Páginas

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

EMOÇÕES SAUDÁVEIS...

Não dá para dissociar a saúde das emoções.
Não porque as emoções afetam diretamente a sua saúde, mas a maneira como você lida com elas é que faz a diferença.
A palavra emoção, deriva do latim "emovere", onde o e- (variante de ex-) significa 'fora' e movere significa 'movimento'.


É esse "movimento", ou seja, aquilo que você faz com a sua emoção, que a transforma em uma "maravilhosa escada" para subir, ou um poço profundo onde enterramos nossas ambições.


Por isso, é fundamental que falemos das nossas emoções.
Que não fiquemos guardando, represando ou remoendo angústias.


Quando não jogamos para fora, quando não soltamos essas emoções de alguma maneira, elas refletem diretamente nos nossos órgãos.
Por isso, as medicinas, Ayurvedica e chinesa mostram, que a raiva atua diretamente no fígado, o medo nos rins, e assim por diante.


Pegue ás suas emoções e transforme-as em "movimento".
O que não te agrada, o que está te incomodando, jogue para fora.
Não guarde nada que não seja "bom de se conservar".


Acho que é por isso que quase todas as "conservas" são azedas.
Quando tentamos manter algo que não nos faz bem, azedamos.


Procure alguém de confiança, amigo ou profissional, e DESABAFE!
Jogue para fora o que te incomoda.
Aprenda ainda mais a respeitar esse templo sagrado que é o seu corpo.


Da vida, leve a saudade gostosa, a amizade sincera, o amor que se viveu ou que se vive de forma prazerosa.
A esperança que acalanta os sonhos, e a alegria, eterna companheira da alma, que se aflige com a nossa aflição.
Tudo é passageiro, tudo é emoção.


Por isso, desabafe, solte-se, desapegue-se.
Seja muito feliz!


Paulo Roberto Gaefke

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget