Páginas

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

ACOMODAÇÃO...


Tudo bem, de vez em quando é preciso aceitar um emprego "meia-boca".
Assim, como também é possível, vez em quando, viver um romance problemático.
Sabe como é, a gente sofre de algumas carências...

Tem época da vida que até é aceitável aquele salário de fome, aquela "humilhação" de ter que fazer o que não nos agrada.
Mas, eu vou te contar, o que tem de gente acomodada na situação ruim não é brincadeira.

Vejo pelas ruas, noivados de 8, 9, 12 anos que acabam pelo tédio, gente despedida do emprego depois de 20 anos no mesmo cargo, gente amargurada com uma "raiva" de anos atrás, pessoas carregando mágoas tão bestas, que por vezes, nem se lembram mais do motivo...

Acomodação é a derrota pessoal do ser humano, é a entrega dos pontos para o destino que cavamos com as próprias mãos.
é a sepultura rasa do conformismo que enterra sonhos.
Por favor, ao ler esta mensagem, não a trate como mais um recado, antes, pare para uma reflexão da preciosidade que é a sua vida.

Do tempo que não temos para jogar fora com besteiras.
Faça uma limpeza no seu "armário da vida", jogue fora as mágoas passadas, os erros cometidos, o medo do nada, o medo de tudo.

Jogue fora as relações podres, humilhantes, o que desgasta só de falar, a "religiosidade falsa" que pede para tudo esperar...

É tempo de arregaçar as mangas e fazer, diante do salário miserável vá vender balas nas ruas,
seja o seu patrão.
Diante do amor que humilha, diga NÃO, diga "
CHEGAAAAAAAAAA".
Parta para outra, a vida é feita de
INFINITAS POSSIBILIDADES.

Não tenha medo de arriscar-se, de ser feliz.
A Felicidade realmente dá trabalho, mas é esse trabalho que se traduz na alegria, é a conquista pessoal que te faz mais gente, uma pessoa melhor.

Não se ACOMODE EM NADA.

Se você tem uma família feliz, agarre-se a ela, valorize-a, se não tem, é tempo de construi-lá.
O que você ainda está pensando?
Tá demorando por que?
Arregace as mangas e vamos lutar, e quem estiver contra você, avise: sai da frente que o meu trem é potente!
Piuuuuuiiiiiiii...

Paulo Roberto Gaefke

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget