Páginas

quinta-feira, 31 de julho de 2008

TER OU NÃO TER NAMORADO, EIS A QUESTÃO...


Quem não tem namorado é alguém que tirou férias remuneradas de si mesmo. Namorado é a mais difícil das conquistas. Difícil porque namorado de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, saliva, lágrima, nuvem, quindim, brisa ou filosofia. Paquera, gabira, flerte, caso, transa, envolvimento, até paixão é fácil. Mas namorado mesmo é muito difícil.
Namorado não precisa ser o mais bonito, mas ser aquele a quem se quer proteger e quando se chega ao lado dele a gente treme, sua frio, e quase desmaia pedindo proteção. A proteção dele não precisa ser parruda ou bandoleira: basta um olhar de compreensão ou mesmo de aflição.
Quem não tem namorado não é quem não tem amor: é quem não sabe o gosto de namorar. Se você tem três pretendentes, dois paqueras, um envolvimento, dois amantes e um esposo; mesmo assim pode não ter nenhum namorado. Não tem namorado quem não sabe o gosto da chuva, cinema, sessão das duas, medo do pai, sanduíche da padaria ou drible no trabalho.
Não tem namorado quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de virar lagartixa e quem ama sem alegria.
Não tem namorado quem faz pactos de amor apenas com a infelicidade. Namorar é fazer pactos com a felicidade, ainda que rápida, escondida, fugidia ou impossível de curar.
Não tem namorado quem não sabe dar o valor de mãos dadas, de carinho escondido na hora que passa o filme, da flor catada no muro e entregue de repente, de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico Buarque, lida bem devagar, de gargalhada quando fala junto ou descobre a meia rasgada, de ânsia enorme de viajar junto para a Escócia, ou mesmo de metrô, bonde, nuvem, cavalo, tapete mágico ou foguete interplanetário.
Não tem namorado quem não gosta de dormir, fazer sesta abraçado, fazer compra junto. Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor nem de ficar horas e horas olhando o mistério do outro dentro dos olhos dele; abobalhados de alegria pela lucidez do amor.
Não tem namorado quem não redescobre a criança e a do amado e vai com ela a parques, fliperamas, beira d’água, show do Milton Nascimento, bosques enluarados, ruas de sonhos ou musical da Metro.
Não tem namorado quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não recorta artigos, quem não se chateia com o fato de seu bem ser paquerado. Não tem namorado quem ama sem gostar; quem gosta sem curtir quem curte sem aprofundar. Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto de ser lembrado de repente no fim de semana, na madrugada ou meio-dia do dia de sol em plena praia cheia de rivais.
Não tem namorado quem ama sem se dedicar, quem namora sem brincar, quem vive cheio de obrigações; quem faz sexo sem esperar o outro ir junto com ele.
Não tem namorado que confunde solidão com ficar sozinho e em paz. Não tem namorado quem não fala sozinho, não ri de si mesmo e quem tem medo de ser afetivo.
Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pesando 200Kg de grilos e de medos. Ponha a saia mais leve, aquela de chita, e passeie de mãos dadas com o ar. Enfeite-se com margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções de esperança. De alma escovada e coração estouvado, saia do quintal de si mesma e descubra o próprio jardim.
Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem passe debaixo de sua janela. Ponha intenção de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fada. Ande como se o chão estivesse repleto de sons de flauta e do céu descesse uma névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante a dizer frases sutis e palavras de galanteio.
Se você não tem namorado é porque não enlouqueceu aquele pouquinho necessário para fazer a vida parar e, de repente, parecer que faz sentido.

Fonte, comprovando que é de Artur da Távola, não de Carlos Drummond, Eis os dados sobre o livro do Artur da Távola:
Título do livro: Amor a sim mesmo (Não digitei errado; o trocadilho está mesmo no título.) A edição é uma coletânea das crônicas de Távola.
Editora: Círculo do Livro, por cortesia da Editora Nova Fronteira S.A.
Ano da edição: Como a edição foi realizada pelo Círculo do Livro, e não pela Nova Fronteira, não há o ano . A única data no livro é a do copyright - © 1.984 Paulo Alberto M. Monteiro de Barros (nome real de Artur da Távola)

PROMESSAS MATRIMONIAIS...


Em maio de 98, escrevi um texto em que afirmava que achava bonito o ritual do casamento na igreja, com seus vestidos brancos e tapetes vermelhos, mas que a única coisa que me desagradava era o sermão do padre: “Promete ser fiel na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, amando-lhe e respeitando-lhe até que a morte os separe?”

Acho simplista e um pouco fora da realidade. Dou aqui novas sugestões de sermões: - Promete não deixar a paixão fazer de você uma pessoa controladora, e sim respeitar a individualidade do seu amado, lembrando sempre que ele não pertence a você e que está ao seu lado por livre e espontânea vontade? - Promete saber ser amiga e ser amante, sabendo exatamente quando devem entrar em cena uma e outra, sem que isso lhe transforme numa pessoa de dupla identidade ou numa pessoa menos romântica?
- Promete fazer da passagem dos anos uma via de amadurecimento e não uma via de cobranças por sonhos idealizados que não chegaram a se concretizar?
- Promete sentir prazer de estar com a pessoa que você escolheu e ser feliz ao lado dela pelo simples fato de ela ser a pessoa que melhor conhece você e portanto a mais bem preparada para lhe ajudar, assim como você a ela?
- Promete se deixar conhecer?
- Promete que seguirá sendo uma pessoa gentil, carinhosa e educada, que não usará a rotina como desculpa para sua falta de humor?
- Promete que fará sexo sem pudores, que fará filhos por amor e por vontade, e não porque é o que esperam de você, e que os educará para serem independentes e bem informados sobre a realidade que os aguarda?
- Promete que não falará mal da pessoa com quem casou só para arrancar risadas dos outros?
- Promete que a palavra liberdade seguirá tendo a mesma importância que sempre teve na sua vida, que você saberá responsabilizar-se por si mesmo sem ficar escravizado pelo outro e que saberá lidar com sua própria solidão, que casamento algum elimina?
- Promete que será tão você mesmo quanto era minutos antes de entrar na igreja?
Sendo assim, declaro-os muito mais que marido e mulher: declaro-os maduros.
Martha Medeiros

O MUNDO É SEU...


Não se perturbe diante do fracasso de ontem, mire-se na certeza de hoje.
Diante da solidão de agora, a solidariedade de sempre.
Diante da falta disso ou daquilo, o esforço de mais um tanto no trabalho.
Diante das injustiças do mundo, a serenidade de quem sabe que é inocente.
Diante da pobreza dos bens materiais, a riqueza dos bens imortais da alma.
Diante dos problemas de saúde, a serenidade para mudar hábitos.
Diante do relacionamento fracassado, humildade e amor para perdoar.
Diante do talento desperdiçado, oportunidade de recomeçar.
Diante da noite escura, uma pequena estrela para iluminar.
Diante do que parece sem saída, uma prece, uma oração sentida.
Diante da vida, renovação.
Diante dos outros, humildade.
Diante dos mais velhos, respeito.
Diante dos jovens, admiração.
Diante do próximo, consideração.
Diante do espelho, amor, muito amor. Ame-se, respeite-se, envolva-se com o bem.
Não caia na ilusão fácil do consumir, não se abata diante das tempestades, em cada crise uma oportunidade, em cada dor uma reflexão, em cada novo dia, uma nova chance.
Recomece agora, enxugue qualquer lágrima, assim como o sol saiu e já aquece a Terra, o mundo está te esperando, pode até não ser como você queria, mas é lindo estar aqui, e ter a sua companhia.
O mundo é seu, todo seu!
Paulo Roberto Gaefke

COMPROMISSO COM A VIDA...(VOCÊ TEM?)


Não importa a dor ou o momento que você está passando, você tem um compromisso com a vida.
Esse compromisso ultrapassa essa fase, essa hora ruim que você pode estar passando.
Tem coisas que nós não podemos evitar. Você constrói uma bela casa na praia, com muitos quartos, varandas e piscina com vista para o mar. Chega um furacão e leva toda a sua casa, seus móveis e seus sonhos em questão de minutos. Será que você poderia evitar esse furacão? Assim, nós construímos castelos dourados em nossas fantasias e sonhos. Reunimos os melhores móveis de nossa existência e decoramos as nossas casas do jeitinho que nós queremos. As vezes os engenheiros da vida avisam que nosso projeto está errado, que vamos quebrar a cara, mas nós escutamos? Claro que não! Somos teimosos, tinhosos e orgulhosos demais para seguir conselhos... Seguimos em frente contra tudo e contra todos e algumas vezes, fechamos os olhos para não ver o que todo mundo já viu. Então, o furacão da vida chega e sem cerimônia, sem pedir licença, arranca nossos sonhos e joga tudo no chão. Resta o choro, o pranto e a dor. Quanto mais rápido, você trabalhar na reconstrução da sua "casa", mais rápido a felicidade volta para sua vida.
Nesses momentos de reconstrução, os amigos são os melhores ajudantes e apoiadores que precisamos.
Amigos são vigas sólidas que qualquer casa necessita.
Não demore para tomar a decisão de reconstruir a sua casa, digo, a sua vida. A dor se torna menor quando não deixamos muitas lembranças em nossa porta.
Normalmente a porta da nossa vida é o coração.
Que tal limpar a sua porta?
Paulo Roberto Gaefke

GOTA A GOTA...


"De gota d'água em fonte, De semente em árvore, De alicerce em casa, de barro em escultura, de madeira a barco,de ripas em estrado, de trigo em pão."

Enquanto muitos reclamam o pouco que tem, o rio segue seu caminho, entre tantos obstáculos, leva o "fiozinho" de água que se junta á outros e forma o mar.
Vai!Olha para o alto, pare de enxergar apenas as dificuldades, enquanto você olhar para o chão, vai encontrar apenas buracos, é lá em cima que está a benção e a Graça.
Faça bem feito o que você pode fazer, faça o seu melhor, doe-se de verdade, pare de ser metade, meio-pai, meio-filho, meio-empregado, meio-amante, meio-aluno, seja inteiro, intenso, o que vive, não o que sobrevive.
Chega de esmolas da vida, a Vida é rica, tudo é exuberante na natureza, tudo leva a uma grandeza!
Pense grande, aja como gente grande, enxugue ás lágrimas, guarde a reclamação, olhe para frente, para o horizonte, o dia está lindo demais para chorar, o sorriso é a porta aberta da certeza, certeza de dias melhores, que começa agora, com um pequeno gesto, com a sua disposição de crescer.
O futuro é a sua atitude de agora!
Paulo Roberto Gaefke

quarta-feira, 30 de julho de 2008

FLORES RARAS...


Conta-se que havia uma jovem que tinha tudo, um marido maravilhoso, filhos perfeitos, um emprego que lhe rendia um bom salário e uma família unida. O problema é que ela não conseguia conciliar tudo. O trabalho e os afazeres lhe ocupavam quase todo tempo e ela estava sempre em débito em alguma área. Se o trabalho lhe consumia tempo demais, ela tirava dos filhos, se surgiam imprevistos, ela deixava de lado o marido... E assim, as pessoas que ela amava eram deixadas para depois até que um dia, seu pai, um homem muito sábio, lhe deu um presente: Uma flor muito rara, da qual só havia um exemplar em todo o mundo. O pai lhe entregou o vaso com a flor e lhe disse: filha, esta flor vai lhe ajudar muito mais do que você imagina! Você terá apenas que regá-la e podá-la de vez em quando, e, às vezes, conversar um pouquinho com ela. Se assim fizer, ela enfeitará sua casa e lhe dará em troca esse perfume maravilhoso. A jovem ficou muito emocionada, afinal a flor era de uma beleza sem igual. Mas o tempo foi passando, os problemas surgiam, o trabalho consumia todo o seu tempo, e a sua vida, que continuava confusa, não lhe permitia cuidar da flor. Ela chegava em casa, e as flores ainda estavam lá, não mostravam sinal de fraqueza ou morte, apenas estavam lá, lindas, perfumadas. Então ela passava direto. Até que um dia, sem mais nem menos, a flor morreu. Ela chegou em casa e levou um susto! A planta, antes exuberante, estava completamente morta, suas raízes estavam ressecadas, suas flores murchas e as folhas amareladas. A jovem chorou muito, e contou ao pai o que havia acontecido. Seu pai então respondeu: eu já imaginava que isso aconteceria, e, infelizmente, não posso lhe dar outra flor, porque não existe outra igual a essa. Ela era única, assim como seus filhos, seu marido e sua família. Todos são bênçãos que o senhor lhe deu, mas você tem que aprender a regá-los, podá-los e dar atenção a eles, pois assim como a flor, os sentimentos também morrem. Você se acostumou a ver a flor sempre lá, sempre viçosa, sempre perfumada, e se esqueceu de cuidar dela. Por fim, o pai amoroso e sábio concluiu: Filha! Cuide das pessoas que você ama!

E você, tem cuidado das flores raras que Deus lhe empresta, em forma de filhos, esposa, esposo, irmãos e outros familiares? Lembre-se sempre que seus amores são flores únicas que lhe compete cuidar. Problemas surgem. O trabalho pode ser feito mais tarde. Compromissos sociais podem ser adiados, mas os filhos dependem dos seus cuidados constantes para que não venham a fenecer... Cada pessoa é uma flor única... Não há no universo outra igual... O Divino cultivador as deposita em nosso lar, confiando-as aos nossos cuidados. E para que essas flores raras possam perfumar sempre o ambiente, ofertando-nos sua beleza, é preciso que as podemos de vez em quando, e as reguemos todos os dias com gotas de afeto e compreensão.

Equipe de Redação do Momento Espírita, com base em mensagem intitulada "A Flor", de autoria  de Rita Pando Dias de Oliveira

SIMPLESMENTE VIDA...


Quando você acreditar que é o fim de tudo, quando não te restar mais esperanças.
Quando você aceitar a derrota e não souber por onde começar, quando todos te dizerem que é o fim, que você acabou.
Quando as portas se fecharem na sua cara, quando os amigos sumirem.
Quando o amor partir e deixar um rombo no seu coração, quando as dívidas forem maiores que a sua capacidade de pagar.
Quando te faltar chão, o ar sumir, a vista escurecer, quando o medo for mais forte que a razão.
Quando tudo for apenas uma saudade, lembre-se da vida, lembre-se dos milagres que acontecem a cada dia, a força do sol com seu esplendor, o Christopher Reeve na cadeira de rodas mexendo um dedo, a força da chuva trazendo vida ás sementes. O Lars Grael recomeçando com uma perna só, A beleza das flores que se abrem para o dia, a luta do Gerson Brener para falar, a sensibilidade do canto dos pássaros, a resistência de Mandella nos quase 30 anos de prisão.
Pense no equílibrio dos mares, na reconstrução e na emoção do Herbert Viana, pense na grandeza das florestas, e por fim, pense em Jesus, que até no último suspiro lembrou-se de você e pediu: -Pai, perdoai-os, eles não sabem o que fazem.
Recomece a cada segundo, a cada minuto reconstrói os teus pensamentos, dirige-os para a luz, pois é assim que se constrói a verdadeira felicidade.
Paulo Roberto Gaefke

segunda-feira, 28 de julho de 2008

SABEDORIA...


Meu coração e minha língua fizeram um trato: quando meu coração estiver enfurecido, minha língua guardará silêncio.
As palavras respondem aos sentimentos, e os sentimentos às idéias. Por isso é impossível dominar nossas palavras se não somos senhores de nossos sentimentos; e estes sentimentos irão se acalmando segundo a força de nossas idéias.
A um coração que não se domina, responderão palavras violentas e ferinas; a um coração fechado em si, sucederão palavras e atitudes quedepreciam os demais.
Por conseguinte, me calarei quando meu coração não estiver sossegado e em calma; não falarei, pois seguramente me arrependerei do que disser ou, pelo menos, do modo como o disser, ou do momento em que o disser.
Se em geral o coração não costuma ser bom conselheiro, menos o será quando não estiver em paz e não se sentir senhor de si mesmo.

ENCONTRO...


"Hoje a felicidade quer te abraçar, quer te dar o gosto da vitória, de saber que você é importante, que é amado e pode amar." A felicidade está de namoro com você, e quer transformar o seu dia em conquistas. Por isso, deixa de pensamentos "negativos", pense grande, pense em realizações. Problemas? Quem não os têm? O que importa de verdade, são as soluções, a maneira como você reage diante da dor, diante da decepção e faz das dificuldades uma escada para subir, não um elevador que despenca. Por isso, a felicidade cheia de saudades, marca um encontro com você, e não aceita desculpas, não comece com desalento, nem venha com reclamações, venha se arrastando, mas não falte ao encontro com ela. Encha-se de boa vontade, vista-se de esperanças, coloque a sua melhor roupa, que tal um novo penteado? A felicidade te espera, que tal se arrumar melhor? Não tem como fugir, o amor vai te encontrar, o dinheiro vai aparecer, a saúde vai retornar, a família vai se reunir, o carro vai pegar, o ônibus vai chegar, tudo vai se encaixar. Só não duvide do seu merecimento, você merece esse encontro, não deixe a felicidade esperando, prepare-se para ser feliz.
E hoje é o dia perfeito para isso!
Paulo Roberto Gaefke

A PARÁBOLA DA VERDADE...


'Um dia, a Verdade andava visitando os homens, sem roupas e sem adornos, tão nua como o seu nome. E todos que a viam viravam-lhe as costas de vergonha ou de medo e ninguém lhe dava as boas vindas.
Assim, a Verdade percorria os confins da Terra, rejeitada e desprezada.
Uma tarde, muito desconsolada e triste, encontrou a Parábola, que passeava alegremente, num traje belo e muito colorido.
- Verdade, porque estás tão abatida? - perguntou a Parábola. - Porque devo ser muito feia já que os homens me evitam tanto!
- Que disparate! - riu a Parábola - não é por isso que os homens te evitam.Toma, veste algumas das minhas roupas e vê o que acontece.
Então a Verdade pôs algumas das lindas vestes da Parábola e, de repente, por toda à parte onde passava era bem vinda. Pois os homens não gostam de encarar a Verdade nua; eles a preferem disfarçada.'
Conto Judaico

domingo, 27 de julho de 2008

PARADOXOS DO NOSSO TEMPO...


Desde as primeiras idades da humanidade terrena até aos tempos atuais houve grandes progressos e isso é muito positivo.
O progresso tecnológico demonstra que o homem caminha a passos largos na direção de melhores condições de vida e conforto para toda gente. Mas, apesar do progresso intelectual conquistado, muitas criaturas ainda se debatem nas sombras da miséria moral, porque só levam em conta os empreendimentos materiais.
Construímos auto-estradas amplas, mas não ampliamos o nosso ponto de vista.
Gastamos muito, consumimos mais, e desfrutamos menos, porque nada nos satisfaz.
Temos casas maiores e famílias menores; mais ocupações e menos tempo para dedicar aos afetos.
Buscamos o conhecimento e nos permitimos um fraco poder de julgamento. A medicina está mais avançada mas não conseguimos manter a saúde desejada. Bebe-se demais, fuma-se demais, gasta-se de forma perdulária e não se conquista a alegria verdadeira. Dirigimos rápido demais mas nos irritamos com facilidade. Raramente lemos um livro. Ficamos muito tempo diante da tv e dificilmente oramos.
Multiplicamos as posses, mas diminuímos nossos valores. Falamos demais, amamos menos e odiamos com muita freqüência. Aprendemos como ganhar a vida, mas não sabemos aproveitá-la bem. Adicionamos anos à extensão de nossas vidas, mas não vida à extensão de nossos anos.
Já fomos à lua e dela voltamos, mas temos dificuldade em atravessar a rua para encontrar com nosso vizinho. Conquistamos o espaço exterior, mas desconhecemos a nossa intimidade.
Fazemos coisas em quantidade, e poucas vezes nos importamos com a qualidade.
Limpamos o ar, mas poluímos a alma. Dividimos o átomo, mas não nossos preconceitos.
Salvamos o mico-leão e abortamos nossas crianças.
Falamos muito, reclamamos em demasia, mas poucas vezes prestamos atenção nas próprias palavras e, raramente ouvimos nosso próximo. São tempos em que planejamos mais, e realizamos menos. Aprendemos a correr contra o tempo, mas não a esperar com paciência.
Temos tido excessivo cuidado com as coisas exteriores, e pouco valor ao padrão moral.
Temos ajuntado bens materiais, mas não logramos construir a paz íntima. Possuímos computadores que nos permitem viajar pela aldeia global em poucos minutos, mas diminuímos a comunicação com as pessoas que nos cercam. Temos nos permitido múltiplos relacionamentos, mas não nos preocupamos em cultivar afetos verdadeiros. Estes são tempos em que se almeja a paz mundial, mas não se envidam esforços para acabar com a guerra nos lares. São dias de duas fontes de renda familiar, e de mais divórcios; de residências mais belas, e lares destruídos. Enfim, estes são tempos de alta tecnologia que nos permitem levar estas palavras até você e que lhe dão total liberdade de escolha entre refletir sobre elas, ou simplesmente ignorar.

A tecnologia é prova irrecusável da capacidade do ser humano. Por essa razão, o homem já deu provas de que é dotado de imenso poder intelectual. Só resta agora, descobrir sua realidade de ser imortal e co-criador com Deus e fazer brilhar, de vez por todas, a sua luz interior, conforme recomendou o Homem de Nazaré.
Equipe de Redação do Momento Espírita, com base em mensagem de autoria que a equipe desconhece.

MESMO ASSIM...


"Não concordo com uma só palavra do que dizeis, mas defenderei até a morte vosso direito de dizê-lo." Voltaire

Mesmo Assim Vivemos um momento na face da Terra que, por vezes, parece que todos os valores morais estão em baixa. E você, que está buscando construir suas mais nobres virtudes, em muitos momentos se sente enfraquecido pelo próprio mundo à sua volta.
Quando age com honestidade, comentam que você é tolo, que está remando contra a maré, em vez de fazer o que todo mundo faz. Mas se você quer ser grande perante sua consciência, seja honesto mesmo assim.
Se procura balizar seus atos na justiça, ouve que essa atitude é a de um alienado, vivendo num mundo em que vence sempre o mais forte. No entanto, seja justo mesmo assim.
Se está construindo um lar apoiado nas colunas sólidas da fidelidade, é comum ouvir gargalhadas insanas ou comentários maldosos a respeito do seu comportamento. Seja fiel mesmo assim.
Quando seu coração se compadece, diante dos infelizes de toda sorte, não falta a zombaria daqueles que pensam que cada um deve pensar em si próprio, ignorando os sofrimentos dos irmãos de caminhada. Tenha compaixão mesmo assim.
Se você dedica algumas horas do seu dia, voluntariamente, em favor de alguém, rico ou pobre, que precisa da sua atenção e do seu carinho, percebe as investidas da maldade daqueles que pensam que nos seus atos há uma segunda intenção. Seja fraterno e solidário mesmo assim.
Quando você age com sinceridade, com lealdade, é comum ser taxado de insensato, fugindo do comum em que muitos usam de subterfúgios mesquinhos para conseguir o que desejam. Seja sincero e leal mesmo assim.
Se, diante das circunstâncias do dia-a-dia, você revela sua fé em Deus e em Suas soberanas Leis, e é chamado de piegas ou crédulo, mantenha sua fé mesmo assim.
Se em face de tantos desatinos no campo da sensualidade e na falta de decoro que assola grande parte dos seres, você deseja manter-se íntegro e recatado e é chamado de louco mantenha-se íntegro e recatado mesmo assim. Quando aqueles que se julgam acima do bem e do mal tentam apagar a chama da esperança que você acalenta no íntimo, afirmando que a esperança é a ilusão da mediocridade, mantenha a esperança mesmo assim.
E, por fim, mesmo que alguém tente roubar a sua coragem de continuar lutando e acreditando em dias melhores, mantenha sua coragem e continue acreditando mesmo assim.
Ao findar sua jornada terrestre, e só então, você poderá contemplar a ficha de avaliação do seu desempenho. Somente você será responsabilizado por seus atos. E tenha a certeza de que todos aqueles que tentaram desviá-lo do caminho reto não estarão lá para lhe dar apoio...

Madre Teresa de Calcutá, dentre tantos conselhos preciosos que legou à humanidade, deixou um conselho especial para aqueles que desejam construir na intimidade as mais nobres virtudes, dizendo: "Muitas pessoas são irracionais, ilógicas e egocêntricas. Ame-as, mesmo assim." "Se você tem sucesso em suas boas realizações, ganhará falsos amigos e verdadeiros inimigos. Tenha sucesso, mesmo assim." "O bem que você faz será esquecido amanhã. Faça o bem, mesmo assim." "A honestidade e a franqueza o tornam vulnerável. Seja honesto, mesmo assim." "Aquilo que você levou anos para construir, pode ser destruído de um dia para o outro. Construa, mesmo assim." "Os pobres têm verdadeiramente necessidade de ajuda, mas alguns deles podem atacá-lo se você os ajudar. Ajude-os, mesmo assim." "Se você der ao mundo e aos outros o melhor de si mesmo, você corre o risco de se machucar. Dê o que você tem de melhor, mesmo assim."
Equipe de Redação do Momento Espírita.

sexta-feira, 25 de julho de 2008

GRANDES E PEQUENAS MULHERES...


Há mulheres de todos os gêneros. Histéricas, batalhadoras, frescas, profissionais, chatas, inteligentes, gostosas, parasitas, sensacionais. Mulheres de origens diversas, de idades várias, mulheres de posses ou de grana curta. Mulheres de tudo quanto é jeito. Mas se eu fosse homem prestaria atenção apenas num quesito: se a mulher é do tipo que puxa pra cima ou se é do tipo que empurra pra baixo.
Dizem que por trás de todo grande homem existe uma grande mulher. Meia-verdade. Ele pode ser grande estando sozinho também. Mas com uma mulher xarope ele não vai chegar a lugar algum.
Mulher que puxa pra cima é mulher que aposta nas decisões do cara, que não fica telefonando pro escritório toda hora, que tem a profissão dela, que o apóia quando ele diz que vai pedir demissão por questões éticas e que confia que vai dar tudo certo.
Mulher que empurra pra baixo é a que põe minhoca na cabeça dele sobre os seus colegas, a que tem acessos de carência bem na hora que ele tem que entrar numa reunião, a que não avaliza nenhuma mudança que ele propõe, a que quer manter tudo como está.
Mulher que puxa pra cima é a que dá uns toques na hora de ele se vestir, a que não perturba com questões menores, a que incentiva o marido a procurar os amigos, a que separa matérias de revista que possam interessá-lo, a que indica livros, a que faz amor com vontade.
Mulher que empurra pra baixo é a que reclama do salário dele, a que não acredita que ele tenha taco pra assumir uma promoção, a que acha que viajar é despesa e não investimento, a que tem ciúmes da secretária.
Mulher que puxa pra cima é a que dá conselhos e não palpite, a que acompanha nas festas e nas roubadas, a que tem bom humor.
Mulher que empurra pra baixo é a que debocha dos defeitos dele em rodinhas de amigos e que não acredita que ele vá mais longe do que já foi.
Se por trás de todo grande homem existe uma grande mulher, então vale o inverso também: por trás de um pequeno homem talvez exista uma mulherzinha de nada.

Martha Medeiros

Por que amamos quem amamos?

APAIXONE-SE...

ACREDITE EM VOCÊ...

COMO CRIANÇA...


Vai!
E como criança, não pense. Apenas pinte o seu dia com as cores da alegria, transforma a meia furada em uma bola e brinca. Brinque com a dor que insiste em te visitar, (quem sabe ela desiste e vai amolar outro).
Brinque com os problemas e resolva-os, (sério mesmo é o seu fígado, tenha dó dele).
Brinque com a dureza e crie um novo estilo, (estilo despojado de ser feliz).
Brinque com a incerteza e faça dela uma decisão, (ser ou não ser, eis a questão) decida-se pelo que é simples, o simples é fundamental.Como criança, solte a sua pipa,deixe seus sonhos voarem até as estrelas.Caminhe confiante, pule amarelinha, onde cada casinha é um problema superado, pise com força nesse chão, determine! E como na brincadeira de roda, se você sentir solidão, chame um amigo, e na caminhada descubra um irmão.
Amarre uma corda no seu caminhãozinho, são os seus sonhos que você deve puxar, não passe para ninguém essa tarefa, como menino que não empresta o brinquedo, como o dono da bola, você tem que jogar! Não desista, por favor, agora não, é hora de sorrir, de contemplar o dia, que se enfeitou todo para a criança que habita em você, se derramar em um riso frouxo, despreocupado, livre, certo de que Deus é um Pai amoroso, e nós as "suas crianças em crescimento", no jardim que é a vida. Vai, pinta o seu dia com as cores da alegria, e com uma simples reta, trace seu futuro, acreditando em você, livre, motivado, em paz, e pronto para conquistar.
O dia nasceu feliz, e é todo seu!
Paulo Roberto Gaefke

DIDO - Don't leave home...

Falling in love again - Eagle Eye Cherry

Robbie Williams - Feel...

DUST IN THE WIND...

OCEANOS SÃO FEITOS DE GOTAS D'ÁGUA...


Para ser ouvido, fale. Para ser compreendido, exponha claramente as suas idéias sem jamais abrir mão daquelas que julga fundamentais apenas para que os outros o aceitem.
Acima de tudo, busque o prazer antes do sucesso, a auto-realização antes do dinheiro, fazer bem feito antes de pensar em obter qualquer recompensa.
Nenhum reconhecimento externo vai substituir a alegria de poder ser você mesmo: "status" é comprar coisas que você não quer com o dinheiro que você não tem a fim de mostrar para gente que você não gosta uma pessoa que você não é.
Nada tem graça se não for bom para o seu corpo, leve para o seu espírito e agradável para o seu coração.
Para conseguir, tente sem pensar que o êxito virá logo da primeira vez. Cuide de ter saúde, energia, paciência e determinação para continuar tentando quantas vezes forem necessárias.
Mas ao perceber que já fez tudo o que pôde ou até mesmo um pouco além, mude de alvo para não se tornar em vez de um vitorioso, apenas mais um teimoso.
Para poder recomeçar sempre, perdoe-se pelos fracassos e erros que cometer, aprenda com eles e, à partir deles, programe suas próximas ações.
Nunca se deixe iludir que será possível fazer tudo num dia só ou quando tiver todos os recursos: tal dia nunca virá.
Para manter-se motivado, sonhe. Para realizar, planeje, pensando grande e fazendo pequeno, um pouco a cada dia e todos os dias um pouco, porque são pequenas gotas d'água que fazem todo grande oceano...

EU TE AMO NÃO DIZ TUDO...


O cara diz que te ama, então tá. Ele te ama.
Sua mulher diz que te ama, então assunto encerrado.
Você sabe que é amado porque lhe disseram isso, as três palavrinhas mágicas. Mas saber-se amado é uma coisa, sentir-se amado é outra, uma diferença de milhas, um espaço enorme para a angústia instalar-se.
A demonstração de amor requer mais do que beijos, sexo e verbalização, apesar de não sonharmos com outra coisa: se o cara beija, transa e diz que me ama, tenha a santa paciência, vou querer que ele faça pacto de sangue também?
Pactos. Acho que é isso. Não de sangue nem de nada que se possa ver e tocar. É um pacto silencioso que tem a força de manter as coisas enraizadas, um pacto de eternidade, mesmo que o destino um dia venha a dividir o caminho dos dois. Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida, que zela pela sua felicidade, que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que sugere caminhos para melhorar, que coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas e que dá uma sacudida em você, caso você esteja delirando. “Não seja tão severa consigo mesma, relaxe um pouco. Vou te trazer um cálice de vinho.”
Sentir-se amado é ver que ela lembra de coisas que você contou dois anos atrás, é vê-la tentar reconciliar você com seu pai, é ver como ela fica triste quando você está triste e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d’água. “Lembra que quando eu passei por isso você disse que eu estava dramatizando?” Então, chegou sua vez de simplificar as coisas. “Vem aqui, tira esse sapato.”
Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão. Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente bem-vindo, que se sente inteiro. Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que não existe assunto proibido, que tudo pode ser dito e compreendido.
Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo. Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta.
Agora sente-se e escute: eu te amo não diz tudo.
Martha Medeiros

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Yanni - Santorini (Live At Acropolis)

Louis Armstrong - Por um mundo melhor...

PHIL COLLINS - Can't stop loving you

BEM AVENTURANÇAS DO SÉCULO XXI...


Bem aventurados os que compreendem seu papel no mundo, estes serão guias confiáveis.
Bem aventurados os que se compadecem da miséria do próximo, estes serão sempre os primeiros a fazer alguma coisa para auxiliar.
Bem aventurados os otimistas, esses continuarão sempre firmes em seus propósitos de servir ao "bem".
Bem aventurados os que estudam, esses eliminarão a cegueira do analfabetismo e a fé cega.
Bem aventurados os que sofrem por amor, esses aprenderão o valor de amar sempre sobre todas as coisas.
Bem aventurados os que se amam, esses amarão o seu próximo como a si mesmo.
Bem aventurados os trabalhadores que bendizem seu trabalho, esses terão ocupação sempre.
Bem aventurados os que tem sede de justiça divina, esses serão sempre saciados.
Bem aventurados os que tem olhos para ver e ouvidos para ouvir, os que questionam, os que duvidam, os que perguntam, esses não serão enganados e não negarão a Deus.
Bem aventurados os que não viram e acreditaram. Não ouviram mas aprenderam a lição. Não sentiram mas trazem em seus corações a marca do amor.
Bem aventurados os que crêem no amor de Deus por seus filhos, esses nunca se sentirão abandonados, tudo podem e tudo superam.
Bem aventurados os que recebem o chamado ao trabalho na Seara do Amor e não se recusa, não coloca obstáculos: trabalha, esses encontrarão a paz.
Bem aventurados os que trabalham em favor do bem coletivo, seja em que área for, seja em que parte do Planeta for, seja de que religião for, esses verão a Deus.
Bem aventurado é você, que luta, que cai e se levanta, sofre e ama, sonha e realiza, chora e ri, estende a mão e apóia, que vive cada dia como se fosse o seu dia especial.
Bem aventurado você que entendeu que é necessário lutar sempre para amar-se, que aprendeu a repartir e tem consciência do seu papel no Universo, você será feliz!
Eu te desejo nesse dia a Luz do Mestre mais amoroso do Universo, daquele que nunca nos abandona, daquele que nos chama todos os dias para a vida plena. Que a luz de Jesus te abrace, te envolva e te conquiste para os trabalhos dos que lutam pela Paz!. Seja bem vindo(a) ao Grupo de Amor e do Bem!
Paulo Roberto Gaefke

NOSSA LIBERDADE...


Mesmo solitários, não deixamos de ser duas partes, uma, deseja ficar em profundo silêncio, outra quer gritar ao mundo o desejo de amar.
Mesmo doentes, não deixamos de ter dois desejos, um quer a cura imediata, sair da prostração, outro quer permanecer cercado de cuidados, atenção...
Mesmo perdidos em nossos devaneios, não deixamos de desejar dois destinos, um quer a glória passageira da fama, outro quer apenas a vitória sobre nossos dramas, ser feliz no anonimato do tempo. Somos assim, concâvo e convexo, luz e escuridão em uma mesma alma, uma parte que ri de qualquer coisa, e outra que chora por nada. Contradição e certeza, amor e desinteresse, paz e guerra, desejos e saciedade. Estranhos personagens que habitam em nós, nessa novela chamada vida. Por isso, não se estranhe! Viva cada momento da sua vida com intensidade, lembre-se mais das coisas boas, e por favor, esqueça-se dos maus momentos. Aposente as dores, distraia a ilusão, faça um trato com o amor, e ame muito, e mais do que nunca, esqueça qualquer rancor, perdoe todas as ofensas, toda as pessoas, as que já fizeram algo que você não gostou, e aquelas que ainda nem erraram. Seja livre! Tudo só vale a pena com a liberdade, até para dizer que quer ficar preso ao velho amor, preso ao velho emprego, preso ao velho sonho, preso em você. Isso é liberdade total! Essa capacidade de dizer que se ama e que vale a pena, "ser feliz é uma doce prisão da nossa liberdadede ser simplesmente o que somos! "
Paulo Roberto Gaefke

ROMEU E JULIETA...


Sabem porque Romeu e Julieta são ícones do amor ?
São falados e lembrados, atravessaram os séculos incólumes no tempo, se instalando no mundo de hoje como casal modelo de amor eterno ?

Porque morreram e não tiveram tempo de passar pelas adversidades que os relacionamentos estão sujeitos pela vida afora.
Senão provavelmente Romeu estaria hoje com a Manoela e Julieta com o Ricardão.

Romeu nunca traiu a Julieta numa balada com uma loira linda e siliconada motivado pelo impulso do álcool.
Julieta nunca ficou 5 horas seguidas esperando Romeu, fumando um cigarro atrás do outro, ligando incessantemente para o celular dele que estava desligado.
Romeu não disse para Julieta que a amava, que ela especial e depois sumiu por semanas.

Julieta não teve a oportunidade de mostrar para ele o quanto ficava insuportável na TPM.
Romeu não saia sexta feira a noite para jogar futebol com os amigos e só voltava as 6:00 da manhã bêbado e com um sutiã perdido no meio da jaqueta (que não era da Julieta).

Julieta não teve filhos, engordou, ficou cheia de estria e celulite e histérica com muita coisa para fazer.
Romeu não disse para Julieta que precisava de um tempo, que estava confuso, querendo na verdade curtir a vida e que ainda era muito novo para se envolver definitivamente com alguém.

Julieta não tinha um ex-namorado em quem ela sempre pensava ficando por horas distante, deixando Romeu com a pulga atrás da orelha.
Romeu nunca deixou de mandar flores para Julieta no dia dos namorados alegando estar sem dinheiro.

Julieta nunca tomou um porre fenomenal e num momento de descontrole bateu na cara do Romeu no meio de um bar lotado.
Romeu nunca duvidou da virgindade da Julieta.
Julieta nunca ficou com o melhor amigo de Romeu.
Romeu nunca foi numa despedida de solteiro com os amigos num prostíbulo.

Julieta nunca teve uma crise de ciúme achando que Romeu estava dando mole para uma amiga dela.
Romeu nunca disse para Julieta que na verdade só queria sexo e não um relacionamento sério, ela deve ter confundido as coisas.

Julieta nunca cortou dois dedos de cabelo e depois teve uma crise porque Romeu não percebeu a mudança.
Romeu não tinha uma ex-mulher que infernizava a vida da Julieta.
Julieta nunca disse que estava com dor de cabeça e virou para o lado e dormiu.

Romeu nunca chegou para buscar a Julieta com uma camisa xadrez horrível de manga curta e um sapato para lá de ultrapassado, deixando-a sem saber onde enfiar a cara de vergonha.
Martha Medeiros

AQUARELA...

CIRINEU...


"A manhã apenas despertara e o homem se levantou..." Na tristeza com que se sentia envolvido, olhou para a filha doente, que gemia no leito pobre. A esposa dormia e ele se preparou para sair antes que ela despertasse com o mau humor habitual. Seu rumo era o mercado, onde ele recolhia os frutos desprezados por aqueles que têm em demasia e desconhecem a dor do estômago vazio. Um movimento inesperado, no entanto, lhe chamou a atenção. Eram gritos e muita correria. O povo se acotovelava formando um cortejo barulhento. Soldados da Roma dominadora e audaciosa conduziam um condenado à morte. O homem parou a observar aquela cena e pensou que aquele prisioneiro era mais infeliz do que ele próprio. As suas dores eram apenas morais: doíam por dentro. Mas aquela criatura se apresentava machucada, sem forças e carregava sobre os ombros um madeiro bruto e pesado. Seus passos eram vagarosos, como num compasso de sinfonia fúnebre. Arcado, a túnica que vestia se arrastava pelo chão, embaraçando-lhe os pés, dificultando-lhe, ainda mais, o caminhar. O cireneu estava extático. O homem estava sendo conduzido para o terrível suplício da cruz. Era sim, muito mais infeliz que ele próprio. Nisto, a voz áspera de um dos soldados lhe ordenou auxiliar o condenado que caíra. Não que o soldado se condoesse da sua dificuldade. É que tinha pressa de se desvencilhar daquela tarefa. O cirineu foi praticamente jogado para debaixo daquela madeira bruta, cheia de farpas. Colocado ombro a ombro com o condenado suspendeu o peso. Sentiu uma dor profunda nos ombros e o olhar daquele "condenado" penetrou fundo na sua alma. "Eram dois olhos de luz estampados numa face de sofrimento." Jamais o cireneu esqueceria aquele olhar. A dor do ombro aumentava. Logo adiante, o prisioneiro voltou a tropeçar e cair e as chicotadas da brutalidade o fizeram levantar-se. Um pouco mais de tempo e o cireneu livrou-se do peso. Agora o madeiro se transformara na cruz erguida para crucificar o condenado. Aquele homem de Cirene, conhecido como cireneu, aguardou que a morte do crucificado se consumasse. Algo nele o atraía, magnetizava-o. Quando tudo terminou foi para casa e, porque chegou de mãos vazias, a esposa o repreendeu. Ele não revidou. Uma paz diferente tomava conta dele. A filha veio correndo e o abraçou: Estou boa, papai! O homem recordou aqueles dois olhos azuis que agradeceram seu auxílio, sem nada dizer. Um perfume sem igual penetrou o lar pobre. A mulher se enterneceu. Uma delicada e sutil presença podia ser sentida pelos três. A vida do cireneu se transformou. Apesar das lutas e dissabores, nunca mais o fantasma do desespero fez morada em sua casa. Curioso, no dia seguinte, foi perguntar a respeito da identidade do condenado. Descobriu que ele se chamava: Jesus de Nazaré. Que Ele entre na sua casa ainda hoje, ainda que como um perfume, transformando a sua vida para sempre.
Paulo Roberto Gaefke

quarta-feira, 23 de julho de 2008

SACUDINDO A TERRA...


Um dia, o cavalo de um camponês caiu num poço. Não chegou a se ferir, mas não podia sair dali por conta própria.
Por isso o animal chorou fortemente durante horas, enquanto o camponês pensava no que fazer.
Finalmente, o camponês tomou uma decisão cruel: concluiu que o cavalo já estava muito velho e não servia mais para nada, e também o poço já estava mesmo seco, precisaria ser tapado de alguma forma.
Portanto, não valia a pena se esforçar para tirar o cavalo de dentro do poço. Ao contrário, chamou seus vizinhos para ajudá-lo a enterrar vivo o cavalo.
Cada um deles pegou uma pá e começou a jogar terra dentro do poço.
O cavalo não tardou a se dar conta do que estavam fazendo com ele, e chorou desesperadamente.
Porém, para surpresa de todos, o cavalo inquietou-se depois de umas quantas pás de terra que levou.
O camponês finalmente olhou para o fundo do poço e se surpreendeu com o que viu. A cada pá de terra que caía sobre suas costas o cavalo a sacudia, dando um passo sobre esta mesma terra que caía ao chão.
Assim, em pouco tempo, todos viram como o cavalo conseguiu chegar até a boca do poço, passar por cima da borda e sair dali trotando.
A vida vai lhe jogar muita terra, todo o tipo de terra. Principalmente se você já estiver dentro de um poço.
O segredo para sair do poço é sacudir a terra que se leva nas costas e dar um passo sobre ela.
Cada um de nossos problemas é um degrau que nos conduz para cima. Podemos sair dos mais profundos buracos se não nos dermos por vencidos. Use a terra que te jogam para seguir adiante!
Recorde as 5 regras para ser feliz:
1 - Liberte o seu coração do ódio.
2 - Liberte a sua mente das preocupações.
3 - Simplifique a sua vida.
4- Dê mais e espere menos.
5- Ame mais e... aceite a terra que lhe jogam, pois ela pode ser a solução, não o problema.

COMECE AGORA...


A amar.
A pensar melhor.
A fazer algo de bom.
A estudar mais.
A trabalhar com propósitos.
A respeitar a si mesmo.
A diminuir o ódio.
A exterminar com a injustiça.
A semear virtudes.
A pensar para falar.
A fazer algo para ajudar.
A observar a vida nos mínimos detalhes.
A compreender mais.
A acreditar em si mesmo.
A realizar sem esperar.
A adquirir princípios.
A dizer a verdade.
A aprender a falar, e calar.
A gostar de crianças.
A respeitar os velhos.
A viver o presente.
A esquecer o mal.
A propagar o bem.
A preservar a natureza.
A respeitar a dor alheia.
A ouvir e compreender.
A não ser vulgar.
A ser simples e leal.
A gostar da vida.
A ser, acima de tudo, gente!
A pensar para acertar.
A calar para resistir.
A agir para vencer.
R. Stanganelli

OS SAPOS...


Se existem três sapos numa folha, e um deles decide pular da folha para a água, quantos sapos restam na folha?
A resposta certa é: Restam três sapos. Porque o sapo apenas decidiu pular. Ele não fez isso. Nós não somos como o sapo muitas vezes?
Que decide fazer isso, fazer aquilo, mas ao final acabamos não fazendo nada?
Na vida temos que tomar muitas decisões.
Algumas fáceis; algumas difíceis.
A maior parte dos erros que cometemos não se devem a decisões erradas.
A maior parte dos erros se devem às indecisões.
Temos que viver com a conseqüência das nossas decisões.
E isto é arriscar.
Tudo é arriscar.
Rir é correr o risco de parecer um tolo.
Chorar é correr o risco de parecer sentimental.
Abrir-se para alguém é arriscar envolvimento.
Expor os sentimentos é arriscar expor-se a si mesmo.
Expor suas idéias e sonhos é arriscar-se a perdê-los.
Amar é correr o risco de não ser amado.
Viver é correr o risco de morrer.
Ter esperanças é correr o risco de se decepcionar.
Tentar é correr o risco de falhar.
Os riscos precisam ser enfrentados, porque o maior fracasso da vida é não arriscar nada.
A pessoa que não arrisca nada, não faz nada, não tem nada, é nada.
Ela pode evitar o sofrimento e a dor, mas não aprende, não sente, não muda, não cresce ou vive.
Presa à sua servidão, ela é uma escrava que teme a liberdade.
Apenas quem arrisca é livre.
O pessimista queixa-se dos ventos.
O otimista espera que mudem.
O realista ajusta as velas.

AGRADÁVEL OU FALSO?


"Eu não sei qual o segredo do sucesso, mas o segredo do fracasso é tentar agradar a toda a gente." (Bill Cosby)

Pode apostar em uma coisa, quando você deixa de fazer algo ou alguma coisa por você, só para agradar uma outra pessoa, você vai ser infeliz e de quebra ainda vai reclamar de ingratidão em breve. Fazer aquele papel de bonzinho, querer agradar todo mundo 24 horas por dia é uma maneira bem rápida de criar malucos e infelizes. O conceito de bondade que anda pela Terra, ainda é aquele de "serviçal", ou seja; confunde-se amizade com escravidão e amor com servidão. Tem até gente que vive ainda pedindo "prova de amor", "prova de amizade", como se isso pudesse ser provado com apenas um ato ou ação.
O bom conceito de bondade é o que envolve a justiça, por isso Jesus reclamou quando um homem se aproximou e chamou-o de "bom homem". Jesus replicou na hora e disse: "Bom? Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus".(MT 19-17).
Jesus era justo, e pregava o amor ao próximo e fazia a justiça. Assim também deve ser a nossa vida, pregar e viver a justiça, por que não existe um só homem neste planeta que é capaz de agradar a todos ao mesmo tempo. Insista em querer ser bonzinho e agradável e você vai se anular, vai deixar de viver para servir aos outros. O pior de tudo é quando você resolve acabar com a "folga" daquela pessoa que você acostumou muito mal, sempre cedendo aos caprichos e desejos mais insensatos. Quando você falar o primeiro "não" com vontade, vai sentir a revolta, a mágoa, e vai receber na cara toda a ingratidão de quem só se aproveitou da situação. Triste, mas é verdade. Valorize-se e seja justo. Se for preciso fazer algo para ajudar uma pessoa e você pode fazer sem atrapalhar a sua vida, faça. Se para ajudar uma pessoa você tiver que deixar os seus esperando ou tirar da sua família para ceder para outros, esqueça, a verdadeira caridade começa na nossa casa, e a sua primeira casa é o seu corpo.
Paulo Roberto Gaefke

As vezes é preciso receber um não, pra que se aprenda a valorizar um sim.

terça-feira, 22 de julho de 2008

SEMEAR...


Quem planta árvores, colhe alimento.
Quem semeia flores, colhe perfume.
Quem semeia o trigo, colhe o pão.
Quem planta amor, colhe amizade.
Quem semeia alegria, colhe felicidade.
Quem planta a vida, colhe milagres.
Quem semeia a verdade, colhe confiança.
Quem planta fé, colhe a certeza.
Quem semeia carinho, colhe gratidão.
No entanto, há quem prefira, semear tristeza e colher desconsolo, plantar discórdia e colher solidão, semear vento e colher tempestade, plantar ira e colher desafeto,
semear descaso e colher um adeus, plantar injustiça e colher abandono.
Somos semeadores conscientes, espalhamos diariamente milhões de sementes ao nosso redor.
Que possamos escolher sempre as melhores, para que, ao recebermos a dádiva da colheita farta, tenhamos apenas motivos para agradecer.

FREDDY COLE (I Loved You...)

HONDA AD - (The Power of Dreams)

COLDPLAY (Viva la vida...)

NANDO REIS (Sou dela...)

LENINE (É o que me interessa...)

AMOR OU AMIZADE? OS DOIS...


No finalzinho da entrevista que Pedro Bial deu à Marília Gabriela, quando foi questionado sobre relacionamentos, ele deu uma lição que serve para todo mundo: trate seu amor como você trata seu melhor amigo. Sei que isso parece falta de romantismo, mas é o conselho mais certeiro.
Não era você que estava a fim de uma relação serena e plenamente satisfatória? Taí o caminho. Vamos tentar elucidar como isso se dá na prática. Comecemos pelo exemplo que o próprio Bial deu: você foi convidado para o casamento de uma prima distante que mora onde Judas perdeu as botas, você tem que ir porque ela chamou você pra padrinho. Como é que os casais costumam combinar isso?
“Não tem como escapar, você vai comigo e pronto”. Ou seja, um põe o outro no programa de índio e nem quer saber de conversa. É assim que você convidaria seu melhor amigo? Não. Você diria: “Putz, tenho uma roubada pela frente que você não imagina. Me dá uma força, vem comigo, ao menos a gente dá umas risadas…”.
Ficou bem mais simpático, não ficou? Como esta, tem milhões de situações chatas que você pode aliviar, apenas moderando o tom das palavras.
Pro seu marido: “Você nunca repara em mim, não deu pra notar que cortei o cabelo? Será que sou invisível?” Mas pra sua melhor amiga: “Ai, pelo visto meu cabelo ficou medonho e você está me poupando, né? Pode dizer a verdade, eu agüento”.
Pra sua mulher: “Você já se deu conta da podridão que está este sofá? Não dá pra ver que está na hora de trocar o tecido?” Mas pra sua melhor amiga: “Deixa a pizza por minha conta, eu pago, assim você economiza pra lavar o sofá. A não ser que este seja um novo estilo de decoração…”
Risos + risos+ risos.
Maneire. Trate seu amor como todas as pessoas que você adora e que não são seus parentes. Trate com o mesmo humor que você trata seu melhor amigo, sua melhor amiga. Até porque, caso você não tenha percebido, é exatamente isso que eles são.
“Grandes Realizações são possíveis quando se dá importância aos pequenos começos”

Martha Medeiros

GOSTO DE VOCÊ...


Pela amizade que você me devota, por meus defeitos que você nem nota…
Por meus valores que você aumenta, por minha fé que você alimenta…
Por esta paz que nós nos transmitimos, por este pão de amor que repartimos… Pelo silêncio que diz quase tudo, por este olhar que me reprova mudo…
Pela pureza dos seus sentimentos, pela presença em todos os momentos…
Por ser presente, mesmo quando ausente, por ser feliz quando me vê contente…
Por ficar triste, quando estou tristonha, por rir comigo quando estou risonha…
Por repreender-me, quando estou errada, por meu segredo, sempre bem guardado…
Por seu segredo, que só eu conheço, e por achar que apenas eu mereço…
Por me apontar pra DEUS a todo o instante, por esse amor fraterno tão constante…
Por tudo isso e muito mais eu digo “OBRIGADA POR ESTAR COMIGO!!!”

NOVO TEMPO...


Sou folha em branco que o vento traz, sou esperança de dias melhores, sou o desejo de mudança, sou como uma criança, que se dedica ao que faz, brincando horas e horas com o invisível.
Sou uma manhã de sol, depois de uma chuva rápida, sou o cheiro da Terra molhada que embriaga, sou o alvorecer com pássaros cantando, sou a floresta úmida e cheia de vida, sou o rio caudaloso que desce a montanha. e que chega tão sereno perto da sua casa, sou a sua casa simples, limpa, seca e aconchegante. Sou abrigo de quem busca refúgio, sou médico de almas, sou a Luz.
E se você ainda não me encontrou, se não sabe quem eu sou, sou aquele que te conhece profundamente, o que vê além das aparências, Conheço a sua intimidade, e mesmo percebendo seus defeitos, sou aquele que espera, que confia, aquele que acredita em você, sempre,
Por isso, estou aqui, mais uma vez, trazendo um presente sem igual, "o dia de hoje", que representa o recomeçar, oportunidade bendita de acertar, de corrigir erros, de fazer algo novo, com a certeza de que podes comigo contar.
Mas por favor, não me procure na cruz, ela está vazia, o tempo da dor acabou, sou o novo dia, o novo tempo, o calor ,sou Jesus, sou o Amor.
Paulo Roberto Gaefke

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Israel Kamakawiwo'ole - Somewhere Over The Rainbow

PERSISTÊNCIA...


Um homem investe tudo o que tem numa pequena oficina. Trabalha dia e noite, inclusive dormindo na própria oficina. Para poder continuar nos negócios penhora, com muito pesar, as jóias da esposa. Quando apresentou o resultado final de seu trabalho a uma grande empresa, disseram-lheque seu produto não atendia ao padrão de qualidade exigido. O homem desistiu? Não! Volta para a escola por mais dois anos, sendo vítima de grande gozação por parte de seus colegas, e de alguns professores que o tachavam de “visionário”. O homem ficou chateado? Não! Após dois anos, a empresa que o recusou finalmente fecha contrato com ele, porém, durante a guerra, sua fábrica é bombardeada duas vezes, sendo que grande parte dela foi destruída. O homem se desesperou e desistiu? Não! Reconstrói sua fábrica mas, um terremoto novamente a arrasa. Essa é a gota d água. O homem desistiu? Não! Imediatamente após a guerra segue-se uma grande escassez de gasolina em todo o país, e este homem não pode sair de automóvel nem para comprar comida para a família. Ele entra em pânico e desiste? Não! Criativo como de costume, ele adapta um pequeno motor à sua bicicleta, e sai às ruas. Os vizinhos ficam maravilhados e todos querem também as chamadas “bicicletas motorizadas”. A demanda por motores aumenta muito, e logo ele fica sem mercadoria. Decide então montar uma fábrica para essa novíssima invenção. Como não tinha capital, resolveu pedir ajuda para mais de quinze mil lojas espalhadas pelo país. Como a idéia é boa, consegue apoio de mais ou menos cinco mil lojas, que lhe adiantam o capital necessário para a indústria. Encurtando a história: hoje a Honda Corporation é um dos maiores impérios da indústria automobilística japonesa, conhecida e respeitada em todo o mundo. Tudo porque o sr. Soichiro Honda, seu fundador, não se deixou abater pelos terríveis obstáculos que encontrou pela frente. Portanto, se você vive hoje momentos difíceis, como quase todo o mundo, não se deixe desanimar e persista. A vida reserva um prêmio maravilhoso para aquele que persiste, que tem fé, e que não se deixa abalar pelo desânimo. O que sabemos é uma gota. O que ignoramos é um oceano. E se mesmo depois de uma vida inteira de persistência, você não conseguir desfrutar do conforto material desejado, saiba que conquistou algo muito maior, muito mais duradouro do que os tesouros da terra. Você conquistou um dos tesouros do coração e que chamamos de “virtude”.
Pense nisso!

A marcha do tempo é inexorável. De qualquer forma as horas se sucedem. Utilize-as de maneira digna, mesmo que a peso de sacrifícios. Tudo na vida constitui convite para o avanço e a conquista de valores, na harmonia e na glória do bem.
(Desconheço a autoria)

ACREDITAR NA VIDA...


É ter esperança no amanhã.
Saber que após a noite vem o dia.
Viver intensamente as emoções!
Pular de alegria.
Não invadir o espaço alheio.
Ser espontâneo.
Apreciar o nascer e o pôr-do-sol.
Amar as pessoas incondicionalmente.
Aproveitar todos os momentos.
Fazer trabalhos voluntários.
Vencer a depressão.
Confiar na intuição.
Perdoar as pessoas.
Estimular a criatividade.
Não se prender a detalhes.
Brincar como uma criança.
Chorar de felicidade.
Deixar pra lá.
Ter pensamentos positivos.
Respeitar os sentimentos dos outros.
Rir sozinho.
Saber trabalhar em equipe.
Ser sincero.
Encontrar a felicidade nas pequenas coisas.
Entender que somos pessoas únicas.
Não se apegar a bens materiais.
Adorar um dia de chuva.
Enxergar além das aparências.
Descobrir que precisamos dos outros.
Esquecer o que já passou.
Buscar novos horizontes.
Perceber que somos humanos.
Vencer a nós mesmos.
Ver a beleza da alma.
Sair da passividade.
Saber que a vida é conseqüência das nossas atitudes agora.
Não adiar as decisões.
Mimar a criança interior.
Deixar acontecer...
Praticar a humildade.
Adorar o calor humano.
Curtir pequenas vitórias.
Viver apaixonado pela vida.
Visualizar só coisas boas.
Entender que há limites.
Ver a vida com outros olhos e mentalizar o positivo.
Ter auto-estima.
Colocar sua energia positiva em tudo que realizar.
Só se arrepender do que não fez.
Fazer parcerias com amigos e crescer juntos.
Dormir feliz.
Emanar vibrações de amor.
Saber que estamos só de passagem.
Melhorar os relacionamentos.
Aproveitar as oportunidades.
Ouvir o coração e Acreditar na Vida.
VIVA a VIDA INTENSAMENTE e seja Feliz hoje e sempre!

SEJA O SEU FALAR...


Ao escrever ou falar de amor, você corre o risco de ninguém ler ou ouvir, mas ao praticar um ato de generosidade, cheio de amor, ainda que ninguém veja, você deixa marcas inconfundíveis e provoca mudanças indeléveis.
Ao falar da divindade que você acredita, muitos poderão duvidar e até sair de perto, achando que você é fanático ou infantil, mas quando você pratica o que aprendeu, quando seu falar e seu andar são condizentes com o que você prega e diz acreditar, você passa a evangelizar mesmo sem querer.
Ao educar os filhos, alunos ou companheiros de trabalho, você corre o risco de não te ouvirem, podem até não entender o seu recado, mas ao te observarem no seu mover e no seu falar, na prática diária do seu viver, você pode deixar um rastro de admiração e assim, fazer nascer aquela vontade de fazer igual, isso se chama respeito, e deixa marcas eternas.
Por isso, não se "descabele" gritando como louco, nem use um chinelo para educar, muito menos crie regras dolorosas para punir, onde o ódio e o rancor chegam, os corações se enchem deles, mas onde o amor impera, parece um rastilho de pólvora, que se espalha produzindo labaredas, contaminado as pessoas.
Se um tapa marca a pele, e deixa dor e rancor, um gesto de amor marca a alma, e se transforma em doce saudade, inesquecível como quem oferece a mão na hora certa.
Seja aquilo que você acredita, o mundo precisa de atitudes do bem, seja uma delas!
Paulo Roberto Gaefke

domingo, 20 de julho de 2008

O AMOR NUNCA PÁRA...


Não desista de um amor simplesmente por causa dos obstáculos. Na vida real é preciso evoluir e superar novos desafios.

Ninguém é perfeito, estamos sempre aprendendo.
Houve um homem que passou a vida inteira procurando a mulher perfeita. Terminou solitário, e um amigo o consolou: “Que pena, você passou a vida procurando a mulher perfeita e não a encontrou”. O homem, então, respondeu: “Não, eu a encontrei”. Curioso, o amigo quis saber: “Por que não ficou com ela?” E ele respondeu: “Porque ela não quis, estava procurando o homem perfeito”. Quem disse que se você encontrar o parceiro perfeito ele vai ficar com você? Quando duas pessoas se conhecem, procuram aperfeiçoar-se no amor porque o amor não existe antes da experiência, ele se constrói com a experiência, com a evolução. Esse é o amor que verdadeiramente transforma as pessoas. Certa ocasião, eu estava na Índia com um guru quando um rapaz o procurou: “Mestre, minha esposa é muito chata, muito encrenqueira, e eu estou querendo deixá-la”. O guru perguntou se ele a amava. “Sim, muito”, respondeu o rapaz. ”Então você deveria ficar com ela”, disse. “Mas, mestre, ela é muito chata.” Amar seu filho quando você chega em casa e o encontra limpo, carinhoso, dizendo: “Pai, eu te amo” pode ser um amor bonito, mas sem glória. É completamente diferente de você chegar exausto do trabalho, gripado, querendo tomar um banho e dormir e encontrar seu filho doente. Seus planos mudam. Você passa a noite cuidando dele e, de manhã, quando o sol começa a entrar pela janela, você percebe que com seu carinho e sua dedicação ajudou-o a se recuperar. Nesse momento você descobre sua capacidade de amar. E o mestre prosseguiu: “Quando você chega em casa e sua mulher está bonita e perfumada, cuidando de você e dizendo ‘eu te amo’, esse amor é bonito, mas não evolui. O crescimento só acontece quando seu afeto não é condicionado às circunstâncias”. Nunca desista de um amor simplesmente por causa dos obstáculos. Aquele conto de fadas que acabava com a frase “eles viveram felizes para sempre” não passa mesmo de conto de fadas. Na vida real é preciso evoluir e superar novos desafios. Amar alguém é desejar evoluir juntos. Casar pensando apenas no romance representa uma passagem para o mundo da depressão. Não vai funcionar. O bom do amor, além do romance, é olhar para trás e ver quanto vocês evoluíram, imaginar o futuro e saber que ainda existem muitas conquistas para realizar juntos. Confiai, e verás as maravilhas em tua vida!
Roberto Shinyashiki

A PESSOA CERTA...

VOCÊ É FRUTO DAS SUAS ESCOLHAS...

COMPLETELY... (tradução)

PROPAGANDA FANTÁSTICA...

O QUE FAZ VOCÊ FELIZ...

SUPERE-SE...

PRECE AMIGA...


Ofereço a você, para que fique na sua alma e para oferecer para alguém especial e que assim, possamos nos abençoar, numa corrente de amor, fraternidade e paz.
'Eu desejo: Que o seu caminho seja plano, que as subidas sejam amenas, e as descidas suaves.
Que o vento sopre como brisa, que a chuva lave a sua alma, que os campos sejam floridos, e às árvores dêem frutos.
Que os pássaros cantem delicadas melodias, que as flores fiquem mais perfumadas, que o mar traga fartura, e que o rio siga seu curso.
Que as dores sejam passageiras, que a saudade seja doce lembrança, e que o Sol aqueça seu coração.
Que os amigos sejam presentes, que o amor seja uma constante, e até que a vida nos reúna outra vez, porque você é muito importante pra mim, eu peço nesta pequena oração, que Deus lhe guarde, abençoe e prospere, todos os dias da sua vida. Hoje e sempre, Amém'
Paulo Roberto Gaefke

sábado, 19 de julho de 2008

O PÃO DA ALEGRIA É VOCÊ...


Deixe-se levar pelo otimismo, pela certeza de dias melhores, e não se espante se conquistar algo novo, nem fique com cara de bobo diante da vitória.
Os otimistas seguem conquistando até dormindo, é um código de honra do Universo: "tudo conspira a favor dos que confiam", por isso, segue trabalhando, ainda que em busca de um novo trabalho, ame muito, segue amando, ainda que em busca de um novo amor. Tenha paciência com as suas faltas, para poder desculpar as dos outros, perdoe-se para seguir perdoando.
Só não deixe de sorrir, não se deixe contaminar pelos pessimistas, nem seja você o que carrega a notícia ruim.
Descarte as más notícias, observe o campo, onde o trigo cresce mesmo misturado ao joio, sabe que lá na frente, a foice vai cortar o que não presta, e ele vai reinar absoluto, ainda que seja para ir para um moinho, mas é assim, com o peso dessa dor, que se faz o milagre do pão.
Você é o maior milagre de Deus, ainda que esteja no moinho, sofrendo dores, você está sendo refinado, purificado, crescendo e melhorando a cada dia, pão da paz, pão da vida que habita em você.
Não deixe de acreditar, sorrir e seguir adiante, o melhor está apenas por começar...
Paulo Roberto Gaefke

A VIDA É UM RIO...


"Liberdade significa responsabilidade, é por isso que tanta gente tem medo dela." (George Bernard Shaw)

Imagine que a vida é um rio, que de um lado da margem está você e do outro, os seus sonhos. Muitas pessoas conseguem enxergar facilmente a margem do outro lado do rio porque colocam seus sonhos em local de fácil alcance, onde podem avistar sempre. Outros no entanto, colocam seus sonhos tão longe de suas vistas, desejam coisas tão malucas, que nem com o binóculo mais potente conseguem enxergar o outro lado.
Para chegar aos sonhos, a vida nos oferece um barco chamado "esperança" com dois remos. Um dos remos chama-se "fé", o outro "ação". Muitos possuem tanta fé que usam apenas esse remo para alcançar seus objetivos e o barco da esperança não sai do lugar, fica rodando em volta sem direção e cada vez mais longe do destino.
Outros, ansiosos e truculentos, acreditando em suas forças, pegam apenas o remo "ação" e também não sem do lugar, remam, remam e remam até ficarem cansados e desistirem dos seus sonhos por julgarem impossíveis atravessarem o rio da vida. Normalmente, têm sempre uma desculpa para seu fracasso, e quase sempre é culpa de outras pessoas ou das condições do Universo.
Aqueles que são humildes o bastante para aprender a lição, entram no barco da esperança e pegam os dois remos, unem a fé com a ação e atravessam o rio várias vezes na sua vida, porque aprenderam que não existe conquista apenas pela força e nem vitória apenas com a fé.
Pegue seu barco (esperança), junte os remos(fé + ação) e atravesse o rio da vida com mais tranquilidade.
Paulo Roberto Gaefke
Ocorreu um erro neste gadget