, buscando, investigando...
... você está em sério perigo!

A qualquer momento pode estar amando a vida, rindo, curtindo...- Você pode acidentalmente encontrar a existência.
Não há necessidade alguma de ter medo. Você pode perder apenas aquilo que tem que ser perdido. E é bom que perca logo – porque quanto mais tempo ficar, mais forte aquilo se torna.
Não tente achar um atalho, porque não há atalhos. O mundo é uma luta, é árduo, mas é assim que a pessoa chega ao pico.
Seja sincero em sua busca. Faça tudo por ela. 
Ela é a sede de conhecer o original através do reflexo que o torna digno do acidente final:


O despertar.


Osho

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

O ESPELHO DA VIDA REFLETE VOCÊ...

A base que precisamos para viver é a nossa estabilidade emocional;
é saber se desligar de problemas que não nos pertencem.
Saber devolver amor para quem mais precisa,
ter a palavra certa para nós mesmos,
quando nos perdemos...
é preciso sair da zona de conforto que nos habituamos e lutar.



Sei que podemos fazer muito além do que temos feito.
Sei também que as vezes nos falta uma visão,
algo que seja um pouco maior que a nossa emoção.
E é nesse labirinto que não nos encontramos em lugar nenhum.
É a incerteza, é a dúvida, é o medo, é a vontade de parar.
Contra tudo isso, é preciso ainda mais se amar.

Não bastam palavras. Precisa atitude.
Não bastam gestos. Precisa ação.
Não bastam amigos. É preciso um irmão.
Não bastam sorrisos. É preciso alegria.
Por fim, não bastam sonhos e nem desejos,
Você quer ser mais feliz?
Lute por isso, não desista pelo tamanho aparente dos problemas,
o espelho da vida reflete exatamente o que você deseja ver.
Encare de frente e vença o mundo.
Pra você, apenas o melhor, o tudo!


Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

BATATAS...

"Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós;" Mateus 6.14

O professor pediu para que os alunos levassem batatas e uma sacola de plástico para a aula. Ele pediu para que separassem uma batata para cada pessoa de quem sentiam mágoas, escrevessem os seus nomes nas batatas e as colocassem dentro da sacola.

Algumas das sacolas ficaram muito pesadas.

A tarefa consistia em, durante uma semana, carregar junto consigo a sacola com batatas

Naturalmente as batatas foram estragando com o tempo.

O incômodo de carregar a sacola, a cada momento, mostrava- lhes o tamanho do peso espiritual diário que a mágoa ocasiona, bem como o fato de que, ao colocar a atenção na sacola, para não esquecê-la em nenhum lugar, os alunos deixavam de prestar atenção em outras coisas que eram importantes para eles.

Este é um exemplo do preço que se paga, todos os dias, para manter, a dor, a raiva e a negatividade.

Quando damos importância aos problemas não resolvidos ou às promessas não cumpridas, nossos pensamentos enchem-se de mágoa, aumentando o stress e roubando nossa alegria.

Perdoar e deixar estes sentimentos irem embora é a única forma de trazer de volta a paz e a calma.

Joguem fora suas "batatas!"

Muitas vezes nos incomodamos com tantas coisas pequenas e vamos enchendo, dia a dia, nosso coração com as "batatas" que a vida coloca em nosso caminho. Vamos jogá-las fora e encher nosso coração de amor ao próximo e solidariedade...


Reflexões de Um Sonho que Não Tem Fim - Dom Helder Camara

ALMAS SEM BOTOX...

Realmente eu não sei como você está,
nem sei exatamente quando esta mensagem será lida. Pode ser que seja o momento mais feliz da sua vida, e eu te peço; saboreie esse momento, não se perca em bobagens, curta cada segunda desse instante mágico.
Mas, pode ser que você esteja na maior indecisão,  naquele momento em que um dia, todos nós vivemos, onde nada parece fazer sentido, onde tudo parece levar ao fim, ao fim de um sonho,  ao fim de uma experiência, ao fim de uma comodidade,  de uma segurança. Parece que o chão se abriu aos seus pés e você se sente caindo... E eu te peço, acalme-se e busque forças nas POSSIBILIDADES.
Possibilidades, são dons que carregamos e nem sempre usamos, que quase sempre são despertos quando passamos por um aperto, parece que a dificuldade é uma grande usina geradora de forças, uma professora, ainda que meio rude, que ensina sem desanimar.
Possibilidades são chaves mágicas que abrem portas desconhecidas, no lugar mais desconhecido do próprio indivíduo: ele mesmo! É na dificuldade que começamos a nos conhecer de verdade, sem mentiras, sem falsas aparências, e é nessa hora também, que reconhecemos nossos verdadeiros amigos, os parentes que estão realmente ligados em nossa história, é nesse momento estranho, de dor, de ressentimento, que desabrocham amizades eternas, e valores indestrutíveis.
Para a alma não há Botox, nem maquiagem definitiva, ela é o que é, sem adjetivos secundários. É nela que residem as Possibilidades desconhecidas. E a alma fala todos os dias com cada de um nós, seja na inspiração de uma receita, uma letra de música, uma nova fórmula para se fazer melhor o que quer que seja, seja na intuição ao indicar um caminho, aquele que normalmente você nem seguiria.
E é ali, bem na curva da vida, na esquina do tempo, onde você já cansado de chorar para para respirar, que o milagre das Possibilidades acontece, e você sente que tudo começa a mudar.
Seja você sempre! Do jeitinho que é, com pequenas mudanças para melhor, sem querer ser o que não é para ser, nem transparecer o que não existe em você.Você é único, divino, ser especial, DNA de Deus, razão de muitas vidas, que agora se unem em oração, pela sua vida, pela sua vitória, para que as POSSIBILIDADES se apresentem agora, e revelem ao mundo, o quanto você vale!


Tudo começa mudar nesse instante.creia!


Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

DE DENTRO PARA FORA...

É grande o número de pessoas que vive à procura de milagres para os mais variados males que as aflige.
Dizemos que procuram milagres porque a maioria busca algo que possa ser ingerido, injetado, cheirado ou passado na pele, e que faça prodígios.
E as receitas não faltam: "Nabo faz bem para isto", "Cenoura para aquilo", "Café cura tal coisa", "Tal vitamina previne o envelhecimento", "Tal legume faz nascer cabelo, tal erva evita a queda", e assim por diante.
Estamos sempre procurando algo que resolva nossa vida. E bom seria que uma única cápsula fosse suficiente para todos os males que nos tiram o sossego.
No entanto, nossas buscas são sempre do exterior para o interior, quando o ideal seria de dentro para fora.
Tentamos retardar o envelhecimento da pele com vitaminas, e esquecemos que o melhor remédio para esse caso, é a nossa disposição de ânimo.
O otimismo, a esperança, a alegria, o trabalho voluntário e desinteressado são excelentes contra os radicais livres.
O preconceito, o interesse pessoal, o egoísmo, o ódio, a mágoa provocam rugas no corpo e doenças na alma, problemas difíceis de tratar.
A ira, a revolta, o desejo de vingança são verdadeiros venenos para o coração. Podem provocar graves problemas cardíacos e até levar ao óbito.
A inveja, o ciúme, a maledicência, a calúnia são bombas que destroem sem deixar vestígios.
Eis aí alguns pontos que merecem, sim, atenção e cuidado, pois dizem respeito ao nosso bem-estar.
Pouco ou nenhum resultado teremos ingerindo produtos, alimentos, ou remédios, se não fizermos um tratamento de intimidade, purificando a fonte das emoções.
Uma emoção desequilibrada pode causar muito mal ao nosso organismo.
Por isso é importante, se desejamos manter a saúde e o bem-estar, estabelecer alguns cuidados básicos que previnem uma série de males.
Uma boa leitura, um bom filme, um passeio, caminhadas frequentes, uma boa noite de sono, brincar com crianças, rir, saltar de alegria, meditar...
A conversa sadia com amigos, a visita a um enfermo, a uma criança internada, alguns minutos de atenção a uma criança órfã são excelente profilaxia para diversos males.
Isso é fácil de comprovar. Você deve conhecer pessoas que fazem trabalhos voluntários por prazer. Elas são sorridentes, não aparentam a idade que têm, e geralmente não adoecem.
Não têm tempo para falar mal da vida alheia, não guardam mágoa, não carregam ódio, não sentem inveja nem ciúme, e estão sempre de bem com a vida.
Essas pessoas também são diferentes no ambiente onde trabalham profissionalmente, pois são leves, otimistas, e sua beleza brota de dentro para fora.
Já as pessoas que só pensam em si mesmas são mal-humoradas, prevenidas, vivem armadas contra todos, não confiam em ninguém, e geralmente aparentam mais idade do que têm.
Por todas essas razões, vale a pena investir no seu bem-estar de forma eficiente e duradoura.
Só então os produtos, alimentos e remédios poderão causar os resultados esperados, pois terão como contributo uma força que vem de dentro, potencializando seus efeitos salutares.
Os avanços científicos e tecnológicos são alavancas que podem fazer verdadeiros milagres em todas as áreas que produzem bem-estar, mas para nos ajudar com eficiência, dependem da nossa disposição íntima.
Pense nisso e comece a se cuidar, de forma correta e eficaz.
Você pode. E só você pode, pois quando se trata de zelar pela fonte da vida que existe em sua intimidade, é um trabalho que ninguém poderá fazer por você.
Cuide-se e cuide de sua saúde, começando sempre de dentro para fora...

Texto da Equipe de Redação do Momento Espírita

O SAPO E SEU ORGULHO...

"Na boca do tolo esta a punição da soberba, mas os sábios se conservam pelos próprios lábios" Provérbios 14:3

Era uma vez um sapo falador que queria fugir do inverno.

Então, alguns gansos sugeriram que o sapo se juntasse a eles e migrasse, que fosse com eles para um lugar mais quente.

Mas aí apareceu um problema: o sapo não voa, como poderia seguir viagem?

Mas o sapo sabido foi logo dizendo:

"Deixem comigo, tenho um cérebro brilhante, vou ter uma boa ideia."

Pensou um pouco e então pediu aos gansos que o ajudassem segurando um caniço forte, cada um numa ponta.

Como o sapo tem um bocão, ele poderia se prender ao cabo pela boca e seguir com os gansos.

Em pouco tempo os gansos e o sapo iniciaram a sua jornada.

Assim que passaram por uma pequena cidade os moradores saíram para ver aquela cena estranha e original.

Quem poderia ter tido uma ideia tão brilhante? perguntaram alguns moradores. 

Isso fez com que o sapo se inchasse tanto de orgulho e, se sentido importante gritou:

Fui eu, fui eu!

Seu orgulho foi sua ruína, pois no momento em que abriu a boca, se soltou do caniço e estatelou-se no chão, morto.

J. Gilmour


A vaidade tem sido a causa de muitas de nossas decepções.
Cremos que somos melhores, mais competentes e superiores àqueles que estão ao nosso redor. 
Achamos defeito em tudo e em todos, concluindo, logo a seguir, que poderíamos fazer o mesmo de maneira muito melhor. 
Quando somos humildes em nossas atitudes, os aplausos e elogios nos enchem de felicidade. 
Quando somos arrogantes e orgulhosos, muitas vezes os aplausos não aparecem e mergulhamos em profunda decepção e angústia. 
É melhor não esperar nada e receber tudo do que esperar tudo e não receber nada.
De que vale o orgulho? 
Se agimos com amor, ele vem de nosso Deus. 
Se a nossa vida brilha, a luz vem do alto, do nosso Pai celestial. 
Se as nossas palavras impressionam, toda a sabedoria vem de Cristo, que no-la deu graciosamente.
A vaidade pode nos levar à morte espiritual; a humildade nos conduz a Cristo e à vitória.


A soberba precede a ruína, e a altivez de espírito, a queda (Provérbios 16:18), mas o Senhor coroa a humildade com suas bênçãos. 

Salomão também disse: "Que um outro te louve, e não a tua própria boca; o estranho, e não os teus lábios" (Provérbio 27:2). 

Se falássemos mais de Deus, e o louvássemos mais, teríamos menos tempo para falar de nós mesmos.
"Ninguém jamais morreu engasgado por engolir seu orgulho".

Desconheço o Autor

NAS PÁGINAS DA VIDA...

Vou escrever na minha página da saudade,
uma doce recordação de um tempo que não volta mais.
Tempo em que eu acreditava mais do que duvidava.
Onde eu falava rindo, e o pranto era apenas pela emoção.
Eu era feliz com muito pouco, e ouvia meu coração.

Vou escrever na página da realidade,
uma triste constatação, que quanto mais envelhecemos,
mais nos distanciamos dos sonhos puros, do acreditar.
Quanto mais vivemos, mais duvidamos, ficamos amargos.
Envelhecer não é sinal de maturidade.
Há jovens sábios e velhos tolos.
E Felicidade realmente não se conquista com a idade.

Vou escrever por fim, na página da alma,
uma certeza que me acalma e me deixa confiante:
Tudo posso realizar, tudo posso escolher, nada é tão distante.
Entre o aceitar e o fazer existe uma grande barreira:
é o meu sim ou o meu não que podem me levar,
para o cansaço do morro ou a facilidade da ladeira.

Somos donos do nosso caminho, e não há desculpa para ser infeliz.
Não existe falta disso ou aquilo que justifique a tristeza.
Já vi crianças rindo na maior miséria, 
e milionários chorando diante de um simples exame de saúde.
Alegria no Inverno ou na Primavera.
E você? Já sabe?


Por isso, escolha o que vai escrever no seu livro da vida:
páginas dramáticas, humor, amor ou romances deliciosamente duradouros.
O escritor é você!
E é só acreditar e lutar pelo final feliz.
Ninguém merece mais a felicidade que você.
Disso eu sei.
Acredite em você.

Paulo Roberto Gaefke
Ocorreu um erro neste gadget