Páginas

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

PALAVRAS DA NOITE...


Não jogue palavras ao vento que passa e tudo leva. Não deixe seus pensamentos soltos na noite fria.
O Universo tudo lê, tudo enxerga...

Se a tristeza se fez companheira,
se o amor se fez peça perdida no tabuleiro do romance,
se quem deveria estar aqui não está,
se quem deveria consolar partiu,
se a saudade está doendo demais,
acredite:
um pensamento diferente,
uma canção nunca ouvida,
uma força desconhecida,
pode te levar ao esquecimento,
que é porta para o novo dia, que se junta a outros dias como alento.
E a vida, sábia conselheira, traz pelas mãos o que te falta e complementa, a sua metade ausente,
o coração tão carente, a paixão outrora tão ardente, que agora se transforma em doce melodia, em coração que bate num compasso suave, marcando o ritmo de um novo tempo, tempo de se desejar, apenas amar, ser feliz sem pensar, ser feliz pelo admirar, se deixar, e deixar o vento soprar, para anunciar, o amor que acaba de chegar.

Paulo Roberto Gaefke

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget