Páginas

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

QUAL É MESMO O SEU PROBLEMA?

As vezes acreditamos piamente,
que temos um problema.
E por acreditar nesse problema,
damos lhe um tamanho maior que a nossa capacidade de resolvê-lo.
Por isso, perdemos valioso tempo em lamentações e pedidos inúteis.

Muitos são os que neste dia que se inicia,
não terão o alimento á mesa,
e para piorar verão seus entes queridos, na angústia da fome.
E nada pior que a dor da fome.

Outros, abandonados apenas as forças da Divina Providência,
vão se resignar com  a dor que carregam.
Tendo como remédio, uma prece, um benzimento.
Deixados de lado, em puro esquecimento.

Alma querida, nunca se esqueça que Deus não se esquece de ninguém
As aves, os repteis, o solo e a planta mais indesejada,
reconhecida como praga,
receberá das Mãos de Deus, as mesmas gotas de água
que a orquídea mais rara.

Por isso, faça do seu problema, seja ele do tamanho que for,

não uma fonte de lamentação e dor,
mas uma ponte para seguir adiante, sem olhar para o tamanho,
ou mesmo para sua proporção.
Gigante mesmo é o poder que cada ser humano tem de conseguir,
através da sua determinação, superar suas próprias deficiências.

É hoje, é agora, é este o momento de mudar.
De pegar outra estrada, de começar um novo trabalho.
De fazer qualquer outra coisa para não ser a mesma pessoa.
Porque essa mesma pessoa já não te agrada mais.
Então, esqueça o problema, pense na solução.
E assim, com amor e dedicação,
você vai vencer, com equilíbrio entre a emoção e a razão.
A vitória te espera. 
Acredite em você.


Paulo Roberto Gaefke

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget