Páginas

quinta-feira, 22 de julho de 2010

SABER O LUGAR CERTO...


"...voa o gavião pela tua inteligência, e estende as suas asas para o sul?" Jó 39:26

Há mistérios na natureza que nem mesmo o homem do século XXI, o homem das mais altas tecnologias, consegue compreender.

Entre esses fenômenos, apontamos o vôo cíclico das aves migratórias.
Em determinado tempo voam para o norte, depois, no tempo certo, voam para o sul, com paragens certas, quase cronometradas, sem erro algum.
Isto dá-se com determinadas aves, alguns mamíferos, peixes e, até, insetos.

Como sabem eles a hora de partir e o tempo de retornar?

Como não se enganam nos pousos para descansar e nas longas rotas que seguem?

O que os mantém quando sobrevoam os mares, oceanos, planícies e desertos?

Muitos cientistas têm procurado respostas definitivas, por longos anos, mas não têm mais que algumas pistas e vagas suposições.

Há bem pouco tempo, certo ornitólogo dizia:

"Tenho feito várias experiências, estudos complexos, mas ainda não sabemos como é que os pombos correio encontram o caminho de volta para casa".

Estes fatos e as muitas fantásticas coisas da natureza deviam convencer-nos da realidade de um grande, Onisciente e Onipotente Criador e levarem-nos a crer n'Ele, a confiar n'Ele e aceitá-LO tal como Ele é - DEUS É SENHOR.

Que bom seria que o homem aprendesse com a mãe natureza a realidade do Deus Criador e se preparasse, via confissão, arrependimento e aceitação, a esperar o momento de estar perante Ele, aclamando-O como SENHOR!

"O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus." Filipenses 4:19

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget