Páginas

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

A VIDA É O QUE É...

Há pessoas que perdem-se tanto nos porquês que esquecem-se de viver. Elas querem compreender e o tempo não fica esperando a compreensão do que, em muitas ocasiões, ultrapassa nosso entendimento.
A vida é o que é!
Quando aceitamos o que recebemos, vivemos melhor. Quando as adversidades nos ensinam a nadar, atravessamos o mar. Quando as barreiras dizem que não podemos e não somos capazes, podemos nos redobrar de forças e vencer os obstáculos.
O que não podemos é ficar sentados esperando para ver o que vai acontecer amanhã ou depois, negar o que temos nas mãos, mesmo se não pedimos, na brincadeira do faz de conta que não recebi.
Não podemos fugir da realidade do que vivemos, nos trancar dentro de casa por que um avião pode cair, ou não sair da calçada porque podemos escorregar.
Não podemos nos impedir de viver e viver implica não só ter coisas boas, agradáveis e bonitas, mas também o feio, o triste, o inesperado e o doloroso.
São as cores que matizam-se, que dão aquele toque especial ao quadro da nossa vida. E isso não nos cabe compreender, cabe-nos simplesmente viver.


Letícia Thompson

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget