Páginas

domingo, 2 de agosto de 2009

DE ARREPENDIMENTO...


Todo mundo conhece uma velha expressão popular: “se arrependimento matasse…”.

Acontece que arrependimento mata, se não procurarmos consertar o mal que fizemos. Ninguém pode se arrepender, e pronto. É preciso fazer alguma coisa, ou o remorso vai corroer nossas vidas. Só o desejo de agir justifica o pensamento sobre uma ação já executada.
Sempre é possível pedir perdão, reparar um mal, recuperar algo que destruímos, mesmo quando a morte já se colocou entre nós e a pessoa a quem causamos mal. Neste caso, oramos pedindo que nos desculpe, e procuramos fazer um bem desinteressado a outro, oferecendo a tarefa em intenção de sua alma.
Sempre é possível fazer alguma coisa.
Paulo Coelho

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget