Páginas

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

HUMILDADE JÁ!


Não faça dos seus sentimentos uma arma.
Não crie uma frustração por causa da sua expectativa.
Nem sempre o que você quer, é o que vai acontecer.
Por isso, pelo sim ou pelo não, continue trabalhando.
Mostre para a vida a determinação em seguir amando, aposte suas fichas na amizade sincera, mas não queira cobrar dos amigos, aquilo que nem você conseguiu ainda realizar.

Muita gente não fala mais com os pais, por frustrações pessoais tolas ou brigas acaloradas por pura incapacidade de expressar o amor.
Muitos amigos se perderam na estrada, pela falta de sensibilidade de um deles, ao esperar por algo que não foi combinado.
Muitos relacionamentos desfeitos pelo ciúme, pela possessividade, que é sempre negativa.

Leve com você a certeza, de que o amor é leve, a amizade é sublime, a esperança doce, os laços familiares eternos,
e o orgulho, esse mal que cresce na alma, é fruto da imaturidade caprichosa dos nossos desejos.
Por isso sofremos, magoamos, perdemos o eixo.
Resultado: a solidão, o abandono, o gosto amargo na boca.
Encha-se da humildade que liberta e sorria para a vida.
Espere das pessoas somente o que elas podem oferecer, assim a vida será sempre uma adorável surpresa, e até aquele menor gesto de carinho, será pra você, digno de uma lágrima emocionada.

A humildade é a chave de uma porta mágica, chamada felicidade, que começa na simplicidade do dia, e se fecha, na eternidade.

Paulo Roberto Gaefke

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget