Páginas

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

DRIBLANDO A VIDA...


Mesmo que tentem me derrubar com críticas e agressões, com as sete vidas de um gato, salto mais alto e continuo acreditando no meu valor.
Julgamento é subjetivo e qualidade só pode ser apreciada por quem a tem.
Mesmo que não reconheçam o que faço de bom, como um esperto cachorrinho de madame, saio na rua de cabeça erguida e quando me perturbam muito, faço de conta que nem é comigo.
Mesmo que aquela pessoa tão especial em minha vida não me ame mais ou do jeito que sonhei...
Sem problema!
Vou namorar em outra praia, continuar vivendo... e muito bem!...
Mesmo nos momentos difíceis, em que lágrimas nublam meus olhos e não me deixam andar, dou um tempo...
Depois da tempestade, corro atrás da alegria, pelos bons ventos que o destino soprar.
Mesmo debaixo de chuva ou de sol, estou aí, com braços abertos para dar carinho a quem amo e abraçar o melhor que a vida tem pra dar.
E com DEUS a guiar meus passos, sem medo e sem pressa, mais confiante do que nunca, vou driblando essa vida.
Angela Moura

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget