Páginas

segunda-feira, 23 de julho de 2012

NAS LINHAS...

Escreva nas linhas bem traçadas do seu coração.
Que o amor sempre vale a pena, enquanto a dor for pequena.
Que o amor não vale pelo sofrer.
Vale pelo que vale a pena viver.


Escreva então, nas linhas da sua razão.
Que a vida sempre vale a pena ser vivida.
Com intensidade e alegria.
Ainda que o dia pareça noite, e a noite, um dia que não termina.
A vida é oportunidade bendita, um eterno recomeçar.


Escreva ai nas linhas da sua alma.
Que Deus não escreve nada torto, nem usa linhas tortas.
Ele dá a caneta para você escrever a sua história.
É você o autor da vida.
O que escolhe caminhos, idas e vindas.
E o destino traçado é uma opção que nós mesmos fizemos.
Temos a liberdade de dizer sim ou não, para toda e qualquer situação.


Por isso a vida vale a pena e o amor, um grande poema.
E a alma, as vezes tão aflita, é o refúgio do artista.
É ela quem carrega todos os sentimentos, dores, alegrias.
Nem sempre manifesta, nem sempre se aquieta.
A Alma esconde ou revela o seu humor, sempre deixando uma porta aberta, para que possamos assim,
viver um grande amor.


Escreva então, nas linhas do tempo:
- Hoje estou vivendo o meu melhor momento.
E amanhã, será ainda melhor!
Que assim seja, e assim será!


Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget