Páginas

sexta-feira, 1 de junho de 2012

OS PRINCÍPIOS DO CENTRO...

Ao centrarmos nossas vidas em princípios corretos, criamos uma base sólida para o desenvolvimento dos quatro fatores que sustentam a vida: segurança, sabedoria, orientação e poder.


Nossa segurança vem do conhecimento de que os princípios corretos não mudam. Nós podemos confiar neles... Os princípios são verdades profundas, fundamentais, verdades clássicas. São linhas estreitamente interligadas que tecem a vida com exatidão, consistência, beleza e força. Mesmo em meio a pessoas ou ocasiões que parecem ignorar os princípios, podemos nos consolar com a certeza de que estes são maiores do que as pessoas ou as circunstâncias... E, mais importante ainda: podemos ficar tranqüilos por saber que podemos comprovar a validade deles em nossas vidas, através de nossa própria existência...Nosso conhecimento e compreensão dos princípios corretos se restringem em função da falta de consciência de nossa própria natureza e do mundo a nossa volta... A compreensão do princípio do amadurecimento nos permite sair em busca dos princípios corretos, com a certeza de que, ao aprender mais, conseguimos focalizar com maior clareza as lentes através das quais vemos o mundo. Os princípios não mudam. A noção que temos deles sim.


A sabedoria e a orientação que acompanham a vida centrada nos princípios derivam de “mapas corretos” que permitem que vejamos claramente aonde desejamos ir e como chegar lá.


O poder pessoal, que acompanha a vida centrada nos princípios, vem da autoconsciência, da compreensão, e não se limita em função das atitudes, comportamentos e ações dos outros. A única limitação real do poder encontra-se nas conseqüências naturais dos próprios princípios. Somos livres para escolher nossas ações, mas não somos livres para escolher as conseqüências.


Os princípios têm conseqüências naturais vinculadas a eles: positivas, quando vivemos em harmonia com eles; e negativas, quando os ignoramos.


Enfim, quanto mais conhecemos os princípios corretos, maior é nossa liberdade pessoal para agir com sabedoria.


Stephen R. Covey, no livro "Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes"

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget