Páginas

quinta-feira, 26 de março de 2009

SINAIS...


Nada é em vão, até a dor, apresenta sinais, fala mais que mil livros, ensina mais que a lousa, e percebemos que o amor é construção, é para aquele que ousa, para quem não desiste da felicidade, sem se importar com o tempo, nem com a idade. Amor é mais do que o bater mais forte do coração, é tempo, é conhecer, é descobrir, é um jeito único de se sentir: que mesmo distante, estamos próximos, que mesmo diferentes, somos tão iguais, que mesmo falando línguas estranhas, nos entendemos, somos peças que se encaixam, nesse turbilhão, apenas duas em um milhão. E nada, nada supera essa sensação, de que você me faz falta, que eu sou quem você espera, de que somos rimas e oração, dia que parece não ter fim, noite que avança pra mim, estrela que eu admiro, caminho florido, ar que eu respiro, é assim, o amor que não tem fim, é assim você pra mim.
Paulo Roberto Gaefke

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget