Páginas

terça-feira, 18 de setembro de 2012

TENHO COMIGO...

Tenho comigo que somos construtores do destino.
Viajantes com capacidade de escolher o seu próprio caminho.
Seres capacitados com múltiplas possibilidades.
Além do tempo e da própria idade.

Tenho comigo que somos geradores do mundo.
Ao nosso redor, gravitam pessoas que amamos.
Gente que admiramos e conhecidos que respeitamos.
Todos, influenciam e são influenciados pelo estado de humor.
Que carregamos, reduzimos ou ampliamos com o nosso amor.

Tenho comigo que passamos muito tempo reclamando.
Seja da comida, do prato do dia.
Da saúde, da gripe e da alergia.
Do amor, que é pegajoso ou ausente.
Da escola que é relapsa ou muito exigente.
Dos pais, do trabalho, dos amigos e acredite,
reclamamos de nós mesmos, e nos perdemos.

Tenho comigo que tudo pode ser compreendido,
tudo pode ser melhorado através do amor.
Mas, o que realmente transforma e traz um sentido para a vida,
ainda é aquela velha e sábia professora; a dor.

Antes que ela entre na sua casa pela porta da sala,
e instale-se confortavelmente no seu coração.
Faça tudo com carinho, com educação e respeito.
Antes de reclamar, pense de outro jeito.
Tudo que está ruim, pode ficar pior.
Na dúvida, agradeça.
Na certeza, agradeça.
No fim e no começo, na sua casa ou sem endereço, agradeça.

A vida é benção sem medida, presente sem igual,
para pessoas especiais como você.
Viva e deixe viver.
Ame sem se espantar com a força do amor.
Tenho comigo por fim, que tudo vale a pena,
se a alma segue livre, sem dilema.
Quando se busca viver a plenitude da vida,
seja por onde for.

Paulo Roberto Gaefke

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget