Páginas

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

O INFERNO SÃO OS OUTROS…

O título deste texto trata-se de uma famosa frase escrita pelo filósofo francês Jean Paul Sartre na peça Entre Quatro Paredes, onde os personagens têm de conviver com as diferenças uns dos outros. Uma frase que nos traz uma profunda reflexão sobre a natureza humana e a forma de nos relacionarmos.
As diferenças assustam e incomodam, mas por vezes, é impossível não conviver com elas.
No ambiente de trabalho por vezes o mais difícil não é o trabalho em si, mas sim, o ter que conviver com certos colegas de profissão. Colegas estes que se não fosse o ambiente de trabalho, de certo não teríamos nenhum interesse de contato na vida. No ambiente acadêmico é a mesma coisa, quando alunos são obrigados a formar os “famigerados grupos de trabalho” e por vezes, na falta de opção, se reúnem pessoas que não tem nada em comum.
Em família idem, muitos parentes se assim não fossem, não seriam interessantes nem como vizinhos.
No entanto, é necessário conviver e mais do que isto, importante perceber que na verdade é o olhar do outro que nos constitui como humanos.
No entanto, realmente existem as diferenças que incomodam e nesta hora, devemos mais uma vez aguçar nossa percepção e perceber que por vezes, o que nos incomoda no outro na verdade é algo que existe em nós e nós tentamos evitar. Importante isto.
O que mais nos chama atenção no outro, de alguma forma é algo que rejeitamos em nós.
A parte, questões de mau caráter que na verdade nos atinge por conta de mexer com valores nos quais acreditamos e devem ser respeitados em nome da ética humana, existem outras questões que nos incomodam pelo simples fato de que existe um algo desta natureza em nós também e que incomoda a nós e não ao outro.
Reflita sobre isto. Você descobrirá importantes facetas suas. Isto faz parte do necessário autoconhecimento.
Fecha o pano.

Fernando Martins
https://osegredo.com.br/2016/12/o-inferno-sao-os-outros/

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget