Páginas

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

RENOVAÇÃO...


Vejo daqui, do lugar mais alto, seres humanos correndo como baratas tontas, atrás do vento que soprou mais forte,
atrás do sonho embalado em papel celofane dourado, atrás da imagem que ele mesmo criou, fantasias da perturbação...

Almas aflitas entregando-se ao sofrimento, perdidas em desejos tão tolos, jogadas ao vento:
a vida é tão simples, pede atitudes serenas, pede dedicação ao bem, elevação de pensamentos, e os homens se perdem em disputas tolas.

Uns querem ser mais sábios, e humilham o próximo, outros querem ser mais fortes, e massacram os indefesos.
Há os que querem ser mais belos e deformam o corpo.
Vaidade tola, tempo perdido, sofrimento desnecessário.

A vida tem estradas definidas.
Rotas seguras que o homem pode seguir, mas ele insiste em criar atalhos, criando pontes que levam o nada ao lugar nenhum.
Estradas de ilusão, terra de sonhos vãos...

Será que há tesouro maior que uma família reunida?
Será que existe bem mais valioso que a saúde?
Será que existe jóia mais valiosa que a paz?
Será que há festa mais preciosa que uma boa noite de sono?
Será que existe roupa mais bela que o próprio corpo?
Será a formatura, mais importante que o conhecimento adquirido?

É chegado o tempo de definir de verdade, o que importa para sua vida, para sua felicidade.
Esquecer as dores do passado, construir um novo dia, com tijolos firmes da esperança, porque a eternidade é uma criança, e você, o alicerce do mundo, base da renovação, haste da flor, deste novo tempo que desejamos, cheio de amizade e amor.

Para que tudo comece mudar, por favor:
- Não desista de você!

Paulo Roberto Gaefke

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget