Páginas

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

VENCER A SI MESMO...


Uma atitude que passe por cima das emoções!
É tudo o que muita gente precisa e não consegue fazer.
A razão sabe o que deve ser feito, é o "sistema cognitivo", o lado racional do seu cérebro que lembra um "velho senhor", mas a emoção, movida pelo "sistema limbíco", desliga tudo, e te deixa repetitivo, fazendo de novo o que já sabe que não vai dar certo.
Por isso, o sofrimento aparece, por isso a dor vem se aproximando...
Só você, o "Senhor, ou a Senhora dos Anéis" da sua vida, é que pode tomar uma ATITUDE que mude tudo:
- o relacionamento vampiresco ou doentio;
- a alimentação que te torna escravo de prazeres e doenças;
- do sexo doentio e exagerado;
- dos vícios que matam, lenta ou rapidamente;
- do eterno queixume que a sua vida se transformou;
- da ampliação da fé que você esqueceu em algum lugar;
- do reencontro com a alegria, a base da vida.
- aqui você escreve o que precisa mudar (e que você sabe que precisa mudar).
O caminho é esse: escrever no cérebro diariamente, o desejo da mudança: quer parar de fumar?
fume 1 cigarro a menos por dia, todos os dias; quer emagrecer?
reduza apenas 100 gramas por semana; quer ficar sem dívidas?
não faça novas pelos próximos 2 anos; quer um novo amor?
ande por novos lugares, mude seu visual.
quer acabar com a solidão?
seja solidário(a), seja voluntário.
Ou seja, provoque a mudança que você quer ver realizada.
Uma atitude, só isso, uma ATITUDE firme, decidida e sacudida.
Nada, absolutamente nada, nem ninguém, nem Deus, nem o diabo poderão impedir a sua decisão de vencer.
Somos proprietários da nossa VIDA, temos o livre arbítrio, o poder de decidir, se queremos chorar ou rir,
é só decidir.
O que você quer mudar?
Comece agora, não deixe para amanhã.
A vitória já é sua!
Paulo Roberto Gaefke

"É muito importante combater as moléstias do corpo, mas ninguém conseguirá eliminar efeitos, quando as causas permanecem. Usa os remédios humanos, todavia inclina-te para Jesus e renova-te, espiritualmente, nas lições de seu amor. A doença, quando não seja a advertência das células queixosas "do tirânico senhor" que as domina, é a mensageira amiga, convidando a meditações necessárias."
EMMANUEL

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget