Páginas

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

ENQUANTO É NATAL...


"Eu vim para que todos tenham vida, que todos tenham vida plenamente"
(Jesus Jo 10 , 10)


Enquanto é Natal, deixe o espírito da generosidade se espalhar, não se esqueça dos desvalidos que nada tem, que esperam pelo pão como em todos os dias do ano.
Aqueles que cruzamos e parece que não vemos, os pedintes de toda a sorte que esquecemos.
Enquanto é Natal, deixe o espírito da solidariedade se espalhar.
Visite o doente esquecido no leito de um hospital, o albergado que se esconde da miséria, o presidiário recluso, esquecido, desiludido, o idoso recolhido no asilo das nossas emoções.
Enquanto é Natal, deixe o espírito da perseverança se espalhar, sem esquecer de mais de 1 bilhão de pessoas passam fome, e não será diferente nessa noite.
Enquanto alguns se fartam em mesas onde sobram alimentos, os pobres esperam pela migalha que cai ao chão,
restos da nossa hipocrisia.
Se comemoramos o aniversário de Jesus, porque não agimos como Ele?
Porque não sair pelas ruas buscando os doentes, dividindo o pão, curando enfermos da alma, conversando sobre as coisas do céu, mostrando uma parte do caminho, revelando um pouco da verdade, levando a vida,
como Ele fez.
Enquanto é Natal, seja luz, distribua o seu melhor, espalhe a boa Nova, Ele vive e está entre nós, buscando quem tenha olhos de ver, corações dispostos ao trabalho de plantar esperanças, semear amor para colher um mundo melhor.
Enquanto é Natal, feliz Natal.
Paulo Roberto Gaefke

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget