Páginas

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

ENTENDIMENTO...

Caro humano: você já entendeu tudo errado.
Você não veio aqui para ser mestre do amor incondicional.
Que é de onde você veio e para onde você vai voltar.

Você veio aqui para aprender o amor pessoal. Amor universal.
Amor bagunçado. Amor suado.
Amor louco. Amor quebrado.
Todo amor.
Infundido com a divindade.

Vivido a graça de tropeço.
Demonstrado através da beleza de bagunçar.
Muitas vezes. Não vim aqui para ser perfeito.
Você já está.

Você veio aqui para ser maravilhosamente humano.
Falho e fabuloso.
E depois subir novamente e lembrar.

Mas incondicional amor?
Pare de contar essa história.
Amor, na verdade, não precisa de nenhum outros adjetivos.
Ele não requer modificadores.
Ele não requer a condição de perfeição.
Ele só pede que você apareça.
E fazer o seu melhor.
Que você permaneça presente e sinta totalmente.
Que você brilhe voe e rir e chora e fere e cura e cair e voltar para cima e joga e trabalha e vive e morre como você.
É o suficiente.
É bastante.


Courtney A. Walsh

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget