Páginas

segunda-feira, 27 de maio de 2013

COMUNICAÇÃO HUMANA...

A busca incessante do auto-conhecimento e da excelência nas relações humanas tem sido o foco de seres humanos em todo o planeta, em todas as religiões, culturas e classes sociais, uma necessidade de buscar respostas, de saber, de entender e compreender mais sobre nós mesmos e os outros.

Muitos buscam em uma corrida desenfreada estas respostas fora de si mesmos, nas religiões ou explorações espaciais, caminhando em direção oposta aos seus desejos. Então, antes de tudo devemos saber que a maior parte das indagações que fazemos tem respostas em nós mesmos.

Curiosamente quando paramos para olhar para dentro de nós percebemos um universo ainda maior do que este mundão que está aí fora. Aí lhe pergunto: qual a última vez que parou para ver, ouvir e sentir o que se passa dentro de você? Lembre-se tudo começa em nós ou por nós, isso mesmo, eu disse que tudo está ao alcance de nosso pensamento. Como você vem se comunicando consigo mesmo?

Nós produzimos basicamente dois tipos de comunicação:
- A comunicação interna (intrapessoal): que são as coisas que imaginamos, sentimos e dizemos dentro de nós mesmos. Quando falamos a nós mesmos, podemos determinar o nosso sucesso em tudo aquilo que desejamos realizar. Infelizmente, é comum esta conversa interior constituir um diálogo negativo que, pode nos impedir de alcançar nossos objetivos. Muitos ficam duvidando de si mesmos, se sentem inseguros e acabam fracassando ou muitas vezes paralisam, ficam sem fazer nada.

- A comunicação externa (interpessoal): que são as nossas expressões verbais (fala, linguagem) e não verbais (gestos, expressões) no mundo exterior, na nossa relação com o mundo e com outras pessoas. É nossa maneira de estar e de ser no mundo que determina nossos resultados.

Assim como escreveu um poeta anônimo:
“Vigie seus pensamentos, porque eles se tornarão palavras;
vigie suas palavras, porque elas se tornarão atos;
vigie seus atos, porque eles se tornarão seus hábitos;
vigie seus hábitos, porque eles se tornarão seu caráter;
vigie seu caráter, porque ele se tornará seu destino”.

Por isso tudo começa em você ou por você, está em seu pensamento.
Porque alguém acorda de manhã e não quer se levantar para trabalhar, enquanto outro ocupando a mesma função, na mesma empresa levanta-se disposto e feliz agradecendo a oportunidade de trabalho? Esta resposta está no mundo ou na forma em que cada um o vê, o percebe? E qual destes dois indivíduos será mais feliz? Qual terá mais chance de sucesso? O primeiro tem uma boa comunicação interna, gosta de si mesmo e expressa isso no mundo e isso lhe traz uma vida mais feliz e próspera, cheia de resultados positivos.

Lembre-se, quando idolatramos um ídolo na TV, estamos diminuindo a nós mesmos, agora, quando usamos alguém bem sucedido como exemplo, estamos crescendo. Aprenda com as pessoas que falam bem, que se expressam com clareza e objetividade, que são bem sucedidas na vida.

Parto do princípio que comunicação é poder, aqueles que dominam o uso efetivo da comunicação são os que conduzem os próprios destinos e até mesmo os destinos das outras pessoas. A comunicação é tão poderosa que pode ser comparada a um automóvel que bem dirigido é um bem útil e fantástico e se mal utilizado pode ser uma arma que descarregamos em nós mesmos e muitas vezes nos outros. Por isso, pense antes de falar, aprenda a ouvir mais e se interesse em melhorar a cada dia. Todos nós sempre temos muito no que melhorar, depende de nós.

A comunicação vai além das palavras, nela as palavras representam 7% da informação, o tom de voz representa 38% e a linguagem não verbal (gestos, movimento dos olhos, pernas cruzadas,...) representa 55%, o que, não havendo sinceridade, a pessoa pode passar mensagens dúbias, como quando fala “sim” e balança a cabeça como “não”. Por isso nem sempre as pessoas compreendem o significado daquilo que esta se tentando comunicar.
Então fica-nos a pergunta: O que estamos fazendo dentro de nós para expressarmos no mundo exterior? Isso é comunicação, é a forma como nos encontramos no mundo, é a semeadura que não é obrigatória, mas a colheita, esta sim é.

A comunicação é um circuito fechado, o que nós fazemos influencia o outro e a nós mesmos, e vice-versa. Diante disso lembre-se do que disse Platão: “Tente mover o mundo – o primeiro passo é mover a si mesmo”.

Trainer Coach Flávio Souza

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget