Páginas

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

RECEITA DE ANO NOVO...



Para você ganhar um belíssimo Ano Novo cor do arco-íris, ou da cor da sua paz.

Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido (mal vivido talvez ou sem sentido) para você ganhar um ano não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; novo até no coração das coisas menos percebidas (a começar pelo seu interior) novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha, você não precisa beber champanha ou qualquer

outra birita, não precisa expedir nem receber mensagens (planta recebe mensagens? Passa telegramas?) Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta.

Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumadas nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente.

É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.

Carlos Drummond de Andrade

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

A HORA NÃO É AGORA...

A dieta não começa na segunda.
Início do mês não é para guardar dinheiro.
E Dezembro não é para sair correndo terminando tudo que nem sequer começou.
Abraços podem não ser dados. Beijos não beijados. Mãos podem nunca se encostar e almas nunca se encontrar.
Em 2013, desejo que sua dieta (seja de corpo, seja de alma) comece quando o seu tempo estiver certo.
Afinal, sua força de vontade é bem maior quando faz algo por você do que quando faz pelos outros.
 
Desejo que descubra o que realmente quer da vida. E vá atrás...
As dificuldades vão parecer mais leves quando as encarar por algo que está dentro de você.
E, quando vai atrás do seu sincero desejo, acaba descobrindo que soluções para situações complexas podem ser bem mais simples do que antes imaginava.
 
E desejo que esses últimos dias de 2012 não sejam de cobrança pelo que não foi vivido (ou de culpa pelo que foi).
Pense no que se passou, anote os aprendizados e perdoe os erros. 365 dias a mais despontam no horizonte e eles estão recheados de transformações.
Não espere que eu diga que 2013 será fácil e que tudo ficará bem.
Mas, você tem a possibilidade de viver, tentar e aprender. Afinal, abraços ainda podem ser dados. Beijos beijados. Mãos têm mais chance de se encostar e almas de se encontrar.
A hora pode não ser agora. Mas ela é sempre sua. Aproveite.
E que venha 2013...

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Som Sabadell flashmob



Sem palavras para descrever...

FELIZ LIVRO NOVO...

Encerra-se mais um ano em sua vida...
Quando este ano começou, ele era todo seu.
Foi colocado em suas mãos...
Podia fazer dele o que quisesse...


Era como um Livro em Branco, e nele você podia ter um poema, um pesadelo uma blasfêmia, uma oração.
Podia...
Hoje não pode mais, já não é seu.
É um livro já escrito...
Concluído...
Como um livro que tivesse sido escrito por você, ele um dia lhe será lido, com todos os detalhes, e não poderá corrigi-lo.
Estará  fora de seu alcance.

Portanto...
Antes que termine este ano, reflita, tome seu velho livro e folheie com cuidado...


Deixe passar cada uma das páginas pelas mãos e pela consciência;
Faça o exercício de ler a você mesmo.
Leia tudo...

Aprecie aquelas páginas de sua vida em que usou seu melhor estilo.
Leia também as páginas que gostaria de nunca ter escrito.
 

Não...
Não tente arrancá-las.
Seria inútil...
Já estão escritas.
Mas você pode lê-las enquanto escreve o novo livro que será entregue.
 

Assim, poderá repetir as boas coisas que escreveu, e evitar repetir as ruins.

Para escrever o seu novo livro, você contará novamente com o instrumento do livre arbítrio, e terá, para preencher, toda a imensa superfície do seu mundo.


Se tiver vontade de beijar seu velho livro, beije.
Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele e, a seguir, coloque-o nas mãos do Criador.
Não importa como esteja...

Ainda que tenha páginas negras, entregue e diga apenas duas palavras: Obrigado e Perdão!!!
E, quando o novo ano chegar, lhe será entregue outro livro, novo, limpo, branco, todo seu, no qual irá escrever o que desejar...


FELIZ LIVRO NOVO!!!

TUDO SERÁ DADO...

Não perca tempo com o que disseram.
Nem se perturbe com o que haverão de pensar.
Antes, realize o sonho da sua alma aflita.
Viva todo o bem que pode ser vivido.
Perdoe sem distinção.
Ore pelos que lhe afligem.

Tenha misericórdia dos rejeitados.
Faça coisas que estão ao seu alcance.
Doe sangue, abrace mais, fale de coisas alegres.

Não se deixe levar pelas intrigas.
Que não saia da sua boca uma fofoca, uma maledicência.
Entregue-se a verdade e a verdade mostrará caminhos retos.
Não se compraza com o mal, não se cale diante das injustiças.
Serve apenas um Deus, o da verdade, o da justiça.
Não por medo ou recompensas de eternidade,
mas por respeito a sua própria individualidade.

Que o seu dia seja doce, porque doces são os teus gestos.
Que a sua semana seja de alegrias, reflexo do seu sorriso.
Que o seu mês seja abençoado, pelas bençãos que você distribui.
Que o seu ano seja de muita fartura, porque você sabe doar sem fazer alarde.

Quem já aprendeu, tudo merece, tudo pode, tudo conquista.
Porque junta tesouros onde deve juntar:

"... juntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam.
orque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. " Mateus 6:20-21

Paulo Roberto Gaefke

DESCREVO A VIDA...

Descrevo a vida com belas palavras,
uso frases floreadas, alegria e contentamento.
Viver é uma arte fina, que todos podem desfrutar.
Basta saber dosar, o querer, o ter e o ser.
Assim, quem se contenta com o que tem,
segue conquistando muito além,
e quem não se contenta, vive com um vazio na alma,
nada sacia nada revigora, nada contenta.


Descrevo a dor com palavras curtas.
Na verdade, uso até apelidos meio chulos para lidar com ela.
Trato-a como se fosse um hóspede passageiro na minha casa.
Sei que está ali, mas que em breve vai partir.
Por isso, comemoro antecipadamente a partida da dor.
E não faço questão nenhuma de me demorar nela.
Da dor retiro as lições importantes e é só.
Assim, a vida, que é o sentido maior, se torna sempre festiva.
E não tem tempo para a dor e a melancolia.
Descrevo por fim o amor.
Esse sentimento que não mede palavras.
Todo superlativo é pouco, e os adjetivos,
incapazes de descrevê-lo tão bem.
Amor é oração, dessas que guardamos na memória e invocamos sempre.
Com amor, tudo faz sentido, tudo se perdoa, se releva e se revela.
Sem amor, nada compreendemos a alma emburrece, o dia anoitece,
nada se esclarece e o sofrimento é inevitável.
Triste de quem vive sem amar,
Pessoa amarga, quase que intragável…
Descrevo você como pessoa importante, gente que merece ser feliz.
E se está passando por algum momento duro, prova ou luta difícil.
Chamo a sua atenção para a grande verdade que não se esconde:
Use palavras de otimismo para chamar a vida de minha amiga.
Não se fixe na dor, e nunca, em hipótese nenhuma,
deixe passar a oportunidade de se viver o Amor.
Paulo Roberto Gaefke

DESPEDIDA...

Na verdade, eu vim apenas para me despedir.
Dar um adeus discreto, pois sei que você já nem pensa mais em mim.

E de verdade, sei que o seu pensamento está voltado para o outro, por isso não vou me demorar em longos comentários.
           
Lógico que nosso relacionamento daria uma bela história, em algumas ocasiões, um romance cheio de sentimentos, em outras, um drama capaz de arrancar lágrimas.

Mas, cá entre nós, teve alguns momentos em que só rindo hein?
Cada besteira, cada coisa sem noção...

Então, eu pude observar o seu intimo, sei das suas qualidades e seus "defeitinhos".

Vi você se entregar para uma emoção, chorar diante da televisão, morrer de rir ao reconhecer sua trapalhada, ficar morrendo de raiva ao descobrir uma mentira, e esconder lágrimas no travesseiro, na noite que parecia não ter fim.

Sim, eu vi!

Mas, agora é tempo de nos separarmos.

E de tempo eu entendo, vivo dele e se tivesse mais, mais eu te concederia, pois me agradei da sua companhia.

Está na hora de partir, estou quase no fim, se puder, faça-me um favor, não se esqueça de mim.

Jamais me esquecerei de ti.

Estou indo, agarre-se ao novo que está chegando, viva-o intensamente.

Pois logo, logo, ele também vai passar.
E assim, será a sua vida, sempre um recomeçar, mesmo quando parece uma partida.

Isso não é um adeus, é apenas uma despedida. 
Do seu amigo Ano Velho, desejando-lhe um Feliz Ano Novo.

Paulo Roberto Gaefke

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

ALGO MAIS NO NATAL...

Senhor Jesus!
Diante do Natal, que te lembra a glória na manjedoura, nós te agradecemos:
a música da oração,
o regozijo da fé,
a mensagem de amor,
a alegria do lar,
o apelo a fraternidade,
o júbilo da esperança,
a bênção do trabalho,
a confiança no bem,
o tesouro da tua paz,
a palavra da Boa Nova,
e a confiança no futuro!...
Entretanto, oh! Divino Mestre, de corações voltados para o teu coração, nós te suplicamos algo mais! ...Concede-nos,
Senhor, o dom inefável da humildade para que tenhamos a precisa coragem de seguir-te os exemplos!

Espírito: EMMANUEL
Médium: Francisco Cândido Xavier
Livro: “Luz do Coração” - Edição CLARIM

A PERSONALIDADE E AS CORES...

Verifique na tabela abaixo a sua data de nascimento e qual é a cor correspondente.
Depois é só ler o resumo das suas qualidades.


Dia do Aniversário

23 de Dezembro a 01 de Janeiro VERMELHO
02 de Janeiro a 11 de Janeiro LARANJA
12 de Janeiro a 24 de Janeiro AMARELO
25 de Janeiro a 03 de Fevereiro ROSA
04 de Fevereiro a 08 de Fevereiro AZUL
09 de Fevereiro a 18 de Fevereiro VERDE
19 de Fevereiro a 28 de Fevereiro CASTANHO
01 de Março a 10 de Março AQUA
11 de Março a 20 de Março LIMA
21 de Março PRETO
22 de Março a 31 de Março PÚRPURA
01 de Abril a 10 de Abril INDIGO
11 de Abril a 20 de Abril PRATA
21 de Abril a 30 de Abril BRANCO
02 de Maio a 14 de Maio AZUL
15 de Maio a 24 de Maio DOURADO
25 de Maio a 03 de Junho AREIA
04 de Junho a 13 de Junho CINZA
14 de Junho a 23 de Junho MARROM
24 de Junho CINZA
25 de Junho a 04 de Julho VERMELHO
05 de Julho a 14 de Julho LARANJA
15 de Julho a 25 de Julho AMARELO
26 de Julho a 4 de Agosto ROSA
05 de Agosto a 13 de Agosto AZUL
14 de Agosto a 23 de Agosto VERDE
24 de Agosto a 02 de Setembro CASTANHO
03 de Setembro a 12 de Setembro AQUA
13 de Setembro a 22 de Setembro LIMA
23 de Setembro AZEITONA
24 de Setembro a 3 de Outubro PÚRPURA
04 de Outubro a 13 de Outubro INDIGO
14 de Outubro a 23 de Outubro PRATA
24 de Outubro a 11 de Novembro BRANCO
12 de Novembro a 21 de Novembro DOURADO
22 de Novembro a 1 de Dezembro AREIA
02 de Dezembro a 11 de Dezembro CINZA
12 de Dezembro a 21 de Dezembro MARRON
22 de Dezembro AZUL-PETRÓLEO

SIGNIFICADO DAS CORES

VERMELHO:
Tem uma maneira de ser gentil e afável. É alegre e
despreocupado. Às vezes, gosta de implicar, mas está sempre apaixonado e... gosta de ser amado. É simpática com as pessoas e gosta dessa maneira de ser. Gosta de pessoas com quem consegue falar facilmente e sente-se bem na sua companhia.


LARANJA:
É responsável pelas suas ações e sabe como lidar com as pessoas. Tem sempre objetivos e é competitiva. No que toca à amizade, tem dificuldade em confiar em alguém, mas assim que trava a amizade certa, entrega-se totalmente.


AMARELO:
É doce e inocente. As pessoas confiam nela e lidera as relações. Consegue ter a decisão certa na melhor altura. Está sempre a
sonhar com uma relação muito romântica.


ROSA:
Está sempre a dar o melhor de si e gosta de ajudar as pessoas, preocupando-se com elas. Contudo, é difícil sentir-se satisfeita. Tem pensamentos negativos e, tal como nos contos de fadas, aspira por um amor romântico.


AZUL:
Tem uma fraca auto-estima e é bastante irritável. Tem um espírito artístico e gosta de sentir-se apaixonada, mas deixa fugir o amor, pois ama com a cabeça e não com o coração.


VERDE:
Tem trato fácil com as pessoas. Não é propriamente uma pessoa


tímida e, às vezes, magoa os outros com as suas palavras. Gosta de amar e de ter as atenções das pessoas amadas. Na maioria das vezes, está sozinha, à espera da pessoa ideal.

CASTANHO:
Gosta de ação e desporto. As pessoas têm dificuldade em lidar com ela, mas apaixona-se facilmente. Assim que descobre que não consegue alcançar algo, desiste; mas não fica preocupada.


AQUA:
Os seus sentimentos são instáveis e inconstantes. Está sempre
sozinha e gosta de viajar. É uma pessoa fiável, mas acredita facilmente nas pessoas. Dificilmente encontra a pessoa certa, mas se tal acontece, apaixona-se facilmente. Pode sofrer com isso.


LIMA:
É uma pessoa calma, mas facilmente fica com stress. É ciumenta
e queixa-se de pequenas coisas. Não consegue dedicar-se às coisas de corpo e alma, mas é uma pessoa capaz, e os outros confiam nela.


PRETO:
É uma pessoa corajosa e gosta de desafios. Mas não gosta de
mudanças na sua vida. Assim que toma uma decisão, mantem-na durante muito tempo. A sua vida amorosa é também estimulante e, de certo modo, original.


PÚRPURA:
É uma pessoa misteriosa. Nunca é egoísta e interessa-se facilmente pelas coisas. Os seus dias podem ser felizes ou tristes, dependendo do seu estado de espírito. É popular entre os amigos, mas tem por vezes atitudes impensadas e esquece as coisas com facilidade.


INDIGO:
É atraente e ama a sua vida. Sente a vida com intensidade e facilmente se distrai com isto ou aquilo. Quando se chateia com alguém, dificilmente esquece esse momento.


PRATA:
É uma pessoa imaginativa e tímida, mas gosta de novas experiências. Gosta também de propor desafios a si própria. Aprende com facilidade e gosta de atingir tudo o que é difícil. A sua vida amorosa é normalmente difícil e confusa.


BRANCO:
Tem sonhos e objectivos concretos na vida. É ciumenta e não
reage às contrariedades com muita leveza. É uma pessoa diferente e, por vezes, as pessoas têm-na como um ser superior.


DOURADO:
Sabe muito bem o que está bem e o que está mal. É uma pessoa
alegre, mas de difícil trato. É, para ela, difícil encontrar quem
procura, mas assim que isso acontece, não vai conseguir apaixonar-se outra vez durante muito tempo.


AREIA:
Tem um espírito desportivo e competitivo. Não gosta de perder,
mas está sempre alegre. É uma pessoa fiável e de trato fácil. Escolhe o amor a dedo e não se apaixona com facilidade. Mas assim que encontra a pessoa certa, fica em estado de graça durante muito tempo.


CINZA:
É uma pessoa atraente e muito ativa. Nunca esconde os sentimentos e exterioriza tudo o que vai dentro de si. Mas às vezes é egoísta. Quer dar nas vistas e não gosta de ser tratada com
desigualdade. Consegue melhorar os dias dos outros, pois sabe bem o que dizer na altura certa e tem bom senso de humor.


MARROM:
É inteligente e sabe o que está certo. Gosta de fazer as coisas à sua maneira, mas por vezes pode causar distúrbios e menosprezar a identidade dos outros. Mas, no que toca ao amor, é uma pessoa paciente. Assim que encontra uma pessoa que gosta, é difícil encontrar outra que goste ainda mais.


AZEITONA:
Tem um temperamento quente e despreocupado. Dá-se bem com
familiares e amigos. Não gosta de violência e sabe o que está certo. É gentil e alegre.


AZUL-PETRÓLEO:
Tem muito cuidado com a aparência. É muito exigente no amor. Faz projetos e arranja soluções à medida e dificilmente comete um erro. Gosta de liderar e faz amizades com facilidade.


http://www.meuanjo.com.br

SINAIS DO FIM...

Versículos do Mateus 24 do livro Mateus da Bíblia.

Sinais do fim
1 Ora, Jesus, tendo saído do templo, ia-se retirando, quando se aproximaram dele os seus discípulos, para lhe mostrarem os edifícios do templo.

2 Mas ele lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não se deixará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada.

3 E estando ele sentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Declara-nos quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo.

4 Respondeu-lhes Jesus: Acautelai-vos, que ninguém vos engane.

5 Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão.

6 E ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; olhai não vos perturbeis; porque forçoso é que assim aconteça; mas ainda não é o fim.

7 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá fomes e terremotos em vários lugares.

8 Mas todas essas coisas são o princípio das dores.

9 Então sereis entregues à tortura, e vos matarão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.

10 Nesse tempo muitos hão de se escandalizar, e trair-se uns aos outros, e mutuamente se odiarão.

11 Igualmente hão de surgir muitos falsos profetas, e enganarão a muitos;

12 e, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.

13 Mas quem perseverar até o fim, esse será salvo.

14 E este evangelho do reino será pregado no mundo inteiro, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.

15 Quando, pois, virdes estar no lugar santo a abominação de desolação, predita pelo profeta Daniel (quem lê, entenda),

16 então os que estiverem na Judéia fujam para os montes;

17 quem estiver no eirado não desça para tirar as coisas de sua casa,

18 e quem estiver no campo não volte atrás para apanhar a sua capa.

19 Mas ai das que estiverem grávidas, e das que amamentarem naqueles dias!

20 Orai para que a vossa fuga não suceda no inverno nem no sábado;

21 porque haverá então uma tribulação tão grande, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem jamais haverá.

22 E se aqueles dias não fossem abreviados, ninguém se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.

23 Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis;

24 porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.

25 Eis que de antemão vo-lo tenho dito.

26 Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto; não saiais; ou: Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis.

27 Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do filho do homem.

28 Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão os abutres.

29 Logo depois da tribulação daqueles dias, escurecerá o sol, e a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu e os poderes dos céus serão abalados.

30 Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.

31 E ele enviará os seus anjos com grande clangor de trombeta, os quais lhe ajuntarão os escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.

32 Aprendei, pois, da figueira a sua parábola: Quando já o seu ramo se torna tenro e brota folhas, sabeis que está próximo o verão.

33 Igualmente, quando virdes todas essas coisas, sabei que ele está próximo, mesmo às portas.

34 Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas essas coisas se cumpram.

35 Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras jamais passarão.

O dia e a hora desconhecidos

36 Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai.

37 Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem.

38 Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca,

39 e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos; assim será também a vinda do Filho do homem.

40 Então, estando dois homens no campo, será levado um e deixado outro;

41 estando duas mulheres a trabalhar no moinho, será levada uma e deixada a outra.

42 Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor;

43 sabei, porém, isto: se o dono da casa soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa.

44 Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem.

45 Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o senhor pôs sobre os seus serviçais, para a tempo dar-lhes o sustento?

46 Bem-aventurado aquele servo a quem o seu senhor, quando vier, achar assim fazendo.

47 Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens.

48 Mas se aquele outro, o mau servo, disser no seu coração: Meu senhor tarda em vir,

49 e começar a espancar os seus conservos, e a comer e beber com os ébrios,

50 virá o senhor daquele servo, num dia em que não o espera, e numa hora de que não sabe,

51 e cortá-lo-á pelo meio, e lhe dará a sua parte com os hipócritas; ali haverá choro e ranger de dentes.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

DÁ PRA SORRIR...

Mentiram para nós quando falaram em sofrimento!
O sofrimento pode NÃO existir.
Ele é algo que aprendemos a sentir dentro de uma situação
que contraria a nossa vontade.
A situação existe, mas sofrer dentro dela pode ser escolha nossa.

FINANÇAS
Se o dinheiro está "curto", SORRIA!

O sorriso atrai a prosperidade.

FAMÍLIA
Se estiver havendo conflitos, SORRIA!
O sorriso dissolve as energias pesadas.

TRABALHO
Se o progresso parece lento,
SORRIA!
O sorriso abre portas para novas possibilidades.


AMIGOS
Se alguns o desapontaram,
SORRIA!
O sorriso é um imã para novas amizades.


SAÚDE
Se não está bem,
SORRIA!
O sorriso fortalece as defesas do corpo.


IDADE
Se ela o preocupa,
SORRIA!
O sorriso emite luz de jovialidade.


SOLIDÃO
Se ela o assalta,
SORRIA!
O sorriso conquista boas companhias.


AMOR
Se você está sem nenhum, SORRIA!
O sorriso nos torna mais atraentes.


Há momentos na Vida em que realmente não dá para sorrir.
Nesses momentos sorria para Deus:
ELE HÁ DE LHE SORRIR!

Silvia Schmidt

TONS DE CINZA...

Dor de dente no siso,
compromisso rompido,
relacionamento mal resolvido,
namoro escondido,
um adeus mal esclarecido,
uma pessoa sem juízo,
cheque especial no prejuízo,
briga e mau-entendido,
amigo ofendido,
alma triste, passo indeciso.
 

Noites que parecem não ter fim,
dias que se arrastam...

Tudo fica carregado demais com nossas dores.
A vida já carrega tantas cores em tons de cinza,
e mostra ao mesmo tempo, a beleza do arco-íris,
que vale a pena tentar pintar nossos sonhos com outras cores.
Se você ama o vermelho e só ficou o azul, experimente-o.
Pode nascer uma nova paixão, quem sabe, com sabor verde-limão.
Alegria é o dia que nasce e convida, para uma nova avenida.
Uma nova maneira de se chegar aos velhos lugares.

Arrisque-se!

Tudo pode mudar quando você aceitar que pode mudar.
Que tal agora?
 

Paulo Roberto Gaefke

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

APRENDENDO A VALORIZAR...

"Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve." Malaquias 3.18

Quando eu ainda era um menino, ocasionalmente, minha mãe gostava de fazer um lanche, tipo café da manhã, na hora do jantar. 
E eu me lembro especialmente de uma noite, quando ela fez um lanche desses, depois de um dia de trabalho, muito duro.

Naquela noite longínqua, minha mãe pôs um prato de ovos, linguiça e torradas bastante queimadas, defronte ao meu pai. Eu me lembro de ter esperado um pouco, para ver se alguém notava o fato. Tudo o que meu pai fez, foi pegar a sua torrada, sorrir para minha mãe e me perguntar como tinha sido o meu dia, na escola.

Eu não me lembro do que respondi, mas me lembro de ter olhado para ele lambuzando a torrada com manteiga e geleia e engolindo cada bocado. 

Quando eu deixei a mesa naquela noite, ouvi minha mãe se desculpando por haver queimado a torrada. E eu nunca esquecerei o que ele disse: 

"Adorei a torrada queimada."

Mais tarde, naquela noite, quando fui dar um beijo de boa noite em meu pai, eu lhe perguntei se ele tinha realmente gostado da torrada queimada. 

Ele me envolveu em seus braços e me disse:

"Filho, sua mãe teve hoje, um dia de trabalho muito pesado e estava realmente cansada. Além disso, uma torrada queimada não faz mal a ninguém. A vida é cheia de imperfeições e as pessoas não são perfeitas. E eu também não sou um melhor empregado, ou cozinheiro!" 

O que tenho aprendido através dos anos é que saber aceitar as falhas alheias, escolhendo relevar as diferenças entre uns e outros, é uma das chaves mais importantes para criar relacionamentos saudáveis e duradouros. 

Desde que eu e sua mãe nos unimos, aprendemos, os dois, a suprir um as falhas do outro. Eu sei cozinhar muito pouco, mas aprendi a deixar uma panela de alumínio brilhando. Ela não sabe usar a furadeira, mas após minhas reformas, ela faz tudo ficar cheiroso, de tão limpo. Eu não sei fazer uma lasanha como ela, mas ela não sabe assar uma carne como eu. Eu nunca soube fazer você dormir, mas comigo você tomava banho rápido, sem reclamar. A soma de nós dois monta o mundo que você recebeu e que te apóia, eu e ela nos completamos. Nossa família deve aproveitar este nosso universo enquanto temos os dois presentes. Não que mais tarde, o dia que um partir, este mundo vá desmoronar, não vai. Novamente teremos que aprender e nos adaptar para fazer o melhor.

De fato, poderíamos estender esta lição para qualquer tipo de relacionamento: entre marido e mulher, pais e filhos, irmãos, colegas e com amigos.

Então, se esforce para ser sempre tolerante, principalmente com quem dedica o precioso tempo da vida, a você e ao próximo.  

Essa é a minha oração para você, hoje:

Que possa aprender a levar o bem, o mal, as partes feias de sua vida colocando-as aos pés da cruz. Porque afinal, Ele é o único que poderá lhe dar um relacionamento no qual uma torrada queimada não seja um evento destruidor.

Não ponha a chave de sua felicidade no bolso de outra pessoa, mas no seu próprio. Veja pelos olhos de Deus e sinta pelo coração Dele; você apreciará o calor de cada alma, incluindo a sua.

As pessoas sempre se esquecerão do que você lhes fez, ou do que lhes disse. 
Mas nunca esquecerão o modo pelo qual você as acolheu e valorizou.

Autor Desconhecido
Ocorreu um erro neste gadget