Páginas

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

VIVA JÁ!

Tudo que temos é o agora. As medidas de nossa paz de espírito e de nossa eficácia pessoal são determinadas por quanto somos capazes de viver o momento presente. A despeito do que aconteceu ontem ou do que possa acontecer amanhã, o agora é o momento em que se está.


Desse ponto de vista, a chave para a felicidade e para o contentamento deve ser a focalização de nossas mentes no momento presente! Uma das coisas mais lindas a respeito das crianças é o fato de elas se envolverem completamente no momento presente.

Elas conseguem se envolver por completo em qualquer coisa que estejam fazendo – seja observar um besouro, fazer um desenho, construir um castelo de areia ou qualquer coisa em que decidam aplicar suas energias. Mas, conforme nos tornamos adultos, muitos de nós aprendemos a arte de pensar e de nos preocupar a respeito de muitas coisas ao mesmo tempo.


Conseguimos deixar que nosso problemas passados e nossas preocupações com o futuro invadam e povoem o nosso presente de modo a nos tornarmos deprimidos e ineficazes. Também aprendemos a protelar nossos prazeres e nossa felicidade, muitas vezes desenvolvendo o conceito de que, em algum ponto do futuro, tudo será melhor do que agora.

Mas a questão é: nenhum de nós tem a garantia de que estará aqui amanhã. Por isso o agora é tudo o que temos! Viver o agora implica em desfrutar o que quer que estejamos fazendo, pelo simples fato de fazê-lo, e não apenas pelo resultado final.

Viver o agora significa expandir percepções para tornar o momento presente mais agradável. Cada um de nós tem a opção, momento a momento, de escolher viver de verdade, de se absorver, de permitir ser tocado e afetado pelas coisas. E todas as vezes em que vivemos o momento presente, afastamos o medo de nossas mentes.

Em essência, o medo é a preocupação com eventos que podem acontecer em algum ponto do futuro. Viver o momento inclui agir sem medo das conseqüências; significa fazer esforços para que haja envolvimento, sem a preocupação de haver ou não uma recompensa justa por isso.

Na verdade, o tempo não existe, exceto como um conceito abstrato na sua cabeça. O momento presente é o único tempo que você tem. Faça algo desse momento!

Andrew Matthews, no livro "Seja Feliz"

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget