Páginas

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

O SEU DESEJO...

Você está com desejo de quê?

Isso mesmo, o que é que está na ponta dos seus sonhos hoje?

Será aquela vontade de abraçar alguém muito especial, ou um formigamento gostoso no peito que avisa:
- a saudade já está grande demais...

Será que você está com vontade de comer aquela comidinha da mamãe?
Ou será que o seu desejo hoje é receber um elogio, uma palavra de incentivo pelo que vem fazendo?

O seu desejo é da carne ou é da alma?
Os dois são muito importantes e devem ser saciados, desde que não sejam partes de uma obsessão, quando não queremos quem não nos quer, por exemplo, ou ultrapassarmos os portões proibidos da nossa essência.

Os da carne são sempre mais "urgentes", porque estamos na "carne", estamos vivos, e os desejos são para nos lembrarmos de que precisamos deles.
Os desejos nos deixam mais vivos, mais corajosos, cometemos por eles, o atrevimento de nos fazermos mais fortes.

Qual é o seu desejo hoje?

Os desejos da alma, quase sempre são mais lentos, demoram um pouco para nascer dentro de nós, é aquela vontade de ser melhor, de falar a verdade, de agir conforme o nosso "mandamento interior", vulgo "consciência", que sempre nos alerta contra nossa a impaciência, a favor da nossa serenidade.

Os desejos da alma quando satisfeitos, trazem uma sensação única, sensação de PLENITUDE, de preenchimento, de SACIEDADE.
É uma sensação quase que impossível de se descrever, é a alegria plena, a felicidade suprema, dentro de coisas por vezes tão simples.

Não importa qual é o seu desejo para hoje, importa sim, lutar para realizá-lo dentro das possibilidades da alma, dessa "companheira imortal" que habita em você, que é você, que é a essência de todos os desejos, de onde partem e convergem tudo o que você é, sente e deseja;
a sua alma, que ao ver outras almas no caminho, sente que o mundo vale a pena, que a vida é bela, com laços e fitas da cor amarela.

Qual é mesmo o seu desejo para hoje?
Se ele fizer mais de uma pessoa feliz, é desejo da alma e vale a pena.
Pense, medite, busque e realize-se!
Eu acredito em você

Paulo Roberto Gaefke

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget